História Descendants - interariva - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Descendentes
Personagens Carlos de Vil, Chad, Doug, Evie, Jane, Jay, Lorrie, Mal, Personagens Originais, Príncipe Ben
Tags Descendants, Interativa, Interativas
Visualizações 34
Palavras 4.046
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Colegial, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Lírica, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá leitores,
aqui vai outro cap
Espero que gostem

Capítulo 12 - Aniversario de Jane


Abla saiu do chuveiro e, enquanto Kiara tomava banho, colocou o macacão social preto que Evie havia feito para ela, já que a garota não havia nenhuma roupa social, o paletó verde que comprou depois da aula e uma sapatilha verde. Ela, Melanie e Shell foram avisados na noite anterior que a festa seria a traje social. O garoto não saiu muito prejudicado por ter muitos ternos em seu guarda roupa diferentemente das outras duas garotas; Melanie rapidamente achou um conjunto em uma loja do Reino. O macacão possuía bolso, não era muito justo e possuía um decote médio, já o paletó tinha botões abaixo do peito.

Alguém bateu na porta e a leoa atendeu, ao abrir a porta viu Evie, que sorriu e levantou as duas mãos segurando pinceis e maquiagem, Meg e Juliana que sorriam. A filha de Rainha Má usava um vestido curto com o corpete vermelho, as mangas eram felpudas e azuis, a saia era rodada e um cinto azul com o desenho de uma coroa separava o corpete da saia e usava uma bota vermelha de cano baixo e de salto branco. Meg usava um top preto de alça cruzada na frente, uma saia de cintura alta de cor coral, um colar de prata com um pingente de coração, um anel com um coração escrito “I love you”, uma sandália preta de salto e maquiagem bem-feita. Juliana usava um vestido preto metálico justo e um casaco rosa claro, um salto preto e prata e seu cabelo estava amarrado em um rabo de cavalo alto.

-Achei que Kiara soubesse passar maquiagem. – Falou Abla - Não achei que você a ajudaria, nem me venha falar que veio me ajudar, pois não uso maquiagem. – Evie, Meg e Juliana entraram no quarto seguidas por Lara, a jaquin da última

-Mas e os garotos? Você não quer um namorado ou coisa assim? – Perguntou a ruiva – Você já está bonita nessa roupa, agora se colocar maquiagem você vai quebrar os corações de todos os garotos.

-Não. – Respondeu secamente a leoa ajeitando a gravata borboleta no pescoço de Chicha – Sabe outra coisa que não quero? Maquiagem.

-Por que não? Namorar é divertido. – Falou a filha de Helena

-Você diz isso por namorar Balan, aquele tigre abusava do poder do cabelo ruivo. Ele namorou muitas vezes antes de você. – Riu Abla – Mas não se preocupe, se ele está com você até hoje significa que ele realmente te ama.

Kiara saiu do banheiro já vestida em um vestido curto bege areia e marrom claro, cabelo em um coque e um tênis com salto branco. Meg e Evie sorriram e gritaram enquanto pulavam junto a filha de Simba, Abla tampou os ouvidos de Chicha e os dela e só tirou a mão das orelhas depois que o trio parou de gritar. Ela e a hiena rosnaram ao mesmo tempo para as três meninas que apenas ignoraram.

-Você está linda! – Começou Evie – Venha vou te ajudar com a maquiagem.

-Obrigada. – Sorriu Kiara

-Kovu vai adorar essa roupa! – Comentou Meg – Só falta você Abla, por favor deixa eu fazer sua maquiagem. Chicha me ajuda! – A hiena apenas abaixou a cabeça

