História Deixe-me te Amar - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Tags Maus Tratos, Paixão Obessesiva, Romance
Visualizações 47
Palavras 2.578
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Volteiiiiii rapidin

Capítulo 16 - Sou eu...


Pedi para o taxi me levar ate um hotel que ficava perto da escola, quando cheguei la vi algumas pessoas me olhando pelo canto do olho pelo jeito que eu estava mas eu nao estava nem ligando.
 Peguei um quarto simples ate porque eu nao tinha muito dinheiro comigo, subi ate meu quarto e me joguei na cama chorando como uma louca, quando eu estava quase durmindo resolvi tomar um banho pois eu estava um trapo, minha face estava inchada e meus olhos vermelhos, meus olhos pareciam piscinas cheias e quando elas caiam era como se alguem tivesse girado a manivela de meus olhos...

  Entrei na banheira e fiquei uns 15 a 20 minutos ate resolver sair, meu corpo estava fraco, eu andava cambaleando e minha cabeça doia de tanto chorar, fui ate minha mala e coloquei uma camisola qualquer e fui dormir.

                        [...]

  Acordei as sete e trinta da manha, fiz minhas igienes matinais e fui pegar uma roupa na mala, opitei por uma calça jeans preta, uma camiseta branca, uma jaqueta jeans florida por cima e uma sapatilha preta.

   Saio as pressas do hotel e pago minhas dispesas, pego um taxi e peço para me levar ate a escola Sweet Amoris que nem era tao longe do hotel, quando cheguei na escola minhas pernas babearam, era como se um flash back de tudo que eu passei aqui estivesse passando pela minha cabeça, vou em passos rapidos enquanto todos me olhavam surpresos e curiosos, vou ate o gremio e la estava nathaniel...

    Nath - Luana?!

    Luana - Nath... quer dizer Nathaniel

    Nath - porque esta com essas malas?

    Luana - eu vou embora vim pegar minha matricula

    Nath - mas porque?!

    Luana - porque...(de repente meus olhos se encheram de agua e cairam sobre meu rosto e em poucos segundos todo meu rosto estava molhado)

    Nath - Oque ouve(ele diz me puxando para sentar)

    Luana - eu nao quero falar sobre isso... por favor... so preciso da minha matricula

    Nath - ok mas vai levar alguns minutinhos(ele da um sorriso de canto)entao... se quiser sair dar uma volta,  voce... parece mal precisa de um ar

    Luana - sim ok...(digo indo ate a porta) Nathaniel... me perdoe(digo sussurando)

Vou em direção a escadaria ate sentir braços fininhos me rodiarem na autura do ombro.

    Viollet - tudo bem?(ela diz me virando para ela)

    Luana - Nao(sorrio de canto) nao esta, nao vai ficar...

    Viollet - nao diz assim

    Luana - oque mais me doi é que depois de tudo que passamos, depois de suas juras de amor ele faz isso... justo agora... justo agora que descobri estar gravida...(as manivelas dos meus olhos foram abertas...)

    Viollet - olha eu vou ta com voce para oque precisar... pode conta comigo

    Luana - obrigada mas... eu vou embora...

  Na mesma hora escutei um barulho alto vindo de um dos armarios, era Karen que estava com um sorriso gigante, ela fez sinal para que eu a seguisse e eu fui (EU SOU MUITO BURRAA)

  quando cheguei la ela trancou a porta e veio ate mim

    Karen - ta vendo eu sempre ganharei de você(ela ri)

    Luana - oque?!

    Karen - tenho que admitir é muito facil embebedar castiel, coitado eu achei que ele tinha a santa noção de seus atos mas parecia mais um inconsiente(ela ri denovo) o importante é que eu consegui oque queria

    Luana - como assim garota, oque voce queria... era castiel nao era

    Karen - nao, eu queria que voce sumisse Patetica Luana (ela diz tirando sua peruca enquanto girava no mesmo lugar)

    Luana - Lorena?!!

    Karen - acertou... parabens

    Luana - mas... como... voce... eu...

