História Depois que te conheci! - Capítulo 82


Escrita por: ~

Postado
Categorias Henrique & Juliano
Personagens Henrique, Juliano, Personagens Originais
Tags Henriqueejuliano
Exibições 318
Palavras 1.224
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 82 - Dizem que a vida ensina mas você que me ensinou o que é amor


Fanfic / Fanfiction Depois que te conheci! - Capítulo 82 - Dizem que a vida ensina mas você que me ensinou o que é amor

6 MESES DEPOIS! 

O melhor meio ano da minha vida... Henrique era outra pessoa, carinhoso, sempre prestativo, preocupado com tudo, me ajudando em tudo. Brigas ou discussões eram coisas que eu já nem sabia mais o que era, se tinha alguma coisa que nos incomodava, sentavamos e conversavamos. Quando saía para os shows, me ligava todos os dias, me contava as novidades animado... Em tudo Henrique pedia a minha opinião, uma roupa nova, uma composição diferente. Definitivamente eu estava certa que não poderia ser mais feliz... João a cada dia mais inteligente, falando mais, mais lindo e nos fazendo os pais mais felizes do mundo. A cada dia mais grudado no pai, onde Henrique ia estava junto... 

...Estava terminando de dobrar as roupas, Henrique havia levado João para dar uma volta, quando a campainha tocou. Terminei de guardas as camisas do João e fui abrir a porta que me espantou ao ver quem estava atrás dela. 

- Gabriela? - Digo arqueando a sobrancelha. Ah tempo não via aquela infeliz. 

- Não vai me convidar para entrar? - Ela disse com deboche. Rio alto ironizando. 

- É muita cara de pau - Digo ainda em risos - O que você quer? - Cruzei os braços ficando séria. 

- Não vou demorar mesmo, só quero te mostrar uma coisa - Ela tirou o celular da bolsa e me mostrou uma foto dela com Henrique. Comecei a rir descontroladamente com a mão na boca. 

- Não sei qual é o seu interesse em perder tempo de vir até a minha casa e me mostrar uma foto do tempo do epa - Continuo rindo de braços cruzados. Trouxa era pouco para aquela filha da mãe. 

- Como você tem tanta certeza que essa foto é antiga? - Ela riu com deboche, virando a tela do celular para sí. 

- Eu poderia enumerar os motivos, mas vamos lá para os mais importantes - Digo com o dedo na boca, rindo da cara de palhaça da Gabriela - Primeiro: A barba do Henrique cresceu; Segundo: Ele não tem mais essa roupa; E terceiro: Essa foto está no seu instagram desde o dia em que vocês tiraram... - Volto a rir - Na última vez que nós saímos juntos antes de você conseguir separar a minha família - Ela me olhava ainda rindo, como se eu estivesse errada - Eu conheço meu namorado querida, sei até a diferença do cheiro entre ontem e hoje. 

Ouço Henrique e João se aproximarem rindo... Henrique ficou sério e branco quando viu Gabriela. 

- O que você tá fazendo aqui? - Perguntou extremamente irritado. Cruzei os braços e fiquei a olhando rindo... Gabriela olhou para mim e olhou para o Henrique com os olhos choros e saiu batendo os pés sem dizer nada. 

- O que ela tava fazendo aqui? - Henrique me olhava temendo, ainda irritado. 

- Veio me mostrar uma foto de vocês - Digo rindo, indo em direção a cozinha. 

- Como assim? Nós nunca tiramos fotos - Henrique fechou a porta e me seguiu. 

- Aquela que vocês tiraram naquele dia que a gente saiu para aquela baladinha do Marcos - Henrique me olhou surpreso me fazendo rir - Ela fez questão de colocar no outro dia no insta. 

- Ela se fez de coitada, me pediu desculpas e disse que estava feliz por nós dois - Henrique estava sem jeito - Me pediu para tirar uma foto como qualquer outra fã, sem maldade e eu achei desnecessário te incomodar com isso. 