-Eu já disse não! – Gritou a leoa séria. -O rosto é meu e eu faço o que eu quiser com ele, sem contar que maquiagem é algo que eu não me identifico muito. - Ela ouviu um beep vindo do celular e pegou o eletrônico para ver quem havia lhe mandado mensagem. Vitani. Abla sorriu e leu a mensagem “Posso te ligar? Quero conversar com você, sinto sua falta. ” Antes mesmo de responder à mensagem da irmã, ela ligou, via Skype, para Vitani e conectou seu fone de ouvido para ninguém ouvir a conversa entre as duas e se sentou na cama. – Vi! Que saudades irmã! Você fez mechas pretas no cabelo! Você ficou muito foda! – Sorriu ela “Abla! Eu sei! E adorei e digo o mesmo, como vai aí? Espera, que roupa é essa? “ – Hoje é aniversario de uma das princesinhas, mais especificamente Jane, a filha de Fada Madrinha. Adivinha o que Ben me pediu para fazer? –  “A filha de Fada Madrinha? Certo. Imagino que tenha feito o bolo e está sendo obrigada a ir, só sugiro que coloque um pouco de maquiagem para você ficar mais completa. ” – Puta mano, até você? – Riu Abla - Mancada viu, Vi. 

-Com quem ela está conversando? – Perguntou Meg para Kiara

-Não sei. Só sei que é um pouco estranho vê-la sorrir, estou tão acostumada a ver minha prima com a cara fechada que as vezes acho que ela não tem sentimentos. – Juliana e Meg apenas concordaram

-Vou ver o que posso fazer. – “Ouvi vozes, quem mais está aí? ”- Kiara, filha de Simba, Meg, filha de Merida, e Juliana de Avalor, filha de Helena de Avalor. – As três meninas ao ouvirem seus nomes se entre olharam e se aproximaram da leoa - Outra coisa você não vai acreditar quem está aqui! Kovu e Balan, não é que os dois trouxas vieram para cá escondidos? – “Jura? Você está brincando! ” – Não estou! Tanto que Kiara está namorando com Kovu! Vi, eu queria tanto que estivesse aqui. Só tenho Chicha para confiar meus segredos. – A hiena pulou na cama e se sentou ao lado de Abla – Como que estão as coisas aí? – “Aqui as coisas estão indo relativamente bem, Freddy vai fechar o açougue dele por falta de consumidor. Ele até pediu para te avisar que te quer de volta, Mama está enlouquecendo com a vingança. ” Kiara, Meg e Juliana se sentaram atrás de Abla curiosas para saber como era a pessoa que conversava com a filha de Scar “Quem são essas atrás de você? Quem é quem? ” – Essa na sua esquerda é Kiara, essa no meio Meg e a sua direita é Juliana. Antes quem perguntem essa é minha irmã Vitani. – “Kiara é muito parecida com Simba, não dá para acreditar. Ela faz parte do plano? “ – Sim, mas... –“ Mas o que? Não vai me dizer que já se apegou a ela! ” – Só um pouco, mas ainda vai acontecer. Isso é fato. - “Tenho que ir, Mama está chegando e preciso fazer o almoço. Sentimos falta de sua comida, tchau. ” – Tchau, Mana. – O sorriso da leoa se desmanchou rapidamente, ela se levantou e decidiu seguir o conselho da irmã fazendo as outras estranharem.

-Ué! – falou Juliana
Terminando a leoa se olhou no espelho e suspirou. Kiara se sentou na cadeira e deixou Meg terminar a maquiagem dela enquanto Abla procurava a bolinha de Chicha e quando achou alguém bateu na porta. A filha de Scar abriu a porta e viu Kovu, Jack, Balan e Malia. O primiro usava uma camisa social e uma calça social ambas pretas, o segundo uma calça jeans escura e uma camisa social vinho, o terceiro usava uma calça jeans clara e uma camisa social branca; já a última usava um vestido vinho com detalhes em branco e um salto plataforma preto. Jack ao ver Abla corou e abaixou a cabeça enquanto os outros três apenas movimentaram sua cabeça para trás:

-Vocês me perseguem, não é possível. Imagino que tenham vindo para acompanharem as meninas.

-Sim, eles. Eu vim acompanhar meu irmão. – Falou Malia – Você está diferente, mas um diferente bom.

-O que ela quis dizer é que você está bonita, vede é uma cor que realmente combina com você. – Completou Jack

-Obrigada? – Abla falou confusa, nunca havia recebido um elogio assim, por fim sem conseguir segurar um sorriso ela encostou-se perto da porta – Entrem por favor, Kiara está terminando a maquiagem.

