História Depois do Álcoolntecer - Capítulo 1


Escrita por: ~

Exibições 53
Palavras 2.208
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Suspense, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


[N/A]: Antes de começar, quero explicar alguns pontos.

  A fanfic se passa na festa do centésimo episódio de Ouat, ou seja, ainda estamos de certa forma na quinta temporada.

  Lana ainda não estará casada com Fred, apenas noiva.

Outras dúvidas, podem questionar.

  PS: Link da playlist da fanfic, no spotify.

https://open.spotify.com/user/jrafaelacc/playlist/5xpYfvghcGXMCy07RfTdWw

Meu twitter interativo é @http_EvilBoobs.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Depois do Álcoolntecer - Capítulo 1 - Prólogo

                        Música inicial.
  Intro. – The XX

   Em comemoração ao centésimo episódio da série Once Upon A Time, uma festa seria feita para comemorar este acontecimento tão importante.
   Atores como; Josh Dallas, Jennifer Morrison, Rebecca Mader e Lana Parrilla já haviam confirmado presença. Assim como outros também não poderiam comparecer, por algum conflito de data, dentre o elenco, Ginnifer Goodwin, e a querida Emilie de Ravin, que não deu detalhes do porquê, mas acredita-se que seja por conta da gravidez.

  A festa não terminaria tarde, e por causa disso, o elenco havia combinado que seria bom fazer a “2” comemoração em um pub, não muito longe dali. Apenas para os íntimos.

  Alguns atores acabaram por levar familiares. Lana por exemplo, fez questão de comparecer ao lado de seu noivo, Fred Di’Blasio, e seus três enteados. A Wicked Witch, ou melhor, a talentosa Rebecca Mader, apareceu acompanhada de Marcus Kayne, seu noivo. Colin também levou a esposa, Helen O'donoghue, que por ser reservada, quase não foi vista pelos fotógrafos.

  O tapete vermelho aos poucos foi perdendo espaço para os repórteres de plantão, e em seguida os próprios atores. 
  O galã Colin O’Donoghue, aproveitou para brincar de entrevistar os colegas de elenco, Josh e Jen, e claro, não poderia ser mais hilário. 

  Os que chegavam, passavam por uma das ajudantes que carregava um Ipad, tiravam uma rápida selfie e em seguida escolhiam um efeito próprio da série, criado pelo Snapchat. Sem dúvidas, os fãs iriam à loucura!

  A festa, por ser particular, não teria muito tempo no lado de fora, portanto, o pessoal logo se encaminhou para o salão, onde apenas repórteres com autorização poderiam entrar e detalhe, não estavam autorizados a fazerem fotografias. Ao que tudo indica, Adam preferiu contratar os próprios fotógrafos. Um momento triste para os oncers, pois apenas saberiam do que aconteceu lá dentro pelos atores, e no caso, eles não pareciam estar dispostos a passar a festa com o celular em mãos.

  O bolo continha o formato do famoso livro que Henry, o personagem de Jared Gilmore, havia ganho de sua professora (Ginnifer Goodwin). O elenco fez questão de cantar parabéns, e depois, alguns membros como, Robert Carlyle e Sean Maguire, fizeram questão de discursar.

  Jennifer e sua melhor amiga Rose McIver eram as que mais estavam bebendo, a loira dos olhos azuis até tentou parar a amiga, mas desistiu ao perceber que Jen não pararia tão cedo. Um desastre, já que a mulher é fraca com álcool.
  A família Di´Blasio interagia com Rebecca e Marcus, sobre a possível viagem dos casais ao Brasil, eles realmente estavam bem animados para isto.
  Todos foram interrompidos e chamados para o centro do salão, onde Eddy passaria o vídeo especial do primeiro ao centésimo episódio. O som de gritos, assovios e aplausos foi tão intenso, que provavelmente os repórteres do lado de fora ficaram bem putos por serem proibidos de entrarem no local.  No fim, muitos se abraçaram, e até mesmo Jared, controlou-se para não chorar, de emoção, é claro.

— Jen, o fotógrafo está esperando por você para tirar a foto de Henry e suas duas mães. – Informou Eddy, provavelmente não percebeu o arregalar de olhos que a loira deu. 

Ela não havia sequer cumprimentado Lana, mas não era como se isso importasse, afinal, ambas já estavam acostumadas com o afastamento repentino por parte da loira.

— Jennifer! A foto! – Exclamou Rose ao perceber que a loira pegou outra taça de champanhe e continuou parada no lugar, como se nada houvesse acontecido.

— Certo, a foto. – A loira bufou e entregou a taça para a amiga, rapidamente começou a caminhar à procura de Jared e Lana.

— Ótimo! Faltava apenas você. – Disse o fotógrafo à Jen. — Fique ao lado do Jared por favor. 

  Provavelmente duas ou três fotos foram tiradas, e o fotógrafo? Bom, ele saiu com pressa, parecia mau humorado, vai entender.

— Meus olhos estão ardendo com tantos flashes. – Comentou Jared. — Vocês duas irão na segunda festinha, não é? – Perguntou o menino.