    Karen - garota ja te disse que você é irritante e ridicula, nao consegue nem falar

    Luana - porque fez isso(digo me sentando no chao)

    Karen - ODIO, VINGANÇA, VONTADE DE ESFREGAR NA SUA CARA QUE EU SOU QUE SEMPRE GANHO... VOCE NUNCA GANHARA DE MIM... enquanto eu existir voce nao tera paz

  Dou um tapa na cara dela improvvisamente e saio correndo dali.

Eu estava ja nas escadas para sair dali quando karen pega meu braço com as unhas me empedindo de sair

    Karen - Se você abrir o bico... voce, castiel e todos que voce ama irão morrer...

 Olhei para minha barriga, respirei fundo e consenti com a cabeça

    Luana - eu nao vou contar a castiel... so quero estar ao lado dele denovo

    Karen - NAO ENTENDEU NAO?! VOCE NAO VAI FICAR COM ELE (ela chega no pe do meu ouvido e ri me dando medo) ele te traiu nao foi

    Luana - mas ele nao tinha consiencia dos atos(digo chorando)

    Karen - mas traiu, e eu nao quero voce perto dele, suma daqui morra se precisar mas voce nunca mais chegue perto de castiel... Ah! Mais uma coisinha que esqueci de te contar, na bebida tinha... boa noite cinderela(ela ri) entao literalmente ele nao fez nada por sua conta ate porque eu estava no comando

    Luana - po-porque esta me dizendo isso?

    Karen - pra voce sofrer mais(ela ri) é muito bom ver você derramando lagrimas patetica Luana... progeto de orfã


  Me solto dos braços Karen... quer dizer Lorena, saio correndo ate o gremio e vejo castiel que socava a parede enquanto... chorava, Vilu e lys tambem estavam la com uma espressao triste tentando colocar suas maos sobre as costas de castiel... cheguei mais perto despistadamente para ouvir oque eles estavam fazendo

    Castiel - EU NAO ACREDITO QUE FIZ ISSO

    Lys - bem pelo que eu soube com Alicia tinha "boa noite cinderela"(ele faz aspas com os dedos quando diz "boa noite cinderela") na bebida

    Vilu - que Alicia(ela o olha colocando a mao na cintura)

    Lys - uma conhecida

    Vilu - huum sei...(ela diz ironicamente)nao sei na...


    Castiel - da pra parar?... temos que encontrar Luana... EU preciso encontrar luana

     Vilu - castiel ela... ela... ela foi embora

     Castiel - OQUE?!

    Vilu - ela estava aqui agora pouco veio pegar a matricula mas foi ate o porão com... Karen

   De repente Castiel adiquiriu uma face de odio preucupação e tristeza... tudo misturado, ele veio correndo em direção ao porao e como eu estava na escadaria fui pra a biblioteca despiatadamente, quando entrei la nathaniel parecia procurar alguem... no caso eu.

    Nath - Aqui esta... sua matricula

 Nao digo nada apenas pego a folha e balanço a cabeça positivamente logo depois de dar um abraço em nathaniel que nao retribuiu

    Luana - tchau

  Saio correndo daquela maldita escola e pego outro taxi e indico a cidade que deveriamos ir, chegamos la em mais ou menos tres ou quatro horas de viagem, liguei para rosa e ela disse que iria me pegar em uma praça conhecida, quando ela chegou entrei em seu carro e enquanto estavamos na estrada eu contava a ela tudo que tinha acontecido.

    Rosa - mas essa Lorena é uma desgraça... um encosto,mas... e seu filho(a)(ela diz sem tirar os olhos da rua)

    Luana - eu... eu nao sei(começo a sentir meus olhos se encherem e minha visao borrar) eu nao posso falar com Castiel eu fui proibida... se eu falo com ele todos morrem...

    Rosa - nao acha que deveriamos asionar a policia?(ela diz finalmente virando para mim)

    Luana - Nao, por favor nem pense nisso... nao quero arriscar...

    Rosa - entao oque vai fazer?

    Luana - vou ter meu filho... sozinha, vou cuidar e dar todo o amor que ele nao receberá de seu... pai

    Rosa - eu vou estar com voce, eu vou te ajudar

    Luana - obrigada(sorrio de lado enquanto encaro minhas maos) quando foi que minha vida começou a parecer uma novela?(rio minimamente)

    Rosa - pelo visto quando voce conheceu Castiel?(ela ri)

    Luana - é muito dificil acreditar que castiel nao estava siente de suas ações...

