História Depois do fim(homenagem) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Personagens Originais
Tags Acnalogia, Aquarius, Cana, Charle, Erza, Fairytail, Gajeel, Gray, Gruvia, Happy, Jellal, Juvia, Levy, Lucy, Mavis, Nalu, Natsu, Wendy, Zeref
Visualizações 46
Palavras 988
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


bá,nem vo dizer então vai lendo ai enquando eu procuro o papel onde eu escrevi meu discurso

Capítulo 5 - Aye sir!


Fanfic / Fanfiction Depois do fim(homenagem) - Capítulo 5 - Aye sir!


Just believe in myself Kono sekai de owannai yume
Oikake speed up!! Speed up!! Hashiri da shita konkyonaki omoi
Ima, just believe in myself

Apenas acredito em mim mesmo, um sonho que não acabará neste mundo
Persiga-o! Acelere!! Acelere!! E eu corro com esses sentimentos infundados
Agora, irei apenas acreditar em mim mesmo

(Fairy Tail - Believe In Mysel)

 

 

Magnolia - Fiori
Flash back - On
 

Happy se espreguiçou preguiçosamente no tapete, arqueando bem as costas para espantar toda a preguiça que possuísse, já tinha planejado todo o seu dia na noite anterior. Ele iria treinar com Lily e Charlie para poder ficar mais forte e ir atras do Natsu.

Pensar em seu amigo fazia mal para o gato. Desde que era capaz de se lembrar eles estiveram juntos. Natsu e Lisana o chocaram e depois ele e o garoto de cabelos rosados passaram por todo o tipo de encrenca juntos. Conheceram novos amigos e novos inimigos também,  viu também inimigos se tornarem grandes amigos. Foi ao lado dele Happy cresceu e se tornou mais forte e como Natsu dizia, Fairy Tail é uma família e não se podia virar as costas para a família.

Quando terminou de se espreguiçar o gato azul abriu os olhos a procura de Mira ou de Lucy, afinal desde que Natsu saiu para se juntar a Tartarus eram ambas as que cuidavam dele. E para seu desconforto percebeu que não estava na Guilda.

Olhou com mais atenção o quarto bagunçado e soube onde estava, conhecia aquela casa tão bem quanto a ele mesmo.  "Aye... Que piadinha sem graça Lucy... Me trazer para casa do Natsu e me deixar aqui haha" pensava o gato chateado, aquilo tinha sido extremamente cruel da parte dela.

Foi então que se surpreendeu de verdade.

- Happy, hoje vai ser um dia muito longo, amigo! - Natsu estava bem ali na sua frente, mas era aquele bom e velho Natsu. Que dava peixes a ele todos os dias. - Escola nova... Uhul - o garoto de cabelos rosas fez um gesto forçado, fingindo animação mas acabou rindo.

Aquele era o Natsu? Aquilo estava errado e confuso demais para o gato. Era mais facil perguntar ao amigo o que ele fazia ali.

- Miau... - "o que foi isso" pensou o gato assustado. - Miiiiiiaaaaaaaaau! - "Porque eu não estou conseguindo falar!? " - olhou suplicante para Natsu que se abaixou acariciando a pelagem azul de Happy que pela primeira vez deu falta das asas.

- Só um pouquinho amigão, vou trazer comida pra você.

E então ele viu o garoto ir para fora do quarto e depois voltar com uma tigela de ração e outra de leite.

Aquele. Não. Era. O. Seu. Melhor. Amigo.

Seu Natsu jamais traria ração para ele comer. Quando o jovem tentou se aproximar Happy quis dizer para ficar bem longe dele, mas tudo que conseguiu foi arrepiar seu pelo e chiar fortemente para o rapaz que se assustou.

Happy saiu correndo, se suas asas estivessem no lugar poderia ter voado e tudo seria mais fácil. O garoto corria atras dele, o chamando, a voz ainda era a mesma, o rosto era o mesmo, ate o cheiro.

Então a viu. Lucy estava dentro de um carro, talvez ela pudesse ajudar! Correu mais rapido tentando chegar até ela mais acabou sendo surpreendido por um gato preto comum.... Arregalou os olhos. A cicatriz no olho denunciava quem era aquele gato.

- Lily? - disse Happy

- Happy? - O outro gato o olhou assustado.


Flashback - off

Uma árvore qualquer - Southgate Park , Magnolia - Fiori

 

- Você faz alguma ideia do que esta acontecendo aqui? - perguntou o gato azul desanimado.

- Não tenho a minima ideia, tentei falar como Gajell mas... Era como se eu estivesse miando. Ele me trouxe comida e foi embora, eu o segui até a Guilda... Mas esta diferente parece ser uma escola.

"Como assim a Guilda agora era uma escola? " Pensa Happy cada vez mais desanimado. A cada momento que se passa mais duvidas surgem em sua pequena cabeça, ele se deita em um dos galhos da árvore triste. O que estava acontecendo ali!??
 

- Não importa como, ou porque... Tudo isso aconteceu depois que o Natsu matou aquela garota loira. - Ponderou Lily em voz alta o que fez Happy voltar sua atenção para Lily.

-Eu acabei de ver a Lucy-san... Ela estava viva. - Happy não ia aceitar nunca que o Natsu mataria a Lucy. Até porque tinha acabado de ve-la. 

- Happy, não temos asas, não podemos mais falar com os humanos, e a Guilda agora é uma escola. E eu não sei porque.... Mas eu sei o que eu vi. - Lily estava sério. - Natsu estava tomado por marcas negras e escamas pelo corpo, seus olhos estavam tão vermelhos quanto o fogo, ele tinha chifres e garras ... - um terror o assolou por alguns momentos, Happy que era sempre distraído para emoções, ou qualquer outra coisa que não fosse seu peixinho, pode ver o medo surgir na voz de Lily - Eu não sei diferenciar se ele estava se tornando um dragão ou um demônio.

O gato de pelagem azul, ouvia mas não queria acreditar. Natsu não poderia chegar tão longe. Não poderia trair sua família daquela forma, ainda mais Lucy. Ele amava a Lucy. Podia ser um turrão pra não admitir mas amava aquela fada.
 

- Natsu , não é um dragão... Nem um demonio... Ele é o Natsu... Só o Natsu....

Iria dizer que ele era uma fada mas foi brutalmente interrompido por uma voz que seu coração reconheceria em qualquer lugar, independente das condições, e isso o deixou triste. Porque sabia que aquela voz jamais mentiria para ele outra vez. 

- Natsu não era uma fada naquele momento, Happy. - Charlie falou e sua voz soou cansada. - E a Lucy estaria morta se não fosse tão poderosa.
 

 


Notas Finais


espero que estejam curtindo a história ,a ponto de saberem que ela não me pertence


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...