História Descendentes Gregos- Interativa (HIATUS) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mitologia Grega
Personagens Personagens Originais
Tags Descendentes, Grega, Interativa, Mitologia, Semideus
Exibições 22
Palavras 3.399
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Ficção, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Self Inserction, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas da Autora


ÚLTIMO CAPÍTULO ATÉ EU COMEÇAR OFICIALMENTE AS MINHAS FÉRIAS. #Chorei.

Espero que vocês me entendam e que fiquem ansiosos para a volta da fic. Não se esqueçam de comentar o nome do ou dos seu/seus personagem/personagens, junto com uma roupa para um baile de máscaras no Olimpo.

Esse capítulo é curtinho para finalizar os personagens novos, AGORA NÃO ENTRA MAIS NINGUÉM (eu acho, vai que dá a louca em mim e eu abro novamente)

OBS: Agradecimento a Juju_Lockser por ter escrito a parte da Dalian, arrasou girl!

Capítulo 14 - As chegadas inesperadas


Dalian Foster

 

Minha mãe apareceu a tarde em minha casa, dizendo para eu arrumar minhas malas que já iria começar o treinamento. Não sei como ela convenceu meu pai, mas acredito que ele o que está fazendo. Ela me levou até o Olimpo, já que Gaia precisa falar algumas coisas antes de eu definitivamente entrar no treinamento.

- Mãe, tem certeza que ele tá dormindo? - Perguntei olhando para Hera.

- Sim. Ele ficou até tarde trabalhando e do jeito que ele está, não vai acordar tão cedo. Confia em mim. - ela respondeu e sorriu.

- Corremos tantos que minhas pernas já estavam começando a doer, junto com meus braços que segurava a mala que eu fiz, até que finalmente paramos em frente a uma porta. Hera bateu e ela logo foi aberta por uma moça vestida de empregada. Ela fez um gesto para que entrássemos na sala e logo estava Gaia na frente da mesa gigante.

- Entrem, precisamos ser rápidas. - Gaia falou e eu deixei minha mala no canto da sala. - Bem Dalian, você já deve saber que…
Tudo que a Gaia falava, eu já sabia. Estava com mais medo de estar ali do que minha própria animação de começar o treinamento.

- .... tudo bem para você? - Gaia disse e me olhou. Apenas concordei com a cabeça e ela logo continuou.

Começo a escutar o som de raios e trovões que soam por aquele lugar, eu tinha muito medo de trovões. Coloquei minhas mãos em minhas orelhas para tentar abafar o estrondo daquele barulho, corri me encolhi em um canto e vi que minha mãe me olhou desesperada.

- Sai com ela daqui Hera! - Gaia parecia um pouco nervosa. - Ele acordou.

- Vamos meu bebê, temos que ir - Hera segurou em minha mão e me ajudou a levantar.

- Onde vamos mãe? - estava de olhos fechados pois os trovões estavam ficando mais perto, senti um arrepio percorrer em minha espinha. Tenho medo daquilo.

- Nós temos que sair daqui, Zeus acordou e está furioso. - Hera falou me puxando mais.

Meu corpo não se movia com a força que eu tentava. Queria chorar ali de tanto medo de trovões. Eles me deixam apavoradas pois sempre quando chove, os raios acabam me acertando. Por isso também tenho fobia de chuva pode ser uma chuva inocente ou até tempestade.

- O que ela está fazendo aqui Hera? - Zeus apareceu furioso na sala.

- Eu te falei que ela seria a minha descendente. Dane-se sua opinião Zeus. - Hera gritou olhando para ele.

- E você permitiu isso Gaia? - Ele falou olhando para a própria Gaia.

- Qualquer Deus, qualquer pessoa. - ela respondeu séria e encarando ele.

- Então vamos fazer uma entrada triunfal para a bastarda. - Zeus disse e eu escutei o som de um raio se formando.

- Zeus não faz isso. - Gaia gritou.

- Já estou fazendo Gaia. - Zeus falou irônico e atirou aquele raio em mim.

- DALIAN! - ouvi minha mãe gritar desesperada junto com Gaia.

Soltei um gemido de dor, aquilo era tão doloroso ser atingida por raio. Vi minha mãe chorar em desespero e Gaia tentava a consolar, depois não vi mais nada pois apaguei.


[...]