    Rosa - sabe eu nao duvido muito porque sei que Lorena é capaz de TUDO

    Luana - sim... ela FOI capaz de tudo...

  Quando chegamos na  casa de rosa eu ate me espantei, era tudo muito lindo e a casa era enorme...

    Luana - Uou que casão...

    Rosa - verdade

    Luana - onde voce conseguiu essa casa?

    Rosa - é da herança dos meus pais(ela diminui o sorriso) mas... nao quero lembrar disso(ela abaixa a cabeça)

   - os pais de rosalya foram assasinados em uma viagem a trabalho, o pior é que o maldito assasino ainda mandou imagens dos corpos e disse que teria toda a herança que pertencia a ela, mas eles fizeram o testamento a muito tempo, bem antes da morte de seu irmão que iria ficar com a casa que ela esta agora, entao ela conseguiu apenas isso e um sitio que eu ja fui uma vez, resumindo ela ficou com a herança de seu falecido irmão... -

  A casa era linda pintada em cores pasteis, do lado direito tinha uma sala com um grande sofá branco, uma televisão e uma escrivaninha acompanhada de um computador, do lado esquerdo tinha uma cozinha Bar, uma mesa de vidro e a frente uma escada de madeira com um tapete que começava na porta da entrada.

    Luana - é linda(digo olhando tudo ao meu redor)

    Rosa - tambem acho(ela coloca as malas no chao) vem vou te mostrar a casa

  Subimos as escadas ate chegarmos em um corredor cheio de quadros lindos...
 Tinha quatros quartos, dois banheiros grandes e espasozos e uma outra sala com uma parede de vidro dando direto a paisagem do jardim e uma escada que dava em uma estufa no terraso...

      Luana - obrigada de verdade rosa...

  Fomos para a cozinha,rindo, lembrando dos nossos bons momentos e lembraças embarasozas, eu começei a preparar strogonoff  enquanto rosa arrumava meu quarto.

  Coloquei os pratos na mesa e nos começamos a comer, depois fomos assistir um pouco de televisao, ate que rosa uma teve ideia
Fomos ate um super mercado no centro, eu nao aguentei a tentação e acabei entrando dentro do carrinho do super mercado enquanto rosa me empurrava e jogava varios doces sobre mim, ela pegava impulso e subia com os pes nas barras do carrinho enquanto todos olhavam para nos com sorriso e outro indignados, compramos muuitaaa coisa gostosa ate que passamos na fileira de coisas para bebês

    Luana - rosa olha so quanto é caro essas fraldas(digo pegando uma fralda e olhando o preço estremamente alto) meu Deus

    Rosa - mas olha ali tem um de promoção(ela diz indo para frente) que tal pegarmos vai que so tem agora

    Luana - falta mais ou menos 9 meses pro bebê nascer ROSA(digo a olhando tipo "ACORDA")

    Rosa - quem se importa, nao vou ficar gastando dinheirao la no futuro se podemos gastar pouco agora

  Pegamos tres pacotoes de fraldas e fomos ate o caixa, ficou bem caro mas rosa nao tava nem ai para isso, fomos ate o carro e colocamos a musica " Tag you're it - Melanie Martinez" e começamos a cantar a todos os pulmoes enquanto dançavamos como loucas, quando chegamos colocamos as sacolas na cozinha e fomos arrumar o quarto para nossa festinha, coloquei um short azul florecente e uma blusa de frio branca com as mangas azuis florescentes, no short tinha um rabo de unicorio e no capuz da blusa tinha um chifre de unicornio

    Luana - Ai... amo esse pijama(digo abraçando meu proprio corpo, lembrando da minha antiga vida)

   Nos comemos, cantamos, dançamos, pulamos, fizemos guerra de travesseiro e comemos de novo, quando ja estavamos a um fio de energia nos jogamos na cama e dormimos em segundos.
 
 - Daqui pra frente minha vida nunca mais sera a mesma... meu Deus por favor tras castiel para mim denovo -
 
              [...] 6 MESES DEPOIS [...]

  Acordei com o rair do sol batendo direto em meu rosto.

