História Delena - Como posso amar tanto Damon Salvatore - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Davina Claire, Elena Gilbert, Elijah Mikaelson, Elizabeth "Liz" Forbes, Enzo, Finn Mikaelson, Freya Mikaelson, Jeremy Gilbert, Katherine Pierce, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Malachai "Kai" Parker, Rebekah Mikaelson, Stefan Salvatore, Tyler Lockwood
Exibições 59
Palavras 1.026
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OEWWWW
AMORESSS

DESCUPEM A DEMORA
NOVAMENTE... :3

MAS ESPERO QUE GOSTEM
BJINHOOSS ❤

Capítulo 3 - Bonnie está viva?


Fanfic / Fanfiction Delena - Como posso amar tanto Damon Salvatore - Capítulo 3 - Bonnie está viva?

       Ainda é POV Elena

-Sim Elena, sua amiga está viva - Valerie diz e não consigo deixar de soltar um sorriso

-Então a onde ela esta? - pergunto

-O feitiço não esta sendo especifico - ela diz fechando os olhos e começa a tentar novamente, mas nada o sangue se espalhava pelo mapa, parecia que Bonnie estava em todo lugar, parecia... Escondida

-Oque vamos fazer? - pergunto, a esse ponto minhas esperanças começaram a se esvair

-Eu preciso de tempo, talvez eu consiga obter uma parte da localizaçao, pelo menos a cidade

-Ela pode estar em perigo! - acabo me exautando e dando um soco na mesa

-Ei, Elena - Care se aproxima de mim e coloca uma de suas mãos em minhas costas a afagando - ela não tem culpa

-Eu sei Care... Eu sei - digo ja quase não contendo mais minhas lagrimas

-Pessoal - Stefan diz com o celular em mãos e todos os olhares se voltam para ele - sei onde Damon esta - ele vira o celular e nos mostra a mensagem

    Damon: Stefan, estou em New Iorque vem rapido, eu preciso de ajuda

-Mas porque agora ele está pedindo ajuda? - Care pergunta balançando a cabeça em forma de negação - Não faz sentido a Sybil nunca deixaria

-É uma armadilha - digo - acho que ela sabe que eu acordei e que estou com vocês, está tentando nos atrair

-Mas como? - Care pergunta

-A irmã dela... - Valerie diz e não entendemos - Caroline você falou com Rick?

-É eu falei quando deixei as meninas com ele e com a... - ela faz uma pausa - Ah meu Deus

-Care, oque ta acontecendo? - pergunto não estava entendendo nada

-Eu as deixei com Rick e a baba, Valerie, Seline é a irmã da Sybil? - Valerie fica em silencio - Responde! - Caroline grita

-É Caroline, ela é - Caroline fica sem expressão - se você avisou Rick sobre a Elena ela deve ter ouvido e avisado Sybil, é assim que ela sabe

-Então foi ela - Caroline murmura mas escuto

-Foi ela oque Caroline? - pergunto

-Ela ta com as minhas filhas, eu tenho certeza - a vejo querer chorar

-Calma Care, nós vamos encontra-las - digo pegando uma de suas mãos e a afagando - Eu vou - digo e eles me olham confusos

-Vai pra onde Elena? - Stefan pergunta

-Eu vou até Damon, se ela me quer ela vai ter

-Oque? Ficou maluca Elena não vamos deixar você fazer isso, vai estar indo para a morte! - Caroline diz

-Pode funcionar - Valerie diz - Stefan existe uma arma, que quando a bate em algum lugar ela faz um som atordoante para a sereia, se Elena ir com ela pode funcionar

-Essa arma seria parecida com um garfo gigante? - Stefan pergunta

-Sim, como sabe? - Stefan vai até um troninho e de lá tira uma especie de Garfo

-Porque eu tenho ela - ele diz mostrando-a

-Então vamos, não temos tempo a perder.. - digo

       […] Horas depois

   Chegamos em New Iorque, Damon marcou com Stefan em uma quadra de colegio, eu entraria sozinha com aquela arma ou sei lá oque era aquilo, eles esperariam fora e caso acontecesse algo entrariam. Começo a caminhar até a quadra e entro nela, Damos estava ao longe de costas para mim encarando as arquibancadas, meu coração se encheu de alegria ao ve-lo mas não podia me esquecer do plano

-Damon? - pergunto e ele se vira, me encara cono se estivesse totalmente supreso

-Elena? Como ainda está viva - ele não parecia feliz em me ver, na verdade ele parecia não ligar - Parece que saiu daquele caixão não é? Que legal, mas eu não chamei você e sim o Stefan cade ele?

-Damon oque ela fez com você? - segurava firme aquela arma em mãos me preparando para qualquer ataque

-Maninho? Aparece logo de uma vez - ele dizia rodeando o lugar

-Você desligou a humanidade? - digo e ele lança um sorriso demoniaco - Damon você desligou?

-Claro Elena e porque se importa, sempre me odiou - ele se aproximava - nunca nem sequer fomos amigos então porque liga?

-Oque ela fez... No que você se tornou?

   Ficamos nos encarando por um tempo, me doia saber que ele não se lembrava de mim, do nada ouço palmas atras de mim, me viro rapidamente e Sybil estava ao longe rindo

-Nossa que drama Elena - ela se aproximava mais, tento bater aquela coisa no chão mas Enzo chega do nada e segura minha mão

-Enzo? - pergunto

-Oi amor - tento soca-lo mas ele segura minha mão - tambem tava com saudade - ele segura a minha mão com a arma e a tira, e me joga para longe

-Oque você fez com eles? - pergunto ainda no chão me mantendo apenas com meus cotuvelos

-Eu so os consertei - ela diz alisando a bochecha de Damon, fico enojada e raiva daquilo mas me mantenho firme - Oh desculpe isso te incomodou? - diz soltando um riso - sabe Elena, você mesmo morta me causou problemas com Damon, isso não foi legal sabe. E agora com você viva? - ela ri novamente - bom, ele pode querer voltar então - ela se vira para Damon - Mate-a - disse proxima ao ouvido de Damon, mas eu ouvi

    Meus olhos se arregalagam e Damon começou a vir em minha direção, eu me arrastava para tras e via Sybil rir

-Damon, não - ele ainda se aproximava - Damon para - ele se abaixou e eu parei

-Desculpe Eleninha, mas é assim que funciona agora - ele diz e eu balanço a cabeça em negação, quase lagrimando. Sinto sua mão em meu peito e em seguida tocar meu coração

-Damon - eu dizia com dificuldade - Damon por favor, para - ele apenas segurava meu coração, mas me encarava

-Damon, faça agora! - Sybil gritou

-Damon por favor... - dizia aos gemidos e ele ainda me encarava

-Damon, eu disse agora! - Sybil continuava a gritar e eu sabia que aquele momento poderia ser o ultimo...

             CONTINUA?...


Notas Finais


AMORESS ENTAO OQUE ACHARAM???

ESPERO QUE TENHAM GOSTADO *-*

~Se tiver errinhos perdonn :3

PROX CAP SAI ASSIM
QUE PUDER OKAY?
VOU TENTAR POSTAR O
MAIS RAPIDO POSSIVEL

BJUSS 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...