História Desafio - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok, Jimin, Jin, Kook, Lya, Micão, Namjin, Primeira Fanfic, Rapmon, Suga, Texting/sexting Por Um Mes, Vhope, Yumi
Exibições 248
Palavras 690
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Me desculpem pela demora pandinhas, e pelo cap em si tbm.

Capítulo 34 - Elevador


   As aulas já acabaram e agora eu estou com a Lya a caminho de seu apartamento. Ao chegarmos nos dirigimos ao elevador logo adentrando no mesmo. A porta se fecha e começamos a conversar mas logo paramos pois as luzes do elevador começaram a piscar.

-Acho que seus amigos fantasminhas te acompanharam kkkkkkkkkk

-Yay, idiota. – Ela disse me dando um tapa na cabeça.

   Do nada as luzes do elevador apagam de vez e o elevador para, dando um tranco que fez com que eu e a Lya nos desequilibrarmos caindo os dois no chão. A luz do elevador volta, mas ele continua parado e o ar condicionado também foi desligado.

-Aaaaaaaaaa, odeio quando isso acontece. Já é a terceira vez só esse mês. - resmungou Lya parecendo irritada.

-Demora quanto tempo para o elevador voltar a funcionar?

-Mais ou menos uma hora.

-Não é tanto tempo assim, da pra- fui interrompido pela Lya.

-Isso significa mais ou menos uma hora trancado em um elevador com ar desligado, em um dia que esta fazendo mais ou menos 38° graus. Tem certeza que da pra aguentar?

-Aaa que ótimo. Eu devo ter jogado pedra na cruz pra ter que ficar uma hora trancado com você e seus fantasminhas em um elevador que vai se transformar em uma sauna.

-Escuta você não me afronta, e eu já disse que não tem fantasma nenhum.

-Então com quem você estava falando hoje no terraço? Kkkkkkkkkk

-Com o vento Jimin. Com o vento!

   Nos dois nos sentamos no chão e começamos a conversar sobre assuntos bem aleatórios tipo:

“-Biscoito ou bolacha?”

“- Ow pegou pesado. Polemica. Vou responder esse não.”

“-Toddynho é bom.”

“-Canta uma musica”

“-My Love is on fire

Now burn baby burn

Buljangnan

My love is on fire

So don’t play with me boy

Buljangnan”

“-Sua vez”

“-Naman mollasseotdeon something

Bunmyeonghi neukkyeojyeo must be something

Ppeonhan neoui geojitmal

Geuman yeogikkajiman

Nothing

It’s something

Stop it, no uh”

“-Nem um pouco gay você cantando something kkkkkkkkkk”

“-aff, cala a boca Lya”.

   Depois de uns 20min nos dois já estávamos suados e com o uniforme colando no corpo. Já tínhamos nos livrado de meia, sapato, gravata e como o calor estava insuportável eu acabo de tirar minha camisa.

-Nossa você é gostoso.

-E você é muito cara de pau.

   Se eu estou roxo de vergonha? Magina. Ela estava se abanando com as mãos e o suor já estava descendo seria melhor se ela tirasse a roupa antes que ela desmaie de calor.

-Pode tirar a blusa se quiser.

   Ela me olhou indignada, como se eu fosse um velho tarado ou algo assim.

-Relaxa, não vou ficar olhando não kkkkkkkkkk.

 Ela começou a desabotoar a blusa e eu juro que não ia ficar olhando ate notar uma coisa.

-Você falou que não ia ficar olhando.

  Eu nunca imaginei que fosse “conhecer” ela assim, mas aquela lingerie sem duvidas é a mesma lingerie preta de renda de uma semana atrás. Aquela que ela me mandou a foto para dor “oi”.

   A quem eu estava querendo enganar? A resposta sempre foi muito obvia. Talvez por conhecer ela pessoalmente e de verdade, saber do jeito dela, eu não me permiti acreditar que ela realmente era a minha baby.

-Porque você nunca me falou?

-Nunca te falei o que?

-Que você é a minha baby?

-Como- não permiti que ela continuasse a falar.

-Qual era dificuldade de me contar?

-Você não podia ficar sabendo antes de o desafio terminar.

-Desafio? Então quer dizer que além de você ter mentido pra mim tudo não passou de uma brincadeira?

-Jimin... -

   O elevador voltou a funcionar.

-Cala a boca! Você não devia brincar assim com as pessoas. Elas têm sentimentos, sabia?

   Ela iria falar alguma coisa, mas chegamos ao andar do seu apartamento e eu a empurrei para o lado de fora jogando as coisas junto. E logo clicando o botão para fechar a porta e voltar para o térreo. Antes da porta se fechar completamente fui capaz de ver seu rosto banhado em lagrimas e ela sibilar meu nome.

Talvez ela não tivesse imaginado as proporções que um desafio fosse tomar.


Notas Finais


Foi isso, se o universo colaborar eu posto outro hj. Talvez o hot fique pra quarta feira.
Bjoo Pandas da tia (=^.^=)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...