História Depuis le Début - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Máfia, Revoltada, Zoada
Exibições 3
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


:3

Capítulo 12 - -


Fanfic / Fanfiction Depuis le Début - Capítulo 12 - -

Depois que a mãe de June "consertou" meu nariz nos sentamos no sofá e fomos assistir algum filme, June fez pipoca pra gente enquanto eu escolhia o filme, bom, e Peter não fez nada além de ficar jogado no sofá. Escolhi João e Maria Caçadores de Bruxas, nunca vi esse filme e todo mundo fala que é uma bosta, vamos ver se é uma bosta mesmo. É meio tosco mesmo quando aquela bruxa mata a bruxa branca, tipo, qual a necessidade? Achei que ela e o João fossem ficar juntos. Estou chateada, é um filme bem bosta mesmo.

 Olhei para o sofá ao meu lado e vi que June havia dormido e Peter não estava mais ali. Levantei e fui pra cozinha, estava tudo muito escuro, então como era de se esperar bati com o dedinho no armário, quase dei um berro, mas né, dei aquela segurada. É incrível, meu dedo de ter algum tipo de ima, porque eu sempre, repito, SEMPRE, bate em tudo. Aproveitei que já tava na cozinha e peguei um gelo pra colocar nesse pé, também peguei um copo com água.

 - Caralho! - resmunguei assim que me virei e fiquei bem de frente com Peter, tomando um susto e derrubando o copo no chão - Que porra Peter! - resmunguei mais um pouco.

 - Desculpe - ele se pronunciou e eu mostrei-lhe o dedo.

 - Sai da minha frente por favor.

 - Seu nariz está melhor? - perguntou enquanto se aproximava mais e pegava na minha cintura.

 - Sim.

 - Que bom! - disse aproximando seus lábios e me beijando, uma descarga elétrica percorreu o meu corpo me fazendo arrepiar.

 - Pa... Ra.. Peter! - tentei falar me afastando mas ele me agarrou pela cintura com mais força ainda. Parei de cu doce e coloquei minha mão em sua nuca. Ele deu impulso me colocando em cima do balcão sem parar o beijo.

 - Sabia que vocês tinham algo!

Pov's Peter On

 - Sabia que vocês tinham algo! - a voz de June ecoou e as luzes foram acessas.

 - Tinha que ser você né June- falei um tanto sarcástico.

 - TInha que ser você né June! - ela repetiu tentando me imitar. - Tinha que ser eu mesma e daí?

 Lexi desceu do balcão e saiu correndo da li esbarrando no ombro de June e sussurrando um obrigada.

 - Empata foda! - resmunguei.

 - Empata a foda é o caralho, o que você esperava fazer na minha cozinha sagrada? Transar? - ela perguntou de boca aberta e eu ri.

 - Era o único lugar vago - respondi - E já que não foi com a Lexi será com você - falei me aproximando dela.

 - Vá se foder Black! - falou saindo dali, apenas dei uma risada. - Ah, e aproveita e tira os cacos do copo do chão - gritou do corredor.

Pov's Lexi On

Imagina se June não aparecesse, o que teria acontecido?! Não quero nem pensar. Eu estava deitada na cama dela, quando ouvi passos se aproximando, fechei meus olhos e fingi que estava dormindo.

 - Peter, você dorme no quarto aqui em frente ao meu - June disse pra ele que logo foi dormir também. - Eu sei que você não esta dormindo vadia! - disse pulando em cima de mim.

 - Ai cadela.

 - Você e o Black se pegando né safada, quem diria?!! - falou fingindo surpresa - Por que você não me falou que tava de pegação com ele?

 - Porque não estamos de pegação ok?! - falei como sendo óbvio.

 - Para de mentir, que caralho, vocês estavam se comendo na minha cozinha e ainda quer falar que não tem pegação, faça mil favores né querida - reclamou e demos risadas.

 - Ok June, ok. mas é só uma pegaçãozinha, nada de mais.

(***)

 Acordei com alguém me empurrando da cama.

 - Lexi levanta!

 - Só mais cinco minutinhos, por favor.

 - Lexi caralho, acorda.

 Abri meus olhos me deparando com com Peter me encarando e olhando com cara de "ué".

 - Levanta, o John me ligou mandando nós irmos para sua casa voando pq tem uma surpresa pra você.

 - O John te ligou? - perguntei e ele assentiu. - Mas vocês não estavam brigados?

 - Somos amigos de longa data. Agora vai logo.

 Acordei June com muito custo - não sei como também, já que dormimos na cama dela e não entendi como ela não acordou com o Peter me chamando - e avisei que teria que ir embora, ela queira que eu ficasse pro café mas avisei que tava rolando algo em casa e ela entendeu.

 - Cheguei família - disse adentrando minha casa e avistei uma mala grande. - O que era de tão importante que fez vocês me acordarem as 10:00h da matina?

 - Vou beber uma água. - falou Peter indo pra cozinha.

 - Não feche essa cara mocinha, temos visita.

 - Pude perceber. - resmunguei.

 - Ela está na cozinha - informou meu pai. - Digo, a visita.

 Olhei para meus pais com cara de "ué" e fui indo em direção a cozinha, minha mãe e meu irmão falaram para eu esperar mas pouco me importei.

 - Mas que merda é essa Peter? - perguntei sentindo um ataque de ódio chegar ao ver Peter beijando alguém, visita sei la. Porra mano, na minha casa e embaixo do meu nariz?! To cagando pra quem ele pega, mas não assim também né.

 - Hãm? - ele me olhou desnorteado.

 Ele saiu da frente da visita e logo tomei um susto em seguida.

 - Quem é você? - perguntei ao ver aquela pessoa idêntica a mim.

 - Quem é VOCÊ?- retrucou desafiadora.

 - Eu perguntei primeiro, então me responde cacete.

 - Me chamo Alisson Tunner. - falou me encarando.

 - Puta merda, mais uma Tunner. - falei.

 - É bixão, parece que vocês são gêmeas. - Peter falou sem acreditar.

 - Sim, elas são gêmeas Peter! - a voz de meu pai ecoou pela cozinha.

 

 


Notas Finais


Isso tá muito engraçado né galera.. Perdão pelos erros gramaticais e é isso ai.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...