História Depois de tudo - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Anne, Aspen Leger, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Kriss Ambers, Lucy, Marlee Tames, Mary, Maxon Calix Schreave, May Singer, Rainha Amberly, Rei Clarkson, Shalom Singer
Tags América, Amexon, Maxerica, Maxon
Visualizações 114
Palavras 1.756
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tem imagem desta vez tem imagem me sinto mal quando não tem imagem mesmo.
Obrigada pelos 43 favoritos! 💙

Capítulo 23 - Castigo!


Fanfic / Fanfiction Depois de tudo - Capítulo 23 - Castigo!

Assim que deixei Max no berço que ele já estava dormindo, me deitei ao lado de America e senti suas pernas em volta das minhas e uma de suas mãos em minha cintura, olhei para ela que sorriu logo vendo que também estava acordado,  beijei ela e fiquei acariciando sua cintura. 

XXX- Podemos? - Disse a voz batendo na porta levemente. 


Aspen- Podemos?- Disse batendo na porta levemente. 

Maxon- Sim...

Me separei da America já tenso por terem interrompido nosso momento. 

Aspen- Só viemos apresentar a voces ele, voces são os padrinhos.

Maxon- Alex!

Celeste- Sim ele mesmo. 

America- Posso pegar nele?

Celeste- Claro. 

America pegou em Alex e eu fui para trás dela para ver ele também, ele dormia calmamente, pousei minha mão na sua cabecinha e o mesmo conduziu sua cabecinha para o lugar da minha mão fazendo assim com que sua cabecinha ficasse encaixada na minha mão.

Maxon- Ele é calmo?

Aspen- Comigo não.- Ri.- Com a Celeste é mais calmo.

Celeste- O Aspen não larga ele, já eu...

Aspen- Voce tambem não larga ele, qualquer momento está com ele.

America- É muito guloso?

Celeste- Nem tanto, não tem toda hora fome.

Depois de um tempo admirando Alex ele acordou já revelando seus olhinhos, eram verdes os olhos do Aspen, tinha a cara da Celeste, não chorou assim que acordou olhou para America e sorriu pegando sua mão.

Maxon- Ele parece ser um bebe tão calmo.

Celeste- Com desconhecidos ele não é, não é mesmo mas como acordou agora e ainda tem sono está calmo não é meu amor?

Alex sorriu para Celeste que fez um carinho nele assim que lhe deu um sorriso, olhou para Aspen e estendeu os bracinhos para ele.

Maxon- Já sei quem é o preferido! - Ri.

Audrey- Papai...

Maxon- Então meu amor, voce não devia estar dormindo? 

Audrey não respondeu ficou olhando para Aspen e Celeste não conhecendo Aspen seu olhar de desconfiança se tornou dono dela assim que o olhou.

Maxon- É o padrinho meu amor voce não conhece?

Audrey- Não papai...

Max- Madinha!- Acordou assim que Celeste.

America- Voces deveriam estar a dormir meus amores!

Celeste- Lindo amanhã a madrinha promete que vem junto com o tio Aspen sim? Pode ser assim?

Max- Sim Madinha...

Maxon- Vou tentar adormecer eles.

Fui até eles e estavam esfregando os olhinhos Audrey estava em pé e Max estava sentado, senti a mão de America no meu ombro e a boca dela no meu ouvido.

America- Eu trato dela...- Sussurrou fazendo com que eu me arrepia se.

Peguei em Max e ele me abraçou assim que fiz carinho nele, olhei para America e o mesmo momento aconteceu com ela e com Audrey, ela se sentou na cama acariciando a cabecinha de Audrey que estava quase dormindo. 

America- Venha para aqui.

Assim o fiz, fiquei observando os toques de America em Audrey e fiz os mesmo com o Max que riu por me ver tão concentrado.

Maxon- Ele dormiu....

America me pediu silêncio, fui até ao berço e o deixei lá a dormir quando me virei para ela Audrey já estava dormindo e America estava encarando ela, fui para trás delas e começei a massegear os ombros de America e dando varios beijos no pescoço dela fazendo com que ela aperta se as cobertas, ela se levantou me deixando beijar nada (tipo ele tava naquela posição e quando estava beijando o pescoço de America ela saiu e ele ficou na mesma posição)

Maxon- Voce tem de voltar aqui minha querida. 

America- Não vai acontecer nada "meu querido".- ri.

Maxon- Veremos!

