História Demons of Darkness - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Personagens Beemo "BMO", Dona Tromba, Finn, Hudson Abadder, Jake, Lady Íris, Marceline, Mordomo Menta, O Lich, Personagens Originais, Princesa De Fogo, Princesa Jujuba, Rei Gelado, Sr. Porco
Tags Finnceline, Finnfleme, Finnjuba, Hora De Aventura
Exibições 58
Palavras 2.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Harem, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoas Sophia de volta, e dessa vez trago o tão esperado Finnceline.

Capítulo 11 - The Masquerade and an Unforgettable Kiss


Fanfic / Fanfiction Demons of Darkness - Capítulo 11 - The Masquerade and an Unforgettable Kiss

           PVO . FINN OFF  


Mal Finn havia chegado e teria um baile de máscaras no Reino Doce na noite seguinte , Finn já tinha escolhido até mesmo sua roupa , ele iria usar a mesma roupa e máscara que ele usava quando moleque , ele iria de príncipe gatão no baile , afinal , não tinha outra máscara , mas tinha uma roupa social como aquela , mas com alguns mínimos detalhes de diferença da outra, além disso, ele escolheu ir com a máscara de raposa, pois raposas são muito espertas, e ele as admirava por isso. 

Já estava de noite , então Finn foi até seu quarto e foi dormir. 

     ☆   Sonho On   ☆ 


" Finn está em um quarto diferente do dele , ele não estava na casa da árvore , nem no seu quarto da dimensão dos demônios , está em um quarto grande , deitado  uma cama de casal imensa , e de seu lado tinha um criado-mudo com uma foto de três crianças e uma adolescente. Finn estica sua mão até o criado mudo , ele vai e pega a foto , nela está escrito " my favorites children's ". 

Finn : Meus filhos favoritos ? , mas o que é isso ?   

??? : Papai ! , a Dallan pegou a minha espada sangue de demônio negro.  

Finn : Papai ?  

??? : Pai...., você tá bem ? 

Finn : Humm.... 

??? : Pai , sou eu , seu filho , Anthony Merthens . 

E do lado da criança , apareceu um ser brilhante , com a forma de uma ave , era a coruja cósmica , ela olha para Finn com um sorriso e Finn entende que isso irá se realizar , mas não entende nada , então a coruja cósmica abre as asas e pia. 


         ☆ Sonho Off ☆  


Finn acorda em um pulo , e vê que tudo aquilo não passava de um sonho , mas em sua cabeça ele se perguntava se aquilo realmente iria acontecer , olhou para o relógio e viu que era 15 : 56 da tarde. 

Finn : Porra......, será que eu realmente hibernei ? , esse sonho parece nem ter durado 10 segundos....., porra.... 

Ele se levanta e vai para o banheiro tomar um banho , pois estava mais que tudo fedendo muito mais muito a demônio , isso o deixa meio o enjoado e com vontade de se matar por estar fedendo como seu pai e os outros demônios do inferno(dimensão dos demônios ) .  


          PVO . BONNIE ON  


Esse baile que eu estou preparando não é para comemorar ou outras coisas nem nada , só quero que o Dracul venha , e nós dois iremos dançar valsa a noite inteira , depois nós vamos namorar , nos casar e ter vinte filhos...., eu acho que exagerei...., Não....  


       PVO . BONNIE OFF  

        PVO .  PHEOBE ON  


Mal posso esperar para esse baile de máscaras hoje a noite , não estou animada pela festa , e sim em reencontrar com o Dracul , ele é tão.....perfeito. Talvez ter terminado com o Canelinha não tenha sido uma má idéia , afinal , foi ele quem terminou comigo , e agora nem sei mais porque eu estava chorando , e se bem que...., se não fossem por isso , eu nunca teria conhecido o Dracul. Se eu me reencontrar com ele está noite no baile, eu farei de tudo para eu e ele ficarmos juntos, vamos ser namorados, depois seremos marido e mulher e teremos trinta filhos. ( Autora : Loka....😐 )  


     PVO. PHEOBE OFF  

     PVO . MARCELINE ON  


A Bonnibel disse que hoje a noite vai ter um baile de máscaras, quê provavelmente vai ser um tédio e ridículo, e ela fez questão de eu ir, para participar da festa e para cantar, isso meio que já era de se esperar -_-' , mas por mim tudo bem, desde que ninguém chame meu pai para a festa está tudo bem. 

