História Dentro do mundo Pokemon - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pokémon
Tags Pokémon
Visualizações 11
Palavras 260
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Canibalismo, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Minha visão


Pov Amy 

Acordo no laboratório que eu avia destruído

-hum o que?!-pergunto 

-vc não vai escapar dessa vez-fala um cientista 

Eu começo a receber vários choques, até que eles me prendem numa cadeira feita de ferro e ficam fazendo cortes na minha pele, dando injeções estranhas

-....-fico calada

Eu já não sentia mais dor, estava quase desmaiando até que ouso o barulho da porta se abrir

-Venha Haku -um cientista entrou 

-Amy?-pergunta entrando

Quando ele me vê naquele estado ele corre até mim

Amy?!-pergunta

Eu não conseguia mexer meu corpo

-Amy?!!-grita

Ele ficou olhando pra mim sem expressão 

-Haku, vamos-diz o cientista e ele sai sem olhar pra traz 

-----------------------3 semanas depois----------------------------------------------

Eu não conseguia me mexer muito menos abrir meus olhos, do nada ouso um estrondo

-Haku-falo com dificuldade 

Eu sinto alguém me pegar no colo

-Calma já vou te tirar daqui -fala

Era ele, era a voz do Haku 

-desculpe, por tudo-ele fala 

Eu estava sentindo cheiro de sangue e não era sangue só dos cientistas, o Haku estava sangrando 

-droga-fala rosnando enquanto me esforço para abrir meus olhos

Estranhamente eu conseguia ver com um olho só

-vamos sair daqui-fala pulando da janela enquanto me carrega

Quando chegamos na floresta ele me deita no chão e fica ao meu lado

-ha-haku e-eu não consigo abrir um dos meus olhos-falo ainda com dificuldade 

-mas vc está com os olhos abertos-fala ele

E aí percebo o que aconteceu e abaixo a cabeça 

-Não me diga que...-fala se aproximando de mim-Amy eu sinto muito-fala com tristeza no olhar 

 

fim do capitulo 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...