Acordei ao escutar várias vozes ao mesmo tempo, ergo um pouco a cabeça e percebo que estou em um tipo de cratera e ao meu lado havia a minha mala. Meu corpo estava dolorido, senti os olhares sobre mim e aquilo era constrangedor. Apenas uma garota se aproximou de mim,ela tinha um sorriso gentil.

- Olá sou Diana e você é....?

- Dalian. - respondi com um pouco de dor.

- Só Dalian? - a garota estranhou mas não queria falar mais. - Venha vou te levar para Gaia.

Ela me estendeu a mão e me ajudou a levantar com um esforço, uma outra garota veio em nossa direção e me ajudou a andar.

- Vocês são filhas de quem? - falei e elas me olharam.

- Sou filha de Eros. - Diana me respondeu.

- Sou filha de Perséfone. e prazer sou Hayley - ela sorriu.

- Você é filha de Zeus? Pois vimos que chegou com raio. - Diana me perguntou e então paramos de andar.

- Meu pai é mortal. - vi que ambas trocaram os olhares.

- Sério? Você tem certeza? - Hayley me olhou incrédula ela não estava acreditando muito, então apenas confirmei com a cabeça. - Ou Zeus te ama muito, ou te odeia muito. Pois nunca vimos algo parecido aqui no Colégio.

- E olha que temos um filho do Zeus aqui. - Diana falou e então voltamos a andar.

Apenas fiquei em silêncio não queria falar nada, ambas perceberam e foram caminhando até a sala de Gaia. Estou realmente constrangida pois muitas pessoas me olhavam com espanto, pois alguns dos alunos estavam nos seguindo. Ah, como eu queria minha mãe aqui comigo. Meu corpo está doendo tanto.

- Dalian, você está bem? - Gaia veio correndo até mim.

- Só está doendo. - falei um pouco manhosa pela dor.

- Achamos que ele estaria dormindo mesmo. Ele deve ter te sentindo ou algo assim. - Gaia falou e me trouxe um pouco de água junto com um remédio.

- Então é dela que a Perséfone me falou ontem. - Hayley falou chamando a atenção.

- É ela? - Diana perguntou surpresa e Hayley apenas confirmou.

- Já devia saber que ela te contaria Hayley. Chamem a Charlotte, ela vai conhecer as novas colegas de quarto dela. - Gaia falou e logo em seguida as duas meninas saíram.

Gaia me explicou tudo aquilo que eu havia ignorado antes. A dor foi passando, graças ao remédio de antes, e enfim pude me concentrar em ouvi-la. Minutos depois, Hayley e Diana apareceram com uma garota que me apresentaram


[.....]

Estou seguindo Charlotte pois meu quarto é junto com o dela, eu não estou falando nada pois não tenho o que falar no momento. Toda a escola já sabe como eu cheguei através de um raio e Gaia disse que vai falar para todos hoje a noite de quem sou descendente.

A mãe se você soubesse o quanto estou com medo, não quero ser rejeitada novamente já não basta ser expulsa das outras escolas por algo que não fiz. Não tenho culpa de sempre quando tinha que viajar com a escola, um raio aparecia me atingindo.

- Cheguei em meu quarto com a Charlotte e ela me mostrou onde ficava minha cama, apenas fui e me deitei.

Edward Lennon Pettigrew

 

- Tá que mais? - perguntei olhando a meu pai.

- Quero que você seja o mais irritante com a filha do Eros. - Caos falou me olhando.

- Mas por quê? Ela parece ser legal, já até conheço um garoto que gosta dela. - respondi e Caos só riu.

- Rixa entre ele e eu. Agora entra logo, não posso ficar nessa Terra por muito tempo. - Caos falou já me empurrando para dentro da escola.

- Aff. - Bufei de raiva mesmo, já vendo que meu pai não estava mais ali.

- Moço? - escuto uma voz e vejo uma criança olhando para mim. - Onde é a sala da Gaia?

- Tem criança nessa escola, legal. Vem eu te levo até lá. - falei e a menina sorriu.

- Qual é o seu nome moço? - ela perguntou vindo ao meu lado.

- Edward. E você ? - perguntei olhando para menina. Ela é tão fofa.

- Gun. Vou entrar no treinamento. - ela respondeu sorrindo e eu parei surpreso.

- Espera! Vai ter uma criança no treinamento? - gritei e ela me olhou zangada.