E tem também aquele cara da festa naquele dia, um cara de capuz que cobria todo o seu corpo e seu rosto se é que estava dançando com a esquentadinha da princesa de fogo. Aquele cara não parava de me olhar desde que eu subi no palco, qual é a dele? , e se bem que ele tinha um cheiro muito famíliar pro meu gosto, aquele cheiro do sangue dele me é famíliar por algum motivo, só não sei de quem e de onde conheço.   


        PVO . MARCELINE OFF  

       ~  QUEBRA DE TEMPO ~ 

      PVO . FINN ON   


Graças a Glob já são 19 : 00 e o baile já começou , eu sou mais alone agora por não querer me expor na sociedade , então não devo fazer falta ( Autora e Leitores : Oh se faz... ) , já estou arrumado mas não tô nem um pouco a fim de ir de moto ou andando , quer saber ? , que se foda se tem várias pessoas lá , vou é me teletrasportar para lá. Só espero ver uma pessoa em especial.... 

Pego minha máscara e a coloco , agora sim , #partiubailedemascaras. E me teletrasporto para o Reino Doce. Nossa ! , o castelo está magnífico , a decoração está muito bem organizada , a música lenta..., bom, não tenho muito o que falar dela , é lenta e melosa. Os convidados estão todos com máscaras muito boas , mas alguns estão com máscaras que literalmente não disfarçam bem o rosto , mas acho que a minha me entrega um pouco , pois só algumas pessoas foram naquela casa aquele dia , mas faz muito tempo , nem sei se eles vão me reconhecer , mas a minha verdadeira sorte é que minha roupa tem uma cor diferente e com alguns detalhes bem diferenciados , e também tem minhas cicatrizes e minhas mais recentes cicatrizes , que aquela puta da morte fez e foi no meu rosto , acho que o que eu acabei de pensar foi meio gay( Autora e Leitores : Você ainda acha ? ) , é..., foi meio gay. 

Subo as escadarias da estrada do castelo , e vejo o salão principal totalmente iluminado , princesas e outras realezas estão em um lugar específico , mas não sinto a pessoa que eu esperava que estivesse aqui , talvez essa "pessoa" ainda venha , é muito provável que venha ,  porque se eu conheço bem essa "pessoa" ela virá uma hora ou outra , mas para isso.... vou ter que....., ai droga ! , Jujuba está logo ali, tenho que sair daqui.Eu saí do lugar de onde eu estava e fui me distanciando dela , aí eu tambor avisto a princesa de fogo , mas que droga !. Elas estão me perseguindo ou o que ?. 


         PVO . FINN OFF  


Em quanto Finn fugia das princesas que o procurava pelo castelo todo. Marceline havia acabado de chegar de fininho na festa , tinha deixado sua aura de demônio em "off " , ela está com um vestido colado vermelho com preto , cabelo de rabo de cavalo alto , com uma fita amarrada em sua cintura , usando saltos vermelhos e uma máscaras em forma de morcego branco. Finn não prestava atenção em mais nada a não ser em fugir das princesas que nem notou que ele se esbarrou em uma garota , que tromba com com mais força e cai em cima de Finn. A garota o olha brava e range os dentes, e Finn arregala os olhos e cora na hora. 

Finn : Mil perdões , eu estava muito distraído. - fala ajudando ela a se levantar, mesmo contra sua vontade. 

??? : É deu para notar, e quem te deu a permissão de me ajudar a levantar ? - fala irritada. 

Finn : Me desculpa....- ele para e olha a garota, mas dessa vez a olha direito - Marcy...  

Marceline : Como você sabe o meu...- ela também o olha direito - Espera aí... é você, o cara da festa... - ela para e dá um tapa na cara dele - Por que ficou me olhando daquele geito? , você estava acompanhado e além disso... odeio quando as pessoas me olham daquele geito. - fala cruzando os braços e faz um olha ameaçador. 

