História Delena - Holding On And Lettin Go - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Bonnie Bennett, Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Stefan Salvatore
Tags Delena, Diários, Drama, Etc, Irmãos Salvatore, Misterios, Mystic Falls, Revelaçoes, Romance
Exibições 109
Palavras 3.468
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Poesias, Romance e Novela, Violência

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Gente,vou nem falar nada por que esse capitulo ta tão maluco que todas as minhas palavras sumiram. Sério,boa leitura!

Capítulo 19 - The Mikaelson's Ball!


Fanfic / Fanfiction Delena - Holding On And Lettin Go - Capítulo 19 - The Mikaelson's Ball!

Elena Gilbert POV.

Dei uma última olhada no espelho,era um baile formal então eu estava usando um vestido longo preto com pequenas pedras brilhantes e por cima um casaquinho combinando,só o usaria até chegar lá por conta do frio,usei luvas da mesma cor que iam até próximo ao meu cotovelo,um par de saltos também pretos e pus brincos e anéis. Meu cabelo estava ondulado e preso pro lado,eu mesma fiz minha maquiagem e acabei fazendo algo básico,não costumo me maquiar muito. Não foi difícil trazer tudo pra cá sem o Damon e o Stefan verem,só tive que por em um mochila e dizer que era o meu pijama,eles não questionaram. 

Olhei a hora no relógio e marcavam 19:30,a festa já deve ter começado. Desci e tranquei a casa,entrei no meu carro e dei partida. Vai ser uma longa noite!

 

[ ... ]

 

Entrei e observei toda a decoração,era extremamente elegante,parecia aqueles bailes de filmes. Uma moça loira caminhou até mim e pediu para guardar meu casaco,sorri gentilmente e a entreguei. Antes que eu desse mais um passo meus olhos se encontraram com aquele par de olhos incrívelmente azuis que de imediato ficaram mais escuros ao me ver,merda,eu sabia que Damon iria querer me matar,mas eu precisava estar aqui. Ao seu lado estava Stefan,os dois usavam ternos e eles se entre-olharam confusos quando me viram. Os dois caminharam até mim e ficaram cada um de um lado.

- Que diabos você está fazendo aqui? - Damon perguntou estendendo o braço pra mim e eu o peguei. Do outro lado Stefan fez o mesmo e eu também o peguei.

- Nós dissemos que seria perigoso,não deveria estar aqui. - Stefan disse. Andamos nós três até o local onde ficavam as bebidas,que era perto da escada.

- Eu sei,mas eu precisava vir,as pessoas que eu amo estão aqui,elas correm perigo. - Falei e soltei os braços deles quando chegamos.

- Okey,se você quer morrer vá em frente,eu não me importo! - Damon disse e saiu andando deixando eu e Stefan sozinhos. 

- Não ligue pra ele,o Damon é impulsivo,ele não quis falar isso. - Dei de ombros.

- Onde está a Caroline? - Perguntei pegando uma bebida.

- Está com o Ric escondendo as armas. Tem certeza que quer ficar aqui? Ainda dá tempo de ir embora.

- Não Stefan,eu não vou há lugar nenhum. - Ele se deu por vencido.

- Só toma cuidado! - Ele disse e eu assenti. - Eles provavelmente já estão por aqui,mas estão escondidos,na hora da dança daremos um jeito de escapar e ficar atentos para qualquer coisa. - Assenti ouvindo atentamente.

- Elena? - Caroline apareceu e me olhou confusa. Ela estava linda! Usava um vestido azul que combinava com seus olhos,luvas brancas e nos pés saltos também azuis,seu cabelo estava preso em um coque bastante arrumado com apenas alguns fios da franja soltos,sua maquiagem também estava linda. Eu havia visto todos eles antes,porém não pude reparar como agora.

- Caroline,que bom que você apareceu,fica aqui com a Elena enquanto eu tento achar o Damon. - Stefan disse e ela assentiu. Ele saiu e Car se aproximou mais de mim.

- O que você está fazendo aqui? - Ela perguntou cruzando os braços.

- Eu tinha que vir,sinto muito! - Ela assentiu. A mesma abriu a boca pra dizer algo mas foi interrompida quando Elijah chamou a atenção de todos. Ele estava na escada onde todos podiam vê-lo,acompanhado de seus irmãos Klaus,Kol,Finn e sua irmã Rebekah. Todos estavam muito elegantes. 