- Não sou criança! - Gun gritou e não sei de onde ela tirou, mas só vi uma bazuca mirada bem no meu pé.

- Calminha! Vamos ser amigos, e não se atira em um amigo. Principalmente no pé dele. - falei desesperado e ela voltou ao modo fofo.

- Somos amigos? - ela pergunta fofamente e eu confirmo desesperado. - Então somos amigos! - ela sorri e pega na minha mão.

Magicamente a bazuca de antes havia sumido. Peguei a mão dela, ainda com um pouco de medo. e vou seguindo o caminho que dizia levar até a sala da diretora. Chego até a tal sala e encontro um menino sentado conversando com Gaia.

- Edward e Gun. Venham, a reunião vai ser no auditório. - Gaia se levantou e saiu da sala. Seguimos ela, junto com o garoto que estava na sala.

- Prazer, sou Christian. A Gaia é a minha mãe. - o garoto se apresentou e me cumprimentou.

- Edward, semideus de Caos. Essa é a Gun. - falei sorrindo e mostrei a menina.

- Sua irmã? - ele perguntou olhando para Gun.

- Não, na verdade…

- Ele é o meu amigo. Né Ed? - Gun falou fofa e eu só sorri.

- Acho que já entendi. Vamos, só faltava vocês. - Christian fala e entramos no tal auditório.

Havia duas garotas e dois garotos sentados, mas em lugares distantes. No palco havia uma garota junto com Gaia. Sentei com Gun do meu lado e Christian mais na frente.

- Bom dia novos descendentes. Espero que todos vocês sejam bem vindos. Não poderei apresentar todos vocês para os descendentes que já estão aqui agora, mas temos uma deles. Apresento Charlotte. - Gaia falou e uma menina loira apareceu.

- Bom dia gente. Sou Charlotte White filha de Perséfone. Vocês serão separados em… - sinceramente, odeio coisas que são feitas em auditório.

Fiquei ali fingindo que ouvia aquilo tudo e sentindo Gun dormindo na minha perna. Nem sei o motivo de eu estar ali, todos já sabiam quem eu era e quem é o meu Deus. E ainda quero entender aquele povo do treinamento de ontem.

- Edward Lennon Pettigrew? - alguém falou e eu me levantei assustado.

- Eu. - gritei levantando a mão.

- A partir de hoje seu nome é aqui na Terra é Edward Allanis, todos que possuem esse sobrenome. - Gaia falou e Charlotte riu.

- Diana ganhou um irmão. - ela falou alto.

- Na verdade ela ganhou três contando com ele. - Gaia falou respondendo a menina.

- Você sabe que ela vai ter um ataque. Não é? - a menina falou olhando para a Deusa.

- Sim, mas aposto que eles vão se dar bem. Agora falta o que… Ah! Edward, seu quarto é na área Londres e seu colega de quarto será o Christian. Aquela área é um pouco animada pelos nossos descendentes. Aproveitem! - Gaia disse e Christian veio ao meu lado.

- Bem, melhor eu falar como ficou o nome de todos junto com onde será seus quartos. - Gaia falou e pegou uma folha para ler. - Como eu disse área Londres teremos Edward Allanis e Christian Allanis.

- Sério que além de colegas de quarto, ainda seremos irmãos? - Christian pergunta rindo e eu ri fraco.

- É a irmandade nos unindo irmão. - respondi e rimos.

- Na área Otawa temos Ivo Allanis e Josh Lillis. Nessa área temos duas meninas preciosas, cuidam delas. - Gaia falou.

- Temos outro irmão. - comentei e Christian riu.

- Nós só temos irmãos. Tem nenhuma irmã? - Christian perguntou e eu ri.

- Temos. Não sei de você conhece. Diana, descendente de Eros. - falei e ele deve ter pensado em quem era.

- Não conheço, mais espero que ela seja gata. - Christian riu malicioso e eu ri junto com ele.

- Continuando, meninas, teremos três garotas no mesmo quarto. Charlotte Pallas, Dalian Mallas e Selenity Sallis, o quarto de vocês será na área Madri. Aproveitem seus amigos dessa área. - Gaia falou e Charlotte desceu, indo para perto das garotas. - alguma dúvida? - ela continuou e um garoto levantou a mão.

- Quando vamos conhecer os descendentes que já estão aqui? - ele perguntou e Gaia assentiu com a cabeça.