    Luana - bom dia meu amor(digo fazendo carinho na minha barriga)

  Eu nao queria levantar da cama por nada no mundo mas Rosa falou comigo ontem que eu deveria ir no quarto dela quando acordasse, entao né, fazer oque...
 Me levantei e fui ate o banheiro fazer minhas igienes matinais, coloquei um vistido azul marinho soltinho e uma meia azul com babados na borda.
 Quando entrei no quarto de rosa estava tudo enfeitado com roupinhas rosas e coisas do tipo

    Luana - É MENINA?!!!

  Eu tinha feito a ultrasson mes passado mas eu queria saber o sexo no mes do meu aniversario entao ela guardou segredo ate hoje...

   Rosa - siiimm!

  Fui ate a rosa e a abraçei com lagrimas de felicidade nos olhos...

    Rosa - entao tem algum nome pendente

 Na mesma hora meu sorriso diminuiu e me lembrei de castiel, na verdade eu nunca tinha esquecido, penso nele todo santo dia...

                  FLASH BACK ON

   Eu e Castiel estavamos assistindo um filme de romace onde a personagem principal esta gravida entao eu perguntei a castiel...

     Luana - Amor... se nos tivermos um filho

    Castiel - correção FILHA

    Luana - FILHA(reviro os olhos) qual nome voce daria?

    Castiel - sei la acho que Dulce(ele diz abraçando meus ombros) e se milagrosamente for menino seria Miguel ou Thomas com um belo COLLINS no final(ele diz com um sorriso nos labios)

    Luana - sabe eu prefiro menino

    Castiel - desculpa amor mas eu nao fasso meninos(ele diz me dando um beijo carinhoso)

                      FLASH BACK OF

  Rosa percebeu minha tristesa e tambem perdeu o sorriso, depois de alguns segundos eu sorri para quebrar o clima ruin.

    Luana - Dulce Maria, vai se chamar Dulce  Maria

    Rosa - Uau que nome lindo

 Rosa colocou a mao em minha barriga e levou seu rosto em frente a mesma

    Rosa - Gostou do nome pequena? Que lindo nao é mesmo Dulce(ela diz sorrindo grande)

  Recolhemos as roupinhas e guardamos no armario do meu quarto, depois descemos para tomar cafè, ficamos o dia inteiro vendo TV e conversando sobre coisas banais...
     
              [...] 2 MESES DEPOIS [...]

    Acordei as nove horas da manha e fui tomar um banho para ir no medico fazer minha culsulta, coloquei um vestido branco soltinho que dava nos pes e uma sandalia preta, fiz uma trança embutida lateral e passei um batom matte roxo...

    Luana - Bom dia Rosa(digo entrando na cozinha)

    Rosa - Bom dia luana, Bom dia dulce(ela diz passando a mao na minha barriga rapidamente) tenho novidades

    Luana - qual especificamente?(digo pegando um pedacinho de chocolate)

    Rosa - minha prima vai vim morar conosco no proximo mes, mas eu disse a ela do bebê entao acho que vai vim depois que ela nascer(ela diz pegando o suco)

    Luana - Ah! Ok... hoje... hoje é o aniversario do castiel(digo abaixando a cabeça)

    Rosa - tem quase um ano que voce esta aqui longe dele e de todos e voce ainda se lembra(ela diz me olhando surpresa) Ok voce realmente ama ele

    Luana - Me diz quado eu falei o contrario?... sabe eu acredito em destino, mas nao sei se é bom ou ruin

    Rosa - deve ser bom, você que é ruin, cara um monte de boys te dando mole e você nem tchun

    Luana - me desculpa mas... nao consigo

    Rosa - sua vida nao é um livro nao vai ter um final feliz onde você reencontra seu amado depois de anos e acontece aquelas coisas, estamos na realidade monamur

    Luana - eu daria qualquer coisa para que fosse assim(digo rindo)

    Rosa - eu tambem... eu tambem

  Terminamos de comer e fomos ate o hospital ver como estava Dulce, ele estava linda bem formadinha; saimos do hospital e fomos almoçar em um restaurante e o final do dia foi como sempre...
 


Notas Finais


Vou posta quando puder(roubando net da praia)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...