História Delena-Chapeuzinho vermelho - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Tags Damon, Delena, Elena, Romance
Exibições 57
Palavras 1.558
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - New life


O dia ainda não tinha começado direito ,era hora do café ,estávamos  eu e meus pais tomando obviamente café .Minha mãe olhava para meu pai ,para mim e depois bebia um gole de café com um leve sorriso .Ela repetiu esse ritual por 3 vezes ,já estava ficando irritada com aquilo .Aguentei ela fazer aquilo por mais 2 vezes e perguntei ,com toda educação que consegui

-Mãe ,o que voce tem ?

-Uma incrível novidade ,meu amor –Ela estava animada - Seu casamento foi antecipado para amanhã

Engasguei com o bolinho que eu comia ,tossi algumas vezes antes de conseguir falar de novo

-Como assim !Eu...eu ...não da mãe ! é  muito cedo ! não estou preparada- Reclamei

-Como assim minha filha ? –Minha mae parecia decepcionada

-Mae ...olha –Tentei falar mas meu pai me interrompeu

-Não importa minha filha ,voce vai se casar e acabou  -Meu pai se meteu na conversa ,ele estava serio

-Mas papai ....não é justo eu ...-fui incapaz de continuar a frase.

-Isso é uma ordem ! Voce vai sim !

-EU NÃO QUERO ME CASAR ! –Desabafei gritando .Olhei primeiro para minha mae depois para meu pai .Ambos estavam muito bravos

-Oque disse Elena ? –Ele levantou brutalmente da cadeira e foi em direção a minha .Ele  tinha a respiração alta ,notei que havia uma veia um pouco saltada na sua testa e que seus olhos estavam em um tom mais escuro

Arregalei os olhos enquanto as lagrimas caiam

-Eu nunca quis me casar com aquele cara ! sou muito nova e nem gosto dele !nao quero ser  obrigada a passar minha vida ao lado dele

Vi que a fúria aumentou em seu rosto .

Ele me levantou pelos braços e me  chacoalhou

-Escuta aqui menina! Voce vai sim se casar com ele ! Entendeu ?Vai satisfazer as vontades dele ,vai cozinhar ,limpar e ter muitos filho ! Vai honrar sua família ! –Ele gritou , gritou muito ,e me segurou a ponto de me machucar. Eu realmente fiquei assustada .Cheguei a soluçar de tanto chorar

-M-mas  p-pai ...eu não –Eu já não era mais capaz nem de pensar direito

-Cala a boca – Ele me deu um tapa

Olhei ele de cima a baixo ,não acreditava no que ele tinha feito comigo

Papai me arrastou ate meu quarto e me trancou la

-Fique ai ate tomar juízo –Ele disse me deixando sozinha

Comecei a chutar tudo que vi pela frente com todo o  ódio e frustração concentrados, repentinamente o  choro passou e veio a raiva   .Eu queria  me  matar ,matar ele ,matar  minha mae ,o cara que eu ia casar ...sei la .Só seu que eu queria bater em alguém .Corri em direção a  uma parede qualquer e distribui socos  nela .Fui parar quase 2 minutos  depois  quando minha mao começou a doer muito .Corri e deitei na minha cama ; o choro voltou ,por vários minutos ate que eu  dormi

 

Acordei já de noite ,com os olhos apenas um pouco inchados .

Escutei alguém falando perto da minha porta trancada pelo meu pai  ,me aproximei dela e pude escutar  mais claramente .

-Como sabemos que ela não tentara fugir?

-Não sei

-Tem que haver um jeito de impedir isso

-E se adiantássemos ainda mais o casamento  ...tipo de manha  ao invez de ao anoitecer

-Otima ideia ,vamos falar com o noivo

 

Eu já sabia quem era , de quem se tratava ,e estava em completo desespero ,eu não poderia me casar eu não ....ESPERA! Como pude me esquecer ?? Damon ! Eu ainda tinha uma segunda chance mas como eu fugiria dali ?

Eu vou ....a janela !Como não pensei nisso antes ?

Corri em direção a janela ,vi que não conseguia abrir então juntei todas as minhas forças e joguei a cadeira da minha penteadeira na janela ,fazendo ela quebrar .Tentei não me cortar com o vidro mas foi impossivel ,me feri na mao

Tentei não ligar para o ferimento e segui ate o portao de casa .O único problema foi que eu havia esquecido que tinha um cachorro em casa ,ele não era bravo ,era muito  manso , e por isso sempre latia quando me via ,oque alertou meus pais antes que eu chegasse nos portões

Meu pai veio correndo quando percebeu que se tratava  de mim ,ele me agarrou pelo braço me dando um tapa forte na cara .

Eu fui arrastada de volta a minha casa ,dessa vez com inúmeros sermões e ofensas da parte de meus pais. Muitos mesmo eles pegaram pesado comigo ,me chamaram de vagabunda ,desgraça da família ,me perguntaram como eu poderia fazer aquilo com eles .