- Bem, agora são 10:30 e eles estão cansados de uma festa que tiveram ontem.

- Na verdade é ressaca mesmo, mas continua Gaia. - Charlotte falou fazendo todos ali rirem.

- Também temos esse detalhe, mas vamos acordar eles até o horário do almoço que será o horário que todos vocês irão se encontrar. - Gaia falou e sorriu.

- Bem, meninas vem comigo. Vou mostrar o nosso quarto. - Charlotte falou.

- Esperem, ainda falta o último detalhe e isso também conta para você Lotte. - a deusa falou e a menina olhou para ela.

- Que fofo você me chamando de Lotte, mas o que é.

- O uniforme de vocês. A escola toda trocou para esse ano e então o de vocês ficaram finalmente prontos. Todos já estão no armário em seus próprios quartos…

- CADÊ OS NOVATOS? ESTOU VENDO NINGUÉM AQUI. - uma voz masculina gritou e todos da ali olharam para porta.

- TAMBÉM QUERO VER ELES. CHARLOTTE, CADÊ VOCÊ LINDA? - uma outra voz, agora feminina, gritou.

- No auditório Diana e Vitor. - Charlotte falou e eu sorri olhando para Christian.

- Chegou nossa irmãzinha. - Christian falou e logo entrou na sala um casal, que devia ser a Diana e o tal Vitor.

- Diana que roupas são essas? - Gaia falou e a menina riu indo até o palco. Que gostosinha ela ficou usando esse biquíni.

- Bem, está eu, ele, Sandra, Sarah, Amaya, Aria, Leila, Hyunsik, Luccas, Kai e o Logan, aff cansei, na piscina. Os outros ainda estão dormindo. Então eu tive a ideia de chamar todos os novatos para vir com a gente. Quem aceita? - Diana falou e olhou para a todos que estavam ali.

- Eu quero. - Gun gritou levantando o braço pequeno dela. - Vamos Edward, eu gosto de água. - ela continuou e escutei um gritinho fofo vindo de Diana.

- Está bem pequena. Você vem Christian? - perguntei olhando para ele.

- A piscina não mata ninguém, então vou. - ele falou e sorriu olhando para Diana.

- Ah, lembrei. Gun será Gun Kallas, além de ter um quarto especial no Olimpo, já que a escola não oferece internato para o primário. Assim que ela entrar no 6ºano, ela passará ter seu quarto e quem sabe não seja algum novo descendente. - Gaia falou e todos, sim até mesmo quem estava no palco, se surpreendeu.

- Espera mãe, está dizendo que não iremos nos tornar deuses ano que vem? - Christian falou surpreso olhando para mãe.

- Claro que não. Vocês pensaram que irão aprender tudo que um deus precisa saber em um ano? Não é só isso meus queridos. - Gaia falou e todos começaram a falar entre si um pouco inconformados.

- Edward eu quero piscina. - Gun falou me olhando fofamente e riu do mesmo jeito.

- Podemos ir mãe? - Christian perguntou e Gaia sorriu concordando.

- Vamos Gun. - falei olhando para a garotinha e todos nós saímos dali.
 

Selenity Belmont

 

- Nossa esse quarto é enorme. - falei me deitando na minha própria cama.

- Eu sei. Estranhei com o tamanho dele quando entrei, mas logo depois Gaia me explicou. - Charlotte falou sorridente olhando para nós duas.

- Vocês vão na piscina? - Dalian perguntou um pouco tímida, ainda sentada na cama dela.

- Eu vou. Ontem aconteceu algo muito louco na festa que fomos e tem tudo para resolver esse negócio hoje. - Charlotte falou já indo ao armário. Acredito que foi pegar o biquíni.

- Que aconteceu Lotte? Pode te chamar assim né? - perguntei também procurando algum biquíni na mala que trouxe.

- Pode. E só vou contar se você for na piscina. Assim tenho certeza que você vai conhecer eles. - Ela me respondeu sorridente e foi até o banheiro.

- Ela é legal né? - falei olhando para Dalian, que estava viajando olhando para o teto.

- É. Vou dormir um pouco, avisa a Charlotte depois. - ela falou ainda encarando o teto e logo depois se arrumou na cama para dormir.

- Então tá né. - falei para mim mesma e fui até a minha mala.


