História Desabafo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 21
Palavras 505
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Tudo a minha volta está "desabando", eu sei que não sou a mesma garota de antes, que confia em si mesma, que se amava, que não ligava para as pessoas e simplesmente dizia verdades na cara, eu estudava muito, eu obedecia minha mãe, mas de uns 2 anos para cá, as coisas mudaram, eu não confiava em mim, eu me odiava, eu me importo com as opiniões das pessoas e tomo cuidado com o que eu digo, agora, tudo mudou, nem sei quem eu sou mais...

As coisas estão meio complicadas, sabe? Comecei a me preocupar com nota agora no fim do ano, se eu repetir, minha mãe vai me bater, mas não vai ser com chinelo ou com a mão, vai ser de cinto ou de vassoura se bobear...

Por mais que eu tenha parado de me cortar, às vezes eu chego na janela e penso: "Por que ainda estou aqui? Por que eu nasci? Para fazer os outros infelizes? Quem eu sou? Continuo sendo a Ellen que todos conheciam? Acho que não..." . Quando minha vó pede para eu buscar um cigarro na gaveta dela, eu penso eu fumar um e sentir o "sabor", mas tenho medo de viciar e não conseguir parar...

Na minha casa tem muitos remédios, já pensei em tomar vários e ver se eu morria, seria impossível, eu sou burra e não sei o que tomar...

Acho engraçado que, desde quando eu mudei de escola, as coisas tem mudado bastante, umas estão melhor, outras pior.

Eu simplesmente estou desistindo da vida? É isso? Não, tenho certeza que não, pois eu achei um motivo para viver: vocês, amigos. Sei que um dia irei ver todas as minhas amigas virtuais e, creio eu, nenhuma irá se matar.

Eu não tenho lâminas, não tenho cortes, não penso em morte, mas sei que um dia irei pensar novamente.

Eu estou meio cansada, minhas amigas me "obrigando" a ficar com um menino que eu nem conheço, eu gosto de um menino que talvez nunca me notará, toda noite penso em como está as pessoas que eu perdi, se elas estão bem, se estão me vendo ou se estão ao meu lado. 

Uma coisa horrível é saber que você tinha uma amiga virtual suicida e ela "se matou", pois o crush dela havia se suicidado na frente dela. Eu sei, isso tudo pode ser mentira, eu não sei como ela estava, não tive informações dela mais, não apareceu na TV ou nos jornais "Menina de 13 anos é encontrada enforcada" ou "Garoto de (sei lá quantos anos) é encontrado morto em uma escola", isso tudo teria que ter no final "em São Paulo". É meio difícil aceitar que ela "morreu", isso aconteceu no dia 26 de Agosto, eu sei porque tá marcado no meu calendário, até hoje eu não superei a "morte" dela. E eu achei muita sacanagem do meu pai de marca o casamento dele no dia 26 de Agosto de 2017, poxa, vai fazer um ano que isso aconteceu.

Eu não quero perder ninguém mais. NINGUÉM! 

*********

Desculpa por fazer você ler.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...