História Depois que te conheci! - Capítulo 89


Escrita por: ~

Postado
Categorias Henrique & Juliano
Personagens Henrique, Juliano, Personagens Originais
Tags Henriqueejuliano
Exibições 225
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 89 - Milhões de estrelas a minha volta!


Fanfic / Fanfiction Depois que te conheci! - Capítulo 89 - Milhões de estrelas a minha volta!

A vida passa depressa demais, e cada vez eu estava mais certa pelas escolhas... A pouco mais de duas semanas para o casamento, estava com Henrique olhando os últimos detalhes da nossa casa completamente pronta, a espera de que começassemos uma nova vida, nossa vida. Henrique fazia questão de não deixar ninguém entrar antes do casamento, antes de nós dois entrarmos definitivamente, antes de entrarmos com o pé direito... Ainda não havia me decidido sobre o que fazer com o apartamento, mas me dava um aperto enorme só de pensar em vende-lo... 

Olhava admirada enquanto estava sentada no sofá, para a enorme porta de vidro da sala que dava acesso ao jardim dos fundos, imaginando João correndo por aquele gramado lindo. Acompanhada somente pelo silêncio e a água que caía sobre as folhagens do jardim de inverno ao meu lado... 

A casa era grande, mas o que me deixava realmente feliz era Henrique ter concordado em ser tudo simples, aconchegante, bem detalhado, tudo no seu devido lugar, mas tudo simples, sem muito luxo, sem muita frescura, do meu jeito, me deixando totalmente à vontade, porque o que realmente importava era a nossa família junta, era a nossa felicidade... E o próximo passo era casar e entrar para a felicidade, apenas com as roupas e o pé direito, apenas lutar para que nada estragasse a nossa família de novo... 

Henrique acompanhava os rapazes que acabavam de montar o closet, ponto final de tudo, e agora sim a nossa casa estava completa... Saí até o lado de fora da sala, caminhando descalço, as mãos nos bolsos, o sol fraco e o vento fresco batendo no rosto, sentindo o frescor gostoso da grama, mais uma vez imaginando meu filho correndo alí, era impossível conter o riso grande... 

- No que esta pensando? - Sinto as mãos do Henrique me envolverem pela barriga e o queixo apoiado em meu ombro. 

- Pensando que as próximas duas semanas vão ser as mais longas da minha vida - Rio esfregando seus braços que me envolviam com todo carinho. 

- Ta feliz? - Henrique perguntou colocando meu cabelo todo para o lado. 

- Se eu to feliz? - Me virei de frente envolvendo meus braços na sua nuca - Meu sorriso e meus olhos não te respondem? - Rimos juntos - Eu nunca pensei que pudesse ser tão feliz. 

- Eu vou conseguir pegar uma semana de folga - Henrique falava doce, colocando meu cabelo atrás da orelha, meus braços desceram para suas costas - Já que não vamos ter uma lua de mel digna, pelo menos podíamos passar essa uma semana na fazenda, o que você acha? ... Só nós dois. 

- E o João amor? 

- O João fica com a minha mãe, o Ju, ou até com a Luana e Maria - Sorrio de canto sem ter certeza - Ele já ta grandinho amor, ele vai ficar bem... Já esta sempre dormindo na mãe com o Juliano e Jaque, nem liga mais muito pra nós - Rimos juntos mais uma vez. Isso acontecia sempre, jantavamos na casa do Henrique e na hora de ir para o AP João não ia de jeito algum. Juliano tinha o conquistado com seus jogos e brincadeiras. - E qualquer coisa vamos estar com os celulares, o telefone da casa, a gente volta correndo, mas vai ficar tudo bem... Não vejo outro lugar pra passarmos poucos dias apenas - Sorrio me convencendo. 

- É, você está certo - Beijei seus lábios mais uma vez... Henrique me abraçou pela cintura e trancou a porta antes de seguirmos para a sua casa... Quer dizer, dos seus pais, porque apartir dalí sua casa era nossa casa.

Juliano e Jaque estavam acompanhados por Thiago e Marcela, Gusttavo e Luana, Marcos, e a Mari. 

- Sacanagem não deixar a gente ver a casa de vocês - Mari disse num tom de braveza, mas rindo logo em seguida. 

- Ninguém vai entrar lá antes de nós - Henrique respondeu debochado, sentou numa cadeira ao lado dela e me puxou para o seu colo. 

- Mas vocês vivem entrando e saindo e não vimos nada ainda - Marília cruzou os braços, completamente curiosa - Isso não é justo, deveríamos pelo menos inaugura-lá. 

- Quem vai inaugurar vai ser nós dois né amor? - Henrique riu divertido, me abraçando ainda mais firme e apoiando a cabeça nas minhas costas, sabendo que aquela conversa iria me deixar tímida. 

- Huum - Juliano disse num tom de malícia - Noite de núpcias pra começar bem na nova casa? - Ele riu percebendo que me deixou vermelha - Como padrinho você vai ter que me deixar entrar manin - Piscou para o Henrique, e eu sabia que saindo daquela cabeça, a ideia era aprontar alguma coisa... Juntos eu e Henrique decidimos que os padrinhos seriam Juliano e Jaque, e Thiago e Marcela, já que para o João foi escolhido Gusttavo e Luana. 

- Mas nós estávamos aqui conversando - Gusttavo se pronunciou rindo - Aliás, seu irmão acabou de ligar - Se referiu a Diego - Casamento sem despedida não é casamento. 

- E tem mais - Thiago ergueu a cerveja em mãos - Vamos fazer no domingo, e vocês podem ir se despedindo, depois disso só vão se ver no dia do casamento. 

- Como assim? - Ergui os braços com espanto - Duas semanas? 

- Duas semanas sim senhorita - Thiago continuou... - Quase senhora - Mostrou a mão fazendo todos rirem - E sem celular que é pra não correr o risco de se falarem. 

- E a senhorita vai lá pra casa com o João pra não correr o risco de se encontrarem - Luana completou. 

- Sem celular é maldade - Digo rindo - E se ele desistir do casamento? Como vai me avisar. - Me divirto. 

- Você vai ver desistir do casamento - Henrique disse duro, pegando no meu joelho, rindo logo em seguida. 

- Se ele desistir eu te aviso - Juliano debochou, Henrique negou com a cabeça sem conseguir conter o riso. 

- Aonde vai ser essas despedidas? - Dei ênfases em despedidas. 

- Nem nós e nem vocês vão saber, que é pra não correr o risco de contarem um para o outro - Gusttavo disse rindo da minha expressão, que estava achando uma tortura ficar duas semanas sem nem ligação - Nós vamos escolher o lugar e o Henrique só vai saber no domingo, depois que vocês se despedirem para o dia do casamento... Não vamos saber de vocês e vocês de nós. 

- E nós vamos escolher o lugar e você só vai saber domingo - Marília completou a nossa tortura... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...