História Descendentes - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Arrow, Jessica Jones, Luke Cage, Supergirl, The Flash
Personagens Amanda Waller, Barry Allen (Flash), Cisco Ramon, Claire Temple, Detetive Joe West, James "Jimmy" Olsen, Jay Garrick, Jessica Jones (Safira), Lucy Lane, Luke Cage, Malcolm Merlyn, Oliver Queen (Arqueiro Verde), Sara Lance, Slade Wilson, Tommy Merlyn, Wally West (Kid Flash), Willis Stryker (Diamondback), Winslow "Winn" Schott Jr.
Tags Tretas
Visualizações 5
Palavras 1.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Fantasia, Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Herói?


P.O.V Layla

Ele não pode descobrir, não pode, sorte que ninguém sabe...

Uma mulher aparece do nada...

Ela: descobrir oque, e quem não pode descobrir?

Olho para trás e vejo uma mulher, meio... Familiar...
Eu:Olá???? Quem é você?
Mulher: mensagem privada, e olá também...
Derrepente a mulher se movimenta rapidamente atrás de mim, eu dou um pequeno grito, e ela me desmaia, eu acho...

P.O.V João

Eu ouço um grito da Layla, eu sei que e ela, ela tem um grito bem diferente dos outros...
Quando eu viro pra trás de onde veio o grito, eu vejo uma moça... Vou pra esquerda... Ela também vai... Vou pra direita... Ela também vai...
Eu:está me bloqueando?
Eu olho pra ela, e ela tira um pequeno pedaço de pano, e coloca na minha boca... Me fazendo desmaiar...

P.O.V Helena

Eu saio da enfermaria, com a Melanie, e vemos uma mulher segurando meu irmão nas costas, ele estava amarrado, e eu e a Melanie ficamos assustadas

Viro a raposa sem perceber

Eu corro em direção a ela, e ela vira pra mim, e vai pra esquerda, ou minha direita, e estica a perna, me fazendo cair... E eu deixo o chão rachado
Pensamento: eu to tao gorda?
Viro para trás, e olho a Melanie tirando suas facas das suas botas, e eu lembro dela tacando, e eu gritando...-NÃOOO
Até que eu vejo um grande vento batendo no corredor, a mulher caindo, e o João aparece do nada no meio do corredor parado, ele me olha... E eu vejo seus olhos... Ficaram azuis, todos azuis, ele parecia uma bateria, saia pequenos raios de seu corpo todo...
Eu estou louca?!?!
Desmaio...

P.O.V João

Eu acordo, na enfermaria, ao lado das minhas irmãs, mas sem a Layla, só a turma inteira me olhando... Olhando eu e minhas irmãs, a Helena ainda estava como raposa...
Eu: oque foi gente?
Eu me olho, e vejo eu todo amarrado, saindo pequenos raios azuis do meu corpo... Eu olho a Helena, e vejo ela também amarrada... Melanie também...
Eu: Não podem me prender...
Eles chegam para trás, pera, eu falei isso? Como assim?

Câmera lenta on

Olho todos, e estava em câmera lenta de novo, eu me sento na cama com facilidade, e me levantando, eu rasgo os cintos sem fazer força, sem nem segurar... E vou para trás da multidão, já que é pra tratar as pessoas mau, eu vou...

Câmera lenta OFF

Eu: Oque foi que eu disse?
Todos olham para trás, e ficam assustados
Alguns: oque?, hãm? Ele é um bruxo...
Enquanto ele não vêem, a Helena se levanta também, e ela empurra eles, e fica na minha frente com cara de raiva
Helena: pare de tratar as pessoas mau...
Eu: eles nos prenderam, eles começaram a nos tratar mal...
Alguns: vocês são aberrações da natureza, vão embora.
Eu chego perto deles, estufo o peito e falo
Eu: se não oque? Vocês não podem fazer nada...
Helena chega na minha frente e me empurra pra um pouco longe deles, e fala baixinho
Helena: João, para, eles vão ligar pra polícia, você presida se acalmar, vamos pra casa...
Helena da um grito - Melanie...
Melanie aparece no meio da multidão, e fomos pra casa...