- Atenção,por favor! - Elijah disse e todos o encararam. - Queria dizer que é uma honra tê-los aqui nesta noite tão especial pra mim e para os meus irmãos,voltar pra cidade foi uma das melhores decisões que já tomamos e estamos muito contentes por saber que ainda temos o apoio de todos vocês. - Ele finalizou e Klaus deu um passo a frente.

- Espero que possam desfrutar de tudo aqui e que tenham uma noite inesquecível,por que essa sim será uma Grande noite! - Ele disse finalizando e todos aplaudiram. Eles desceram e uma música lenta começou a tocar,as pessoas começaram a ir para a pista. Klaus caminhou até mim e Caroline sorrindo torto. Ele encarou Caroline por alguns instantes e depois olhou pra mim.

- Elena,não esperava vê-la por aqui. - Ele disse e eu apenas sorri fraco. - Olá amor! - Ele disse pra Caroline e ela revirou os olhos. - Me daria a honra de dançar comigo? - Ele estendeu a mão pra ela.

- Só por que você precisa me explicar melhor o plano. - Ela disse pegando a mão dele e os dois saíram. Não evitei rir de leve,eles formariam um belo casal. Pude ver Damon indo pra pista com Rebekah e Stefan caminhou até mim.

- Vem,vamos dançar! - Ele estendeu a mão pra mim e eu a peguei sorrindo.

 

( ... )

 

" Me de amor como ela
Porque, ultimamente, eu tenho acordado sozinho
A dor espalhou lágrimas na minha camisa
Eu disse a você que os deixaria ir

E vou lutar pelo meu canto
Talvez hoje à noite eu vá chamar você
Depois que o meu sangue se transformar em álcool
Não, eu só quero segurar você

Dê um pouco de tempo para mim, vamos queimar isso
Vamos brincar de esconde-esconde, para virar esse jogo
Tudo que eu quero é o gosto que seus lábios permitir" - Give Me Love,Ed Sheeran. 

 

Autora POV.

 

A música tocava e as pessoas dançavam no salão. Algumas apenas dançavam calmamente achando que aquilo não passava de um baile apenas,outras dançavam sabendo que suas vidas estariam em risco logo após o fim da primeira música.

Elena e Stefan apenas dançavam enquanto ao lado dos dois Damon e Rebekah conversavam sobre o plano que entraria em ação daqui a poucos minutos. Do outro lado do salão Caroline e Klaus deveriam estar fazendo o mesmo porém tudo que conseguiam era encarar um ao outro e sorrir sem querer as vezes,até Klaus quebrar o silêncio:

- Você está deslumbrante,love! - Ele a elogiou e ela sorriu.

- Não comece de novo Klaus. - Ela disse e ele riu levemente.

- Por que não? - Ele perguntou sorrindo.

- Por que você sabe como é,nós nos encontramos e todo esse fogo no nosso coração reacende,e é maravilhoso,nós ficamos juntos e até conseguimos fingir que somos um casal apaixonado,porém nunca dura,porque você tem que ir embora de novo e nós seguimos a vida como se nada tivesse acontecido. Não dá pra viver pra sempre assim. - Ela disse o encarando,ela amava como seus olhos eram profundos,ela quase conseguia ver sua alma através deles.

- E não é divertido? - Ele perguntou,mas no fundo ele entendia o que a loira queria dizer,e concordava com ela.

- É claro que é. Eu amo o quão rápido meu coração bate quando está com você,mas você sabe que isso é passageiro. - Ela passou sua mão pelo rosto dele e ele fechou os olhos com seu toque. - Você foi o meu primeiro amor Klaus! - Eles dois sorriram. - Mas você sabe que não pode ser o último. - Ele assentiu.

- É uma pena,Love! - Ela assentiu também,havia lágrimas em seus olhos. - Eu gostaria de prometer que iria ficar aqui pra sempre com você,mas eu sei que quebraria essa promessa,e você é a única pessoa que eu fiz promessas e cumpri todas,não quero quebrar isso. - Ela assentiu encostando sua testa na dele. - Você é incrível Caroline Forbes,e eu espero do fundo do meu coração que você encontre alguém que seja tão incrível quanto você,se é que isso é possível. - Eles sorriram.

- Eu te amo! - Ela disse fechando os olhos.

- Eu também te amo,Love! - Ele disse e a beijou. O beijo foi calmo e durou apenas alguns segundos mas para eles parecia ter durado uma vida,e isso era o bastante,os dois sabiam que tiveram um amor passageiro,mas era um amor passageiro que duraria a vida toda. Klaus a abraçou e a deixou ir,era a hora de trocar de par,Caroline foi parar nos braços de Stefan,e Klaus começou a dançar com sua irmã Rebekah.