[.....]
 

- E foi isso que aconteceu. - Lotte terminou de contar e  bem na hora chegamos na piscina.

Gente tô boba com o que houve nessa festa. Eu eu perdi isso tudo, que sem graça.

- Arrasou na roupa Charlotte. - a menina que entrou no auditório falou deitada em uma das cadeiras de praia ali.

- Quem é essa Charlotte? - um garoto falou tirando os óculos e me olhando.

- Essa é a Selenity, uma dos novatos que Gaia falou ontem. Selenity, esse é o pessoal. - ela respondeu animada e eu acenei tímida.

- Está em qual ano Selenity? - uma outra garota perguntou me olhando.

- 2ºano. - respondi já normal.

- Kai, Aria, Vitor e Hyunsik, podem se apresentando para ela. - uma garota falou e eu vi o garoto que tirou os óculos se emburrando.

- Me obriga. - ele falou sério e colocou os óculos novamente.

- Diana ajuda. - a garota de antes falou olhando para a menina do auditório.

Antes da menina tentar alguma coisa, outro garoto saiu da piscina e veio até mim ainda molhado. Ele pegou gentilmente na minha mão e beijou levemente. Coração se acalma.

- Sou Kai Morgan, descendente de Nice. - ele falou suavemente e ainda piscou para mim. Agora morri.

- Sou Selenity Belmont, descendente de Selene.

- Minha irmã de longe. - uma garota gritou ainda dentro da piscina e veio ao lado da piscina perto de mim. - Prazer, Sarah Svitani, descendente de Eos e do 8ºano. - ela falou e sorriu.

- Aria Partson, descendente de Atena e Apolo. - uma outra garota falou.

- Vitor Vilarel, descendente de Poseidon. - um outro garoto falou e eu sorri em resposta.

- Vamos logo para a água, já que estou cansada de ontem. Vem Selenity. - Charlotte falou e eu a segui tímida.

Acabou que conheci o nome de todos ali em pouco tempo. Edward e Christian vieram depois junto com uma garotinha, que descobri que o nome dela é Gun. Ficamos conversando e se conhecendo, até que chegou a hora do almoço e foi a hora que todos conheceram os novatos.

 

Ivo Nigtmore

 

- Você fez o que? - gritei surpreso olhando para Josh, que ria da minha cara.

- Beijei minha irmã. Isso não é comum para você? - ele falou na maior sinceridade.

- Sei lá. Eu não tenho irmãos. - falei rindo e ele riu junto.

- Estava nós dois indo para o refeitório, já que ficamos cada um arrumando seu lado do quarto ainda hoje. Assim que chegamos no refeitório fomos recebidos por risadas e gritos, que infelizmente não eram para mim. Até que…

- Não acredito que Josh Stump é um dos novatos. - um garoto gritou e do nada, todos ficaram calados. O tal garoto se levantou e foi ao encontro de Josh.

- Eu que não acredito que Kai Morgan está aqui. - Josh falou e então os dois se abraçaram.

- Vocês se conhecem? - perguntei olhando para Josh e o mesmo confirmou com a cabeça.

- Nós fomos do time de futebol da mesma escola quando eu era do 8ºano. Eu que ensinei tudo que ele sabe. - Josh falou orgulho e mexeu no cabelo do tal Kai.

- Kai, aproveita e nos apresenta para seu amigo. - uma garota falou olhando para nós três.

- Esse é Josh Stump meu povo, não sei de quem ele é descendente e não conheço esse amigo dele. - Kai falou e Josh riu.

- Bem, Sou Josh Stump descendente de Cronos. Se apresente Ivo. - Josh falou e depois olhou para mim, igual a todos daquele refeitório.

- Sou Ivo Nigtmore, descendente de Nix. - falei sereno uma garota veio correndo até a minha frente.

- Meu outro irmão. - ela gritou e me abraçou. - Diana Allanis. - ela falou e voltou toda contente para a mesa dela.

- Pegam seus almoços ali e venham. Aposto que todos vão gostar de vocês. - Kai falou e eu segui ele junto com Josh.

Até que parece que isso aqui não vai ser um total tédio para mim.


Notas Finais


UNIFORME DELES: http://www.allkpop.com/upload/2016/04/af_org/bts-g-friend_1460689057_af_org.jpg

(nem preciso dizer que eu amei quando vi isso)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...