História Descendentes Versão Carrossel - 1 Temporada - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel, Descendentes
Personagens Bibi Smith, Carlos de Vil, Cirilo Rivera, Daniel Zapata, Evie, Jaime Palillo, Jay, Jorge Cavalieri, Mal, Marcelina Guerra, Maria Joaquina Medsen, Príncipe Ben, Rabito, Valéria Ferreira
Tags Carrossel, Daniel, Descendentes, Filme, Jaime Palillo, Larissa Manoela, Maisa Silva, Maria Joaquina, Nicolas Torres, Thomaz Costa
Visualizações 68
Palavras 1.352
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - Feitiço Do Amor


Era em torno de umas 22:36 quando Maria Joaquina olhava para o livro de feitiços, Valéria pegava o necessário para começarem e Jaime estava com Daniel sentado olhando para as duas que andavam de um lado para o outro.

- Aqui diz que precisamos de uma lágrima e… eu nunca choro - Maria Joaquina disse enquanto Valéria a encarava.

- Beleza, vamos cortar umas cebolas. - Jaime disse batendo as mãos em aplausos.

- Não! Está bem claro no livro que precisamos de uma lágrima de tristeza humana. - Maria Joaquina disse olhando para o livro.

- Lágrima é lágrima. - Daniel deu de ombros.

- Não é verdade Daniel. - Valéria disse olhando para o rapaz e se aproximando. - Mas… uma lágrima emocional tem mais hormônios que uma lágrima de reflexo. - Todos olharam para ela.

- Olha só! Tem alguém estudando por aqui. - Maria Joaquina aplaudiu.

- É eu sabia - Daniel bufou.

- Sabia nada - Jaime riu.

Uma das estudantes que já era conhecida por Valéria e Maria Joaquina apareceu sorridente, no mesmo segundo, Maria Joaquina escondeu o livro e ela se aproximou.

- Oque é isso? - Ela perguntou curiosa. - Lanchinho antes de irem dormir? - Todos se olharam enquanto ela encarava uma massa. - Bom! Deixa eu ver. - Ela colocou o dedo na massa e depois foi até a boca, todo mundo se assustou e ela riu. - Precisam de gotas! - Ela disse indo até a geladeira. - Aqui.

- Não sente nada? - Maria Joaquina perguntou.

- Talvez uma tontura? - Valéria finalizou.

- Não! - A garota disse ainda sorrindo. - Minha mãe costumava colocar gotas de chocolate no bolo, sempre funcionava antes de irmos dormir. - Ela diz animada.

- Legal. - Valéria disse triste.

- Oque foi? - A garota arqueou com a sombrancelha. - Os pais de vocês não costumavam a colocar comida pra vocês antes de irem dormir? - Os quatro abaixaram a cabeça. - Achei que vilões amassem seus filhos. - Ela também abaixa a cabeça e deixa uma lágrima escorrer mas Maria Joaquina é rápida e consegue pegar colocando na massa.

- Obrigado mesmo pela visita Alicia mas prometemos não demorar na cozinha. - Maria Joaquina sorriu para ela a empurrando de leve para fora da cozinha. - Tenha sonhos maléficos. - Ela abre a porta e a garota se vai. - Pronto! Vamos terminar logo com isso. - Maria Joaquina suspira.

Eles terminaram os bolinhos mas jogaram todos no lixo com excessão de um para Cirilo, de manhã estavam cansados porém pelo menos Maria Joaquina e Valéria, tinham as maquiagens para disfarçar um pouco o sono. As duas estavam juntas em frente aos armários quando Bibi e Cirilo aparecerem sorrindo ao lado de alguns alunos, Valéria saiu sorrateiramente deixando Maria Joaquina para trás, o rapaz estava com uma cara emburrada mas a garota não sabia o por quê, ele se aproximou e Bibi saiu com os outros príncipes e princesas.

- Você está se sentindo ruim com isso? sei lá, aqui não é tão ruim assim. - Daniel disse e Maria Joaquina se virou assustada.

- Se liga, vida longa ao mal! você é mal, você é péssimo, você é encrenca, entendeu? - Maria Joaquina estalou os dedos na cara dele. - Cai na real.

- Valeu Maria Joaquina, eu tava precisando. - Daniel disse suspirando. Ele olhou para frente aonde tinha várias garotas olhando para ele e sorriu. - Vocês vão ao jogo hoje a noite? fiquem de olho no número 8 por que vai marcar o gol da vitória. - Ele disse mandando beijos para elas e Maria Joaquina revirou os olhos.

- Oi príncipe. - Maria Joaquina sorriu quando Cirilo parou atrás dela.

- Oi. - Cirilo sorriu e ela se virou olhando para ele.

- Eu acabei de fazer uns biscoitos, são gotas de chocolate, você quer? - Ela tirou do armário um biscoito dentro de um pote pequeno.

- Eu não como antes dos jogos mas valeu, quem sabe da próxima?

- Não tá, eu entendo. - Ela começou a fazer drama. - " cuidado com aquilo que os vilões oferecem " - Maria Joaquina imita uma voz afinada.

- Eu não disse isso. - Cirilo ri.

