História Descendentes - Capítulo 68


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Tags Amor, Drama, Hentai, Hora De Aventura, Marceline, Marshall, Sexo, Tragedia
Exibições 34
Palavras 2.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem

Capítulo 68 - Grande Noite


Fanfic / Fanfiction Descendentes - Capítulo 68 - Grande Noite

Matheus 
Já estão todos chegando, ainda não vi sinal da Manu. Meus pais e meus tios já chegaram e estão na mesa. Cadê você baixinha?
Alguém tampa meus olhos 
Matheus: achei que você não vinha minha maluquinha 
Leticia: não sou maluca 
Viro com tudo. Que merda achei que era a Manu. 
Matheus: oi Le 
Leticia: que foi? Achou que era outra pessoa?
Achei 
Matheus: não, porque você está aqui? 
Leticia: queria desejar boa sorte 
Matheus: obrigado, agora vá pro seu lugar que já vai começar...
Leticia: vai ficar tudo bem. 
Ela me dá uns selinhos e isso parte meu coração 
Seguro em suas mãos 
Matheus: vá pra cadeira Le...
Leticia: estou indo 
Ela me dá um beijo na bochecha e se vai 
Me viro pra falar com o Maikon, mas ele está quase comendo a Alice, que ficou linda no vestido que a mesma escolheu. 
Matheus: desculpe atrapalhar o casal estrela, mas já vai começar... 
Alice: vai amor, boa sorte estamos torcendo por você. 
Ele sorria feito um bobo apaixonado 
Maikon: eu te amo 
Alice: também te amo, boa sorte Matheus. 
Ela sai andando e ele fica paralisado olhando ela. 
Matheus: vamos bobinho 
Maikon: vai da certo cara 
Matheus: estou nervoso, se ao menos eu visse a Manu, talvez eu...
Maikon: cara talvez ela nem...
Ela para olhando para algo atras de mim. Me viro e vejo a Manu entrando pela porta acompanhada da Luana. Meu Deus como ela está linda, essa roupa, esses cabelos completamente diferentes, eu reconheço ela em qualquer lugar. 
Me afastei do Maikon e sai andando e algo me impede. 
Maikon: ficou maluco? Você é o orador da turma, vai começar não podemos sair da fila. 
Matheus: e se eu for rapidinho? 
Maikon: fica aqui, depois você vê ela...
Matheus: ela está tão...
Maikon; eu sei, ela está incrível...

Eu já a perdi de vista, não a encontro de forma alguma. E nada do meu nome ser chamado, isso que da ser o M de uma chamada, que coisa mais demorada, porra, eu quero ficar com minha baixinha. 

Alguém: Matheus Lee, pelo seu enorme empenho durante todo o ano, por fazer além do que era determinado pelos professores, por sempre tentar achar uma resposta quando elas tinham poucas chances de ser achada. Por tudo isso e por muito mais, aqui está seu diploma.
Várias pessoas aplaudem e escuto gritos. Pego o diploma aperto a mão do professor e desço do palco me sentando do lado do Maikon. Esperando a deixa para fazer o discurso. 

Depois de muita espera e professores fazendo discursos enormes, chega minha vez. Subo no palco e me posiciono no centro e estão todos me olhando 
Professor: o orador da nossa turma Matheus Lee 
Todos aplaudiram e eu agradeci. Olhei para todos a procura da Manu e quando achei sorri pra ela e ela sorriu de volta e foi como se todo o nervosismo fosse embora. 
Matheus: é muito difícil falar por um grupo de pessoas tão diferentes entre si, mas posso tentar por simplesmente ter convivido e dividido tanto tempo com elas. Foi um longo caminho. Muitas vezes tropeçamos, caímos, nos machucamos, mas também fomos levantados, cuidados e protegidos por pessoas que nos ajudaram a chegar até aqui. Deve ser clichê ouvir essa frase de Isaac Newton neste momento, mas é uma verdade: "Se eu vi mais longe, foi por estar de pé sobre ombros de gigantes." Se nós estamos aqui hoje, foi pela capacidade, perseverança e paciência de todos vocês, que acolheram nossas dúvidas e sempre tentaram nos mostrar a luz, principalmente esse ano. É impossível determinar até onde vocês nos marcaram. Digo isso para todos que passaram em nossas vidas. Nossos pais, amigos, professores, e todas as pessoas. Aos pais, obrigado por acreditarem que seríamos capazes de vencer, e continuar investimento após o término da escola. Por entender nossos caprichos e por não entendê-los também, pois só assim aprendemos a ouvir não, e foi uma das maiores lições que poderiam ter nos ensinado. Obrigado por nos deixarem livres para perseguirmos nossos sonhos, e também por nos segurarem para não cometermos bobagens. Obrigado por terem nos guiado até onde vocês poderiam, porque se não fosse por vocês nunca poderíamos ter ido em segurança nem até o outro lado da rua. Obrigado pelo amor sincero, carinho e afeto que nos tornaram humanos. E nossas sinceras desculpas pelas tantas vezes que os magoamos. Chega um momento que pais e filhos não se entendem mais. Porém, é nesse momento que nós precisamos mais de vocês ao nosso lado, mesmo que não fazendo ou falando nada, apenas nos dando a certeza de que ainda temos com quem contar. Para os amigos, gostaria apenas de falar algumas palavras...