Tentei ao máximo esconder as lagrimas mas fui incapaz.

Depois de quase  uma hora levando bronca, papai me pegou bruscamente pelo braço e me levou ate o porão de casa ,onde ele disse (gritou) que eu ficaria até chegar a hora de me arrumar pro casamento .Eu chorava ,chorava muito  ,descontroladamente .Como eles poderiam falar daquele jeito ?fazer aquilo comigo? Ah Deus o que eu fiz de errado pra essas coisas acontecerem ?

Eu me perdi  no tempo e no espaço enquanto  me desfazia em lagrimas .   

Mas o pior daquilo tudo era que  eu provavelmente seria obrigada a me casar com um cara que mal conhecia e que me forçaria a fazer varias coisas ....Ah! por que e não fui em bora  com Damon quando tive  a chance? Se eu tivesse feito aquilo não estaria nessa situação  ,eu estaria livre

Eu realmente estava arrependida de não ter tacado  o foda-se pros meus pais quando tive a chance .Mas agora não dava mais tempo ,meu destino estava traçado  e esse seria um casamento com um estranho

Eu não queria que isso  acontecesse !Mas pelo visto ,não teria escolha

Dia seguinte 

Eu dormi em cima de um sofa velho e mofado esquecido por minha família a anos no  porão .Fui acordada por fortes passos da minha mae ,ela nem me disse ‘’Bom dia ‘’ apenas  começou a falar bobagens do casamento .Ela segurava um vestido na mãos ,ele era branco ,eu já sabia o que era .Atras dela vieram outras duas meninas ,que provavelmente  me ajudariam a me arrumar .

 

A s horas que se passaram desde então foram um verdadeiro borrão .Eu apenas concordava ,sem nem prestar atenção ; afinal de que adiantava ? Minha vida tinha acabado mesmo ...

Quando eram aproximadamente 9 horas ,a produção acabou ,em momento algum elas permitiram que eu saísse do porão ,elas trouxeram todo o “Material “ necessário até o onde eu estava .Por sorte havia um espelho (um pouco quebrado ) lá ,no final ,eu caminhei até ele e ...eu não estava nem bonita nem feia ,estava botinha sabe? Não era nada de mais ,era um vestido largo nas pernas e um pouco rente a cintura .A maquiagem era simples ,em tons de bege e um vermelho não muito chamativo  do meu batom .

Como o casamento seria em um hora ,elas teriam que me levar para a igreja ,mas é claro que fui amarrada antes disso para garantir que eu não fugiria

Fui levada até a igreja da cidade em uma carruagem acompanhada de meu pais e minha mae .Eles não me olhavam direito e quando me olhavam sentia um ar de desprezo . Chegando na igreja ,notei que não havia ninguém do lado de fora ,o que me fez acreditar  que todos os convidados já estavam dentro do lugar . Mamãe entrou primeiro ,deixando eu e meu pai para traz .Nos  não ficamos não mais que um minuto la ; durante esse curto tempo o qual passamos na porta da igreja, eu dei uma leve olhada para a esquerda  e vi na dobra da igreja um corpo  de um homem .Eu pisquei freneticamente para ter certeza do que estava vendo .E não ..nao acredito ! Damon? Seria ele mesmo ?

Senti meu coração disparar ; pisquei mais algumas vezes e ouvi a voz brava de meu pai

- Nos vamos entrar e voce vai ficar feliz entendeu?

Concordei com a cabeça

Vi sua mao se aproximar da maçaneta e no segundo seguinte ele estava no chão

Subi meu olhar e encontrei Damon ,sem expressão  facial

-Oque fez com ele ? –Perguntei

-Calma ,ele so desmaiou –Ele fez uma pausa- Voce escolheu o casamento a mim ?

-Não ! Eu ia escolher voce  , mas eles me prenderam e fui obrigada a vir aqui !-Me defendi

-Entao voce ...-Ele parecia inseguro

-Sim quero ir com  voce

-Elena , dessa vez teremos que correr ok? Eu estou fraco devido ao afastamento da lua ,então não posso me transportar  pela fumaça .

-Como assim?-Perguntei

-Funciona assim : durante a lua cheia é meu ápice  de poder, no dia seguinte eu fico fraco, nos 15 das antes dela ,eu me ‘’recarrego ‘’ .Eu fico mais forte a cada ano também ,tipo antes eu não controlava minha transformação ,agora eu controlo .Mas o que importa é que eu não tenho forças pra te levar com a fumaça ..temos que ir a  pe mesmo- Damon se explicou –Temos que ir  agora ,antes que percebam que voce se atrasou.

Não consegui pensar direito  apenas o segui ate uma carruagem preta puxada por cavalos marrons claro

Quando me acomodei, ele sussurrou em meu ouvido

-Ficara  tudo bem agora princesa

Calei-me pelo resto da viagem 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...