História Demogeddon - Stranger Things - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Stranger Things
Personagens Chefe Jim Hopper, Dr. Martin Brenner, Dustin Henderson, Eleven (Onze), Jonathan Byers, Joyce Byers, Lucas Sinclair, Mike Wheeler, Nancy Wheeler, Steve Harrington, Will Byers
Tags Armageddon, Demogorgon, Mike X Eleven, Mileven, Stranger Things 2
Visualizações 171
Palavras 990
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


hOI pessoas, mais um capítulo ai para vocês, espero que gostem, kissus da Clarinha <3

Capítulo 6 - '' Acho que deveríamos parar de dançar e tentar fugir ''


Fanfic / Fanfiction Demogeddon - Stranger Things - Capítulo 6 - '' Acho que deveríamos parar de dançar e tentar fugir ''

-Mike? Mike! - Eram muitas vozes misturadas, que faziam doer meus tímpanos

---------------------------------------------------------------------------------------

 

Eu conseguia ver as figuras embaçadas na minha frente, um barulho irritante estava no meu ouvido que não em deixava ouvir direito, aos poucos foi ficando claro, eram Lucas, Dustin e Will me chamando.

-Cara, finalmente! -Dustin me deu um soco no braço.

-Aí, merda.-Eu disse ao sentir a dor do impacto.

Logo estranhei como tudo estava claro, olhei ao redor e nos encontrávamos em um beco, mas espera, eu conhecia esse beco ... Hawkins??? Não poderia ser.

-O-onde estamos?!-Eu me assustei, me levantando.

-Não sabemos direito, mas parece que é outro universo paralelo de Hawkins, todos são o contrário da Hawkins verdadeira, pelo que pudemos observar até agora.-Will disse com insegurança.

-Onde estão Eleven? E Steve? -Eu perguntei, chacoalhando a cabeça para colocar as ideias em ordem.

-Foram verificar o local, ver oque achavam pelas redondezas, e ficamos aqui, cuidando da bela adormecida.-Lucas disse, se lamentando de não poder explorar com os outros.- Aliás, Max também existe, ok?! Ela é parte do grupo agora, tente se importar com ela.

-Nunca concordei com ela no grupo, assim como no Halloween passado, quando você quis ser o Venkman, mas era para ser Winston, não era você que disse '' Eu nunca concordei com isso ''?!-Eu fiquei com o dedo encostado no seu peito, acusando-o, realmente fiquei nervoso, se eu não gostava de Max, ele não iria me obrigar.

-Tudo bem Mike.-Ele tirou com violência minha mão de perto dele, e andou para outro lugar.

- Max sempre causou um desiquilíbrio enorme no grupo...-Will suspirou, parecendo desapontado com a atitude dos dois.

-Ele não vai me obrigar a eu considera-la membro do grupo...-Eu disse, olhando Lucas se afastar ao longe.

-Enfim, vamos atrás dele, e procurar os outros já que você acordou, e VÊ SE FAZ A MERDA DAS PAZES!-Dustin disse gritando a última frase.

Eu revirei meus olhos, seguindo os demais.

Essa nova cidade era idêntica á Hawkins, só que era toda ao contrario de NOSSA Hawkins, percebi que era de um ano que seja lá quem seriamos nós nesse mundo, não haviam nascido, sério, eu não sei mais oque estamos passando, o espaço e tempo nessa droga está virando uma bagunça! Não que eu me soubesse de tudo sobre isso, mas, eu dava meus pulos.

Logo encontramos Eleven e Max numa loja de roupas, conversando com a atendente, elas estavam vestidas, certamente resolveram trocar de roupas depois que se sujaram todas e aproveitaram já que estão num universo decente, quando ela me percebeu na vitrine, pegou umas roupas do balcão, quando a mulher deu as costas, elas saíram da loja em disparada, rapidamente eu fiz o mesmo, acabamos de roubar uma loja de Hawkins invertido. Depois de alguns metros percorridos, paramos.

-Oque foi isso?!-Eu disse arfando.

-Roubamos algumas roupas.-El deu uma piscadinha.-E essas são pra vocês meninos.-Ela jogou mais 4 trocas de roupas, iguais (( Como na foto do capítulo))

-Oque é isso?-Eu olhei.-Roupas de festa?

-Sim!-Max e Eleven disseram em uníssono.

-Pra que?-Eu ainda continuei indagando.

-Só vamos, Mike.-Max disse e continuou o cominho.

Logo nos encontramos com os outros. Elas entregaram para eles as roupas e os mesmos continuaram curiosos, como eu. Mas né, garotas são garotas. Elas apenas queriam levar um pouco de distração, esquecer por alguns momentos que estão presos á outro mundo que não os pertencia. 

Estavamos prontos, e caminhando até o lugar onde fariamos sei lá oque fosse que as meninas quisessem, passamos perto da casa onde seria a de Will em Hawkins verdadeira. Paramos todos estáticos quando ouvimos o soar do telefone, parecia que estava ao nosso lado, mas estava vindo da casa. Nos olhamos, e começamos á andar devagar até a casa, Will foi quem abriu a porta, e não havia ninguém em casa, ele se aproximou do telefone e o colocou na orelha.

'' WILL ?! ''

 Era a voz da Joyce, podíamos ouvir no fundo a voz de Jonathan, Nancy e Hopper.

-M-mãe?!-Ele gritou e todos nós nos aproximando.-Onde você está!

'' Em casa Will! Onde é que VOCÊ tá? ''

-... Mundo invertido.-Dito tais palavras tudo começou a '' alternar '' entre ficar totalmente normal, e como se as características do mundo invertido estivessem aparecendo.

-Will?-Eu sussurrei.

E o telefone explodiu, Will saiu de perto, depois de olhar por alguns momentos o telefone no chão.

A tensão fora interrompida quando Max apareceu na porta.

-Meninos? Vocês vem?

-Cara, isso foi muito doido.-Dustin disse boquiaberto.

-Sim, foi, mas não vamos contar para El e Max, vamos deixa-las serem felizes por um momento.-Eu resolvi me pronunciar antes que saíssem correndo até elas.

Se passaram algum tempo, entramos num salão todo arrumado com balões e essas coisas, com música e tudo, onde elas conseguiram tudo isso? não faço ideia..... Enfim, onde El estava bem no meio, toda arrumada, com Max que estava igualmente arrumada. Ela estava linda, sorri bobo.

-Vai lá, gatão.-Steve me empurrou, eu ajeitei as golas do terno e fui até ela.

-Você...-Uma música começou a tocar.- Me concederia essa dança?-Tentei ser o mais clichê possível, fazendo-a rir, eu amava  vê-la sorrir, e ela pegou na minha mão, puxei a para bem perto, podia sentir sua respiração leve.

- Gosto de fingir que estamos num lugar tranquilo, como a verdadeira Hawkins.-Ela sussurrou baixo que quase não a ouvira.

-E-eu também, El.-Ela encostou nossas testas e nossos narizes se tocaram.

Pude ver que Lucas dançava com Max, e os outros sem par, dançavam entre si, não parecendo se importar muito.

Eu pude começar a sentir o coração da de cabelos curtos e castanhos acelerar a medida que eu a puxava e fazia nossos corpos se roçarem, assim como nossos lábios que se tocavam levemente. A química estava extasiante, parecíamos novamente únicos. Até que a maldita voz de Dustin cortou tudo.

-Er.... Acho que vocês deveriam ver isso!-Assim, olhei e sussurrei um '' tá de sacanagem, não é? ''.

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Desculpem por deixar vocês curiosos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...