História Depois de tudo - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Seleção
Personagens America Singer, Anne, Aspen Leger, Carter Woodwork, Celeste Newsome, Kriss Ambers, Lucy, Marlee Tames, Mary, Maxon Calix Schreave, May Singer, Rainha Amberly, Rei Clarkson, Shalom Singer
Tags América, Amexon, Maxerica, Maxon
Visualizações 88
Palavras 2.386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu estou muito ansiosa, eu preciso muito do vosso apoio para continuar esta segunda temporada que está cheia de segredos e mistérios e ainda vai estar...

Capítulo 30 - Segunda temporada: Após 16 anos..


Fanfic / Fanfiction Depois de tudo - Capítulo 30 - Segunda temporada: Após 16 anos..

Minha mãe me disse que eu não podia conheçer meu pai porque ele tinha morrido, fico muito triste que isso tenha acontecido queria muito ver se era parecida com ele, pois eu não sou parecida com a minha mãe nem um pouco, ela tem cabelo castanho escuro e eu tenho super claro quase loiro eu tenho olhos azuis e ela olhos castanhos escuros, minhas expectativas de conhecer meu pai eram poucas quando tinham 12 anos e agora com 17 essas expectativas se foram.

Kriss- Voce vai sair?

Audrey- Sim mãe vou dar uma volta por aí, mas não venho tarde juro.

Kriss- Não venha mesmo!

Saí de casa e finalmente me senti livre minha mãe colocava muita pressão em mim, não queria que ela fosse assim tão exigente mas é minha mãe e eu adoro-a, estava andando por aí que nem reparei que estava perto do palácio, o príncipe Max estava na sua seleção, adorava a ideia de conhecer o amor da sua vida assim, mas preferia que fosse normal ver uma pessoa e se apaixona se completamente por ela, mas aquilo era ordem de Illea espero solenemente que encontre sua princesa perfeita e o amor da sua vida, na realidade nunca vi o príncipe Max na vida real ou ate mesmo na televisão tinha curiosidade sera que era a cara do Rei Maxon ou da rainha America acho que minha duvida vai estar para sempre na minha cabeça, me sentei num banco lá perto só fiquei aproveitando o vento que estava, fui interrompida pelo um toque no meu braço me virei e vi um dos guardas do palácio.

Guarda- Desculpe senhorita mas não pode ficar aqui.

Audrey- Sim claro desculpe, eu ja estou saindo.

XXX- Obrigado, seu nome é?

Ouvi uma voz desconhecida estava prestes a ir embora quando ouvi alguém dize aquilo, suava ousado e pervetido mas não me importei me virei de novo para poder ir embora.

XXX- Espere senhorita volte aqui!

Essa mesma voz me chamou me virei e vi um "mini" Maxon vindo na minha direção, tentei não ficar surpreendida por estar diante ou do principe ou do Rei.

Audrey- Sim... eh alteja?

XXX- Ainda não, só quando a Seleção terminar.

Audrey- Majestade.

XXX- Como é seu nome querida?

Audrey- Eu não sou sua querida!

XXX- Primeiras palavras que minha mãe disse ao meu pai quando o viu!

Audrey- Voce é o príncipe?

XXX- Príncipe Max.

Audrey- Desculpe tratar sua majestade assim não era minha intenção.

Max- Para voce é só Max e não precisa se desculpar, voce me fez lembrar minha mãe.

Audrey- Fico horranda por ter lembrado sua mãe majes... eh Max.

Max- Qual é seu nome minha querida?

Audrey- Audrey... Audrey "Ambers".

Max- Engraçado, minha irmã também se chamava Audrey.

Audrey- Sinto muito pela vossa perda com certeza ela daria uma otima princesa.

Max- Melhor que eu até.

Audrey- Voce parece ser um bom príncipe.

Max- Todo mundo me diz isso mas eu acho que eles só estão tentando me agradar e também por serem os "meus" criados.

Audrey- Eu não sou sua criada e nem digo isto para agradar voce digo porque acho que é um bom príncipe e que vai dar um bom Rei!

Max- Só Rei mesmo.

Audrey- Como assim?

Max- Eu acho que não vou encontrar minha alma gémea aqui.

Audrey- Porque diz isso?

Max- Todas são carinhosas e isso mas nenhuma delas consegue ser minha querida, tenho medo que não consiga achar ninguem como meu pai achou.

