História Depois de tudo - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Anne, Aspen Leger, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Kriss Ambers, Lucy, Marlee Tames, Mary, Maxon Calix Schreave, May Singer, Rainha Amberly, Rei Clarkson, Shalom Singer
Tags América, Amexon, Maxerica, Maxon
Visualizações 93
Palavras 1.854
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Caramba vocês me motivaram me bastante para postar o capitulo, proximo capítulo vai ser tipo hentai eu ja tenho uma otima imagem kkkk para p proximo kkkk este combina um pouco porque Maxon vai ser provocado, ja falei demais....

Capítulo 24 - A Resposta!


Fanfic / Fanfiction Depois de tudo - Capítulo 24 - A Resposta!

Audrey- Mamãe...

Clarkson- Se já acabaram. Eu posso dar a resposta dos Britânicos?

Maxon- Sim diga logo a resposta deles...- disse sem paciência. 

Clarkson- A resposta dos Britânicos é.... 


Clarkson- A resposta dos Britânicos é Não...

Maxon- Serio?

Clarkson- Infelizmente sim, mas eu vou fazer algo para eles aceitarem.

Maxon- O pai não pode fazer isso!

Clakson- Posso Maxon e a minha proposta vai ser aumentada, se tiverem mais alguma filha ela também ficará casada com os Britânicos.

America- Não vamos ter mais nenhuma filha se é para perder ela...

Clarkson- Não é perder ela America é dar um futuro de rainha que ela não pode ter!

Maxon- Ela vai ter um futuro de rainha a sua maneira...

Clarkson- Como se o herdeiro é o Max e não ela Maxon!- Gritou.

Maxon- Eu arranjo maneira...

Clarkson- Não vale a pena Maxon, eu vou fazer com que os Britânicos tirem da cabeça a idiota da ideia que tiveram.

America- Como eles pensam? 

Clarkson- Que o amor tem de ser por a caso e não forçado...

Maxon- Alguém que tenha um pouco de consciência.

America- Eles têm razão o amor não pode ser forçado...

Clarkson- Com tempo eles se entendiam e era apenas dar um herdeiro a família real britânica e pronto.

Maxon- Não iam, pai eu sei que o senhor pensa que sabe que quer assim mas sei que não quer o mal da Audrey.

Clarkson- Ela nasceu para ser princesa sim nasceu mas princesa de Inglaterra junto ao príncipe de Inglaterra...

Maxon- Não pai, ela nasceu para ser princesa em Illea!- Disse levantando Audrey e colocando ela em pé de suas pernas.- Olhe para ela é impossível alguém fazer mal a ela com esta carinha, pai por favor esqueça essa ideia não vamos aguentar principalmente o Max não vai ficar nada contente em ber a irmã partir e pode odiar voce.

Clarkson- Mas ela precisa de um bom futuro...

Maxon- Ao lado do Max, ao nosso lado.

Clarkson- Nada me impede de continuar com a proposta e acabamos este tema por aqui!- Disse saindo da sala de reunião.

Max- Mamãe, a mana fica?

America- Sim a mana vai ficar meu amor consegui mos!

Max- Sim mamãe!- Assim que mostrou sua alegria por Audrey ficar aqui me abraçou forte e olhou para Maxon.

Maxon- Eu disse que iamos conseguir filho!

Max- Obri-ga-do papai!

Maxon- De nada meu amor, mas temos de ficar atentos sim?

Max- Sim papai.

America- Meu amor vamos para o quarto? 

Max- Por-que mamãe?

America- Porque eu sei que está cansado.

Max- Não mamãe...

America- Não está cansado meu amor? 

Max- Não...

Maxon- Filho, já que não está cansado quer vir comigo?

Max- Sim papai!

Maxon- Minha querida leve a Audrey ela sim está cansada.

America- Claro meu querido, me dê ela então.

Maxon- Não me vai dar um beijo?

Fui até ele e deixei Max nos seus braços peguei em Audrey e por fim dei um beijo em Maxon só que quando o mesmo ia retribuir eu parei de beijar ele e o mesmo me ficou olhando com um sorriso malicioso e um olhar confuso.

Maxon- Quer que eu aumente o castigo? 

Audrey- Mamãe es-tá de cas-ti-go Max...- Sorriu.

Max- Cas-ti-go? 

Audrey- Cas-ti-go Max.

Max- Mana...

Audrey- Sim?

Max- Mamãe fez mal ao papai? 

Audrey- Sim...

Max- Mamãe...

America- Eu não fiz nada.- Ri.

Maxon- Fez sim filho, sua mãe se portou muito mal comigo.

Audrey- O que a mamãe fez?

Maxon- A mamãe fez algo que tem de aprender que não pode fazer outra vez...

