História Depois das 9. - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P
Personagens Bang Yongguk, Zelo
Tags Bap, Oneshot, Romance
Visualizações 14
Palavras 691
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Yaoi

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oin amores 💗, vou postar um OneShot pq não tava aguentando esperar pra terminar minha outra história. Espero que gostem 💖

Capítulo 1 - Capítulo único.


  Bang passou a maior parte do tempo de sua vida olhando os vagões de trens. Por alguma razão ele sente que tem que esperar por alguém todos os dias, mas quem? Essa é uma pergunta que nem mesmo ele sabe responder.

Zelo todos os dias pega o mesmo trem para voltar pra casa, mas nesse dia ele teve que pegar outro vagão por conta de um problema com o trem que ele iria pegar.

Bang permanece sentado olhando para a linha de trem observando os reencontros e os desencontros das tantas pessoas que vem e vão.

Zelo achou que estava perdido e resolveu descer na estação seguinte para evitar de ir mais longe para qualquer lugar. Lá estava Bang o olhando sem tirar os olhos e assim eles passaram 10 longos segundos se observando. Finalmente Bang tomou a iniciativa de falar com Zelo.

__Esta esperando alguém?_Bang sorrir simpático.

__Na verdade eu me perdi._Zelo olha em volta.

__Qual seu nome?_Bang analisa as feições dele.

__Zelo e o seu?_Zelo tenta fugir dos olhos de Bang.

__Bang, quer andar por ae comigo?_Bang mostra um largo sorriso.

__Você sempre faz isso, chama estranhos para passear com você por ae?_Zelo mostra um sorriso desconcertado.

__Na verdade, você é a primeira pessoa que chamo pra andar comigo._Bang fica com as bochechas coradas.

__Pode me dizer que horas vai passar o próximo trem pro centro da cidade?_Zelo muda de assunto.

__Depois das 9._Bang sorrir novamente.

Zelo anda até uma grande tabela de horários de trens e ignora Bang totalmente. Bang fica do lado dele em silêncio o esperando ver os horários.

__Viu? Depois das 9._Bang aponta para o horário na tabela.

__Vai demorar, eu tenho que ir pra casa._Zelo parece stressado.

__Vem, vou te levar pra comer alguma coisa._Bang pega Zelo pela mão.

Eles chegam a uma barraca onde vende vários preparados de macarrão. Bang pediu o melhor da casa para Zelo.

__Eu moro aqui perto e sempre fico na ferroviária esperando._Bang come um pouco do macarrão.

__Esperando quem?_Zelo fica curioso.

__Eu não sei direito, eu apenas sinto uma vontade e uma ansiedade de esperar._Bang fica meio perdido.

__Ok, isso é diferente._Zelo sorrir tentado apaziguar o tema estranho.

__Como você se perdeu?_Bang esta quase terminando de comer.

__O tren deu algum defeito e eu tive que pegar outro, por causa disso peguei o trem errado e acabei aqui._Zelo balança a mão.

__Se quiser, você pode passar a noite na minha casa._Bang fica corado.

__Ah..eu..prefiro esperar._Zelo fica envergonhado.

__Vou te levar pra olhar o lago de baixo da ponte, vem._Bang pega Zelo pela mão.

Bang anda de mãos dadas com Zelo sem se incomodar com o que as pessoas vão dizer ou pensar e percebendo isso Zelo fica ainda mais envergonhado.

__Chegamos, é aqui._Bang se senta em uma base de baixo da ponte.

__Você vem sempre aqui?_Zelo se senta ao lado dele.

__Todos os dias depois das 9._Bang encara Zelo com olhos cheios de algo difícil de decifrar.

__Deve ser bonito no verão._Zelo sorrir pela primeira vez de um modo espontâneo.

__Seu sorriso é tão bonito._Bang diz de modo tão natural que não se sente envergonhado.

__V..você me deixa todo sem jeito._Zelo volta o olhar para a escura água diante de seus pés.

Bang se próxima e se inclina para perto do rosto de Zelo, mas ele rapidamente se levanta e fica de pé do lado dele.

__Não faça isso._Zelo fica com o rosto vermelho igual tomate de tanta vergonha.

Bang se levanta e fica de frente para ele e por causa dessa proximidade Zelo fecha os olhos. Bang beija delicadamente a bochecha de Zelo e acaricia o mesmo lugar.

__Vamos voltar, seu trem logo vai passar._Bang sorrir e pega a mão de Zelo.

Perto da linha de partida Bang abraça Zelo e ele não recusa o abraço e também devolve.

__Vou te ver de novo?_Bang diz com esperança nos olhos.

__Você vai continuar esperando?_Zelo sorrir todo corado e entra no trem.

De dentro do trem Zelo sorrir para Bang que acena para ele com um olhar determinado e feliz.

  Bang volta no outro dia para esperar, mas agora em seu coração ele sabe e reconhece quem deve esperar e no lugar da ansiedade e vontade se tem o amor e a alegria.


Notas Finais


Espero muito que tenham gostado, comentem o que acharam. Bjssssss 😍😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...