Todos entraram no quarto e logo depois da filha de Simba se levantar, Abla pegou uma bolinha, seu headphone e seu celular e dirigiu-se até o local onde seria a festa com Chicha ao seu lado e na frente dos outros e sentou-se em uma das mesas que estavam na ponta e percebeu que haviam chegado apenas garotos no grande jardim e todos olhavam para ela. Ela jogou a bolinha e colocou uma música em seu celular e posicionar o headphone se afastando do grupo. A hiena voltou com a bola na boca e afastou-se quando Imunda aproximou-se da dona.

– Você não precisa ficar muito, apenas tenha certeza que muitos tenham te visto e aproveite para pegar um pedaço de bolo.

-Se alguém se aproximar não garanto que irá se afastar sem um roxo no olho. – Retrucou ele Daemonium usava uma máscara preta de médico antiga um chapéu e um casaco preto liso sem zíper.

-Faça o que quiser, desde que no final eu possa realizar minha vingança sem chamar muita atenção. – Falou ela pegando a bola de Chicha e jogando para longe – Sente-se nesta mesa, ficará longe da algazarra. – Assim o garoto fez se afastando da garota

Abla olhava para a hiena enquanto mais pessoas chegavam e se sentavam. Jack se aproximou e passou a observar a leoa que sorria ao ver seu “filho” brincar um pouco e logo voltar com a bolinha na boca e colocar no pé dela.

-Posso jogar? – Perguntou o garoto. A leoa estendeu a mão com o brinquedo na mão sem desviar ser olhar da hiena e fazer carinho no mesmo, depois do animal correr atrás da bolinha a dona olhou para o filho de Mogli

Ela se perguntava por que ele era tão inocente a ponto de querer ajudá-la a virar uma mocinha, já ele se perguntava como havia se deixado apegar a uma vilã que não ligava muito para ele. Isso o chateava, mas ainda tinha esperança que ela mudaria. Se, Mal, Kovu, Jay, Carlos e Balan mudaram Abla também tende a mudar. Ele olhou novamente para a garota e viu que ela não tirava os olhos de Chicha e cantarolava a música que estava ouvindo. Melanie chegou por trás e assustou Jack, a garota os cumprimentou e disse que estava animada com a festa.

-Adoro festas!

-Somos duas, Mel. – disse Kitty aparecendo ao lado de Abla que conseguiu parar seu soco antes que acertasse o rosto da filha de Chesire

- Vocês insistem em apanhar. – Disse a leoa séria – Na próxima eu não vou me segurar.

-Gente ela está chegando!

Todos se abaixaram e assim que Shell apareceu com Jane todos pularam e gritaram surpresa. A garota sorriu, ficou vermelha de vergonha e abraçou o filho de Úrsula, depois abraçou cada um dos convidados presentes, exceto Daemonium, que permaneceu sentado, e Abla, que não gostava de afeto humano, e para não deixa-la constrangida deu um aperto de mão. Chicha se apoiou na aniversariante, ululou e virou o rosto como estivesse dando os parabéns. A filha de Fada Madrinha sorriu e fez carinho na cabeça da hiena. Kitty e Melanie a abraçaram e entregaram pequenas sacolas para Jane que agradeceu.

A leoa decidiu não comentar e apenas aproximou da mesa, junto a Kitty e Melanie que seguravam dois pratos nas mãos, de salgados a procura de algo para comer e poder dividir com Chicha. Depois de pegar alguns que possuíam pedaços consideráveis de carne ela sentou-se e observou as outras duas pegarem os aperitivos e colocarem no copinho, depois virou para Chicha e dava alguns pedaços de carne para ele e os outros ficavam para ela.

Ao encher os pratos Kitty e Mel caminhavam em direção da filha de Scar e quando passaram pela mesa que Nathaniel estava, a segunda olhou para o desenho que ele parecia terminar de fazer as sombras e voltou alguns passos para analisar melhor. O garoto desenhava Abla com o braço esticado com um pedaço de carne na mão direita, um pequeno prato com mais comida na mão esquerda e Chicha abrindo a boca para morder o pedaço de carne. A garota sorriu e com a mão livre puxou o desenho e antes que o garoto pudesse protestar levou até a leoa entregando em sua mão.

