História Depois do Portal - Nova dimensão. - Capítulo 59


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Magnus Bane, Personagens Originais, Simon Lewis, Valentim Morgenstern
Tags Alec Lightwood, Clace, Clary, Clary Fray, Jace Wayland, Magnus Bane, Malec, Shadowhunters, Sizzy
Exibições 116
Palavras 1.016
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Novo capitulo!!

Capítulo 59 - Robert vai pagar pelas atrocidades que ele fez.


Fanfic / Fanfiction Depois do Portal - Nova dimensão. - Capítulo 59 - Robert vai pagar pelas atrocidades que ele fez.

-Meu amor você finalmente acordou! - disse Alexandre.
      -O- oi como eu vim parar aqui, acho que consegui pegar o carro da boate para casa. O-o que esses aparelhos estão fazendo aqui. Eu bati de carro de novo.- disse Magnus confuso logo em seguida sentindo um gosto de sangue na boca.

- Tá queimado Alexan..... .- Tentou falar Magnus cuspindo bastante sangue deixando Alexander assustado.

Alexander ficou desesperado com tamanho do volume de sangue que saia da boca de Magnus junto uma tosse persistente. O mais velho colocava uma mão na cabeça tentando parar a dor que cada vez mais ficava forte e respirava pesadamente devido a falta de ar.  Alexander apoiou Magnus que estava sentado perto de seu corpo. Alexander gritou por Catarina para ela poder ajudar. Ela chegou correndo viu o sangue sujo na cama.

- Por favor faz alguma coisa. – Alexander implorou.

Catarina começou o feitiço e pos Magnus inconsciente.

- Ele disse que estava queimando e começou a praticamente vomitar sangue. Ele acordou desorientado. – falou Alexander para Catarina.

- Vamos ter que fazer uma endoscopia e ver o que ele tem. O que será que ele tem no estomago.  Isso não é normal. – Disse Catarina.  

- Não sei teve a parte final do Dvd que Simon copiou daquele lugar asqueroso que não tinha imagem era só o áudio. – disse Alexander.

Alexander colocou Magnus novamente deitado, tiraram a almofada e depois começaram o exame, pelo televisor eles viram um liquido estranho viscoso. Catarina achou melhor fazer uma lavagem para retirar o liquido.

Assim que conseguiram, os dois estavam cansados. Catarina achou melhor levar a mostra do liquido para o laboratório. Alexander limpou Magnus.

Jace chegou ao quarto junto com Izzy e se assustou com o estado que estava a cama onde Magnus estava com sangue.

- O que aconteceu aqui? – disse Jace não contendo o espanto.

- Magnus passou mal novamente tivemos que seda-lo para poder fazer o exame e a limpeza. – disse Catarina já limpando o quarto de Magnus utilizando um feitiço.

- Maryse esta vindo ela quer visitar Magnus já que ele não deu noticias esses dias todos eu não tive coragem de contar o que aconteceu temos que conversar com ela. – disse Jace.

- Ela vai aproveitar e vai trazer Max.  Claro que se não for incomodar muito. – falou Izzy.

- Quando ela chegar eu converso com ela. – disse Alexander indo em direção ao banheiro.

- Agora vou ficar um pouco com Magnus. – Alexander falou enquanto voltava do banheiro.

- Então vou preparar algo para mais tarde. Você vem Jace.  – disse Izzy puxando Jace para fora do quarto.

- Se precisarem estamos na sala. – disse Jace.

Catarina ia se retirando para poder ir descansar um pouco. Quando Alexander fez um pergunta.

- Catarina você por acaso fez um feitiço para retirar a memoria daqueles dias que ele passou lá naquela indústria abandonada? Por que quando Magnus acordou, ele não se recordava como vinha parado aqui no quarto. – relatou Alexander.

- Não sei se você vai me entender mais achei melhor sim tirar as lembranças traumáticas naqueles dias.  E coloquei outras. Foi muito sofrimento para ele. Caso ele queira rever essas lembranças elas estão numa caixa guardada. – disse Catarina se dirigindo a saída do quarto.

Clary e Simon chegaram na casa de Magnus para ajudar.     

Simon viu Izzy na cozinha e quis conversar com ela sem que ninguém tivesse prestando atenção neles. Ele falou que sentia medo do Robert ter feito tudo aquilo com Magnus que ele não merecia passar por isso.  Claro que Izzy concordou com tudo e abraçou o namorado.

- Se quiser terminar comigo eu vou entender. – disse Izzy.

- Claro que não. Eu só falei que estava com medo do seu pai. – disse Simon abraçando e dando um beijo demorado em Isabelle.

 

Todos estavam cansados e puderam descansar um pouco conforme as horas passavam.

Maryse tocou a campainha quando Izzy foi até a porta para abri-lá. Maryse trouxe comida para todos que estavam numa sacola. Todos estão com cara de apreensivos. Logo Maryse percebeu que não era uma boa hora para ter ido na casa de Magnus.

Max entrou logo em seguida.

- Desculpa gente! Mas que cara de velório são essas. – disse Maryse.

- Precisamos te contar algo que aconteceu o assunto é muito sério. – disse Alexander.

- Pode me contar você sabe que pode me contar tudo meu filho. – Falou Maryse deixando as sacolas na sala.

Logo Izzy e Clary pegaram as sacolas e levaram para cozinha e levaram junto Max. Que depois iria conhecer a casa.

- Meu filho você esta me assustando, o que aconteceu? Foi alguma coisa com você? – perguntou Maryse.

Os meninos sentaram ao redor de Maryse na sala. Simon e Jace apoiavam Alec para poder falar desse assunto delicado. Alexander começou a contar toda história para Maryse que ficava horrorizada com as palavras que Alexander lhe dizia. Até Maryse interromper a conversa.

- Eu não estou acreditando no que você está me contando meu filho. Robert não é isso tudo que você está me contando. Mas ele nunca seria capaz dessa atrocidade ainda mais com Magnus. – disse Maryse com os olhos repletos de lagrimas.

Alexander decidiu mostrar o dvd para Maryse no computador. Maryse ficou espantada com tudo que viu, e ainda mais atonica  no final ao ouvir a voz de robert na gravação só de áudio.  

“Eu conheço aquela indústria.” Pensou Maryse.

- Eu quero ver Magnus agora. – falou Maryse chorando.

- Ele esta no quarto dele sobre efeito da medicação. Ele acordou hoje mais ele voltou a passar mal e está descansando. – disse Jace.

- Eu quero me desculpar por tudo que... que... ele fez. – disse Maryse com a voz embargada.

- Mãe  a Catarina decidiu retirar essas memorias para evitar que ele sofresse mais. Quando saísse desse turbilhão que ele anda passando. Ele pensa que sofreu um acidente apenas. – disse Alec.

- Posso passar a noite aqui com vocês. – disse Maryse.

- Vamos dar um jeito de fazer com que Robert faça pagar por toda atrocidade que ele fez. Fazendo Magnus e a todos sofrerem. -disse Maryse.


Notas Finais


Amores bjokas açucaradas para vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...