Do outro lado do salão Elena agora dançava com Damon,os dois não tinham coragem de abrir a boca pra dizer algo,apenas se encaravam. Logo o fim da música chegou e eles deram um jeito de sair do salão,era a hora do show.

 

[ ... ]

 

Elena Gilbert POV.

Depois da dança Stefan veio até mim e nós caminhamos até o jardim. Caroline e Klaus foram atrás de Ric que estava com as armas e os outros irmãos Mikaelson foram buscar suas próprias armas. Damon,eu e Stefan caminhamos até o jardim para esperar que nos dessem algum sinal.

- Stefan,eu vou ficar com o Ric,toma cuidado! - Ele disse pra Stefan que assentiu e saiu sem nem ao menos olhar pra mim. Eu e Stefan nos sentamos em um banco que havia ali.

- Por que vocês dois continuam fazendo isso? - Stefan perguntou bufando e eu o encarei confusa.

- Do que está falando? - Perguntei.

- Por que continuam negando os seus sentimentos? - Ele perguntou. - Tá na cara que você sente algo pelo Damon,e ele sente algo por você. Você fez o Damon sentir,Elena! - Ele sorriu e eu neguei com a cabeça. 

- Não,do que você... - ele me interrompeu.

- Eu sei que todo mundo acha que deveriamos ficar juntos,até eu já achei,e sei que você também. Nós somos praticamente iguais... - Ele sorriu e eu também. - E eu te amo Elena,talvez seja equivocado falar isso,mas você é especial e eu te amo,mas não desse jeito. E eu sei que você me ama também,porque somos ótimos amigos,e é isso que devemos ser. Eu esperei a vida toda por alguém que fizesse o meu irmão sentir,eu não estragarei isso Elena. - Abri a boca tentando falar algo mas não sabia o que falar,no fundo eu sabia que ele estava certo.- Vai,você está sentada com o irmão errado. - Ele disse segurando minha mão,e naquele momento eu sabia que eu iria fazer uma loucura,mas eu precisava fazer. Beijei a bochecha de Stefan e saí correndo dalí. Eu preciso encontrar o Damon!

 

[ ... ]

 

Damon Salvatore POV.

Deixei Elena com Stefan e caminhei até o porão onde Ric estaria,era um pouco longe então eu terei que caminhar um pouco até chegar lá. Eu sei que não deveria ter dito a Elena que não me importo com a vida dela,por que eu sei que me importo mas ela me dá nos nervos,ela e Stefan,tão perfeitos...Arrg! 

- Damon! - Ouvi a voz de Elena e parei de andar,me virei e lá estava ela tentando correr segurando o seu vestido longo. Ela chegou até mim respirando ofegante. Então ela parou e sorriu,a encarei confuso. Ela começou a rir e eu ri também sem nem saber o por que. - Eu...Eu preciso te dizer uma coisa. - Ela disse tentando controlar a respiração. Esperei que ela dissesse. - Damon eu... - Ela foi interrompida.

- Damon,vem,eles estão aqui - Ric apareceu e disse.

- Seja lá o que tem pra mim dizer,diz quando tudo isso acabar. - Falei segurando a mão dela e ela assentiu. Ric me entregou uma arma e e pegou outra,a guerra está prestes a começar.

- Onde estão os outros? - Perguntei pra Ric.

- Procurando os ajudantes deles. 

 

( ... )

1 Hora depois:

Já fazia uma hora que estavamos ali,apostos esperando que algo acontecesse e absolutamente nada,NADA,havia acontecido. Alguns minutos depois Klaus apareceu acompanhado de seus irmãos.

- É uma armadilha! - Ele disse.

- O que? - Stefan perguntou. 

- Eles nos fizeram acreditar que tinham trago vários aliados para que estivessemos distraidos demais procurando por eles ao invés de nos proteger. Somente Bill  e nosso pai está aqui. 

- Droga! - Disse impaciente. - Perdemos uma hora. 

- Onde está a Caroline? - Klaus perguntou vendo que todos estavamos no jardim menos ela.

- Ela disse que iria te procurar. - Elena falou.

- Eu vou procurar ela,não saiam daqui. - Elijah disse e saiu. Todos bufamos e nos sentamos na grama,não acredito que perdemos uma hora ficando aqui parados sem fazer nada. 

- Já cansaram tão rápido? - Uma voz surgiu e eu rapidamente peguei minha arma.

