História Depois da lua cheia... - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 3
Palavras 1.115
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror
Avisos: Canibalismo, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Passado


Luriel

Eu vi Lyaal ali. Lyaal era como se fosse uma alma vingativa de quem morreu queimado.

E ele realmente morreu queimado. Eu o via quando tinha nove anos, e ele voltou pra me assombrar novamente.

Eu não conseguia me mover, apenas respirar e observar. O livro estava espalhado, Brayden estava tendo uma hemorragia, do quarto do Isaac escorria um melado vermelho...

- "Desgraçado". - Pensei.

- Ora, querida... Se for pars pensar coisas tão ruins... Não pense nada! - Lyaal fala.

- "O que você está fazendo? Por que tá fazendo isso?" - Pensei.

- Eu estou apenas me divertinso... Eu penso que você fica muito sozinha... E o seu irmão é muito bruto para um anjo como você... E eu decidi aparecer e... - Lyaal fala e logo para, fazendo um movimento com as mãos, Brayden para de se contorcer apenas. - Ficar perto de você...

- " Mas por que? Eu não quero ver mais você! Sai daqui!" - Penso.

Nessa hora, Alisha chega, e com mais gentr. Seriam bruxos? Ela fala umas palavras em outro idioma que eu não sei e Lyaal começa a queimar até sumir. Eu acordo sufocando, Alisha estava ao meu lado, estava de madrugada novamente. O pessoal que estava com Alisha ainda estavam ali. Brayden estava vagando na casa tranquilamente fora das correntes. Isaac continuavam dormindo, e eu estava ali sem entender nada.

- Você está bem, querida? - Alisha pergunta.

- Sinceramente... Não... - Falo. - Por que ele voltou?

- Por sua vida. Ele quer matar você! - Alisha fala e eu gelo.

- Como soube que eu estava... Tendo isso de novo? - Pergunto.

- Acho que deixou as correntes meio frouxas... Brayden foi até a minha casa e me trouxe pra cá... Quando chegamos você estava chorando e chamando o seu irmão e Brayden... - Alisha fala.

- Ah... Entendi... - Falo.

- Eu trouxe meu pessoal, iremos fazer um círculo de proteção entre vocês... - Alisha fala. -Bom... Vou esperar ficar de manhã, assim Isaac também estará acordado...

Amanheceu, Brayden ficou na forma humana e Isaac acordou, Alisha estava preparando pra fazer o círculo de proteção. 

- Alisha? O que tá fazendo aqui tão cedo? - Isaac pergunta, meio sonoleto.

- Lyaal apareceu de novo... -  Alisha fala. - Então eu irei fazer um círculo de proteção entre vocês...

- Entendi... - Isaac fala. - E é pra fazer agora? 

- A hora que quiserem... - Alisha fala.

Brayden

Eu não faço ideia de quem é esse Lyaal, e o que ele fez com Luriel, só sei que ela me chamava e chamava Isaac, e chorava. Aproveitei que ela não estava vendo, saí das correntes e corri para a vila, e era bem mais rápido do que eu pensei... Ser lobisomem tem suas vantagens...

Eu estou conseguindo entender um pouco do que falam quando estou na outra forma...

Depois de um tempo curto ter se passado, Alisha e as pessoas que estavam com ela fizeram um ritual de proteção. Eu senti algo de muito estranho ali. Pude ver duas silhuetas, de um homem e de uma mulher. Elas forsm formando um homem alto, cabelos cacheados e escuros, e uma mulher de cabelos loiros e longos, ela era quase igual ao Isaac... Seriam os pais de Luriel e Isaac?

- Brayden? Você está me ouvindo? - Alisha me chama, fazendo o casal desaparecer.

- Ah, sim... - Falo.

- Você está bem? - Alisha pergunta. - Parece tenso...

- Eu estou bem... - Falo.

- Você viu algo? - Alisha pergunta.

- N-Não... - Balbucio.

Então, estávamos "protegidos"... Alisha foi embora, eu vi novamente o casal, só que em lugares distantes da casa. Comecei a ter visões de duas crianças, um menino e uma menina, iguais ao Isaac e Luriel. Seriam eles?

Vi o casal cuidando dos dois. Aqueles eram realmente os pais deles. Mas por que eu estou vendo isso?

Eu fiquei vendo tudo aquilo passando pelos meus olhos. Agora parando pra pensar, onde estavam os pais da Luriel e do Isaac? Eles morreram? Ouço pequenos ecos de alguém me chamando.

- BRAYDEN! - Luriel fala, me sacudindo. Tudo aquilo sumiu, e estávamos no presente.

- Oi... - Falo.

- Você tá bem? - Ela pergunta. 

- Sim... - Falo.

- O que você viu? Me fala! Foi Lyaal? - Luriel pergunta.

- Nada... - Falo, vejo uma visão ali, um grupo, que parecia ser de vampiros, estava com o casal, vi eles arrancsrsm a cabeça dos dois, e depois, lambendo o sangue que escorria em suas mãos.

- BRAYDEN FALA COMIGO! - Luriel grita.

Olho pra ela.

- Me fala o que você está vendo! - Ela fala.

- Os seus pais... - Falo. - Eles foram mortos por um grupo de vampiros... Não é?

Vejo os olhos de Luriel se encherem de lágrimas, e ela acena com a cabeça.

Abraço-a.

- Aqueles filhos da puta... Não ers pra gente estar nesse caminho... - Luriel fala. - Entramos pra esse meio de monstros e vingar os nossos pais... Mas nunca mais encontramos os que fizeram isso...

- Encontraremos ele e vamos meter bala ns cara de cada um... - Falo.

- Brayden... Se eu ou meu irmão morrer... Ajuda o que ficar vivo... - Luriel fala.

- Claro... - Falo.

- Eu vi eles quando Alisha estava aqui... - Falo. - Vocês eram bem unidos...

Isaac saiu de seu quarto. Ele parecia confuso.

- O símbolo saiu... - Isaac fala.

- Deve ser a proteção... - Falo.

- O que aconteceu com você? - Isaac pergunta.

- Brayden viu nossos pais... E viu como tudo acabou... - Luriel fala.

Isaac sorri, mas logo fica sério. 

Eu não entendo também... Não entendo o por quê de estar vendo isso agora. Eu não sei por que isso tá acontecendo.

Desde que Luriel entrou na minha vida, issi anda acontecendo. Não era mais o tédio que eu vivia, e nem era mais quando Grace me chamava apenas quando precisava. Tudo está mais ativo, está mais animado. Descobri coisas que não sabia, me tornei uma delas...

Anoiteceu, Luriel não me amartou, e eu me transformei, não fiquei agressivo, como Alisha disse. 

Luriel

Estava tudo tão confuso... Por que Brayden viu nossos pais? Seria um sinal de que aqueles vampiros estariam perto?

Estava de madrugada e acordo com alguém abrindo a porta da casa e a fechando, em seguida, passos para dentro da casa. Me levanto e vou até a sala. Acendo a luz e lá estava Brayden com um coelho morto. 

- É... Você matou, né? - Pergunto.

Ouço uma rosnada, ele pega o coelho morto e vai pro seu quarto, apago a luz, volto pro meu quarto e durmo.

Amanhece e me levanto. Me deparo com rastros de sangue pela casa. Vou no quarto de Isaac, ele estava bem, vou pro quarto de Brayden, e lá estava a carcaça do coelho, e Brayden dormindo.

Ouço passos na sala, de duas pessoas. Saio dali rapidamente e vou pra sala. Nada ali. Droga, o que é agora?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...