Audrey- Só precisa de dar um tempo a tudo se sentir pressionado saí-a um pouco do palácio descontraia isso me ajuda muito.

Max- Voce se sente pressionada também?

Audrey- Sim minha mãe me pressiona, ela quer que eu tire um curso de medicina e isso não o que eu quero fazer.

Max- O que é?

Audrey- Algo relacionado com fotografia!

Max- Se voce quiser temos umas aulas aqui no palácio, só que vai custar um pouco...

Audrey- Agradeço muito e realmente quero mas se custa um pouco eu não posso, minha mãe não ia conseguir pagar todos os meses.

Max- Voce não me deixou acabar, o preço era ficar aqui no castelo dormia, suas refeições eram aqui, convívia com os reis, com as garotas e o mais importante me ajuda com elas porque eu realmente preciso.

Audrey- Apenas isso?

Max- Sim.

Audrey- Não ia custar dinheiro?

Max- Não nem um pouco, ah mas tinha de usar vestidos.

Audrey- Acho que já nao quero!- Ri.

Max- Deve ser chato ter de usar vestidos, voce acha que é facil andar sempre de terno e andar sempre bem arranjado?

Audrey- Mas vocês não tem o medo de tropeçar a qualquer momento no vestido.

Max- Pronto voce conseguiu ganhar!- Sorri.

Audrey- Seu nome não é apenas Max...

Max- Não.

Audrey- Pois não pode ser apenas Max.

Max- Voce não sabe meu nome?

Audrey- Não, a unica coisa que sei de voce é que é príncipe e que é filho de America e Maxon Schreave. - Ri.

Ele ri também com minha pouca informação que tenho acerca dele, o seu sorriso é diferente do meu, o príncipe Max possuia olhos azuis, cabelo castanho quase loiro era alto se soubesse a altura certa dizia que tinha 1,80 não sabia bem mas era bastante alto ao contrário de mim que tenho apenas 1,71 aparentava ter entre 16 e 17 anos tal como eu, eramos parecidos em varias partes olhos azuis, cabelo castanho claro quase loiro, menos o nariz, a boca, a cara eram diferentes, olhei para ele e vi a cara da Rainha America nele, ele riu quando se apercebeu que eu mesma o estava olhando desviou o olhar e começou a olhar para frente. 

Max- Então quer dizer que a senhorita Audrey "Ambers" não conhece bem o Príncipe de Illea é isso?

Audrey- Peço desculpa!- Disse me levantando mas senti minha mão sendo tocada por outra.

Max- Não precisa sair... eu não fiquei chateado ao saber que não sabe nada sobre mim!- Sorri.

Audrey- Imagino que está dizendo isso só para me agradar!

Max- Voce é bem desconfiada.

Audrey- Voce não me conhece Príncipe Max, há muitas coisas que eu escondo e acredite que essas coisas jamais vou contar a alguém.

Max- Voce sabe que posso obrigar voce a falar sou o príncipe. 

Audrey- E voce sabe que eu posso fazer com que cale essa boca real em troca do que voce quiser.

Max- Chantagem?

Audrey- Talvez, me diga voce.

Max- Vai aceitar a proposta? 

Audrey- Não sei, se aceitar voce tem de fazer algo por mim...

Max- Eu sou o príncipe posso te dar tudo!

Audrey- Quero que minhas aulas sejam com o Rei Maxon, seu pai!

Max- Só isso?- Perguntou surpreendido pelo meu pedido ser tão fraco em seus costumes.

Audrey- Sim, eu sei que o Rei é bastante ocupado e vai ser difícil para voce convencer ele a me dar aulas.

Max- Voce não entende, meu pai me ama muito vai fazer tudo para me agradar mas é só eu dizer também que voce não é meu tipo e quem dá aulas a voce em vez dele é um guarda.

Audrey- Não pode fazer isso!

Max- Claro que posso sou o Príncipe de Illea! 

Audrey- Quer ficar conhecido como Príncipe Max o que não fez a vontade a uma pobre garota desesperada.

Max- Ora se quer criar mentiras sobre mim pelo menos use meu nome completo.

Audrey- Príncipe Max Schreave o que não fez a vontade a uma pobre garota desesperada.

Max- Ainda estou a espera que diga o meu nome!