No meio do caminho

Helena se transforma em normal de novo, e fica falando varias coisas na minha cabeça, mas eu só estava pensando em uma coisa... Onde a Layla está?
Helena: Entendeu?
Eu: Sim... Sim... Claro
Helena: Quer que eu explique de novo?
Eu: Faça um resumo...
Melanie: Helena disse que nos poderíamos ser heróis
Eu: Eu sendo herói? Hum, duvido
Helena: Então vai ser só eu e a Melanie
Melanie: Por mim tudo bem, é até um peso morto levar esse idiota
Eu: Aaaaahhh, para com isso Melanie

Quando chegamos na casa da mãe da Layla, ela diz que ela não esta em casa...
Para acalmarmos ela, dissemos que ela está na escola, e que iremos busca lá depois
Subimos, e conversamos no quarto...

Eu: oque faremos?
Helena: eu e a Melanie procuraremos ela perto da escola, e você fica aqui se lamentando por ela... OK?
Melanie: vamos logo... Eu tenhos umas máscaras aqui.
Eu: onde arrumou isso?
Melanie: Não interessa
Elas botam as mascaras no bolso, e saiam para a caça.
Enquanto eu fico em casa pensando em onde encontrar ela...
Até que eu me lembro, que quando ela estava me levando, ela falou alguma coisa, um pouco antes da Helena chamar ela...
Como eu me lembro? Eu finji que dismaiei, e fiquei acordado, ela pegou um celular e falou algo tipo... "Flesk" oque seria isso?
Florinda (mãe da Layla): João, vem aqui...
Vou ate lá em baixo, e vejo a mae de Layla
Florinda: Vou dar uma descançada porque vou fazer uma coisa mais tarde...
Eu: tudo bem... Durma bem, e eu posso usar o PC da Layla?
Florinda: Claro! E ela sobe para o quarto dela, e quando eu ouço o barulho da porta, eu vou no computador da Layla...

Vejo umas coisas meio estranhas, umas fotsos meio estranhas, e pesquisou uma coisa, "Flesk" é um galpão que ninguém comprou faz 3 anos, parecia que a mulher estava marcando o lugar para se encontrar com alguém, quem será? E para que a Layla serve?
Quando eu fecho o Google, eu vejo a foto do meu antigo amigo Henry, de minha antiga escola.
Eu: Oque? Agora me deu curiosidade, preciso ver mais
Olho as fotos, e vejo várias fotos do Henry, e vai uma com ela beijando o Henry na bochecha, será que eles namoram? Ou sera que eles já namoraram?
Até que eu vejo uma foto que parte meu coração...
Eles... Eles...
Se beijando
Ai meu coração.
Se eu não adorasse a Florinda, eu não iria mais ajudar a Layla, ela guardou esse segredo muito tempo, e o pior foi que eu apresentei a Layla pro Henry, e ele fez isso comigo... Eu falei que gostava dela pra ele, ele era meu melhor amigo... Não sei se é até agora...
Presiso ir, pego minhas coisas, e aviso o lugar pra Helena e Melanie, elas não vão conseguir sozinhas...

No caminho

Encontro Henry, e eu caio da bicicleta, prestando atenção nele...
Ele vem em mim, e estende a mão, eu não aceito, eu me levanto, e falo pra ele sem olhar sua cara...
Eu: Você sabia...
Henry: Sabia oque?...
Eu: Que eu gostava da Layla...
Antes de ele falar alguma coisa eu levanto a bicicleta e saio dali, e vou para o galpão...


Notas Finais


Então gostaram?... Muito obrigado por todo mundo que está gostando, e FLWww...

Henry maldito


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...