História Descobri Agora! - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Adriano Ramos, Alícia Gusman, Bibi Smith, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Clementina Soares, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Firmino Gonçalves, Jaime Palillo, Jorge Cavalieri, Kokimoto Mishima, Laura Gianolli, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Personagens Originais, Valéria Ferreira
Tags Malu
Exibições 69
Palavras 867
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Hentai, Saga, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente!
Estive sumida há dois dias por causa das provas finais, mas relaxem que logo, logo chegam as férias e vários capítulos novos.

Espero que gostem!

P. S. - Não vai ter muitos capítulos como esse, mas...

Capítulo 15 - O Pedido


Pov Mario

Era hoje! Tinha que ser hoje! 


Mario: Ok, te encontro no parque às 15:00.

Malu: Tá bom!


Eu e a Malu já estamos, praticamente, namorando, mas eu quero fazer tudo certinho sabe? Quero pedir, fazer coisinhas fofinhas... eu nem contei oque rolou na nossa primeira vez, né? 

Bom, fomos pra minha casa onde, um pouco antes de sair, eu e os meninos arrumamos uma surpresa pra Malu. Fizemos um forte de travesseiros e colchões (foi num forte de travesseiros e colchões que eu e a Malu nos beijamos pela primeira vez), comprei rosas (vermelhas e brancas, as favoritas dela), aluguei Titanic e deixei pizza no forno, pipoca no micro ondas e refri na geladeira. 

Então fomos pra casa. Ela tava deitada com a cabeça nas minhas cochas e eu tava sentado, fazendo cafuné nos cabelos dela. Então a Ruse e o Jack foram pra um carro antigo e, bem, transaram. A Malu me olhou com um sorriso malicioso. 


Mario: Tem certeza? 

Malu: Tenho. 


Se levantou e começou a me dar selinhos. Então os beijos esquentaram, viraram beijos de língua. As mãos dela estavam ao redor do meu pescoço. Ela começou a desabotoar minha camisa e a passar a mão na minha barriga e depois a mão dela desceu mais... até "lá", se é que me intende. Ela começou a me massagear, e tirei o moleton branco. Sutiã preto igual a calcinha preta, acertei! Quando tirei o short dela, vi que ela usava um conjuntinho muito fofo preto. 

ESPERTINHA, já sabia que eu ia fazer isso!

Daí ela tirou minha camisa por completo e então a calça. Me deitei por cima dela, lhe dando suaves beijos no pescoço. Fui descendo os beijos e tirei seu sutiã (lindos!). Desci mais um pouco, mas antes olhei pra ela, com cara de quem pede permissão. Ela fez que sim com a cabeça e eu descobri uma coisa nova: meninas de 15 anos depilam a sua intimidade. Fui "devagarinho", movimentando minha língua, fazendo-a gemer muito. Então invertemos e foi a vez dela de fazer isso. Eu acho que nunca tinha feito um oral tão bom como aquele, mesmo na outra vez que fiz com ela.

Finalmente, o grande momento. Ela me abraçou, eu tava preocupado com a dor que ela ia sentir. Então comecei super devagar. Ela fincou as unhas nas minhas costas, vi que ela tava sentindo muita dor. Conforme o tempo, ela começou a gostar e eu acelerei. O problema é que eu e ela temos uma total vontade por isso... Então passamos UMA HORA de frente um pro outro. 

Depois, quando a gente já tinha se vestido, eu fui demente e ataquei ela pelas costas... com vitória! A tadinha ficou com dor nas costas, foram mais de quarenta minutos sem parar.

Bom, voltando a hoje, estávamos no parque. Sentados na grama, tomando sorvete e conversando. Eu tinha comprado até anéis de compromisso, tava esperando o momento certo pra pedir ela em namoro. 


Mario: Compus uma música pra você.

Malu: Canta pra mim?


Faço que sim com a cabeça, um tanto envergonhado, mas...


Meteoro - 4joy 


Te dei o Sol, te dei o mar

Pra ganhar seu coração 

Você é raio de saudade

Meteoro da paixão 


Explosão de sentimentos 

Que eu não pude acreditar 

Aaa, como é bom

Poder te amar 


Depois que eu te conheci 

Fui mais feliz 

Você é exatamente 

Oque eu sempre quis 


Ela se encaixa perfeitamente em mim

O nosso quebra cabeça teve fim


Tive um sonho, não me acorde

Eu preciso flutuar

Pois só quem sonha

Consegue alcançar 


Te dei o Sol, te dei o mar

Pra ganhar seu coração 

Você é raio de saudade

Meteoro da paixão 


Explosão de sentimentos 

Que eu não pude acreditar 

Aaa, como é bom

Poder te amar 


Mario: Oque acha?

Malu: Linda.

Mario: Não tanto quanto você. 


Ela corou. Era agora ou nunca! 


Mario: Malu... Hoje faz três anos desde o nosso primeiro beijo... quatro desde que nos conhecemos... Eu queria saber (ela levanta, eu me ajoelho) se você quer namorar comigo? 

Malu: Quero!


Eu coloco o anel de compromisso no dedo dela, a abraço tirando ela do chão e a beijo. 

EU TÔ NAMORANDO COM A MINHA CRUSH! #Felicidades #VamosTodosDarAsMãos #eCelebrar 


Mario: Vem, vou te levar pra casa.


Ela sorri. Na frente da casa dela, dou um selinho nela de despedida e a Sophia e o pai da Malu tinham acabado de chegar... viram. O. Beijo.


Mario: Olá, senhor Palilo. Oi tia Sophia.

Tia Sophia: Oi Mario!

Pai da Malu: Oi Mario. 

Mario: Tchau Maria. Até amanhã! 

Malu: Tchauzinho e não me chama de Maria!


Ela acena e fico pensando no que o pai dela vai pensar... E se ele não gosta de mim? E se a tia Sophia não gostar mais de mim?


Pov Malu 

Mostrei o anel de prata com brilhantes que o Mario me deu pros meus pais. Meu pai gosta do Mario e gosta mais agora por ele querer compromisso comigo. A Sophia sempre gostou, mas ela gosta de todo mundo.


Arthur (meu pai): Malu, estou feliz que você finalmente tenha achado um namorado bom.

Sophia: Verdade. Mario é um bom garoto. 

Arthur: E ele também pensa em sexo só depois do casamento, né? 

Malu: Aham...

Sophia: Aposto que VOCÊ não. 

Arthur: Sophia...

Sophia: Eu sei bem como é minha enteada, Arthur!


Meu pai fuzilou a Sophia com olhos. Aaa... se ele soubesse!


Fim do Capítulo 15.


Notas Finais


Sobre oque vocês querem que seja a próxima Fanfic?

-Jogos Vorazes
-Sendokai Champions
-Equestria Girls
-Cúmplices de um Resgate
-Vida dos Atores de Carrossel Fora das Câmeras
-Jolari

Ainda falta bastante pra terminar essa, mas já quero ir pensando no futuro! 😶


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...