-Abla! Saca isso, olha que legal. – Falou ela entregando o papel – Você virou modelo e não me contou?

-Melanie, não! – o garoto de cabelo preto falou alto tentando alcança-la, porém foi em vão.

Abla pegou o desenho e com seus olhos ​ heterocromáticos centrais o analisou com cuidado. Ela achou interessante como os detalhes chegavam muito perto do real e como a sombra havia ficado natural, mas também notou que estava incompleto. Obviamente Mel havia arrancado o desenho de Nathaniel antes mesmo do garoto poder terminar, a leoa não conhecia outra pessoa no reino que poderia desenhar pessoas desse modo e reconhecia os traços do garoto.

Porém, qual foi o motivo para ele tê-la escolhido para ser sua modelo? Ela não tinha muita coisa de especial para que fosse escolhida, talvez fosse apenas falta do que desenhar... Não, Abla sabia que não era a última opção, uma coisa ela sabia sobre Nathaniel: ele desenhava apenas o que chamava a atenção de seus olhos. Ele talvez gostasse da relação dela com Chicha, do modo que ela mostrava seu lado amoroso e cuidadoso apenas com a hiena. Abla sorriu de canto ao sentir algo parecido como uma acolhida intrigante no coração. A leoa logo desmanchou o pequeno sorriso, ela não deveria se apegar a essas surpresas ou nem ninguém. Ela olhou para o garoto que havia abaixado a cabeça de vergonha e Jack pegou o desenho para vê-lo

O filho de Mogli ficou impressionado com os detalhes e com ciúmes do amigo por ter conseguido fazer a filha de Scar analisar por mais tempo do que o normal algo que o próprio Jack não havia feito. “Ciúmes? Como eu acabei ficando com ciúmes? ” Pensou ele, será que havia se apaixonado sem perceber? Provavelmente, talvez infelizmente. Mesmo querendo mudar a leoa e com a amizade que tinha com ela, ou pelo menos a que achava ter, ele tinha medo do que eu o pai diria sobre esse sentimento, de ter apaixonado por uma vilã! Ao ver a expressão intrigante de Jack, Abla puxou o desenho e devolveu ao autor:

-Ficou legal seu desenho, não devia se sentir envergonhado de seu talento. Apenas dessa incompletude. – Falou ela tentando afasta-lo

-Não estraria incompleto se Mel não estivesse me tirado antes de terminar. – Rosnou ele chamando a atenção da leoa e da filha de Mamãe Gothel

- Opa, Nath. Gostei dessa sua atitude. – Comentou Mel enquanto a leoa apenas sorriu

Sente-se, tenho que lhe perguntar algo. – falou Abla, Nathaniel a obedeceu sentando na frente dela – Por que? Por que me desenhou?

-Nenhum motivo especifico, eu só amo desenhar. E eu tenho um desenho de todos menos de você. – respondeu ele

-Certo, faça o que quiser.

-Vazei. – falou Immunda indo embora – Cansei de vocês, então vão todos a merda.

-Atenção de todos por favor. – Shell falou no microfone – Sou Shell, e como muitos devem saber vim da Ilha dos Perdidos. Hoje é aniversario de uma das pessoas que mesmo ficando insegura em relação a mim no começo acabou virando minha amiga. E como eu não sabia o que te comprar eu decidi cantar uma música e pedi ajuda para Juliana, espero que goste. -You've got a friend in me
You've got a friend in me
When the road looks rough ahead
And you're miles and miles from your nice and warm bed.
You just remember what your old pal said
Girl, you've got a friend in me
Yeah, you've got a friend in me
You've got a friend in me
You've got a friend in me
You got troubles, then I got 'em too
There isn't anything I wouldn't do for you
If we stick together we can see it through
'Cause you've got a friend in me
You've got a friend in me
Now some other folks might
Be a little bit smarter than I am
Bigger and stronger too. Maybe
But none of them will ever love you
The way I do
Just me and you, boy
And as the years go by
Our friendship will never die
You're gonna see, it's our destiny
You've got a friend in me
You've got a friend in me
You've got a friend in me