— Eu vou sim! Não perderei por nada. – Lana riu e olhou Jen, que mantinha seu olhar fixo em algum lugar naquele enorme salão. — E você, Jen? 

— Claro. – Forçou um sorriso amigável, não queria parecer antipática. — A Rose está me chamando, depois nos falamos. – Mentiu descaradamente e saiu dali, fazendo Jared olhar Lana sem graça.

— Até quando ela irá agir assim com você? Eu realmente não entendo. – Disse o garoto.

— Eu também não sei, querido. – Suspirou a mulher. — Nós sabemos que ela anda agindo assim desde as brigas de fãs que vem acontecendo. Eu gosto de acreditar que por ela ser reservada, não gosta muito de estar presente em momentos assim para não dar o que falar.

— É, parece uma boa alternativa. – Sorriu o menino e em seguida abraçou Lana. — Mas vamos deixar isso ‘pra lá, temos uma festa para aproveitar. – Ambos riram.

  Quando a loira voltou, sua amiga estava acompanhada de Colin e Josh, e riam bastante.

— Posso saber do que meus amigos tanto riem sem mim? – A loira segurou a cintura e olhou sério para os amigos, e em seguida caiu na risada com ambos.

— Estávamos falando de como é difícil cuidar de um bebê. – Riu Rose. — Colin estava me contando os micos que já passou com o Evan.

— Sem dúvida, o Oliver e Evan serão ótimos amigos. – Falou Josh. — Até banho de xixi eu já levei. – Os quatro riram.

— Mal posso esperar para o churrasco chegar logo. – Disse a loira dos olhos verdes. — Eu vou adorar ficar rodeada de crianças.

— Será que a Emilie já vai estar com a bebê dela? – Colin perguntou.

— Eu acho que sim, ela não falou que o parto já estava marcado para daqui há algumas semanas? – Josh perguntou.

— Se eu não me engano sim. – Disse Jen pensativa. — Quantos bebês vão estar presentes nesse churrasco? Céus!

— Não se preocupe amiga, você é uma ótima babá. – A Rose disse fazendo os amigos em volta rirem.

  O churrasco que os quatro amigos tanto comentavam, seria feito pelo casal Gosh, para festejar a nova casa que foi comprada com a chegada de Hugo Wilson, o novo filho do casal. Jennifer, por gostar tanto de crianças, era considerada a babá, já que fazia questão sempre de ficar com os bebês em volta de si.

  As luzes do salão foram apagadas, e apenas as coloridas ficavam piscando repetidas vezes. O som também teve seu volume intensificado, e logo a pista estava ganhando dançarinos.
  
   Minutos depois Adam avisou que a última música seria tocada, e que a festa estava no fim. Nenhum deles comentariam sobre a ida ao pub, justamente para não serem seguidos por nenhum paparazzi. 

                              Música
  Work – Rihanna. 

   A última música, quem fez questão de escolher foi Rebecca, e nada melhor do que “Work – Rihanna”, para agitar o último momento dos amigos. O elenco se juntou na pista e começaram a dançar, claro, cada um sensualizando do seu jeito. Colin e Josh aproveitaram para “Sensualizar” juntos, e arrancar risada dos amigos.

  Os diretores Adam & Eddy, agradeceram a todos e por fim, fizeram um abraço coletivo.

  Aos poucos o elenco foi esvaziando o local, o próximo passo seria ir ao pub, onde seria a segunda festa particular apenas do elenco.

  Jennifer saiu acompanhada de Josh e Rose, pararam para tirar algumas fotos com fãs, e até dar autógrafos. Os três dividiriam o mesmo veículo. 

  Ao contrário de Marcus, Fred não iria poder acompanhar sua noiva ao pub, o homem teria o dia seguinte cheio de ensaios com os dois filhos e por isso resolveu ir para casa e dormir cedo. A família estava dividindo o carro, portanto Lana decidiu que os deixariam em casa, por isso avisou que se atrasaria. Mas tudo bem, a festa seria longa.

(...)

— Assim que a Lana chegar, eles fecharão o pub. – Informou Carlyle.

— E onde ela foi? – Perguntou Sean. 

— Deixar os Di’Blasios em casa. – Contou a ruiva enquanto dançava em pequenos passos.

  Não demorou e Eddy apareceu com Lana ao lado.

— A rainha chegou! – Exclamou fazendo todos aplaudirem.

“Long life of the Evil Queen” – Todos, com exceção de Jennifer gritaram, fazendo a morena ficar vermelha, mas logo em seguida cair na gargalhada com os amigos.

— Vocês são ridículos, mas eu amo vocês! – Gritou por conta da música alta.

                             Música
Blame – Calvin Harris feat John Newman

  Enquanto a maioria dançava loucamente, a morena separou-se de Bex para ir ao balcão atrás de uma boa e forte bebida, após cambalear bastante pelo enorme local escuro, e ainda esbarrar em alguém que não conseguiu reconhecer, a mulher chegou aonde estava o barman. Jennifer que também já estava alcoolizada demais, encontrava-se lá, e na cara de pau, olhou a mulher dos pés à cabeça, em seguida desviou o olhar para o copo de uísque. 

