História Descendente de um pecado. - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~dedeia_flor

Postado
Categorias The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai)
Personagens Arthur Pendragon, Ban, Diane, Dreyfus, Elaine, Elizabeth Liones, Escanor, Gilthunder, Gowther, Griamor, Guila, Hauser, Hawk, Helbram, Hendriksen, Jericho, King, Liz, Margaret, Meliodas, Merlin, Personagens Originais, Veronica, Vivian
Exibições 37
Palavras 1.295
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Deslin-chan: Yo! Minna! - eu disse aparecendo misteriosamente.- Eu sou a Deslin-chan, e essa é a minha irmã...

Dedeia_flor: Dedeia_Flor, e é um prazer estar aqui com vocês hoje, com essa fanfic maravilhosa.- ela disse dando um sorriso convencido.

Deslin-chan: Nada convencida.- eu disse balançando a cabeça e me negativo.- Mas enfim esperamos que...

Juntas: Curtem essa fanfic!- gritando juntos, fazendo sinal com a mão.

Capítulo 1 - O começo se tudo


Fanfic / Fanfiction Descendente de um pecado. - Capítulo 1 - O começo se tudo

"Há muito tempo atrás, ou melhor, há 14 anos atrás. Aconteceu uma guerra, pecados contra mandamentos. Essa foi uma guerra cansativa para os dois lados, principalmente para os pecados, eles não poderiam desistir, o mundo estava em jogo é também o futuro de suas famílias.

 Há guerra durou 1 ano inteiro, aquela guerra afetou todo o mundo, todos estavam preocupados com os pecados, se eles não vencessem, o mundo seria controlado pelos o clã dos demônios e os dez mandamentos ia ditar as regras.

 Mas no final, os sete pecados capitais venceram com muito esforço. Mesmo que eles tivessem vencidos, eles decidiram que era melhor se separar. Eles achavam que o clã dos demônios ainda não haviam desistido por completamente, então nisso quanda um morou longe do outro. Mas de ano em ano os eles se reuniam para ver se tudo ainda estava em paz."

Bem, assim é como o meu pai sempre me contou e eu acho impossível esquecer algo que se contava todo dia. Mas sabe eu gosto desse tempo difícil, eu fiquei longe do meu pai por 1 ano! Mas...a minha mãe sempre falou "Se sua vida melhorou, nunca se esqueça do tempo que ele foi dificil. Pois foi esse tempo difícil, que fez a sua vida como é agora" 

 Eu sou Sophia Ellis, mas todos me chamam de Sophi. Sou filha da Raposa da Ganância, Ban e da fada, Elaine. Eu amo os meu pais, eles estam sempre aqui quando eu preciso e são muito brincalhões, principalmente o meu pai.

 Elaine: Sophi! Desce aqui!- ela gritou, e eu percebi que ela estava na sala.

 Sophia: Estou descendo!- eu gritei, me levantando rápida da cama.- Oi?- eu disse quando estava na frente da escada. Então, eu percebi que eles estavam com malas ao seu lado. 

 Sophia: Vocês vão sair?- eu disse me aproximando devagar deles.

 Ban: Vamos nos encontrar, com o pessoal -disse ele me dando um beijo na testa. 

 Sophia: Mas…por que a mamãe vai junto? - eu disse olhando para ela que estava do lado dele, com um olhar meio triste. 

Elaine: O rei de Liones, Baltra. Exigiu a presença de todos.- disse ela segurando o meu rosto de um jeito delicado.

 Sophia: Isso está meio suspeito.- eu disse segurando a mão dela.

 Ban: Eu sou um dos pecados capitais e sou imortal, você acha mesmo que alguém ia se enfrentar comigo.- ele disse se exibindo. 

Sophia: Os dez mandamentos enfrentou você.- eu disse de braços cruzados para ele. 

Ban: E eles perderam, então mais alguma declaração contra mim?- ele disse me desafiando.

 Sophia: Tuchê.- eu disse levantando as minhas mãos para ele.- Vão demorar quanto tempo? 

 Elaine: Vai ser rápido, no máximo umas 2 semanas.- disse ela dando um beijo na bochecha dela. 

 Sophia: Se cuidem, e pai, não vá beber muito.- eu disse na frente da porta, já que eles estavam do lado de fora. 

 Ban: Sai do meu pé, chulé.- ele disse fazendo careta para ela. 

 Sophia: Mãe!- eu disse me virando para ela. 

 Elaine: Sim, sim.- disse ela dando um tapa na cabeça do Ban- Não implica com a sua filha.- disse ela de braços cruzados para ele.

 Ban: Você está sempre defendendo ela, nunca me defende.- disse ele cruzando os braços e fazendo biquinho. 

 Elaine: Deixa de ser bobo.- disse ela dando um selinho no meu pai. 

 Sophia: Aí mãe! Que nojo!- disse ela fechando os olhos. 

 Elaine: Um dia você vai fazer isso.- disse ela colocando as mãos na cintura. 

 Ban: Não vai não!- ele gritou assim que subiu no cavalo.- Só por cima do meu cadáver.-disse ele ficando bravo. 