Todos aplaudiram e Jane com um sorriso no rosto se aproximou e deu um abraço demorado no garoto. Os convidados voltaram a conversar, Abla voltou a dividir alguns pedaços de carne com Chicha. Mel e Kitty foram para a mesa de doces. Nathaniel olhava para a leoa e terminava seu desenho, ele ficou feliz e impressionado com o comentário da leoa. Ele esperava ser cruelmente criticado, quer dizer ela era uma vilã e é o que se espera de uma. Talvez nem todos os vilões fossem tão ruins quanto os pais. Achou que Mal, Evie, Jay e Carlos fossem uma exceção. Abla depois de terminar sua comida puxou Melanie e Shell para um local sem ninguém por perto:

-Amanhã começamos meu plano então eu preciso da poção no máximo até hoje à noite. – Falou a leoa

-Eu sei que já perguntei isso, mas vou perguntar de novo ninguém vai se machucar, certo? – Perguntou Shell

-Certo, só quero dar um susto. – Respondeu Abla abaixando a cabeça para olhar a hiena

-Você não quer fazer isso. – Comentou Mel – Eu te conheço, sei que apenas está fazendo isso por causa de Zira.

-Acho que não me conhece o suficiente. – Falou ela seria e conseguindo disfarçar a mentira - Estou fazendo isso por mim, quero mais marionetes e também quero que Simba pague pelo o que fez com Nuka. Ele morreu quando eu era nova, cheguei a ter memorias com ele.

-Só preciso da poção, se não quiser participar não participe. Só peço para não comentar com ninguém, só. – Ela se virou para o garoto - O que me diz Shell?

-Terá sua poção hoje mesmo, se me prometer que não machucará ninguém! – Respondeu ele fazendo a leoa bufar

-Prometo não machucar ninguém.

Os três voltaram para a festa com sorrisos no rosto para disfarçar o que havia acabado de acontecer. Uma figura feminina loira e com um vestido verde curto no canto do local chamou a atenção de Mel e Abla que se entreolharam e decidiram aproximar-se sem que a figura percebesse. Rei Ben colocou a mão no ombro da mulher e se dirigiram para dentro do castelo fazendo as duas garotas e a hiena os seguirem. Assim que a desconhecida e o rei pararam Abla e Mel se apoiaram na parede e apenas ouviram a conversa dos dois:

-Tinker Bell, que bom que veio. Fiquei sabendo que você conseguiu um pó de fada diferente para o Gancho, essa semana mesmo ele trouxe Úrsula para o reino no próprio navio. Ou seja, ele quebrou a barreira.

-Pó de fada diferente que pode quebrar a barreira? Não é possível, ele me contou que era quem levava as sobras daqui para a Ilha. – A responda da mulher intrigou Ben e fez Abla e Mel se entre olharem

A leoa iria usar tudo o que conseguiria dessa conversa a seu favor. Porém possuía duvidas que não sabia se iram ser respondidas como “Se Gancho mentiu na parte do pó, como que ele trouxe a mãe de Shell? ”, “Por que uma mocinha, amiga de Peter Pan, iria manter contato com o inimigo do mesmo?” e “Quem era filho de Tinker Bell?”.  Ela relaxou os ombros e dobrou sua atenção na conversa.

Mel estava gostando do que estava descobrindo em uma conversa, ela sabia que haveria algo que poderia usar para deixar algumas pessoas intrigadas e deixar Ben sem resposta. A filha de Gothel olhou para a amiga e viu a concentração da mesma na conversa. Não gostava de como Zira tratava a filha, mas sabia que não tinha muito o que fazer. Logo voltou sua atenção de volta para Sininho e Ben.

-Espere, vocês mantem contato um com o outro?

-Sim, eu não queria contar isso. Mas sei que você em especifico vai entender e provavelmente aceitar. - Ela deu uma pausa para juntar coragem -  James é o pai de meu filho. – Falou ela, era possível notar a vergonha na voz dela. – Por isso mantemos contado, mas Nath ainda não sabe.

