História Depois do fim - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Dor, Drama, Luto, Originais, Paixão, Romance
Exibições 78
Palavras 616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá leitoras lindas!

Capítulo 44 - Estrago


*** Pov Anne ***

A primeira pessoa que eu vejo em pé na minha porta, não era com toda certeza do mundo quem eu queria. Na verdade, eu ia saindo porta a fora e esbarrei com tudo nela.

O que ela estava fazendo? Olhando pelo olho mágico?

-- Meu Deus, que susto!

-- Não quis assustar você. - Martha, mãe do Matt, sussurra, sorrindo.

-- O que você quer?

Se ela estava esperando eu convidá-la para entrar, ia esperar por muito tempo.

-- Pedi desculpas. Fui indelicada com você quando nos conhecemos, mas estive conversando com meu filho, no aniversário do meu marido.

Aquela fala mansa não me engana, ela está se preparando para atacar.

-- Eu sei.

-- Eu apresentei a ele a filha de um amigo, um grande empresário, eles se deram bem, pelo que pude ver, apesar de Matt ser um pouco rude e ter todas aquelas tatuagens. Acho que a garota gostou dele. - ela disse.

Eu sei que ela quer causar confusão, uma grande crise de ciúmes, talvez. Ela não sabe que o estrago já foi feito, então Martha veio ver o que conseguiu manipulando a cabeça do filho, mas não vou dar a ela a satisfação de saber que a gente brigou, principalmente porque eu sei que vamos nos entender.

-- Já terminou? - eu perguntei.

-- Se você precisar de alguma ajuda financeira para decidir se quer mesmo ficar com ele... - ela deixa a frase no ar.

Qual é o problema dessa mulher?

-- Você está me ofendendo. Você já viu onde o seu filho mora? Onde ele trabalha? Se eu estou com ele, acredite, não é por dinheiro.

-- Você é corajosa, depois de tudo pelo que passou. - Martha disse.

Eu sinto que ela está debochando de mim.

Respiro fundo e pergunto:

-- O que quer dizer?

-- Matheus já matou uma namorada.

Eu fico chocada.

-- Você é louca. Está acusando seu filho de assassinato, só para me assustar, mas eu sei que foi um acidente.

Vejo irritação em seu rosto, enquanto ela me avalia.

-- Ele te falou sobre a Holly? - ela perguntou com voz baixa.

-- Falou. - confirmo sorrindo.

-- Contou que estava dirigindo? - ela perguntou.

-- Contou.

-- Drogado?

Eu paraliso e ela me encara. Eu não respondo.

Vejo a irritação sumir do seu rosto. Ela fica feliz com meu sofrimento?

Ainda estou longe, incrédula, quando ela volta a falar.

-- Isso ele não contou, não é? A professorinha decente, toda ofendida, namora um viciado e não sabe.

Olho firmemente naqueles olhos de cobra e digo:

-- Vai se foder.

Me viro e entro em casa.

Não. Não. Não. Não pode ser. Não é verdade, não mesmo.

Começo a andar de um lado para outro, entro em pânico e começo a tremer. Lembro dos olhos do monstro, vermelhos, fora si, drogado provavelmente. Me deito na cama para me acalmar e antes que eu perceba, estou chorando. Me permito sentir medo por um momento.

Convivi com Matt por bastante tempo e nunca vi ele fumar nem um cigarro comum.

-- Anne?

Levanto o rosto do travesseiro e olho direto para Matt, para seus olhos verdes intensos. Dei uma cópia da chave do meu apartamento para ele.

Nem ouvi ele entrar.

-- Você está chorando? Droga. Droga. Droga.

Eu ainda estou tremendo quando ele se senta na cama ao meu lado e pega o meu queixo, mas desvio o olhar. Ele me envolve com seus braços e por um momento eu esqueço de tudo.

A noite passada foi horrível, eu só queria ver seus olhos penetrantes, sentir sua pele quente.

Ele é reconfortante, mas os problemas invadem minha mente, me confundindo.


Notas Finais


É bem dolorido escrever esses capítulos.
Matt e Anne ❤
Espero que tenham gostado.
O que vocês acham que vai acontecer?
Bjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...