 Sophia: Mas...Você é imortal.- disse ela confusa.

 Ban: Por isso mesmo. Você nunca irar namorar Haha- disse ele rindo de um jeito maléfico.

 Elaine: Pare com isso.- disse ela dando outro tapa na cabeça dele, e subindo em seguida no cavalo.- Bem, querida. Nos vamos indo, tome cuidado, não abra a porta para estranhos, e… 

 Sophia: Eu sei mãe. Podem ir tranquilos.- disse ela dando um sorriso.- Tomem cuidado também. 

 Ban: Tchau filha- disse ele fazendo o cavalo sair correndo em disparada.

 É estou sozinha em casa, que responsabilidade. Mas também estava na hora, eu tenho 16 anos! Só tem um problema, eu não estou completamente sozinha. 

Sophia: Aí que nojo, Buck!- eu disse vendo ele comer de boca aberta. 

 Buck é o meu melhor amigo, isso para lhe avisar. Ele é um lobo branco, dos olhos azuis feito diamante. Vou te contar uma coisa, ele é mágico. A minha mãe fez esse favor, já que quando mais nova eu era muito tímida e não conversava com niguém, então ela fez uma mágica no Buck é ele fala. Legal né? 

 Buck : Se você ficar no meu pé desse jeito,essas duas semanas vam ser as mais longas para mim e para você.- disse ele, voltando a comer.

 --------#------------#--------------#-------------#-------------#---------- 

 Há 2 dias - Ban 

 Estávamos todos esperando o capitão, onde ele havia disse que se encontraria com nós. Já que o caminho que tínhamos custume de pegar, havia sido destruído por alguma força misteriosa. Provavelmente seja o motivo que o Rei tenha chamado todos. 

Elaine : Finalmente Meliodas, estavamos o esperando desde cedo - ela disse se alongando 

 Ban : Duvido nada ele estar fazendo umas brincadeiras com a princesa Elizabeth. - eu disse ao ver Meliodas vindo no chapéu de Javali que estava em cima do porco gigante.

 Meliodas : Eu ouvi tá Ban!- ele gritou lá de cima. 

 Diane : Sinto muito capitão, mas teremos que ir agora.

 Elaine : Temos que ir, se não. Baltra achará que aconteceu alguma coisa com nós.- ela disse rindo

 XXX: É vai acontecer- uma voz grossa disse. 

 Olhamos para trás e vimos um ser envolvido por uma capa preta, a única coisa que dava para ver era o seu sorriso incrivelmente maldoso 

 Ban : Quem é você? - eu perguntei colocando Elaine atrás de mim. 

 XXX: Ora, quem será eu?- disse ele se fingindo de desentendido- Provavelmente, o seu pior pesadelo. 

 Elizabeth: Sua energia não me é estranha, rápido se identifique.- ela disse descendo de la de cima.

 Depois da luta contra os Dez Mandamentos, Elizabeth fez de tudo para mudar, apesar dela ter melhorado em questão a luta, ela continua a mesma garota extremamente ingênua.

 Elaine: O que quer com conosco?- ela disse segurando fortemente o meu casaco. De repente, aquele ser sumiu e apareceu na minha frente. 

 XXX: Acho melhor pedir para sua namorada calar a linda boca que ela tem.- ele disse baixo, mas eu escutei tudo. 

 Ban: Ora seu!- eu fiquei com muita raiva, eu dei um soco no seu estômago. Mas para minha surpresa e para de todos, o soco não surtiu efeito nenhum.-Como? 

 XXX: Eu estou bem mais forte que antes, raposa da Ganância.- ele disse dando um sorriso, e sumindo novamente.- Não quero lutar com vocês agora, então….faça os seu trabalho rápido, Bell. 

 Não estava entendo com ele estava falando, só havia nos lá, e nenhum de nós se chamava Bell.

 Gowther: Capitão, sinto uma presença de magia muito forte.- ele disse se afastando um pouco. 

 Meliodas: Quanto?- ele disse descendo e sea preparando para a luta. 

 Gowther: Mais forte do que qualquer um de nossos juntos.- ele disse temendo o pior.

 Merlin: Isso é impossível.- ela disse deixando de prestar atenção no Gowther e focando a atenção naquele ser ali presente. Sem percebermos uma magia preta, nos envolveu. Como se estivermos em uma jaula. 

XXX: Espero que gostem da hospedagem.- ele disse quando sobrou só um pequeno círculo, que se fechou logo em seguida. 

 Meliodas: Merlin! Tira a gente daqui.- ele disse se transformando em demônio, só que não conseguiu.- o que? 

 Merlin: Esse lugar bloqueia qualquer tipo de poder.- ela disse tentando mais não conseguindo. 

 Ban: Impossível! 


Notas Finais


Dedeia_Flor: Iai! Merece um comentário né?- ela disse com um sorriso brincalhão.

Deslin-chan: Espero que tenham gostado o suficiente, ao ponto de favoritarem.- eu disse dando um sorriso gentil.

Dedeia_flor: Até no próximo capítulo!- ela disse dando um Tchauzinho.

Deslin-chan: Bjs! Até!- eu disse dando um Tchau também.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...