America- Vamos deitar a bebé? - Perguntei a Audrey acariciando seu cabelinho que estava crescendo lentamente.

Audrey- Sim mamãe...

Maxon On 

Max- Papai gos-ta da mamãe? 

Maxon- Claro filho eu amo sua mãe.

Max- Por-que ela estar de cas-ti-go en-tão?

Maxon- Já disse ela se portou mal comigo filho.

Max- Mamãe não bei-jou o papai? 

Maxon- Isso mesmo filho, mas o castigo da mãe não é nada de grave meu amor, eu não gosto de fazer sua mãe ficar muito longe de mim, mas e agora voce quer ir comigo?

Max- Sim papai...

Fui até ao jardim com Max nos meus braços e quando cheguei ao jardim estava Aspen, me sentei ao lado dele e Alex me olhou curioso, vi o olhar de Max no Aspen e o de Aspen em Max, olhei para Alex e o mesmo estava me olhando.

Aspen- Ele olha tanto para voce.

Maxon- Sou um exemplo a seguir!- Disse rindo.

Max- Não...

Aspen- Ele tem razão!- Disse rindo e olhando para Max.

Max começou a se debater em mim sempre olhando para Aspen.

Maxon- Que foi filho?

Max- Tio...

Maxon- O tio que tem o tio?

Max- Eu que-ro ir ao tio....

Aspen- Ele caminha?

Max- Sim!

Aspen- Venha até mim...- Disse sorrindo e pegando na mão de Max.

Assim que trocamos o Max ficou com Aspen e eu fiquei com Alex nos braços começamos a falar de motivos aleatórios fiquei dando uns conselhos de pai a Aspen.

America On

America- Amanhã vamos conhecer mais um bebé filha.

Audrey- Quem mamãe? 

America- A bebé da Madrinha.

Audrey- Mais bebé? 

America- Sim linda mais uma bebé, 

Audrey- Co-mo é a bebé? 

America- A bebé como você chama linda, ela tem olhinhos verdes e vai ser loira é um pouco pequena mas isso é normal.

Audrey- Normal? 

America- Sim linda é normal os bebés são pequenos.

Audrey- Mamãe, Max e eu ser pe-que-nos?

America- Mais ou menos meu amor voces são bebés mais velhos por isso são um pouco grandes.


1 semana depois 

Depois do acontecido com a resposta dos Britânicos eu e Audrey ficamos mais unidas assim como Max e Maxon, hoje estava no jardim Audrey estava com Amberly e Max com Clarkson estava nervosa mas sei que não faz nada de com ele, estava vendo a paisagem de Illea e a chuva começou estavamos no inverno o "castigo" do Maxon ainda se mantinha e o meu plano também estava ignorando Maxon via- o tenso por o estar a ignorar ele, depois de 5 minutos senti umas mãos na minha cintura.

Maxon- Está me ignorando? 

America- Não...

Maxon- Então porque é que cada vez que me vê me ignora.

America- Tenho estado ocupada com nossos filhos.

Maxon-  Não, eu sei que me está ignorando...

America- Não, meu querido eu estou muito ocupada mesmo. - Disse tentando segurar minha risada.

Maxon- Bem já que é assim, sou obrigado a aumentar seu castigo.

America- Pode aumentar eu aguento meu querido.

Maxon- Aguenta mais duas semanas? 

America- Sim...

Mais duas semanas sem poder tocar no Maxon Duas semanas eu não ia aguentar ele estava me provocando e estava conseguindo mas eu ia ceder não me ia entregar a ele num momento para o outro, hoje de noite ia terminar com tudo isto, não estava aguentando duas semanas mas hoje ia ignora lo ainda.

Maxon- America!

America- Sim?

Maxon- Porque não vem comigo?

America- Tenho fome meu querido...

Maxon- Mas agora tem de vir comigo.

America- Não posso meu querido.

Maxon- Está me ignorando então, isso prova.

America- Estou mesmo com fome.

Maxon- Depois?

America- Pode ser...

Maxon- Desta vez não é para me ignorar.

America- Mas eu ja disse que não estou te ignorando meu querido.

Maxon- Voce não consegue mentir minha querida.

America- Como já disse eu tenho fome meu querido.

Saí do jardim deixei Maxon me olhando indo embora, eu realmente tinha fome mas era de outra coisa (America muito perversa) fui até a cozinha vi uma torta de morango acabada de fazer peguei um pedaço sem a cozinheira ver, fui para o salão e Clarkson estava lá juntamente com Max.

America- Ainda não falou da Seleção do Max.

Clarkson- Pensei que não quisesse saber desse tipo de coisas.

America- Eu não quero saber da sua proposta para o futuro da Audrey mas quero saber sobre a Seleção do Max.

Clarkson- Está tudo pronto.

America- Tipo?