- Hora hora,a que devemos a honra papai? - Klaus disse sorrindo e todos pegamos a arma e apontamos pra ele,encarei Elena e vi que ela não tinha arma,e provavelmente não saberia usar uma,merda! Caminhei até a mesma e fiquei na frente dela a protegendo. Stefan sorriu pra mim e eu não entendi muito bem,se bem que ultimamente não tenho entendido mais nada.

- Não me chame assim,Niklaus! - Ele disse tinha uma arma no bolso e uma faca nas mãos, passando-a levemente entre os dedos. - Nenhum de vocês podem  me chamar assim,perderam esse direito quando escolheram sua mãe ao invés de mim. - Ele disse os encarando.

- E você a matou! - Finn disse o olhando com ódio!

- ELA TENTOU ME MATAR PRIMEIRO! - Ele gritou e Elena se encolheu atrás de mim. -  e vocês ficaram do lado dela. 

- Ah fala sério! - Kol disse. - E você se juntou com o marido da sua amante pra se vingar de nós. - Kol disse e eu não evitei rir.

- É,eu sei,um pouco estranho,mas em tempos difíceis inimigos se unem. - Ele disse sorrindo.

- Onde está a garota? Nós a queremos. - Ele disse se referindo a Lexi. Eu ainda não havia visto ela.

- Ela está a salvo. - Stefan falou.

- Damon e Stefan Salvatore! - Ele se aproximou de Stefan. - Pobres garotos,sabe...eu me pareço muito com o seu pai. Ele também matou sua mãe certo? - Ele perguntou e eu puxei o gatilho,atirei,mas ele conseguiu desviar. - Wow,calma meu jovem. A brincadeira está só começando. 

 

( ... )

 

Autora POV.

 

- Eu não encontrei ela. - Elijah disse sem nem notar a situação,até que viu seu pai e de imediato apontou a arma pra ele.

- Ah,por favor,vocês não vão me matar. - Mikael riu.

- O que te faz pensar que teriamos misericórdia da sua alma papai? - Kol perguntou em um tom debochado. Essa briga era dos Mikaelson,tudo que os outros pensavam não os envolviam diretamente,Damon só queria proteger Elena,Stefan só queria salvar a vida de sua melhor amiga Lexi,Elena não fazia ideia de como se metera naquela situação e por isso ela tremia atrás de Damon. E Alaric estava ali por Damon,sempre tiveram essa cumplicidade,a luta de um era a luta dos dois,e a vitória de um era a vitória dos dois.

- Okey,chega de enrolação,não precisamos terminar em morte. - Mikael disse abaixando sua arma. Klaus e Elijah se olharam desconfiados. - Nós só queremos a garota,e tudo fica bem. 

- Vai deixar que o Bill mate sua própria filha? - Stefan perguntou indignado. Mikael soltou uma risada abafada.

- Matar? Ele não vai mata-la. - Negou com a cabeça.

- É claro que vai! - Damon falou.

- Quando você entrega-la a ele,ele vai mata-la,você terá matado sua própria filha. - Elijah disse

- Besteira! - Mikael falou. As armas ainda estavam apontadas pra ele mas no fundo todos ali sabiam que não atirariam a menos que ele tentasse algo. - Ele não vai encostar em nenhum fio de cabelo da Alexandra. - Ele afirmou com toda a certeza.

- O que te faz ter tanta certeza? - Alaric perguntou.

- Por que se ele tentar qualquer coisa contra a minha filha,eu destruo a filha dele. - Mikael disse esbanjando um sorriso vitorioso e então Caroline Forbes apareceu,sua roupa suja e sua maquiagem completamente borrada por conta das lágrimas,segurando ela um homem alto de cabelos escuros,parecia um pouco familiar. Ele tinha uma arma apontada pra cabeça de Caroline,e a mesma estava apavorada.

- Caroline! - Elena exclamou quase sem querer.

- SEU FILHO DA MÃE! - Klaus gritou voltando a apontar a arma pra cabeça do pai.

- Eu só quero a menina,tragam-na agora! - Ele ordenou. 

- Tudo bem... - Klaus disse e todos o encararam confusos.

- Klaus,não! - Stefan falou.

- Eu trarei a Alexandra,mas você terá que trazer Bill Forbes até aqui primeiro. - Ele disse.

- Tudo bem. - Seu pai assentiu e mandou uma mensagem para o pai de Caroline. Não demorou mais que meio minuto para que o homem alto e de cabelo curto aparecesse segurando uma arma,ele arregalou os olhos ao ver que o homem ameaçava sua filha,

- Mas que merda? - Ele perguntou pra Mikael. - Por que está com a minha filha? - Ele perguntou parecendo aflito. 