- Não, não, todos em Auradon dizem isso. - Ela abaixa a cabeça.

- Não, não é isso! mesmo.

- Não, eu entendo. Você é habilidoso e esperto. - Ela da de ombros. - Pelo menos sobra mais pra mim. - Ela vai com o biscoito perto da boca.

- Não! - Cirilo pega o biscoito e come. - Viu só? eu confio em você, juro. - Ele engole quase tudo.

- Gostou? - Ela pergunta sorrindo.

- Sim, estão ótimos, incríveis, muito bom. Tão bem crocantes e bons, sabe? tem nozes? - Maria Joaquina acena com a cabeça positivo. - Eu adoro nozes - Ambos sorriem. - O chocolate... as gotas de chocolate... e... me desculpa, elas são quentes e macias e são doces... - Cirilo começa a gaguejar, os outros três descendentes se aproximam. - Maria Joaquina, você sempre teve esse reflexo nos olhos? são lindos. - Ela ri.

- Como se sente amigo? - Daniel diz pegando no ombro dele.

- Eu sinto... sinto... sinto vontade… de cantar o seu nome MARIA JOAQUINA - Eles se entreolham. - MARIA JOAQUINA. - Ela vai com a mão até a boca dele.

- Deu certo. - Jaime sussurra no ouvido de Maria Joaquina e ela abraça Cirilo.

- Vai jogar, hoje o dia será longo. - Ela pisca para ele quando se solta dos braços de Cirilo e sai com Valéria.

O Jogo começou às 17:00 e terminou às 19:00 com o time de Cirilo ganhando graças a Jaime e Daniel, todo mundo permaneceu alegre e começaram a cantar, Cirilo foi levado para o palco e pegou o microfone olhando para Maria Joaquina.

- ESSA MÚSICA É PARA A MINHA GAROTA, ELA ESTÁ NESSA ARQUIBANCADA. - Ele apontou para Maria Joaquina e Bibi arregalou os olhos sem entender nada. - VAMOS CANTAR PARA ESSA PRINCESA MARIA JOAQUINA. - Ele sorriu e todos se assustaram mas também começaram a ir no ritmo da música ao lado do rapaz e até Jaime e Daniel ajudaram a animação.

Eu mencionei

( Did i mention )

Eu mencionei

Que eu estou apaixonado por você?

Eu mencionei

Não há nada que eu possa fazer?

E se por acaso eu disser?

Eu sonho com você todos os dias

Mas me deixe gritar, se estiver tudo bem


AY, AY

Tudo bem

Eu conheci essa garota que abalou o meu mundo

Como ele nunca foi abalado

E agora eu estou vivendo apenas para ela

E nunca vou parar

Nunca pensei que pudesse acontecer com um cara como eu

Mas agora olhe para o que você fez

Você me fez cair de joelhos

Porque o meu amor por você é ridículo


Eu nunca soube

(Quem sabia?)

Que isso pode ser assim

Meu amor por você é ridículo

Meu amor é R-I-D-I-C-U-L-O!

(R-I-D-I-C-U-L-O!)


É

(Ridículo!)

Apenas

(Ridículo!)

E eu daria meu reino por apenas um beijo

Eu mencionei

Que eu estou apaixonado por você?


Eu mencionei

Não há nada que eu possa fazer?

E se por acaso eu disser?

Eu sonho com você todos os dias

Mas me deixe gritar, se estiver tudo bem em


(Yeah!)

Se estiver tudo bem

Eu tenho que saber qual caminho percorrer

Vamos lá me dê um sinal

Tem que me mostrar que você é e sempre será minha

Não quero passar outro minuto com ou sem você

Porque se o seu coração não está nele

Eu não sei o que faria


Porque o meu amor por você é ridículo

Eu nunca soube

(Quem sabia?)

Que isso pode ser assim

Meu amor por você é ridículo

Meu amor é R-I-D-I-C-U-L-O!

(R-I-D-I-C-U-L-O!)

É

(Ridículo!)


Apenas

(Ridículo!)

E eu daria meu reino por apenas um beijo

Vamos lá, agora!

(Oh yeah!)

(Ya-ow!)

(Certo!)

(Certo!)


Porque o meu amor por você é ridículo Eu nunca soube

(Quem sabia?)

Que isso pode ser assim

Meu amor por você é ridículo

Meu amor é R-I-D-I-C-U-L-O!

(R-I-D-I-C-U-L-O!)

É

(Ridículo!)

Apenas

(Ridículo!)

E eu daria meu reino por apenas um beijo Vamos lá, agora!

Cirilo e vários alunos dançaram no campo enquanto cantavam, o rapaz subiu nas arquibancadas e foi até Maria Joaquina, ele abraçou ela e depois foi para perto dos lábios dela mas a garota se afastou na hora e ele acabou dando um beijo na bochecha dela. Os dois desceram juntos com Valéria e várias pessoas se aproximaram para tirar fotos enquanto eles se olhavam, mas Maria Joaquina enxergava um rapaz enfeitiçado e com sérios problemas de amor enquanto ele enxergava admiração e respeito pela garota.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...