– Tirei 4 na prova. Sou foda!!

– semestre que vem eu estudo mais e passo sem DP

– Pütz. Acho que vou desistir do curso 

– CARALHO! Tenho 100 exercícios de álgebra linear para fazer. 

Quem nos acompanhou, sabe do que estamos falando. E essa é só uma forma de tentar demonstrar algumas das várias coisas que ficarão para sempre em nossas memórias. Queríamos tentar com essas palavras lembrar o que nos alunos passamos com nossos professores, aliás, nunca poderemos expressar a gratidão que temos pela chance de ter cada um de vocês como professores, mentores e muitas vezes, amigos. Enfim, hoje estamos aqui para celebrar formalmente o fim de mais uma etapa de nossas vidas. Algo que, confesso, não víamos a hora de passar. Mas em um dia muito próximo, ainda nos viraremos para trás sentindo saudade, e até diremos erroneamente a frase "eu era feliz e não sabia". Nós éramos e somos tão felizes, por tudo isso que nos foi dado, e nós sabemos. Agora muitos de nós vamos nos separar, cada um irá atras de um emprego, outros irão continuar estudando para se especializar cada vez mais, mais saibam que nada vai apagar tudo que vivemos, esses anos não serão esquecidos, todas as vitórias e derrotas estão na memória de cada um, agora, sigam enfrente não temos limites. Só sigam enfrente. Obrigado. 
Todos levantaram e aplaudiram quase todos estavam chorando. Do nada uma galera da minha sala sobe no palco e começamos a nos abraçar. 
Maikon: agora, FESTA 
Todos: FESTA 
...
Estamos na festa e eu tenho que achar meus pais, eu sei o quanto eles querem falar comigo. 
Maikon: onde eles estão? 
Matheus; não sei, tenho que achá-los 
Saímos andando 
Maikon: ali 
Ele aponta e vamos até lá e lá estão, nossos pais e tios 
Felipe: filho, estou tão orgulhoso de você, você foi o maior presente que Deus nos deu. Seu pai e eu sempre nos orgulhamos de você e sempre vamos nos orgulhar. 
Lucas: tenho certeza que meus netos também estão muito orgulhosos, do pai que tem. 
O Maikon se emocionou e abraçou os pais dele 
Maikon: tudo que eu fiz foi por vocês, vocês me deram tanta coisa e eu queria retribuir de alguma forma. Vocês me deram uma vida e eu vou ser grato eternamente, eu amo os dois e me perdoem se alguma vez eu...
Lucas: filho, você só nos deu orgulho, desde o momento que pegamos você naquele orfanato 

Eu parei de prestar atenção e minha mãe se aproximou de mim, já sei que ela vai me fazer chorar 

