História Depois que te conheci! - Capítulo 84


Escrita por: ~

Postado
Categorias Henrique & Juliano
Personagens Henrique, Juliano, Personagens Originais
Tags Henriqueejuliano
Exibições 264
Palavras 786
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 84 - Onde tem amor!!


 Ainda tentava digerir aquela ideia de finalmente ter a minha família, de poder cuidar do homem que se tornou o homem da minha vida... Henrique me pegou de surpresa, mas foi a surpresa mais gostosa dos últimos meses. Estava ansiosa por aquilo... Acordar e ter mesmo ao meu lado o pai do meu filho, ficar o esperando ansiosamente depois dos shows na nossa casa, cuidar das suas coisas, das suas roupas... Viver enfim, como um verdadeiro casal... 

Mas toda aquela alegria durou questão de poucas horas, não que tivesse virado em tristeza, mas me deixou com a pulguinha atrás da orelha... 

Entrei em silêncio na sala, afim de deitar com Henrique depois que eu e Jaque terminamos a louça. Adoravamos nos momentos em que nos juntavamos mimar Dona Maria e não deixar que ela secasse uma colher que fosse... 

- Tá, liga pra elas então - Henrique sussurrava baixinho sentado ao lado do Juliano no canto do sofá - Mas fala pra elas ficarem de boca fechada porque eu sei como são quando se juntam. - Juliano assentiu. Aquilo me deixou intrigada, pensei em dar a meia volta e deixar pra lá, talvez fosse coisa da minha cabeça, mas prometemos que quando algo nos incomodasse, conversaríamos para resolver. 

- Quem tem que ficar de boca fechada? - Me juntei a eles sentindo meu rosto queimar. Henrique olhou para o irmão depressa, expressando espanto e Juliano ficou pálido. 

- Aaah ... É - Juliano gaguejou me deixando mais intrigada ainda - A Mari - Mostrou a mão - A Mari. 

- Isso, a Mari - Henrique tentou parecer convincente... Mas foi isso, só tentou. 

- Engraçado - Sorrio irônica, cruzando os braços - Tenho a impressão de ter ouvido Elas, no plural. 

- Você está ouvindo coisas amor - Henrique tentou não transparecer o nervosismo - A gente tava falando da Mari. 

- E por que a Mari deve ficar de boca fechada ? - Voltei a perguntar desconfiada. 

- Porque... - Juliano olhou para Henrique - Porque semana que vem temos um show aqui e é o aniversário dela, queremos fazer uma surpresa com participação dela... 

- Mas não queremos que ninguém saiba - Henrique completou mostrando as mãos - Por isso, uma surpresa. 

 - Ah - Digo tentando parecer convencida, mas achei aquela história no mínimo cabulosa. 

- E eu quero que você leve o João amor - Henrique se aproximou do meu lado que estava a uma certa distância, beijou meus lábios - Quero que vão com a Jaque. - Sorri sem mostrar os dentes em resposta... 

Notei a presença da Jaque, ela e o Juliano já saíram abraçados. Henrique me abraçava e me beijava o tempo todo, e eu só conseguia pensar e tentar entender sobre o que eles falavam. 

- Amor - Henrique passou a mão na minha frente, me tirando dos devaneios. O olhei e sorri mais uma vez sem mostrar os dentes - Você nem prestou atenção no que eu disse. 

- Desculpa, o que você disse? - Minha voz estava fraca. 

- O que aconteceu Isa? - Dei os ombros - Fala amor, eu te conheço. 

- Eu só acho estranho toda essa história - Digo com muita pressa - Ontem você disse que me ligaria de novo, não ligou... Hoje chegaria nove horas, chegou perto do meio dia, tudo bem, você você estava resolvendo a papelada da casa - Gesticulo com as mãos - Mas aí me disse que pra gente morar juntos primeiro precisa resolver um negócio, mas não me falou o que é esse negócio - Dei ênfases em negócio - E agora pego você cochichando com seu irmão pelos cantos e vocês me vêm com uma história absurda dessa? 

 - Amor - Henrique me olhava doce, deitado enquanto eu estava sentada ao seu lado, ele segurava na minha cintura - Você está colocando minhoca na cabeça, tá vendo coisa onde não tem. - Fiquei em silêncio tentando entender em vão. 

- Eu não estou muito bem Henrique, vou pegar o João e ir pra casa. 

- Você não vai sair daqui - Henrique segurou meu rosto com as mãos - Você tem que parar de ser assim Isabela, eu sei que já te magoei tanto, mas você acha que seria louco de te perder de novo? 

- Eu espero mesmo Henrique - Passei a língua nos lábios secos, meu rosto ainda em suas mãos - Porque eu não aguento mais uma dessas. 

- Amor - Henrique falava calmo, me olhando profundamente - Você é a minha vida, apartir de hoje é só coisas boas pra gente - Sorriu de canto, deslizando o dedo sobre meus lábios - Só te peço uma coisa... confia em mim...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...