História Dengo - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~baekobra

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Sehun
Tags Baekhun, Hunbaek, Sbdreams, Sebaek, Sebaekdreams
Visualizações 185
Palavras 1.154
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom, olá! Faz bastante tempo que eu não apareço aqui pra atualizar algo que é até estranho voltar assim.

Não desistam de mim e espero que gostem dessa sebaek bem docinha que fiz pro projeto mais amorzinho do mundo!!!!

Ótima leitura! ♡

Capítulo 1 - Capítulo Único;


 

– Já disse que não.

 

Um revirar de olhos foi a resposta de Baekhyun. Qual é, que mal faria levar só mais um pacotinho de balinhas de gelatina?

 

– Mas era só mais uma!

 

– Então você paga.

 

Sehun fez bico, continuando a seguir o namorado. Baekhyun empurrava o carrinho depressa, tinha que terminar um trabalho da faculdade e só havia ido ao supermercado, pois os armários do apartamento estavam completamente vazio.

 

Os olhos curiosos do menor fitavam a lista de coisas a comprar em uma de suas mãos e as prateleiras que passavam. Faltava pouco, pensou Baekhyun. Sabia que seu namorado podia ter ido sozinho ao supermercado em plena sexta-feira, quase 23h da noite, mas Baekhyun não resistia às manhas do mais novo. Era um manipulável mesmo, mas tinha argumentos para se defender! A carinha amassada de sono e o os olhinhos caídos, a voz rouquinha de Sehun pedindo para o namorado acompanhá-lo na ida ao supermercado… Grr, Sehun o deixava bobo!

 

Baekhyun tropeçou em algo, tão perdido em devaneios, e o mais novo riu.

 

– Palhaço. – continuou sua pesquisa de preços e nem sequer olhou o outro. – Pega dois daquele pacotinho de pimenta pra mim, por favor, meu bem.

 

E Sehun se derretia, tanto que nem contestou e logo os pacotinhos jaziam dentro do carrinho já cheio de temperos e comidas enlatadas. Desde que começaram o namoro surgido de uma amizade longa, Baekhyun sempre o chamara por apelidos que faziam-no se enrolar de vergonha e dengo.

 

Sehun era um ser todo dengosinho.

 

– O que você acha de pipoca e refrigerante para o jantar, neném? – Baekhyun varreu os olhos pela seção de congelados e trouxe somente alguns peixes e um saco de carne.

 

– Por que não pedimos pizza, Baek? É melhor e quentinha.

 

Baekhyun o olhou e sorriu ladino, acabando por soltar uma gargalhada gostosa no processo.

 

– O que foi? – o mais novo olhou para as próprias roupas, procurando o motivo da gargalhada. – Tem algo em mim?

 

O olhar de Sehun continuava curioso sobre o mais velho, que lambeu os lábios. Baekhyun olhou ao redor dos dois e, levando em conta as pouquíssimas pessoas que estavam no supermercado, deixou o carrinho de compras de lado e aproximou-se perigosamente de Sehun, deixando o maior encurralado entre seu corpo e a prateleira.

 

– Não vai ficar com vergonha se eu falar, não é? – recebeu um manejar da cabeça de fios loiros e um sorriso, então foi a deixa para o mais velho levar as mãos até a cintura magra do Oh e apertar o local. – Eu iria dizer uma outra coisa que é muito quentinha…

 

Foi o suficiente para Sehun corar até as orelhas. O mais novo ficou com as bochechas pinceladas de vermelho e a feição totalmente envergonhada ao olhar para o namorado. Sehun tirou as mãos bobas de seu corpo e empurrou Baekhyun, completamente envergonhado, enquanto o último se acabava de rir das atitudes alheias.

 

– Você é uma gracinha, meu amor. – Baekhyun limpava as lágrimas de tanto rir. O Oh o olhou feio e tomou o carrinho, trilhando as prateleiras de biscoitos e chocolates.

 

– E você é um safado, Byun Baekhyun! – resmungava Sehun ao colocar biscoitos aleatórios no carrinho. Avistou o namorado andando rápido para acompanhar o raivosinho, esbarrava em algumas pessoas, que o olhavam feio, mas nada era melhor do que ter o namorado daquele jeitinho marrento.

 

– Espera, neném!