- Pra ter certeza de que não vai tentar fazer nada contra a minha. Sinto muito Bill,mas não se pode confiar no inimigo,ainda mais quando ele dormiu com sua esposa. - Mikael disse debochado e Bill sentiu seu sangue ferver. Porém lá no fundo ele amava sua filha,mesmo que tivesse feito as piores escolhas do mundo,ele a amava. - Andem,tragam-na até mim! - Ele ordenou e Klaus saiu do local entrando no porão.

 

 

Elena Gilbert POV.

Alguns minutos depois Klaus apareceu acompanhado de Lexi,ela estava usando roupas normais e seu cabelo continuava curto,ela ficava mais bonita assim. Ela sorriu levemente pra Stefan e depois encarou seu pai,pude ver o medo em seus olhos.

- Aqui está ela! - Klaus disse. Entendo que ele quer salvar Caroline,todos queremos,mas ele não pode trocar uma pela outra.

- Filha! - Mikael sorriu estendendo a mão pra ela.

- Não me chame assim! - Ela disse com ódio.

- Eu sinto muito,eu sei que fui ausente,mas eu estou aqui agora. - Havia um tom de insanidade na sua voz. 

- Não se trata disso. Olhe ao seu redor,está ameaçando os meus amigos. A minha irmã... - Ela encarou Caroline que continuava chorando.

- Por favor,acabem logo com isso! - Bill falou revirando os olhos.

- Ela vem comigo. - Mikael ordenou.

- Não,ela vem comigo! - Bill a puxou e pôs a arma na sua cabeça. Damon apontou a arma pra ele assim como todos os outros.

- MAS QUE DIABOS? ESTÁ QUERENDO QUE EU MATE A SUA FILHA? - Mikael gritou furioso.

- Vá em frente,porém eu também mato a sua. - Bill falou. Tudo aquilo tinha se tornado uma loucura,eu não estava entendendo mais nada e confesso que estou até com medo de entender.

- Logan,mate-a! - Mikael ordenou. Stefan e Klaus imediatamente apontaram a arma pra cabeça do homem que estava com Caroline. Ele se preparou para atirar e senti todo o meu corpo tremer,até que uma voz fez com que todos parassem o que estavam fazendo;

- Pai? - nos viramos e pude ver Anna e Jeremy.

- Jeremy! - Exclamei. Ele me olhou sem entender o que estava acontecendo. Quis gritar pra ele sair dali o mais rápido possível mas só consegui ficar parada.

- Annabelle! - O homem que segurava Caroline a olhou com os olhos arregalados.

- Pai o que está fazendo? - Ela caminhou até o homem.

- Anna! - Jeremy tentou impedir mas ela correu até o cara que parece ser seu pai.

- MATE-A! - Mikael ordenou mais uma vez.

- Não! - Anna pediu. O tal Logan tinha lágrimas em seus olhos.

- Eu mesmo acabo com isso. - Mikael falou impaciente. 

- Não! - Anna disse com ódio em seu olhar e em um movimento tão rápido que mal pude ver ela girou e tirou a arma da mão de Mikael.

- Mas o que? - Ele perguntou indignado. 

- Game Over Mikael. KLAUS ATIRE! - Ela gritou e se abaixou,no mesmo instante Klaus disparou e arma acertou em cheio o peito de Mikael. O mesmo caiu no chão com o sangue saindo de dentro dele,fechei os olhos apavorada. Anna soltou a arma e correu até Jeremy o abraçando. Meu irmão não estava entendendo nada. Logan soltou Caroline que correu até Klaus e o abraçou. Porém Lexi ainda estava com Bill.

- Agora eu vou poder acabar com você,garotinha! - Ele disse pra Lexi.

- Pai,não! - Caroline falou em meio as lágrimas. 

- Eu sinto muito Caroline,mas ela é a lembrança viva da traição de sua mãe. Nunca serei feliz enquanto ela existir. 

- O que está acontecendo aqui? - Jenna apareceu e arregalou os olhos quando viu as armas. Merda,o que eles estavam fazendo aqui?

- Acabou! - Bill falou e então os tiros começaram,eu não conseguia ver nada,todos estavam atirando,haviam tiros por todo lado. Até que eu consegui ouvir algo além dos sons dos tiros.

- JENNAAAA! - Ouvi alguém gritar e um último disparo foi dado. 

 

"E a guerra estava acabada..."

 

 

 

 

 

( ... )

 


Notas Finais


CAPITULO MAIS LOUCO DESSA FANFIC! MDS MORRI ESCREVENDO. COMENTEM AI O QUE VCS ACHAM QUE ACONTECEU.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...