História Ao Recomeçar - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Angelina Johnson, Arthur Weasley, Astoria Greengrass, Carlinhos Weasley, Cho Chang, Córmaco Mclaggen, Dino Thomas, Draco Malfoy, Duda Dursley, Fleur Delacour, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Jorge Weasley, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Neville Longbottom, Percy Weasley, Petunia Dursley, Rita Skeeter, Rolf Scamander, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Simas Finnigan, Ted Lupin, Valter Dursley, Victoire Weasley, Viktor Krum
Tags 19 Anos Depois, Amo Harry Potter, Amor, Amor Potter, Beijo, Depois Da Guerra, Gina, Gina Weasley, Ginevra, Ginny, Ginny Potter, Harry, Harry Potter, Hina, Hinny, Já Leu Cursed Child?, Potter, Romance, Romione, Ronmione, Sra Weasley, Weasley
Visualizações 146
Palavras 827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Saga
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi, gente.

Queria fazer-lhes algumas perguntas,
1°) oq voces acharam da capa nova? Eu achei bem fofa por isso coloquei =}

2°) Eu vou viajar e talvez não possa postar nesse final de semana, então eu posso postar alguns hoje (3 eu acho), que vocês acham? Mas preciso das respostas rápido.

Capítulo 16 - Roniquinho Comilão


- Por pouco não chegou primeiro, Harry Querido. - Disse a Sra. Weasley com um sorriso meigo.

- Claro que não. - Disse Gina entrando com Luna na cozinha. 

- Ninguém chega antes de Rony. - falou Hermione que se sentava ao lado do ruivo. 

- Roniquinho comilão! Comilão! - cantavam vozes conhecidas. 

Harry olhou e deu de cara com os irmãos mais velhos de Rony. 

Gui e Carlinhos chegaram à cozinha cantando para provocar Rony. 

- comilão, comilão... - fazia Luna baixinho meio avoada.

- Como vocês são originais! - reclamou Rony. 

- Ah, qualé, Roniquinho? Não tem senso de humor? - perguntou Gina

- Se Rony tiver algum tipo de senso, algum dia... -falou Harry entrando na brincadeira. 

- Quê isso aqui? - perguntou Rony - Não é nem meu aniversário e eu tô recebendo desaforo de graça!

- Não estou nesse meio. - disse Luna

- Não Rony, não são desaforos, são verdades.... - falou Hermion, levando à mão na boca como se não tivesse percebido o que havia falado.

- Até você? -perguntou se dirigindo a Mione 

Gina riu e fez um "toca aqui" com a morena.

- Depois quando eu ficar traumatizado e mandar a conta do psicólogo não reclamem... - disse ele

- Para de dramaa, Roniquinho querido. - falou Gina com um biquinho. 

- Para de provocar...Ginevra. - disse Rony com ênfase no nome da irmã. 

- QUEM TE DEU TODA ESSA OUSADIA PRA TÁ ME CHAMANDO DE GINEVRA? - perguntou ela exaltada fechando os punhos em frente a Rony. 

- Briga! Briga! Briga! -faziam Gui e Carlinhos

- Calma! Calma! - pedia Rony com medo de receber um murro.

- Ok! A comida está pronta, Rony pare de perturbar - ela disse e Rony fez um "Quê? " de indignação. - E Gina pare de gritar por favor. 

- Tá bom. - respondeu ela se sentando lentamente com ajuda da amiga loira.

- Rango! - Gritou Rony quando a Sra. Weasley pôs todas as panelas e vasilhas em sua frente. 

- Tive que fazer muita comida. - disse ela, logo depois olhando em volta. - Por quê o Jorge não desceu ainda? 

- Jorge? Ele está aí? - perguntou Harry que nem se quer ouviu a voz dele. 

- Sim está. - respondeu a Sra. Weasley com uma expressão triste e lágrimas brotaram em seus olhos. - e eu não posso fazer nada!

- Que tristeza... - falou Luna

Ela então virou de costas e começou a guardar os ingredientes para que ninguém a visse chorando. 

- Ele está meio depressivo. - sussurrou Carlinhos sentando- se ao lado de Harry. - E como nunca o vimos assim não sabemos o que fazer, a mamãe fica triste com isso... 

- Que pena... mas isso é porque... - Começou ele

- A... - o ruivo respirou fundo. - por causa da... morte... do Fred.

- É um assunto que comove muito toda a família. - completou Gina que ouvia a conversa. 

- Boa tarde. - disse Jorge que descia a escada cabisbaixo. 

- Boa tarde. - responderam todos menos a Sra. Weasley. 

- B-b- Boa tarde. - disse ela - vai comer agora, meu amor? Está bem dessa vez?

Ele assentiu. 

Harry, por respeito a tristeza do amigo não perguntou.

- Bem, sente-se então. - respondeu ela.

Então esperou ele se sentasse e então foi logo depois. 

- Desculpem-me se não estiver boa, eu fiz na pressa. Com tudo que está acontecendo... - disse ela se referindo a comida. - ah! Só vamos deixá-los avisados que eu e Carlinhos vamos ao ministério mais tarde. Eu vou ver Arthur e provavelmente só voltaremos à noite. 

- E eu vou para casa mais tarde pegar as minhas coisas, tudo bem eu ir, Gina? - perguntou Luna

- Claro! - respondeu a ruiva - mamãe tem problema a Luna dormir aqui? 

- Claro que não. - respondeu a mãe sorrindo para Luna. 

- O que o papai quer mesmo, mamãe? - perguntou Carlinhos. 

- Não sei. Ele disse que eu iria ver quando chegasse. - respondeu ela - e você? O que vai fazer? 

- Resolver uns problemas. - disse ele.

- Oh, sério? Meu Deus! - Fez Gina.

- Quê que é, mulher? - perguntou ele.

- Meu amor, todo o mundo mágico está com problemas. - respondeu

- E...? 

- E que você vai tentar resolver-los a gente sabe!

- Ah tá!

- Gênio. 

- Então, oque vai fazer? - perguntou a mãe dele novamente. 

- Eles estão com problemas na Romênia. - disse ele - como alguns trabalhadores... morreram... têm novos. E eles querem que eu passe lá e deixe instruções para eles. 

- Por quê você? - perguntou Harry. 

- Porquê, meu querido amigo, eu sou o melhor. - disse com um ar superior. 

- Iludido... - disse Jorge

- Que você disse? 

- Eu? Nada. Que você é o melhor. - respondeu. 

- Obrigado.

- O melhor e que tem o maior ego. - completou. 

- Que tal comermos agora? - pediu a Sra. Weasley. 

Todos assentiram e o resto do almoço se passou em silêncio.


Notas Finais


Obrigada por ler!

↑ se não leu lá em cima leia por favor. Importante. Deem suas opiniões!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...