História Depois que te conheci! - Capítulo 81


Escrita por: ~

Postado
Categorias Henrique & Juliano
Personagens Henrique, Juliano, Personagens Originais
Tags Henriqueejuliano
Exibições 327
Palavras 1.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 81 - Em um minuto mostro sessenta maneiras de te amar!


Fanfic / Fanfiction Depois que te conheci! - Capítulo 81 - Em um minuto mostro sessenta maneiras de te amar!

- Isabela espera - Henrique ria enquanto eu tentava tirar sua camisa logo após ele fechar a porta do quarto - Espera amor! - Me segurou pelos ombros - Eu tô com a bixiga cheia, não vou conseguir fazer nada - Continuava o segurando - Deixa eu ir no banheiro - Ele segurou meu rosto com as mãos. Neguei com a cabeça rindo - Acho que você exagerou um pouquinho no álcool. 

- Vai então - Soltei meus braços dele que saiu rindo.

 ... Tirei o vestido ficando só de lingerie e e deitei na cama de barriga... 

- Nossa - Henrique recuou um passo atrás e ficou me olhando. Debrucei os braços deitando a cabeça - Que cena mais linda, é real isso? 

- Você demorou - Sorrio maliciosa - Já estava quase fazendo o serviço sozinha. 

- Nunca te falaram que quando tá duro é difícil? - Ele riu divertido e se aproximou - Mas se você quiser, eu vou adorar ficar olhando - Olhei pelos ombros enquanto ele ficava de joelho entre as minhas pernas - Você esqueceu de tirar as botas. - Começou a tirara-las com delicadeza. 

- Não queria facilitar todo o seu trabalho - Continuava o olhando pelos ombros. 

Henrique jogou as botas num canto e começou a subir com beijos pelos meus pés, meu corpo arrepiou inteiro sentindo sua língua nas minhas pernas... Quando chegou na minha bunda mordeu de leve me olhando por cima... 

- Que saudade de ver você nessa cama - Henrique falava no meu ouvido deitado nas minhas costas depois de tirar a camisa - Nesse quarto que fizemos tantas loucuras. 

- As loucuras mais gostosas que já fiz - Digo de olhos fechados enquanto ele mordiscava minha orelha. 

- Sério? -Henrique sussurrou rouco - Podemos repetir todas - Começou a se movimentar contra minha bunda. 

- Amor a calça machuca - Me refiro aos botões que esfregava contra a minha pele. Henrique levantou e se livrou dela depressa e voltou na mesma posição. 

- Você não faz ideia do quanto eu ti amo Isabela - Sussurrou no meu ouvido voltando a movimentar seu corpo contra o meu, continuei de olhos fechados sentindo sua ereção... 

Henrique passou os dedos na minha intimidade percebendo que já estava completamente molhada, louca para senti-lo me ergueu pela cintura me deixando de joelhos e com a outra mão afundou meu peito no colchão... Me invadiu com calma, com movimentos super lentos enquanto beijava e mordia as minhas costas. O olhei pelo ombro, ele sorriu de canto e me virou de frente, deitando minhas costas na cama. 

- Essa carinha que você faz me da mais tesão ainda sabia - Disse sugando o ar pelos dentes e me beijou por segundos. - Espera aí - Levantou da cama e foi em direção a porta abrindo-a. Do lado de fora do quarto tudo escuro. 

- Onde você vai assim doido? - Sentei na cama rindo. 

 Ele colocou o dedo na boca pedindo silêncio, olhou para os lados e saiu voltando instantes depois com um halls na mão. Colocou na boca e segurou entre os dentes. 

- Morde que é forte - Mordi a matade - Não chupa, só segura na boca - Sorriu safado e grudou seus lábios nos meus por longos segundos... 

...Começou a descer pelo meu pescoço passando a língua de leve. Meu corpo estremeceu ao sentir o frescor da bala. Desceu até meus seios onde os merdeu de leve e começou a ir em direção a minha barriga, arrepios tomaram conta do meu corpo ao sentir o gelo contra o meu ventre... Henrique continuou descendo até minha intimidade... Me contorci toda e gemi abafado mordendo o lençol da cama sentindo ele passar a língua levemente, e pra me torturar ele ficou ali durante longos minutos. 

Minhas mãos nos seus cabelos puxavam com força. 

- É bom? - Sussurrou aproximando seu rosto do meu, sorrindo orgulhoso pela minha expressão. 

- Tá queimando - Digo entre os dentes. 

- Não tá queimando amor, tá gelando - Henrique afirmou rindo. - Me da o outro - Grudou seus lábios no meu para que eu entregasse o outro pedaço do halls. 

Henrique voltou a descer até minha intimidade onde assoprou, fechei os olhos com as mãos no rosto. 

- Vai aguentar amor? - Perguntou me fazendo olha-lo, assenti com a cabeça - Eu vou colocar esse pedacinho - Me mostrou entre os dentes - Se você não gostar eu tiro tá? - Assenti mais uma vez... 

Com a língua Henrique o colocou e mais uma vez me penetrou com calma... Gemi alto ao sentir aquela sensação de frescor e calor ao mesmo tempo, mordi seus lábios afundando minhas unhas nas suas costas com força. 

- É gostoso? - Henrique perguntou rouco com os dedos nos meus lábios. Assenti mais uma vez, totalmente impossibilitada de dizer alguma coisa - Quer tirar?. 

- Não - Respondi com dificuldade... Henrique começou a fazer movimentos lentos e calmos, enquanto sugava o ar entre os dentes expressando extrema satisfação e desejo suas mãos acariciavam meus seios. 

Ainda de olhos fechados senti ele tirar seu membro de dentro de mim e começou a esfregar contra a minha virilha e perna, passando as unhas de leve nas minhas coxas. 

- Henrique - Abri os olhos o repreendendo, o desejo tomava conta do meu corpo e ele havia parado no meio do caminho. 

- Tá com pressa meu amor? - Sorriu safado e começou a impulsionar-se com a mão. Assenti o olhando - Eu não, tenho a noite toda... 

Pegou minha mão colocando no lugar da sua e colocou seus dedos completamente lambuzados na minha boca... Suguei um por um olhando-o nos olhos, Henrique sorria gostoso, satisfeito.

- Minha gostosa - Sussurrou rouco colocando minhas pernas em seus ombros... E mais uma vez me invadiu, segurando minha cintura seus movimentos calmos e lentos passaram para estocadas fortes e ferozes. 

Em seu rosto estampado prazer absoluto, e como eu amava saber que causava aquela sensação nele, a mesma que ele com toda a certeza causava pelo meu corpo inteiro... A cada dia eu me sentia mais louca por aquele homem, completamente dependente, completamente sua, e o meu corpo era completamente seu, sem interesse ou sem a mínima vontade de sentir outro. 

Gemi sentindo meu corpo explodir, Henrique gemeu abafando logo em seguida. Começou a diminuir o ritmo enquanto recuperava a respiração acelerada... Sem nos desgrudar colocou minhas pernas na cama e se inclinou pra frente me enchendo de beijos. 

- Ti amo, ti amo, ti amo - Ele falava entre os beijos, ainda ofegante. - Amor da minha vida. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...