Finn : Como eu estava te olhando ? 

Marceline : De baixo para cima e parecia que ia babar. 

Finn : Mais mil perdões. 

Marceline : Mas você não me respondeu ainda. 

Finn : Não respondi o que me lady?  

Marceline : Espera um minuto aí... a única pessoa que me chamava assim era... 

Finn aproxima seu rosto do de Marceline e vai até seu ouvido e fala baixo. 

Finn : Eu ? _ fala e volta para trás

Marceline se aproxima de Finn e vai até seu ouvido, fica nas pontas dos pés e fala baixinho. 

Marceline : Você nunca conseguiu me surpreender . _ fala lambendo a orelha de Finn com sua língua de cobra.   

Nesse momento começa a tocar uma música lenta e todos começam a dançar , Marceline e Finn se encaram com um sorriso de início , um hipnotizava o outro com os seus olhos , Finn pelos olhos vermelhos escarlate da vampira , e Marceline pelos olhos azuis do rapaz . Nesse momento , começou uma música lenta. 

Marceline : Não acredito.... - fala rindo. 

Finn : Você definitivamente odeio música lenta. - fala rindo. 

Marceline : Mas fazer o que ? , é um baile... 

Finn : Sendo assim...., quer dançar ? - estende a mão para ela.  

Marceline : Hummmm , tá , só dessa vez. - fala dando a mão para Finn.   

Então os dois foram de mãos dadas até o meio do grande salão , Marceline colocou uma mão no ombro de Finn , e ele colocou sua mão na cintura dela , e logo começaram a dançar , seus passos eram sincronizados e lentos , os dois não tiravam seus olhos um do outro. E sem que eles percebessem , um canhão de luz apontava para eles dois e os convidados abriram espaço para eles , mas eles dois por sua vez , não perceberam aquilo , apenas dançavam , e só repararam aquilo quando a música acabou , todos a volta deles aplaudiram , e os dois sem entenderem nada , apenas fizeram um agradecimento e saíram dali. 

Finn : Vem. Quero te levar a um lugar. - fala puxando a mão de Marceline. 

Marceline : E eu tenho escolha ? - pergunta sarcasticamente. 

Finn : Para de reclamar e vem. - fala rindo. 

Marceline : Se você não percebeu eu já estou indo. - fala ironizando o rapaz.  

Finn a levou para fora do salão principal , e a levou para o jardim do Reino Doce , a lua está cheia e brilhante, deixando assim, o cenário ainda mais belo. Finn pega seu gravador e coloca em uma música que ele e Marceline tocaram antes dele partir para a dimensão dos demônios  ( o Inferno ) , a música era lenta , mas ao mesmo tempo animada. 

Finn : Me concede está dança ? 

Marceline : Hoje eu irei abrir uma exceção.

Marceline e Finn se posicionam para dançar de novo , e dessa vez nada poderia atrapalhar eles. 

A música logo acabou e eles ficaram com seus rostos muito próximos , tanto que Finn conseguia sentir a respiração da vampira e ela conseguia sentir a dele , seus rostos foram se aproximando lentamente um do outro , até que seus lábios se encostam formando um beijo calmo ,  que aos poucos se torna mais intenso e apaixonado , Finn pede passagem e  Marceline a concede ,  suas línguas dançavam em suas bocas , mas por falta de ar , eles se separaram , e um fio de saliva se fez entre os dois. Finn a olha meio corado e ela também , ela o olha virando um pouco sua cabeça para o lado. 

Marceline : Eu acho.....que essa máscara que você está usando está nos atrapalhando. - fala tirando a máscara de Finn. 

Finn : Assim está melhor ? 

Marceline : Muito. - fala e beija o jovem rapaz novamente. 

 


  


Notas Finais


AVISO : Oi povo eu trago um recado triste, é possível que até dia 30 de dezembro eu não irei postar capítulos, pois me dediquei muito as minhas fics e acabei ficando de recuperação.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...