História Depois do fim(homenagem) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Personagens Originais
Tags Acnalogia, Aquarius, Cana, Charle, Erza, Fairytail, Gajeel, Gray, Gruvia, Happy, Jellal, Juvia, Levy, Lucy, Mavis, Nalu, Natsu, Wendy, Zeref
Visualizações 83
Palavras 549
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Gente paro ai né,não é plágio,ao contrário do que estão pensando suas coisas,que feio viu vcs pensando isso justo de mim,é um pedido de Atiadasfics Pra mim,que repúblicasse a história depois do fim pra ela,pra relembrar o momento o qual foi tão importante para ela,em fim,Atiadasfics é minha tia,do outro lado da tela é claro,se me entenderem,ela é minha tia de sangue,e me pediu este favor,sendo que ela perdeu a senha do usuário,então NÃO,não é plágio nem nada viu.Espero que tenham entendido.

Capítulo 1 - The E.N.D


 

 

 


Toki wa doushite owari wo tsugeru no?
Egaita ima wa ashita no sora ni tsudzuiteru no ni

(Porque o tempo só anuncia o fim?
Mesmo que o agora que desenhei continue no céu de amanhã.)

- Ai no uta 
 

O coração dela dispara, as pupilas dilatam-se  e seus olhos perdem o foco, as primeiras lagrimas caem pelo rosto deixando um rastro entre a fuligem e o sangue.

Dor.

Dor era tudo que ela conseguia pensar, se é que podia chamar aquilo de pensamento. Uma vez que nada lhe parecia coerente, já não sabia o que era real e o que estava sendo produzido por sua mente.

Dor, lancinante e insana.

As garras lhe atravessavam o abdômen e o sangue escorria pelas pernas e se apossava no chão.  Junto com o sangue a jovem de cabelos dourados podia sentir a sua magia se esvair. Num esforço que lhe pareceu hercúleo, levou sua mão ao braço do mago, repousando os dedos onde a tatoo costumava ficar e o olhou nos olhos. 

Ela não conseguia acreditar em que seus olhos viam, nem em que seu corpo sentia, sabia que era real, sabia que estava acontecendo, mas não lhe parecia certo, não lhe parecia ser meramente possível que aquilo de fato fosse real, ele forçou a mão mais profundamente e ela não teve força nem para gritar enquanto sentia as garras enfim lhe rasgarem as costas e soube que o que a mantinha viva era apenas o fato dele não ter retirado a mão de seu corpo.

O jovem sorriu, e o sorriso era errado. - Lucy teve rápidas lembranças de varias vezes que o vira sorrindo e a dor que sentiu foi na alma -  Os cabelos cor de rosa, estavam compridos agora, novas marcas cobriam seu corpo, a velha marca que antes ele exibia com tanto orgulho, já não  existia mais e aquilo deixava o coração da loira em pedaços. As lagrimas que agora escorriam tinha uma dor dupla, não apenas o ferimento que fazia sua vida se esvair aos poucos, mas também a frieza absoluta daquele que um dia lhe ensinou a ser parte da família. 

Tentou falar, mas as palavras não vinham, não tinha força para falar, não tinha ar o suficiente. 

O rapaz se aproximou mais de Lucy e selou seus lábios, ele pode sentir o gosto de sangue, não era como se ele tivesse passado a odiá-la. Mas ela era a única que podia mudar o destino de tudo. 

Desculpe-me,Luce...

Baka... - as lagrimas escorrera mais fortes - é Lucy... O que aconteceu Natsu? Ela queria perguntar, tinha tantas coisas para falar com ele, queria entende-lo, queria poder odiá-lo.. Para depois poder perdoa-lo. Quando conseguiu com muito esforço falar, estava apertando o braço dele com o resto de força que possuía.

Fairy...

Ela pode ver a decisão se formar nos olhos do garoto, ele podia estar mudado, mas sempre o conheceria em qualquer lugar, suas almas estavam ligadas e ninguém, nem mesmo ele poderiam mudar isso. Lucy pensou ter tido um vislumbre do mundo espiritual... Aquele era o rei dos espíritos? ... Sentiu a escuridão chegar, mas antes de ser tomada ouviu a voz dele, fria e dura e teve certeza que foram aquelas palavras que a matou.

Eu não sou mais uma fada.

 


Notas Finais


Ei,quero que leiam as notas iniciais,PELAMORDEDEUS POVO VAI LÊ LOGO VC QUE N LEU VAI AGORA!

TO MANDANO VAI,NUM TO PIDINDO.(estressado eu,magina)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...