Mãe: Meu lindo menino, meu amado filho. Desde o primeiro dia em que teu pequeno corpinho foi colocado em meus braços que você tem feito de mim a mãe mais abençoada do mundo. Todos os dias a sua existência enche o meu coração de alegria e de um orgulho incríveis. Acompanhar o seu crescimento tem sido a caminhada mais deliciosa, uma aventura recheada de felicidade. Eu estou muito feliz por estar compartilhando este momento na sua vida, feliz por ver você feliz, feliz por ver que você conseguiu o que tanto batalhou, feliz por ver que você não desistiu de nada. Meu Bebê Grande, você é o meu orgulho, e eu quero que você continue assim. Pois os obstáculos acontecem para ver o quanto somos confiantes, e o melhor de tudo é a felicidade quando a gente consegue passar por cima dos obstáculos. Filho, viva esse momento e continue batalhando, pois na vida não podemos parar. Eu amo você, e quero estar presente em todos os momentos da sua vida!
Eu estava chorando, eu sempre quis ser um orgulho pra minha família e não um problema, sempre quis recompensa-los, por algo que não sei bem o que é...
Pai: Meu garotão, meu orgulho. Você e sua irmã são o maior presente que alguma vez sonhei receber, e a maior das bênçãos com que Deus me abençoou. Dia a dia você enche meu coração de alegria, como nesse momento em que está se formando. É com muito orgulho que hoje vejo a pessoa em que você se tornou, que assisto a tudo aquilo que você já conquistou e continua conquistando, e sei que ainda vai construir muito mais. Neste momento em que a vida se abre perante você, eu desejo que a força, a coragem e a integridade continuem conduzindo seus passos por um caminho triunfante e recheado de felicidade e amor. Eu te amo, meu filho! Você é o meu orgulho. Parabéns pela formatura, e que o sucesso continue coroando todos os aspectos da sua vida!
Eu não conseguia dizer nada, abracei meus pais e chorei. 
Matheus: obrigado por tudo, desculpem-me, eu não sei o que falar depois de tudo isso...
Mãe: não precisa falar nada meu amor, você merece 
Minha mãe falou chorando e enxugando minhas lágrimas. 
Pai: vá se divertir meu filho, você merece. 
Maikon: vamos Matheus? 
Matheus: vamos! 
Abraço meus pais apertados 
Tio finn: parabéns meus jovens 
Tia fionna: parabéns, vocês mereceram 
Tio Gumball: parabéns Matheus 
Tia Jujuba: você merece Matheus 
Esses dois deviam aceitar logo...
Tio flama; parabéns meus queridos jovens 
Tia chama: vão se divertir 
Matheus e Maikon: obrigado 
Saímos de lá até a pista 
Maikon: vou atrás da Alice 
Matheus: vou atrás da Manu 
Nós nos separamos e eu comecei a procurar. Até  que avisto uma garota de cabelos brancos e me aproximo e cutuco seu ombro e ela vira e me encara, aí está ela...
Manu: Matheus? 
Matheus: eu esperei por esse momento durante um mês 
Manu: acho melhor eu ir 
Matheus: não, você vai ficar e vai me explicar o que aconteceu...
Manu: não quero contar 
Matheus:Manu você está tão linda...
Olho pra ela que está com um vestido com o decote enorme. 
Matheus: não gostei do decote 
Manu: Sério? Achei que você fosse gostar...
Ela fecha a boca rapidamente 
Matheus: então você pensou em mim?
Ela fez que não 
Matheus: acho melhor você me contar...
Manu: eu preciso ir de verdade 
Ela foi saindo e eu puxo seu braço 
Matheus: por favor 
Manu: eu..
Dj: MÚSICA LENTA PARA OS CASAIS, APROVEITEM. 
Olho pra Manu e ela sorri envergonhada 
Matheus: topa dançar comigo?
Manu: eu não acho que seja uma boa ideia. 
Matheus: por favor, só uma dança.
Manu: tá 
Seguro sua mão e a levo ao centro da pista, coloco minha mão em sua cintura e outra na sua mão e começamos a dançar. 
Matheus: eu senti sua falta, porque você foi embora? 
Manu: porque quando estamos juntos não pensamos nas consequências...
Matheus: porque elas não importam Manu, eu só quero ficar com você...
Manu: eu não vou acabar com a sua vida! 
Ela estava com os olhos cheios de lágrimas abraço ela e continuo dançando 
Matheus: você não teria como fazer isso...
Manu: eu prometo 
Matheus: anda Manu, do que você está falando? 
Manu: acho melhor você chamar a Leticia pra dançar...
Matheus: não...
Manu: você ficou o mês inteiro com ela...
Matheus: só no mesmo teto, eu não dormi com ela, em nenhum momento. 
Manu: você jura? 
Matheus: juro 
Ela me abraça apertado 
Matheus: vem aqui 
Seguro em sua mão e vou para o jardim, que tem atras do salão de festas. 
Manu: que lindo Matheus 
Ela solta minha mão e sai andando. Como ela está linda, esses cabelos, esse vestido. Sempre linda, sempre minha. 
Manu: o que foi? 
Ela me encara sorrindo 
Matheus: estou apreciando sua beleza 
Ela sorri timidamente 
Matheus: não fica com vergonha, você é linda. 
Manu: para, sério...
Vou andando até ela e levanto seu rosto, para que ela possa olhar para mim. 
Matheus: eu não mentiria para você. Quando você entrou no salão todos olharam pra você babando. Algumas mulheres com inveja...você é perfeita Manu, por dentro e por fora. 
Ela estava chorando, será que eu disse algo errado 
Manu: daqui a um tempo não vou ficar bonita...
Matheus: não se preocupa com isso, ainda vai demorar pra ficar velhinha 
Manu: isso mesmo 
Matheus: eu sei que já disse mas eu senti sua falta. 
Antes que ela pudesse responder eu a beijo 
...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...