Audrey- Como quer que eu diga seu nome completo se eu não sei nada dele.

Max- Quer saber assim tanto?

Audrey- Eu nunca disse isso, mas se bem que podia ajudar, para completar a notícia. 

Max- Vai ficar sem saber se é para isso.

Audrey- É só fazer sua parte que faço a minha!

Max- Combinado, me encontre aqui amanhã a mesma hora. 

Audrey- Como sei que posso confiar em voce?

Max- Ora minha querida, eu sou o príncipe, príncipe de Illea, o seu príncipe, quem devia desconfiar de alguem era eu.

Audrey- Cumpro sempre minhas promessas!

Max- Espero que esteja dizendo a verdade minha querida!- Disse beijando minha mão.

Audrey- Eu não sou sua querida!

Max- Quando entrar pela aquela porta...- Disse apontando para a porta inicial do palácio.- Vai se tornar minha querida. 

Audrey- Veremos!

Saí de lá, gostei do príncipe ele me chama a atenção de algo, pensei que nunca na minha vida o ia conhecer e esse dia aconteceu hoje acerca da proposta ela é muito boa e quero aceitar, ficar perto do Rei, não sei porque mas sempre tive um carinho especial por ele nunca o conheci pessoalmente mas algo me dizia que eu tinha de adorar ele, e eu o adorava tanto que pedi para ele me dar aula não sei o motivo mas quero ser proximo dele.

Max On

Quando voltei para o palácio fiquei pensando na Audrey ela era linda, seus olhos, seu cabelo, sua boca, seu nariz, sua voz suave, seu cheiro a baunilha e canela misturados era otimo e seu sorriso, ahhh seu sorriso era lindo, as linhas dele bem formadas ela era linda, com certeza tinha alguem uma beleza como aquela não podia estar sozinha, não posso me esquecer que tenho minha Seleção e minhas outras queridas, minha cabeça estava na Audrey a imagem dela sorrindo vinha sempre na minha cabeça, estava tão perdido nos meus pensamentos que nem ouvi ninguém falar.

Alex- Maximilian Schearve! Está me ouvindo? 

Max- Oi?... Não desculpe o que foi?

Alex- Onde voce estava?

Max- Estava fora do palácio. 

Alex- E se seus pais descobrissem ou pior se as selecionadas descobrissem.

Max- Mas eles não descobriram pois não?

Alex- Não eu salvei voce!

Max- Obrigado Alex!

O Alex era meu melhor amigo, filho da minha madrinha Celeste e meu "tio" Aspen, ele tem cabelo preto e olhos verdes a aparencia é do Aspen mas a cara é de minha madrinha, tinha mais ou menos minha altura era diferente de mim, ele conseguia ser mais positivo que eu ja que cada vez que dou minha opinião ele me acusa de ser negativo mas eu sempre corrigo ele eu não sou negativo e sim realista. 

Alex- Mas porque estava fora do palácio? 

Max- Fui lá para descontrair um pouco e encontrei uma garota sentada no banco e...

Alex- Já estou vendo tudo, ficou paquerando ela certo?

Max- Não ela era diferente, tentei me aproximar dela saber um pouco mais dela mas ela sempre me afastava.

XXX- Meu amor!

Olhei para trás e em seguida Alex fez o mesmo, vi minha mãe tão linda, meu pai fez a melhor escolha da vida dele minha mãe era a mulher mais linda que eu ja tinha visto.

Max- Estou aqui mãe, algum problema? 

America- Onde estava?

Max- Fui a biblioteca. Mãe eu queria falar com voce e o pai.

America- Algum problema meu querido? 

Max- Não é grave mas voces precisam saber.

America- Okay, venha então. - Pediu.

Max- Está esperando o que Alex?

Alex- Ah eu posso ir, não sabia!- Ri fraco.

Ri com a reação de Alex e fui até ao quarto de minha mãe e meu pai onde ele estava, entrei nervoso ia fazer o pedido.

America- O que se trata?

Max- Bem...

Maxon- Pode falar filho!

Max- Eu conheci uma garota a um tempo e ela quer cursar fotografia mas ela não tem onde cursar e como sei que temos coisas de fotografia aqui ofereci o palácio como sua segunda casa durante a semana e o pai dar aulas a ela... pronto falei!

Maxon- Aceito! Como se chama? 