Puxei America pela cintura e continuei com os beijos no seu pescoço e quando ganhava coragem começava a chupar sua pele fazendo com ela solta se vários gemidos por causa de meus movimentos. 

America- hmm....Maxon....

Maxon- Algum problema minha querida? 

America- Não podemos agora...hmm...

Maxon- Quero um bom motivo...

America- Os gémeos...hmm...Maxon....

Maxon- Quero um motivo ainda melhor...

America- Amanhã de manhã Aspen e Celeste vêm e eles não nos podem ver em outros trajes. 

Maxon- Eu vou deixar hoje, mas só vai acontecer quando eu tiver mesmo muita vontade....

America- Vai deixar sua esposa esperando muito tempo?

Maxon- De castigo sim!

America- Ah é e quando acaba esse castigo? 

Maxon- Quando eu quiser...

America- Ah e quanto tempo vai ser?

Maxon- Tempo necessário para saber que tem de dar motivos melhores ao seu marido.

America- Que medo...- Disse se fazendo de inocente para eu rir, desejava tanto ela agora.

Maxon- É bom que tenha, porque quando o castigo acabar eu não vou me controlar nem um pouco...

America- Vai magoar uma pobre garota como eu? - Disse me provocando. 

Maxon- Não sei isso voce vera quando o castigo acabar....

America- Hmm... já estou com medo...

Maxon- Não precisa ter minha querida, mas não me provoque senão o castigo aumenta...

America On  

Depois do castigo dado pelo Maxon as regras eram: Não beijar o pescoço dele, não tocar no seu peito, não tomar banho com ele, não fazer aquilo que voces sabem, não podia me agarrar a ele quando iamos dormir, não podia provocar ele e não podia ignorar os beijos dele e os mimos também. 

De manhã acordei com umas carícias fofas no meu cabelo pensei que fosse o Maxon, abri os olhos e olhei para Maxon que estava sentado olhando para cima de mim, olhei para o dono das carícias e era Alex que estava ao meu lado.

America- Oi lindo!- Disse acariciando a cabecinha de Alex.

Celeste- Ele nos obrigou a voltar.- Ri.

America- Como assim?

Celeste- Ele quando saímos começou a olhar para a porta e a estender os bracinhos para a porta do vosso quarto e hoje aconteceu o mesmo.

Audrey- Papai...

Maxon- Filha acordou finalmente!

Max- Papai...

Maxon- Sim filho? Voce também acordou.

Max- Madinha voltou!

Celeste- Sim lindo eu voltei eu disse que ia voltar.

Max- Sim Madinha...

Audrey- Mamãe...- Disse estendendo os bracinhos para mim.

Peguei em Audrey e Maxon em Max sentei ela a frente de Alex e ao lado de Max.

Audrey- Quem é papai? 

Maxon- É o bebe da tia Celeste e do padrinho Aspen.

Audrey- Bebé?

America- Sim linda!

Audrey- Bebés co-mo eu e Max?

Celeste- Sim linda bebe como voce e o Max.

Audrey- Bebé...- Acariciou a cabecinha de Alex e ele pegou na mão de Audrey.

Max- Papai...

Maxon- Sim?

Max- O que fa-zer?

Maxon- Podemos deixar o Alex perto da Audrey, mas é so ele tá bom?

Max- Sim papai...- Disse com uma carinha triste. 

America- Algum problema meu amor?

Aspen- Voce se lembra que disse que ia ser ciumento?

America- Sim...

Aspen- Aí está ciumes, Max me escute sim?

Max- Sim...

Aspen- Voce e Alex ainda se vão dar bem, vão ser grandes amigos sim?

Max- Sim tio...

Aspen- Não fique assim...- Aspen abraçou Max que se agarrou a ele assim que ele o abraçou. 

Maxon On  

Depois da visita de Aspen e Celeste, decidi começar com o castigo de America, eu tinha de provocar ela até a propria não conseguir resistir mais só que ela tinha de ceder até um certo ponto não podia me provocar só que eu quero que isso aconteça quero que ela me provoque quero que faça com que eu tire seu castigo, não dormir agarrado a ela está me matando eu quero que isso aconteça preciso dela.

America- Voce está ouvindo? 

Maxon- O que? Me desculpa estava pensando. Algum problema? 

America- Sua filha está chamando voce há 5 minutos e voce não responde a ela.

Maxon- Me desculpe filha eu não estava ouvindo mesmo...

Audrey- Banho papai!