- Não disfarça, eu já vi! – Disse alto o bastante para a loira ouvir. 

- Você está bêbada. – Jennifer falou o óbvio, e Lana apenas riu, pegando sua bebida em seguida.

- Claro, porque você é a sóbria certinha da festa! – Ironizou.

- Onde está o seu marido? – A loira perguntou enquanto levantava-se com esforço.

- Em casa, ele terá o dia longo, preferiu descansar. – Contou.

  A loira nada fez, apenas bebericou mais do uísque e continuou calada.

- Você tem algum problema comigo? – Perguntou a morena, talvez nunca perguntasse se não estivesse com tanto álcool no estômago.

- Quê? – Jen franziu o cenho. - Por quê?

- Não sei, uma hora você é super legal comigo e em outra age como se me odiasse. – Riu. - Eu sinto falta da amizade que tínhamos. – Sorriu sem graça. Jennifer desviou o olhar, sentiu seus olhos arderem por algum motivo inexplicável e culpou o álcool, por estar frágil.

- Estão me chamando. – Deu aquela velha desculpa, fazendo a outra mulher revirar os olhos.

- Sempre estão, Jennifer Morrison. – A morena fez questão de parecer bem séria, virou os calcanhares e saiu dali, cambaleando em direção à saída do pub. Apenas não contava que a mulher das orbes verdes a seguiria.

— Ei, Lana! Espera! – Jen a chamou enquanto saia do pub.

— O que foi agora, Jennifer Morrison? – Perguntou com tédio na voz.

— Não me chame assim, parece até que somos Emma e Regina. – Revirou os olhos.

— É, realmente parece. – A morena virou-se para encarar a mulher. — Se lhe incomoda tanto, não fique agindo como se fosse! Isso é real, não uma série, saiba separar as coisas.

— Eu não quero brigar. Por favor. – Pediu educadamente, mas franziu o cenho assim que viu o semblante triste da outra mulher. — Lana, você está chorando?

(...)

  Rose que dançava loucamente com o resto do elenco, observou em volta e nem sinal da outra loira, onde diabos ela havia se metido?

— Colin, onde está a Jen? – Perguntou preocupada.

— Ela bebeu bastante, acho que foi esvaziar o joelho. – Disse fazendo a mulher cair na gargalhada.

— Essa expressão não é masculina? – O homem deu de ombros.

— Vai ver ela foi embora. 

— Não! Ela iria dormir na casa da Bex, e além do mais, ela está bêbada, não pode dirigir. – Disse. — Eu irei procurá-la.

— Vamos, eu lhe ajudo. – Os dois saíram dali e foram no banheiro, o primeiro lugar em que pensaram. Em algum lugar ela tinha que estar.

— Gente, a Lana também sumiu! – Rebecca disse decepcionada. — Parece que a festinha do pijama lá em casa não vai rolar.

— Calma, vai ver ela foi pegar um ar. – Disse Sean.

— A Jennifer sumiu também. – Josh disse. 

— Pessoal, fiquem calmos! – Pediu Eddy. — Talvez as duas já devem ter ido para casa.

— Mas a Jen não estava dirigindo. – Disse a loira das orbes azuis.

— O carro da Lana está estacionado, e se ela não está aqui, provavelmente voltou de táxi. – Disse Carlyle.

— Elas devem ter pegado o mesmo táxi. – Disse Keegan, assim que viu o pessoal em rodinha comentando.

— É, eu e a Keegan Connor, fomos pegar mais refrigerante no balcão quando elas saíram juntas. – Contou Helen.

  Rose ainda continuou desconfiada, diferente dos amigos que sentiram-se aliviados pelas duas terem saído juntas.

— Acho que foram embora juntas. – Disse a loira, esposa de Colin.

— Elas são duas vacas! – Josh riu. — Nem se despediram de nós!

— É, parece que são duas a menos na festinha do pijama lá em casa. – Reclamou a ruiva.

  Rebecca havia marcado de fazer uma festinha com as mulheres depois do pub, haviam convidado os meninos, mas apenas Colin e Sean haviam confirmado presença já que Josh iria para casa ficar com Ginny e Robert queria aproveitar os dois dias de folga.

— Relaxem, elas estão bem. – Disse Adam.

— De manhã nós passamos na casa da Jen e Lana para ver como elas estão. – Marcus tentou confortar o pessoal.

— É gente, elas devem ter ido juntas mesmo. – Disse Robert. — Vamos aproveitar.

  Aos poucos o pessoal voltou a dançar, eles confiavam nas duas mulheres o bastante para saberem que elas só sairiam dali direto para casa, a menos que estivessem bêbadas, e Rose sabia disso.

— Essa história da Jennifer com a Lana ainda não me desceu, você sabe que ela ignorou a Lana a festa toda. – Disse para Colin.

  — Fica calma, perna de fada. Vai ver elas só foram pegar um ar. – Ele disse. — Olha, Pela manhã nós vamos na casa da Jen apenas para você ver que está tudo bem, ok? – A loira apenas balançou a cabeça positivamente, e tentou dar o seu melhor sorriso.


Notas Finais


E então, o que acham/acharam?
Espero muito ter agradado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...