Clarkson- Os quartos prontos, as criadas prontos, as tarefas das Selecionadas prontas, as visitas dos outros reinos e de outros países...

America- Mas então as Selecionadas? 

Clarkson- As selecionadas, esse assunto só se trata quando o Max tiver 17 anos, ah e ele também tem de aceitar.

America- Pelo menos não é amor forçado.- Disse friamente.

Clarkson- Por deus (cof cof diabo) será que ninguém vê que eu quero o melhor para a Audrey? 

America- Afastando ela do seu país, dos seus pais, do seu povo, seus costumes e mais importante afastando ela de Max o seu irmão o seu gémeos, isso é tudo é querer o melhor para a Audrey?

Clarkson- America eu não quero que ela sofra por não ir ser rainha como o Max vai ser, por isso e que quero que ela case com o príncipe de Inglaterra. 

America- Mas isso é força la, porque não gosta dela?

Clarkson- Voce pode não acreditar mas eu amo a Audrey  (o coração descongelou) o príncipe de Inglaterra vai lhe dar muito, amor, carinho, dinheiro, poder de reinar junto a ele e eles podem sempre vir a Illea tal como voces podem ir a Inglaterra visitar eles, eu dei mais uma oportunidade para os Britânicos pensarem se aceitam ou não, se aceitarem vai ser otimo mas se não aceitarem temos de arranjar alguma coisa para aceitar.

America- Temos? 

Clarkson- Tenho, me desculpe...

America- Eu não quero ficar longe da Audrey, voce sabe que Maxon ira sofrer muito e o Max também.

Clarkson- Sim eu sei por isso que já tenho algo em mente mas só digo quando souber a resposta dos Britânicos de novo.

Após minha conversa com Clarkson decidi ir para o meu quarto e tomar um banho quente para relaxar um pouco o dia foi tenso, tenso demais.

Assim que saí do banho coloquei um roupão e saí do banheiro, vi Maxon sentado na cama olhando para o chão distraido, quando levantou a cabeça me olhou serio.

Maxon- Voce não veio...

America- Fiquei falando com o seu pai.

Maxon- Meu pai?

America- Sim.

Maxon- Sobre o que?

America- Sobre a Audrey ele me disse o porque que quer que ela case com o príncipe de Inglaterra. 

Maxon- Disse?

America- Sim, ele quer que ela tenha poder de reinar por isso ofereceu a Audrey.

Maxon- Voce concorda?

America- Claro que não, eu não quero ver ela longe.

Maxon- Nem eu, mas agora me diga o porque de não vir assim que deixou meu pai...

America- Estava cansado o dia foi tenso precisava de um banho, mas o que queria falar comigo?

Maxon- Uma coisa simples.

America- Tipo?

Maxon- Se aproxime por favor.

Me aproximei de Maxon e ja fui tirando a fita do roupão, ficando assim um pouco exposta para Maxon, me aproximei lentamente, olhei para ele e vi ele cerrando suas mãos em punho, ele me puxou pela cintura e me beijou, consegui, consegui provocar o Maxon Schreave, senti ele colocar a mão por dentro do meu roupão que estava aberto no meio ele acariciou minha cintura e foi subindo sua mão pela meu corpo...

Clarkson- Venham já a sala de reunião!

Maxon- Se portou mal minha querida,  muito mal!

America- Não pareceu estar incomodado com o que iamos fazer...

Maxon- Voce sabe as consequências...

America- Sei sim, mas agora vamos ter com o seu pai.

Fomos para a sala de reunião e Audrey e Max já estavam lá juntamente com Clarkson eles estavam sentados na mesa, dando as mãos e sorrindo olhavam para a porta, assim que chegamos nos sentamos.

Audrey- Papai!- Disse estendendo os bracinhos para Maxon. 

Max- Mamãe!- Disse estendendo os bracinhos para mim.

America- Voces sabem o que avô quer?

Max- Não mamãe, mana?

Audrey- Não mamãe...

Clarkson- Creo que já contou a Maxon que dei outra oportunidade aos Britânicos para pensarem acerca da proposta que eu lhes fiz.

Maxon- Sim a America já me contou e também contou o motivo pelo qual quer esse futuro para Audrey.

Clarkson- Bem eles já responderam.

America- E então?

Maxon- Qual é a última resposta deles?

Clarkson- Os Britânicos disseram que....


Notas Finais


Que so vamos saber amanhã kkkkk, vocês vão me odiar tanto mas para ficarem bastantes curiosas, próximo capitulo vai ter aquilo que America e o Maxon estavam quase fazendo...
Obrigada pelos comentários no ultimo capitulo isso me motiva muito a continuar por isso podem comentár quantas vezes quiserem que eu vou agradecer imenso.
Espero que gostem e que não me matem! Kkkkkk 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...