História Depois de um Acidente - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Acidente, Amizade, Amor, Descobertas, Famoso, Futebol!, Hospital, Jogador, Romance, Traumas
Visualizações 25
Palavras 899
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leituraaaa
....

Capítulo 26 - Meu lugar é em Roma 👫


Fanfic / Fanfiction Depois de um Acidente - Capítulo 26 - Meu lugar é em Roma 👫

POR NICK:

Acordei antes dela e fiquei a observando, serena, tranqüila... linda em seu sono. Logo se moveu devagar, passou a mão pelo rosto e abriu os olhos encontrando os meus. Sorriu corando.

- oi. – falei em um sussurro.

- oi. – falou rouca. Sorri. Levantou a cabeça apoiada em seus braços. – que horas são? – perguntou com o cabelo caindo de um lado. Tirei de seu rosto e me virei sobre ela.

- cedo... ainda dá pra aproveitar muito nessa cama maravilhosa... – falei beijando seu pescoço. Sorriu abraçando meu pescoço.

- hm, assim que eu gosto. – falou, procurei seus lábios, me ofereceu de bom grado, adorei.

Logo eu estava latejando e querendo tirar sua lingerie, me controlei para não forçar nada, gemeu disfarçadamente quando me sentiu. Deslizei a mão pelo seu corpo quente, recém desperto e invadi sua calcinha... nossa, como ela é macia, molhada...

- Nick... – gemeu pegando meu pulso, vi que ela está ofegante... nervosa... tirei a mão dali e voltei a beijá-la. Deslizou a mão pelas minhas costas, me deixando mais excitado ainda.

Me levantei rápido. Ficou perdida e me olhou sorrindo.

- preciso de um banho frio... credo izabella, como você é maravilhosa... – falei indo para o banho.

Tentei me acalmar, saí e ela entrou.

Tomamos café e terminamos tudo na casa da avó dela. Separou o que levar, e o que doar. Deixamos no carro. Fomos por persistência dela visitar Pedro o folgado e sua Família. Ele a abraçou e me cumprimentou apenas com um olhar, preferia nem isso...

- senta ai... toma um café... – falou a mãe dele.

- não, temos que ir... vim apenas me despedir, amanhã de manhã estaremos voltando para Roma, e quero agradecer a você, por tudo que já fizeram pela minha família. – falou ela toda maravilhosa, todos babavam, inclusive eu.

- ah minha filha, sabe que aqui todos te amamos, não quer ficar por aqui...? adorava essa cidade. – falou a mãe dele. Já não gostei. Iza me olhou.

- ah, eu vou alugar essa casa, estou morando com uma família legal lá...

- mas aqui tem nós, que te conhecemos desde sempre. – falou Pedro.

- lá ela tem pessoas que a amam e a consideram da família, ela tem um emprego e a mim. – falei me intrometendo. Pedro me encarou com raiva.

- e desde quando você é a família dela? Não pode egoísta de não deixá-la voltar para a casa dela porque ela está com você. – ele falou. O encarei e dei um passo. Iza pegou minha mão.

- ele é uma parte essencial da minha vida desde que eu acordei, minha vida está em Roma... posso passar dias, semanas aqui, mas morar, eu moro em Roma. – falou ela tensa. Ele concordou.

- vocês estão juntos mesmo? – perguntou a mãe de Pedro. Ela me olhou... nunca a pedi em namoro... o que ela vai falar?

- somos próximos. – falou. Fiquei tenso.

- sempre quis que ficasse com Pedro, desde que eram pequenos. – falou a mãe dele. Claro que ela queria, ele também queria... iza ficou desconfortável.

- não... – ela falou. – bom, eu vou indo... volto quando estiver em Veneza... – falou. Concordaram. Nos despedimos de todos.

- bella... – chamou Pedro quando saímos.

- aff. – falei.

- oi. – ela falou paciente.

- me desculpa pela minha mãe, não queria te deixar desconfortável, nem te magoar... – falou. Ela o abraçou.

- tudo bem... nos vemos quando for para Roma... – falou ela. Ele concordou.

Fomos nos afastando. Ela pegou minha mão quando chegamos no carro.

- desculpa... – pediu. Sorri e a beijei.

- adorei saber que sou uma parte essencial na sua vida desde que acordou. – falei. Sorriu corando. A abracei e a beijei. – você é demais. – falei. Me abraçou.

Fomos jantar em um lugar romântico e simples, ela fica ainda mais linda quanto a luz que a ilumina é de velas. Seu sorriso é perfeito.

Meu celular começou a tocar, é mel...

- rápido, juro. – falei a iza, que concordou bebendo seu vinho. – que foi? – perguntei nervoso saindo do restaurante.

- tenta descobrir o sabor favorito de bolo, e cor. – falou mel rapidamente.

- a cor é azul e dourado... sabor é frutas vermelhas ou chocolate caso seja pro bolo... – falei.

- você é top. – falou mel. Sorri.

- mais alguma coisa? – perguntei.

- entro em contato para maiores informações. – falou brincando. Ri.

- beleza. Tchau... se cuidem. – falei.

- vocês também. – falou. Desliguei.

- aconteceu alguma coisa? – perguntou iza preocupada.

- não... só meu treinador perguntando meus dias de treino. – falei. Concordou.

Saímos do restaurante com ela enlaçando meu braço.

- adorei Veneza. – falou olhando em volta.

- é sua casa agora também. – falei.concordou.

- imagino que minhas férias na infância eram muito felizes... – falou pensativa.

- pode fazer lembranças novas... – sugeri. Sorriu encostando no carro, enlaçou meu pescoço.

- já comecei a fazer... com você. – falou, segurei seu quadril no meu.

- então trabalharemos em fazer mais. – falei. Sorriu e me beijou.

Fomos para o hotel e ficamos nos beijando. No outro dia bem cedo ela se levantou e nos arrumamos para ir embora. Quatro horas de viagem.

Chegamos e as meninas a ajudaram a organizar tudo, fui para minha casa.

No treino fui lembrado por um amigo que meu contrato de empréstimo para a Juventus está acabando... fico tenso toda vez que me lembro disso.

- vou conversar com a diretoria... – falei decidido.

Entrei em contato com Talita e sua mãe, comprei as passagens delas e as enviei.


Notas Finais


Ahhh está organizando a festa delaaaa que lindo. Espero que tenham gostado, o que acharam? Nos vemos no próximo, beijos... Se cuidem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...