Maxon- Sim meu amor, se quiser pode ir para o banheiro mas promete ao pai que vai ter muito cuidado sim?

Audrey- Sim papai ter cui-da-do...

Vi Audrey se afastar e entrar no banheiro assim que entrou se sentou no chão me esperando pacificamente, ri de como ela estava sentada, suas pequenas pernas estavam esticadas e suas costas encostadas da banheira, assim que voltei para mim mesmo me virei para America e ela estava de trás para mim, vi que estava arrumando umas roupas dos gémeos, me aproximei dela sem fazer barulho e agarrei sua cintura. 

America- Algum problema meu querido? 

Maxon- Isso pergunto eu, faz parte do castigo não ignorar meus beijos e meus mimos.

America- E se eu ignorar o que voce faz?

Maxon- Aumento o tempo do castigo...

America- Ah...

Maxon- Não parece surpresa isso não me agrada...

America- Meu querido voce tem de ir dar banho a Audrey e eu ao Max por isso depois conversamos.- Disse tentando sair dos meus braços mas eu fiz pressão para não a largar.

Maxon- Olhe o castigo...

America- Estou só preocupada com nossos filhos...isso é mau?

Maxon- Claro que não mas mesmo que sua preocupação me faça desejar não vai acontecer nada...

America- Eu sei que não vai meu querido, eu sei.

Por fim a deixei sua última frase me deixou tenso, quando olhei para trás vi Audrey sentada encostada a porta me olhando confusa ri vendo seu olhar, fui até ela e peguei nela ja indo direto ao banheiro.

Audrey- Papai...

Maxon- Sim? 

Audrey- Que ser cas-ti-go?

Maxon- Castigo e quando alguém se porta mal ou fez algo de ruim tem de ter uma consequência para aprender que não pode fazer de novo.

Audrey- Mamãe estar de cas-ti-go?

Maxon- Sim meu amor mamãe estar de castigo.

Audrey- Mamãe portou mal?

Maxon- Sim linda mamãe se portou mal...

America On 

Ja tinha um plano para o castigo que o Maxon me deu não podia ignorar os beijos e os mimos mas ele não disse nada acerca de ignorar ele só para provocar ele, numa noite ia fazer isso, durante esta semana toda ia ignora lo e no fim da semana ia terminar com o meu castigo, já sei que Maxon não resiste...

Max- Mamãe po-sso ter o fa-ti-nho?

America- Meu amor mas aquilo é desconfortavel.

Max- Não, mamãe eu gos-to.

America- Voce gosta de usar o terninho? 

Max- Sim...

America- Voce vai ser um príncipe tão charmoso. 

Max- O que mamãe?

America- Vai ser um príncipe preocupado com a sua aparência lindo.

Max- Eu gos-to mamãe!

America- Eu sei que sim lindo.

4 dias depois

Sala de reunião 

Clarkson- Temos de falar de algo importante...

Maxon- O que?

Audrey- Papai não que-ro! - Se escondeu no peito de Maxon.

America- Meu amor olhe para mim...voce não vai.

Maxon- Não vai mesmo linda prometo.

Clarkson- Posso falar?

Maxon- Diga...

Clarkson- Está tudo pronto para a Seleção do Max.- Disse orgulhoso. 

Maxon- Mas já?  Pai ele só tem 1 ano e 2 meses.

Clarkson- Voce ja me conhece Maxon, gosto de preparar tudo com tempo.

America- Com bastante tempo.

Clarkson- Voce me conhece America.

Maxon- Acho muito cedo pai e isso America e eu deviamos tratar disso...

Clarkson- Não importa eu mesmo tratei, ah e já tenho a resposta dos Britânicos acerca do casamento da Audrey com o príncipe de Inglaterra. 

Audrey- Não!

Clarkson- Mas ainda não sabe a resposta.

Audrey- Eu não que-ro avô. 

America- Calma meu amor vai dar tudo certo se não der eu e papai arranjamos maneira de dar sim?

Audrey- Mamãe...

Clarkson- Se já acabaram. Eu posso dar a resposta dos Britânicos?

Maxon- Sim diga logo a resposta deles...- disse sem paciência. 

Clarkson- A resposta dos Britânicos é....


Notas Finais


No proximos capítulo vamos saber a resposta que provavelmente vai ser amanhã o proximo capítulo.
Me digam algo nos comentários porque eu preciso do vosso apoio para continuar.
Espero que gostem! 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...