- Eu sei - Sorrio largo envolvendo meus braços na sua nuca - Se você devesse alguma coisa não tiraria aquela foto. 

- Eu não tô acreditando nisso - Henrique sorria largo, aliviado - É por isso que eu ti amo a cada dia mais - Me beijou tirando meus pés do chão. 

- Vou fazer a mamadeira do João e enquanto você coloca ele pra dormir vou tomar um banho. 

 - E depois vamos assistir um filme - Henrique completou dando-me vários selinhos. 

                 ... 

- Ele dormiu? - Pergunto entrando na sala batendo os cabelos molhados. Henrique estava deitado no sofá procurando um filme bom. 

- Pulou o dia todo, o cansaço pegou - Henrique disse abrindo os braços pra mim deitar. - E nós dois podíamos aproveitar pra fazer mais um - finalizou baixinho, sorrindo malicioso. 

- Não podemos não - Rio. 

- Não só podemos como vamos - Ele me olhava nos olhos, alisando as minhas pernas. 

- Nós não vamos ter outro filho Henrique - Rio divertida do seu jeito - Não agora. 

- Nós vamos sim - Ele afirmou autoritário. 

- Nós não vamos não - Continuo rindo. 

- Vamos sim, pra eu poder te paparicar e ver sua barriguinha crescer - Passou a mão na minha barriga. Sorriu me olhando de canto - Você sabe que vamos, e vai sair uma menininha linda igual a mãe. 

- Não vai não - Nego com a cabeça sem conseguir conter o riso. 

- É só eu mirar no lugar certo - Henrique disse com os olhos pequenos. 

- Não adianta amor. 

- Você está tomando os comprimidos? - Assenti com a cabeça - Eu jogo fora! 

- Eu compro outra cartela - Continuava olhando nos seus olhos, me divertindo. 

- Eu jogo fora de novo - Ele sorriu de canto...

...Sem tirar os olhos dos meus desabotoou a bermuda deixando seu membro livre e levou a minha mão até ele. 

- O que você quer que eu faça com a mão aí? - Sussurei o encarando. 

- Ah você não sabe? - Neguei com a cabeça - Você anda bem engraçadinha né - Henrique riu colocando sua mão sobre a minha e impulsionando-a. Sugou o ar entre os dentes, me olhando pequeno... 

- Mamãe - Ouvimos João chamar do corredor... Henrique fechou a bermuda muito rápido, me fazendo rir... Olhei por cima do sofá e João dobrava as mãozinhas. 

- Alguém teve pesadelo de novo né - Digo o chamando com a mão - Vem cá com a mamãe... - João se aproximou e Henrique o colocou sentado no sofá. - Você sonhou? - João assentiu. Beijei sua cabeça... 

Henrique pegou na minha mão e a cheirou. 

- Vai lá lavar - Disse baixinho, rindo. 

... Voltando para a sala vi que Henrique cochichava para João que sorria sapeca. 

- Ô mãe - Henrique disse alto, olhando para o João, assim que notou minha presença. - O João quer colocar o colchão do quarto de visitas aqui na sala e dormir com o pai - Olhou pra mim sorrindo. 

- Ah o João? - Me aproximei rindo. 

- Fala que sim - Henrique disse baixinho. João assentiu com a cabeça. 

- A mãe só deixa se o pai pega-lo e prometer que amanhã vai guardar - João assentiu de novo fazendo nós dois cair na risada. - Pega lá amor... 

Henrique pegou o colchão e jogou na frente do sofá, colocou um filme para o João que estava deitado no seu ombro. 

- Deita aqui - me chamou baixinho... Deitei no outro ombro e ele ficou me olhando e sorrindo. 

- Que foi? - Perguntei em sussurros notando que João já estava quase dormindo mais uma vez enquanto Henrique fazia carinho nos seus cabelos. 

- Minha linda! - Disse maravilhado, também em sussurros, beijando minha testa.    



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...