História Desabafos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 2
Palavras 423
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Como eu disse na sinopse não criei isso com intenção de ganhar favoritos mas sim como uma forma de por pra fora o que sinto.

Capítulo 1 - Depressão


Tudo começou em 2013,quando eu passei mal por está entre uma grande multidão. No começo eu pensei que era só porque eu era anti-social, já minha família achava que era frescura. Depois evoluiu para um possível agorafobia, anos depois eu descobri que na verdade eu sofria de ansiedade e crises de pânico. 

Antes mesmo de descobri isso eu já não tinha forças  e motivações, então vieram os cortes, sempre profundos mas nenhum conseguia aliviar a dor que eu tinha dentro de mim. Foi então que veio a primeira tentativa de suicídio, a segunda e a terceira. Felizmente, ou infelizmente, nenhuma delas teve sucesso, obviamente. 
E tudo que eu conseguia pensar era:

" eu sou tão inútil ao ponto de nem ao menos conseguir me matar?" 


A depressão me amarrou e de brinde com ela eu ganhei a bulimia, crises mais intensas de ansiedade e pânico. E tudo isso sem ajuda, familiar ou profissional.

Já é quase 2017 e eu gostaria muito de está escrevendo como eu me curei, mas não teve cura. 

Quando 2016 chegou eu já tinha passado tudo de ruim, então eu inocentemente pensei: 

"Esse será o meu ano!" 

Eu acreditava fortemente nisso, pregava isso a todos meus amigos os deixando imensamente felizes por minha possível melhora. E por um tempo eu melhorei mesmo já não estava tão no fundo do poço e até já conseguia me diverti de verdade, tinha crises algumas vezes ao mês mas acreditava que estavam parando. 
Até novembro chegou e eu piorei, duas crises de ansiedade por dia, falta de fome, falta de motivação, choros sem motivos durante todo o dia e pensamentos suicidas.


Eu sinceramente estou cansada de chorar o dia todo e sorrir durante a noite. É como viver uma mentira a vida toda, com uma máscara de falsa felicidade, porque todos sabemos quais as repostas quando falamos sobre esta com depressão.


"Vá lavar uma louça, para de frescura, você tá querendo chamar atenção" 

Se eu quisesse mesmo chamar atenção eu postava uma foto com todas minhas cicatrizes e alguma frase suicida de tumblr. Mas eu nunca fiz isso, sempre fiz questão de esconder porque tinha vergonha do que fazia a mim mesma.

Tudo isso faz com que eu me odeie, que tenha vergonha de mim mesma. Me odeio por não poder ser como uma pessoa normal mas sim ter que lidar com doenças psicológicas que mal me deixam sair de casa. 

2016 está chegando ao fim, e o que era para ser o meu ano acabou me trazendo de volta meu maior pesadelo.   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...