História DEScaso Perfeito - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 2
Palavras 676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Hello People!
Boa Leitura!

Capítulo 2 - Capítulo UM


O Galo cantou e eu levantei, por que não acordei com o despertador? Pego o celular na escrivaninha ao meu lado, porra são 6:40! Tenho que abrir o Mercado em 20 minutos! Visto a primeira calça que vejo no guarda roupa, calço o meu velho rebook e saio pra fora pra pegar a Blusa do trabalho que está no varal. Enquanto escovo os dentes na pia do quintal, me permito olhar pro céu, e para a paisagem. O Sol está nascendo, e uma ninhada de pássaros voam em total sincronia. 

Em seguida olho pra Janela em frente a minha casa, os pisca-piscas de Natal que a enfeitam ainda continuam ligados, Sinal de que ela ainda não acordou. Eu gosto de vê-la se alongando e prendendo os cabelos. Consigo ver também o momento exato em que ela abre as cortinas, e confere o tempo, se estiver chovendo, ela não faz sua corrida. Caso não esteja, ela enche a garrafinha com água, coloca uma toalinha no ombro e sai pra correr. 

Mais tarde ela sempre passa no mercado, e compra um morango fresco. Eu sempre coloco os mais bonitos lá na frente pra chamar a sua atenção. Na maioria das vezes da certo. 

Termino de escovar os dentes, dou um beijo em Manu e Mari, e saio em direção ao serviço. Minha sorte é que é a duas quadras de casa.

- Bom dia Dona Lurdes! - Aceno e Dona Lurdes Sorri, não consigo ouvir sua resposta, mas fico feliz em vê-la mais um dia. Triste seria se eu não a visse sentada na Praça, dando pão aos pombos, como fazia todos os dias. 

Abro o Mercado e Começo a agilizar as coisas, passo pano no chão, arrumo as pratileiras e reponho alguns produtos. 

Os Pães chegam, e eu assino a lista, agradeço ao entregador e  tomo meu café. O dia vai se desenrolando e quando olho o relógio já está na hora do almoço. 

- Lucca, você pode ficar aqui agora na sua hora de almoço hoje? Pede um marmitex, paga com o dinheiro do caixa, eu SÓ preciso ir no banco pagar uma conta, e essa é a melhor hora. 

- Sem problemas, SÓ preciso ligar pra minha mãe, ela sempre deixa o almoço pronto.

- Ok, Boa tarde Luc, Bom Serviço! - Neide sai e eu ligo pra mamãe avisando que não vou pra casa almoçar.. Depois peço minha marmitex.

almoço está um delícia, mastigo enquanto checo alguns departamentos novos no computador, estou tão concentrado que só percebo que tem cliente no balcao quando escuto o barulho de sua toce.

- Me Desculpa, eu estava concentrado aqui nas coisas... - Ergo o olhar, é ela,  a menina que eu observo todos os dias pela Janela, hoje ela está escondida dentro de um moletom cinza e uma blusada mesma cor, seus cabelos estão soltos e desgrenhados, mas ajnda sim lindos. Percebo que a ponta de seu nariz está vermelho, e ela não para de fungar. 

- Atchiiiin! - Ela espirra e cobre a boca com um lenço, dessa vez de papel ao invés de algodão. 

- Saúde! - Digo, educadamente.

- Abém - Ela diz com o nariz intupido. - Gripe, sabe como é, né? 

- Sei bem.. - Passo suas compras, ela está levando acetona, um pacotede bolacha, um suco de laranja e... morangos frescos. - R$7,30.. - Ela me entrega uma nota de vinte.

- Tem 0,70 centavos? - Ela responde que sim e fuça a bolsinha atrás das moedas. Pouco tempo depois tira o dinheiro certinho e eu a entrego seu troco. - Obrigada, tenha um ótimo dia e melhoras pela gripe.

- Obrigada, um bom trabalho pra você. - Ela deu seu melhor sorriso e se retirou, carregando a sacola de mantimentos. 

O tempo passou, e logo logo era 16:00, hora de ir embora! Caminhei até em casa e quando cheguei, deitei na cama para cochilar.. Mas por certo motivo não consegui, por tanto decidi me levantar e fazer alguma coisa.. Quando ouvi um grito, vindo da casa da frente,  a casa da... como é o nome dela? 





Notas Finais


?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...