 

Sehun o olhou raivoso, e algumas meninas que passaram pelos dois apenas riam do casal. O bairro era pequeno, e Sehun, completamente tagarela e amável, fazia amizade até com a senhorinha que limpava os vidros do supermercado, era um menino de ouro. Baekhyun só balançou a cabeça e mandou um beijo quando chegou ao lado do outro, podendo ver com clareza a tez ainda rubra e os montes de pacote de biscoito, principalmente de recheados.

 

– Você paga, meu dinheiro está acabando. – Chegou pertinho do outro e deixou um selo nos lábios rosados e macios. Sehun era seu neném. – Neném.

 

– Para, Baekhyun, podem ficar nos olhando feio. – o citado nem ligou para o que Sehun havia dito e deixou mais um selar na boca do outro.

 

– Todo mundo está careca de saber que somos o casal gay mais conceitual desse mundo. – Sehun riu, recebendo outro selar, depois outro na testa, nas bochechas, no nariz, e, por fim, novamente na boca. – Você é meu precioso.

 

Os dois se desvencilharam e Sehun voltar a manear o carrinho, ao passarem pela parte que continha os chocolates, o Oh parou e olhou pidão para o namorado.

 

Amor… – chamou o Byun de maneira manhosa, faria o namorado comprar aquele chocolate para si.

 

– O que foi, neném? – Baekhyun pegou um Diamante Negro e jogou no carrinho, vendo Sehun contorcer o rosto em uma feição enojada.

 

– Vamos comprar o Lacta branco! – pegou o pacote de chocolate e mostrou ao namorado.

 

Baekhyun abriu a boca em um perfeito “o”, negou veemente com a cabeça enquanto ria.

 

– Não acredito que você quer trocar meu Diamante Negro por aquilo. Não, não, não.

 

– Ah, qual é, por favor. Da última vez nós levamos esse seu, e ele é super ruim. – O bico armado nos lábios bonitos e bem desenhados tiravam a concentração de Baekhyun quase, quase, o faziam mudar de ideia.

 

– Para de ser mentiroso, que da última vez quem escolheu o chocolate.

 

– Mas esse é ruim, Baek! Eu não gosto dele!

 

– Eu gosto, neném. – Sehun cruzou os braços e bufou.

 

– Continuo achando ele ruim, não quero levar esse.

 

Baekhyun suspirou e pegou um de cada, caminhou até o outro, que, emburrado, mostrou apenas a língua ao menor.

 

– Você é muito marrento, meu dengo, por que a gente não leva os dois dessa vez, hm? – Abraçou-o pela cintura e esfregou o rosto pelo pescoço sensível do outro. Sehun apenas ofegou e as bochechas enrubesceram novamente, tornando-o ainda mais adorável.

 

– Assim você me envergonha, seu manipulador de merda.

 

– Você gosta que eu sei. – deixou um beijo no pescoço descoberto de Sehun e abriu um sorriso.

 

– Mas, e aí? Diamante Negro e Lacta?

 

– Achei uma péssima ideia… Porém, quando aceitei namorar contigo também era uma péssima ideia. – riu baixo e recebeu um beliscão do namorado.

 

– Desse jeito você fere meus sentimentos, bebê. – o Byun colocou uma mão no peito, ostentando uma feição ofendida.

 

– Você é um idiota, Baekhyun, e eu mais ainda por gostar de ti. – os dois riram e Baekhyun colocou os chocolates no carrinho. Tomou a mão do namorado e rumou até o caixa.

 

– Eu sei que sou irresistível, Oh Sehun.

 

Nem é preciso dizer que quando chegaram em casa, Baekhyun teve todo o corpo agredido por um Sehun fingindo estar completamente irritado com a fala do namorado, é preciso? Entretanto, como sempre, depois de tudo Sehun virava um poço de dengo pedindo carinho, abraços e beijinhos do namorado, que admitia ser louquinho por Oh Sehun enquanto cobria os dois com o lençol estampado de passarinhos, segurava o rosto do outro e sussurrava o quanto ele era precioso para si.

 

 

 

 

 


Notas Finais


Mana baekobra não disse as notas finais, porém, entretanto, arroba jeongguk-com-v invadiu mesmo.

Deem muuuuuuuito amor à história! Ela está lindíssima, e a mana que escreveu merece bastante, viu??? Por isso, saiam panfletando que nem loucxs! E as do outro projeto também.

Amamos vocês<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...