História Depression - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster
Tags Namjin
Exibições 65
Palavras 697
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie
Gnt desculpa se tá curto e pela pequena demora pra postar

Capítulo 9 - 9


Pov Jin

Namjoon saiu correndo. Eu fiquei paralisado por uns segundos. Nós havíamos nos beijado....
Então eu me levantei e fui atrás dele, mas infelizmente não consegui acha-lo.
Fui parar na floresta da cidade. Sim essa cidade tem uma floresta. Eu me sentei no chão e suspirei.

-Namjoon, por que está brincando com meus sentimentos? -digo.

Ouvi um barulho. Olhei em volta e não vi nada.

- Namjoon é você? -digo.

Não ouvi nada. Apenas ouvi alguns pássaros voando mas nada do Namjoon.

- Namjoon, se você tá aí eu quero te falar uma coisa. Desde quando eu conheci você, eu sinto coisas diferentes. Antes disso, eu não sorria pra ninguém nem pra nada. Então você entrou na minha escola e virou meu amigo. Sabe, você sempre me fez melhor. Você mudou a minha vida e pra melhor. No dia que eu cortei meus pulsos, eu fiquei com medo. Medo de eu acabar morrendo e você ficar sozinho. Eu tinha me arrependido, então eu liguei pra você, e você veio na hora. Você me salvou. Eu te amo muito Namjoon. Muito mesmo... -digo com algumas lágrimas no rosto.

Eu olhei em volta novamente e não vi nada. Suspirei e me levantei.
No caminho da casa de Namjoon senti que alguém me observava. Então um cara me puxou pela camisa e me levou até um beco onde vi mais garotos encapuzados. Daí eu percebi que eram alguns garotos da escola que faziam bullying comigo.

-O que vocês querem? -digo nervoso.

Eles olharam pra mim com um sorriso maldoso. Pensei em correr mas não daria certo.
Os garotos começaram a me bater e eu, como sou um covarde, não consegui me defender.
Eu estava caído no chão enquanto eles batiam em mim. Comecei a chorar.

-Ah agora a princesinha vai chorar agora? -diz um deles.

Pov Namjoon

Eu ouvi tudo o que Jin disse. Eu estava escondido em cima de uma árvore.
Quando ele foi embora, fiquei lá em cima olhando pro céu e pensando no que ele disse.
Saí de lá e fui em direção a minha casa. No caminho ouvi alguém chorando e alguém falando mais alguma coisa que não consegui entender.
Fui até um beco e vi vários garotos batendo no Jin. Eu fiquei com muita raiva e ao mesmo tempo com medo de perder Jin.

-Deixem ele em paz! - digo.

Quando terminei de falar, todos olharam pra mim confusos. Jin sorria.
Eu comecei a bater neles e logo eles foram embora. Quando todos foram embora, corri até Jin.
Ele estava caído no chão com muitos machucados.

-Jin tá tudo bem? -digo.

-Não.... -diz ele.

-Calma eu vou te levar pra casa. -digo.

Eu o peguei no colo e fui rapidamente até minha casa. Ele ficou de olhos fechados o tempo inteiro e ele tremia.
Quando chegamos em casa, cuidei dos seus machucados, enquanto ele me olhava.

-Namjoon, muito obrigada. -diz ele sorrindo. -Percebeu que você sempre aparece pra me salvar?

Eu olhei pra ele e sorri.

- É, eu sei disso. Me sinto especial. -digo. -Acho melhor você tomar um banho.

-Ah sim. -diz ele se levantando.

Ele foi ao banheiro e eu me sentei no sofá. Suspirei.
Uns minutos depois, ele saiu do banheiro com as minhas roupas.

- Eu peguei as suas roupas porque eu esqueci de pegar a minha e essas ja estavam la....

- Ok. -digo.

- Como sabia que eu estava la? -diz ele.

- Eu fui até a floresta e vi você lá. Quando você saiu, eu segui você.

Ele me olhou muito corado.

-Então você ouviu? -diz ele.

-Sim...

Ele me olhou e deu um sorriso de canto.

-Ainda bem, porque eu não ia conseguir repetir tudo aquilo. -diz ele rindo.

-Jin, eu sinto o mesmo...

-Você me ama? -diz ele corado.

- Se eu não te amasse, eu faria isso? -digo.

Ele me olhou confuso e eu o beijei. Eu segurei sua cintura que era muito fina e ele o meu pescoço.
Infelizmente, tivemos que nos separar por falta de ar.
Colamos as nossas testas e ele estava sorrindo com seus olhos fechados.

-Eu te amo Jin.... -digo.

-Eu também te amo.... -diz ele meio corado.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...