Max- Audrey "Ambers"

America- Filha da Kriss, Audrey o nome dela é Audrey...

Max- Eu sei que doi mas eu quero muito ajudar ela. 

Maxon- Eu aceito e voce minha querida?- Disse se levantando e indo para trás de minha mãe e agarrar sua cintura e colocando sua cabeça entre seu pescoço e seu ombro. 

America- Okay eu aceito, quero conhecer ela.

Maxon- Eu tambem. 

Maxon On

America- Audrey e filha da Kriss? 

Maxon- Também achei estranho mas não se esqueça que a nossa Audrey morreu infelizmente...

America- Quero muito conhecer ela muito mesmo...

Maxon- Também eu minha querida.

America- Mesmo assim ainda fico desconfiada.

Maxon- Voce sabe porque aceitei certo?

America- Sim sei, voce quer ver se ela tem traços nossos? 

Maxon- Exatamente.

America- Será que ela vai ter? E se ela for mesmo filha da Kriss e se não for?

Maxon- Vamos fazer para descubrir...

Audrey On

Audrey- Mãe por favor me deixe ir, juro que não vai ser difícil para voce.

Kriss- Voce não vai se encaixar.

Audrey- Eu consigo voce sabe que sou forte, por favor mãe é meu sonho.

Kriss- Voce vai ficar lá até na noite?

Audrey- Sim venho sexta, vou domingo de noite, juro que no fim de semana vou te mimar muito, por favor mãe. 

Kriss- Okay voce pode ir, mas não se aproxime muito da rainha America eu não gosto dela.

Audrey- Não comece mãe. 

Kriss On

Ian- O que aconteceu porque está tão desanimada?

Kriss- A Audrey conheceu o irmão...

Ian- Como?

Kriss- Ela foi até ao palácio e sem querer o príncipe a viu e fez a proposta de ela ter o curso de fotografia no palácio...

Ian- Isso é otimo, ela finalmente vai saber a verdade!

Kriss- Não vai não, eles pensam que a Audrey deles está morta.

Ian- Voce acha que eles não vão perceber? 

Kriss- Se não notarem e não olharem para os mínimos detalhes dela não percebem.

Ian- Ela é gémea do Príncipe Max, o Príncipe de Illea!

Kriss- Eles nunca souberam como é a Audrey, eles pensam que ela esta morta.

Ian- Mas a Audrey precisa de saber pelo menos a verdade e se o príncipe se apaixona por ela, ou ela pelo príncipe? 

Kriss- Isso não vai acontecer.

Audrey On

Ian- Voce está pronta?

Audrey- Mais ou menos....é uma aventura. 

Ian- Espero que voce goste de estar lá.

Audrey- Virar propiedade dos Schreave? 

Ian- Voce já é propriedade do Schreave.

Kriss- Ian!

Ian- Voce vai viver com eles,  já é propriedade deles.

Audrey- Não é bem assim Ian...

Ian- Pequena não fique mal por não 

Depois de ajudar minha mãe ao lavar a loiça eu fui para meu quarto estava pensando em Max, ele era muito lindo até, vou ajuda lo com as selecionadas elas tinham sorte, Max realmente era muito lindo, os olhos dele são tão vivos e lindos, sua voz não muito forte nem muito leve, seu sorriso era simplesmente perfeito estava ansiosa mas não sabia o porque. 

Acordei de manhã assustada com medo de ja passar da hora do combinado com Max olhei para o relógio e faltavam apenas 10 minutos, me vesti em 5 e saí de casa e corri até ao palácio em outros 5 minutos também cheguei la e as portas estavam a abrir me sentei no baco ofegante. 

Max- Minha querida! 

Olhei para ele e estava com seu fato de príncipe aquele look ficava bem nele era muito fofo, me levantei e fiz uma reverência muito torta mas foi uma reverência. 

Max- Qual é sua decisão final?

Audrey- Eu....


Notas Finais


E assim termina o PRIMEIRO episódio da segunda temporada, proximo sai amanhã kkk mas eu ja tenho pronto kkkkkk mas é só amanhã kkkk, mas se neste capítulo tivermos 6 comentários eu posto o segundo capitulo ainda hoje, e ele ja está pronto, agora depende de voces minhas queridas e meus queridos.
Comentem o que acharam desta nova temporada e não se preocupem com Amexon vai haver muito mais...
Espero que gostem! 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...