História Desastre nuclear - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 1
Palavras 1.023
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ficção
Avisos: Álcool, Drogas
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


xD

Capítulo 1 - Capítulo 1


Fanfic / Fanfiction Desastre nuclear - Capítulo 1 - Capítulo 1

Era pra ser mais um dia normal na escola,era pra ser....

Dia 13/11/17 uns dos maiores acidente nuclear já registrado no mundo aconteceu bem na frente dos meus olhos,eu tinha 14 anos na época e tava em mais um dia normal na escola,pessoa zuando  e conversando alegremente como se nada ia acontecer,mas aconteceu,eu estudava de tarde e tava no segundo horário na aula de matemática do professor Gerson  no meio da aula eu escutei um barulho de algo explodindo um barulho bem alto,e percebi que não foi só eu que escutei o barulho,eu percebi que todos os alunos e o professor tinha levantado e foi olha a janela,mas precisamente eles tava olhando o reator nuclear eu levantei e tirei o meu fone de ouvido e fui tentar olha o que eles tava vendo,mas eu n consegui por que tinha um multidão de pessoas na minha frente eu olhei para o meu colega que tava com uma cara de desespero  e perguntei

-Mano,ta tudo bem?-ele olhou pra mim mais não respondeu nada.

-O que aconteceu?,por que ta todo mundo com uma cara de desesperado como se  o reator nuclear tivesse explodido?-ele olhou na minha cara como se eu tivesse falado o motivo do desespero dele.

-Mano,ferro,só isso,você ta morto,eu to morto,todo mundo ta morto

Quando eu ia responder  o meu amigo eu ouvir uma sirene de emergência tocando,e essa sirene só toca quando algum míssil ta vindo para  a nossa cidade ou um  o reator nuclear explodiu ,nesse momento eu entendi o por que ele falou que todo mundo tava morto,Quando tocou o alarme todo mundo saiu da janela e começou a correr para o abrigo que era a 4 quadras da escola,eu e o meu amigo acompanhamos os alunos da escola,ate o abrigo,faltando 1 quadra outra explosão aconteceu só que mais alta e mais forte,isso servil de energia para a nossa turma que começou a correr mais rápido,eu e o Gerson tava no final da fileira de alunos enquanto o o meu amigo tava liderando o grupo,chegando na rua do abrigo vimos que o portão do abrigo já tava fechando,a minha turma era a ultima de toda a escola,ia da pra chegar tranquilamente  no abrigo se não fosse pelo  o meu amigo caindo e machucado o pé,eu e o Gerson fomos ajudar ele e a cada minuto que a gente tentava andar com ela,era mais um minuto amenos pra chegar no abrigo,faltando 20 passos para o abrigo ouvimos o barulho de algo fechando,quando levantamos a cabeça vimos que o portão do abrigo tinha fechado,nesse momento senhora e senhores  desespero bateu e não foi pouco,o Gerson pegou o meu amigo no colo e começou a correr para o portão  e eu segui,chegando no portão do abrigo o Gerson começou a grita pedindo para eles abrirem o portão,mas eles recusaram ,eles simples foram pra perto do portão e jogaram três  mascaras de gás,e voltaram para dentro do abrigo nuclear.

O Gerson sentou perto do portão e começou a olhar para o reator nuclear que continuava a explodir,eu parei do lado dele e falei.

-Vamos?-ele olhou pra mim e perguntou

-pra onde, estamos praticamente morto já.

-vamos tentar sobreviver,a gente tem mascara de gás,o resto a gente encontro e roubada.

-Roubar?Roubar e errado,a gente não  fazer uma coisa que errada,a sociedade ensina isso.

-Ta todo mundo no abrigo Gerson ninguém vai se importar se a gente roubar o produto do Josué

-E,verdade,vamos tentar sobreviver.

-Isso,vamos no separar,Gerson vai pra farmácia,eu vou pro mercado e o Danilo,tenta roubar um carro,eu sei que você consegue,a tenta pegar um camionete

-ok

Sorte que a comercial fica perto do abrigo,eu corri para o mercado que eu sabia que ia ter a comida que eu queria,chegando no mercado eu peguei 2 carrinhos grande e fui jogando tudo o que tinha no mercado:Refrigerante,suco,verduras,carne,salgadinho,chocolate e etc.

Depois de encher o  carrinho eu comecei a sair e vi o Danilo entrar no mercado

-Leandro,consegui roubar a camionete

-Nice,qual camionete?

-Uma nissan frontier XE  2.5.TURBO 4X4 2013

-Humm,nunca ouvir falar

-O seu tio tem uma camionete dessa.

Ele pegou um carrinho e foi seguindo para o estacionamento do mercado aonde tinha deixado o carro.

-vamos para o mercado,o Gerson deve ta esperando na farmácia,alias já melhorou o seu pé?

-Sim,não machucou muito.

-humm

Ficamos em silencio apenas olhando a janela e vendo a destruição e o vazio naquela rua.chegando na farmácia o Gerson tava saindo da farmácia que o Danilo buzina para o Gerson que tomou um susto,ele entro no carro,e pediu pra ligar o som,a minha escola ficava no meio da cidade e essa cidade e gigante então ate sair da cidade demoraria umas  2 horas no Maximo,pegamos a BR para sair da cidade no meio do caminho eu percebi que o Danilo que tava dirigindo,e eu me perguntei como ele sabia dirigir

-Mano,como você aprendeu a dirigir –o Gerson que tava olhando para a janela parou de olhar pra janela e começou a olha pra Danilo

-Muitas horas de euro truck Simulator meu amigo....muitas horas,

-ata

Alguns minutos depois eu botei a mascara de gás por que o ar já tava ficando pesado,o Danilo e o Gerson também botou a mascara de gás, um pouco na frente o carro acabou a gasolina,usamos a gasolina reserva  ate chegar em uma loja de escalada,aonde pegamos a mochila de escalada e enchemos de comida e remédio e começamos a caminhar na BR e mesmo com vários carros não dava pra roubar 1 pelo fato de que tinha  toda a via tava parada pelos carros,já tava ficando de noite e ainda faltava quilômetros  para a saída da cidade,então entramos em um hotel  e ficamos olhando para a janela.

Era mais ou menos 4 da manhã eu tava dormindo e do nada eu ouvir um barulho de tiro e de uma porta sendo aberta por chutes,me escondi debaixo da cama por que era o único lugar aonde eu cabia,debaixo da cama eu conseguia ver o Danilo de baixo de uma mesa e o Gerson dentro do armário,e eu vi a perna de 2 pessoas e só conseguia ver elas entrando no quarto e indo em direção ao armário.


Notas Finais


xD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...