-Então foi por isso que ele pediu para pegar o lugar de Milo que leva e traz coisas da Illha para o Reino. Quando você pretende contar pare ele?

-Não pretendo, acho melhor que ele continue achando que o pai dele morreu de modo honroso. Posso contar com seu segredo?

-Pode, pode sim. Apenas temos uma pergunta sobrando: como ele chegou até aqui? Até onde eu sei só nós podemos ir e voltar à vontade, costumamos usar objetos produzidos aqui mesmo que foram “batizados” por magia boa.

-Se um objeto do Reino pode abrir passagem daqui para lá e vice-versa, então ele deve ter algo daqui. – Ela colocou a mão na boca quando lembrou do colar que ela mesma fez com magia. – O colar que ele costuma usar!

Vendo que ambos iriam sair da sala as duas meninas correram de volta para a festa e apenas conseguiam manterem se quietas até analisar tudo. Ela sentiu o celular tremer em seu bolso e viu que Vitani estava ligando para ela, ela cancelou a ligação e mandou uma mensagem dizendo que não podia conversar no momento, porém ligaria mais tarde. Ela colocou o celular na mesa. Agora ela conseguiria piorar as coisas se quisesse, mas sabendo das grandes consequências que poderia trazer iria manter aquilo em segredo. Melanie faria o mesmo. Abla depois de recuperar o folego sorriu e olhou para a pessoa que se aproximava, Jack.

-Você está bem? Por que estava tão ofegante? – Perguntou o garoto

-Chicha fugiu com algo que não podia comer e Mel veio comigo para me ajudar. Está tudo bem agora.

-Quem é Vitani? – Perguntou ele

-Que? – Ela olhou para o celular e viu que sua irmã havia respondido. - Ah, minha irmã.

-Eu gostaria de lhe fazer uma pergunta, bem.... Li-li-liberaram o karaokê e Jane adora ver os outros cantarem e... Você quer cantar uma música comigo? – Perguntou ele gaguejando

-O que liberaram o karaokê? – Perguntou Mel animada – Kitty! – Ela e a gata subiram no palco e escolheram a música

-My friends don't walk, they run
Skinny dip in rabbit holes for fun – Começou Kitty
Popping, popping balloons with guns
Getting high off helium - Mel

-We paint white roses red
Each shade from a different person's head - Kitty

-This dream, dream is the killer
Getting drunk with the blue caterpillar - Mel

-I'm peeling the skin off my face
'Cause I really hate being safe
The normals, they make me afraid
The crazies, they make me feel sane

I'm nuts, baby, I'm mad
The craziest friend that you've ever had
You think I'm psycho, you think I'm gone
Tell the psychiatrist something is wrong
Over the band, entirely bonkers
You like me best when I'm off my rocker
Tell you a secret, I'm not alarmed
So what if I'm crazy? The best people are

All the best people are crazy- Ambas
-All the best people are
Where is my prescription?
Doctor, doctor, please, listen
My brain is scattered - Mel
-You can be Alice, I'll be the Mad Hatter

-I'm peeling the skin off my face
'Cause I really hate being safe
The normals, they make me afraid
The crazies, they make me feel sane- Kitty

-I'm nuts, baby, I'm mad
The craziest friend that you've ever had
You think I'm psycho, you think I'm gone
Tell the psychiatrist something is wrong
Over the band, entirely bonkers
You like me best when I'm off my rocker
Tell you a secret, I'm not alarmed
So what if I'm crazy? The best people are
You think I'm crazy, you think I'm gone
So what if I'm crazy? All the best people are
And I think you're crazy too, I know you're gone
It's probably the reason that we get along - ambas

-I'm nuts, baby, I'm mad
The craziest friend that you've ever had
You think I'm psycho, you think I'm gone
Tell the psychiatrist something is wrong- Mel

-Over the band, entirely bonkers
You like me best when I'm off my rocker
Tell you a secret, I'm not alarmed
So what if I'm crazy? The best people are- Kitty

-All the best people are crazy- Mel
-All the best people are-Kitty
-All the best people are crazy -Mel
-All the best people are-Ambas


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...