História Descobrir o que é amar com você - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha, Inuyasha Kanketsu-hen
Personagens Ayame, Bankotsu, Inu no Taishou, Inuyasha, Izayoi, Jaken, Kaede, Kagome, Kagome Higurashi, Kagura, Kanna, Kikyou, Kohaku, Kouga, Miroku, Myouga, Naraku, Personagens Originais, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou, Souta Higurashi, Youkai Satori
Exibições 114
Palavras 1.352
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yoo demorei? Hoje vai ter capítulo duplo é certeza , mas tem um porém só mais tarde quando eu voltar para casa vai ter o capítulo de uma fic que tô fazendo minha parceira k-chan♥ela tá quase me matando e eu ainda fiz a brincadeira : Só posto em fevereiro , ela quase me mata mesmo kkkkkkkk, espero que gostem do capítulo quem quiser pedir para continuar alguma fic pode pedir que eu posto 😊kiss😘🍓❤💛💚

Capítulo 4 - Passando a tarde com ela parte 1


Anteriormente....

Pov Inuyasha


Eu e ela falamos juntos:- Uma tarde inteira?!- Qual é achei que eu ia começar semana quem vem amanhã mas não hoje!

Satori:- Sim filho


Izayoi:- Isso mesmo filha. Se comporte na minha ausência.



Caralho! Vou ter que passar uma tarde inteira com uma inválida e ainda morrendo de dor ! Que ótima vida em!

Agora...

.....


Satori:- Se comporte filho, eu e seu pai vamos trabalhar  . - Diz minha mãe me abraçando

- Tá pode deixar. Eu vou cuidar de aleijadinha


Izayoi:- Cuide bem da minha filha por favor, ela tem um gênio forte então cuidado com comida voando pela casa. E tem uma lista de coisas que ela faz e de remédios o amarelo o azul , roxo , verde e o branco é se ela estiver muito mal . O quarto dela é o do fundo , a porta tem uns desenhos



- Pode deixar dona Izayoi. - Falei a mãe da Kagome . - Vou cuidar bem da sua filha


Kagome grita de dentro de casa - Eu vou me matar mãe! Isso foi crueldade fazer um estúpido cuidar de mim!


- Eu não sou estúpido!- Gritei de volta para Kagome. - Tenham um bom trabalho.- Voltei minha atenção para minha mãe e a mãe da Kagome


Meu pai chega de perto de mim , e me dá um abraço. Não retribui mas despedi dele. - Até mais corôa.

Quando todos vão embora , tratei de fechar a porta , suspiro olhando para a lista de coisas que a aleijadinha faz. Uma delas incluía ajudar ela no banho. Qual é !


Kagome:- Se você chegar de mim morre!- Diz ela me ameaçando com a vassoura.


- Calminha ai o aleijadinha ! - Falei  - Não vou fazer nada com você !



Kagome:- Acho bom mesmo seu hentai estúpido! Tô com fome vai preparar alguma coisa .


- Virei seu empregado?!

Ela sorri:- Se não fizer o que tô mandando eu falo que você tentou me agarrar para seus pais e minha mãe.



- Sua !- Falei com raiva - Sou um tipo de babá de uma aleijada não sou um emprego !


Kagome:- Tanto faz  estúpido hentai- Falou com indiferença  - E meu nome é Kagome ! K-A-G-O-M-E 




- E o meu não é estúpido ! É Inuyasha!



Kagome:- Nome mais feio - Diz ela rindo


- O seu!  Garota você é muito mimadinha , é  por isso que não deve ter amigos ninguém te suporta !


Kagome:- Não sou! - Diz ela virando a cadeira de rodas e saindo


- Vai precisa de ajuda ai?- Perguntei, vai que ela precise para ir em algum lugar tipo o quarto.




Ela responde- Vai para o inferno !



Reviro os olhos. Vou ir alguma comida para a aleijadinha frescurenta! Deixa eu pensar... Ah já sei !  Andentrei a cozinha, procurando as coisas, tem todos que sorte não preciso ir no mercado.  Vou fazer uma macarronada ao molho, escondidinho , e acho que um filé de frango empanado . A maioria fos sucos que tem é morango, isso que é fanatismo por morango . Coloco a água no fogo, esperei ela ferver e fiz o macarrão, coloco no prato , peguei o suco , coloco tudo em uma bandeja e fui levar para a aleijadinha mimada. Procurei o quarto dela, quando achei bati na porta. - Ei posso entrar?



- Vai embora ! Você é um estúpido insensível!

Decidi abrir a porta , vi ela sentada com a cara virada para o outro lado , seu rosto estava molhado



- Andou chorando?- Pergunto colocando a bandeja na cômoda ao lado dela  - Olha foi mal ai qualquer coisa que falei e te magoou.



- Esquece. Não estava chorando só acabei de lavar o rosto



- E por qual motivo?- Perguntei



- Porque quis oras!- Respondeu ela - Não quero comer leva de volta .



- Olha a malcriação .  - Falo enrolando o macarrão no garfo- Olha o aviãozinho



Ela me olha confusa , coloquei o macarrão perto de sua boca , sem escolha Kagome abriu a boca. Segurei o riso quando ela corou.




Kagome:- Para chega! - Diz mastigando a comida- Eu vou comer seu chato!



- Não sou chato. Olha eu não sei fazer muitas coisas , faz anos que eu deixei de cozinhar por motivos pessoais, então não sei se está bom. - Falei entregando a bandeja para ela , que coloca no colo

Kagome:- Tá boa. Gostei , para um estúpido você cozinha


Reviro os olhos :- Vou aceitar como um sim . - Falei avistando uma espécie de puff, mas desisti da idéia de sentar - Tá vou ir lavar a louça




Ela segura meu braço  - Fica ! E-Eu não gosto de ficar sozinha


Fiquei surpreso com isso. Ela quer que eu fique?



- Tudo bem . Mas só se você não me bater com essa vassoura - Falei apontando para o objeto que estava do outro lado da cama encostada na parede 



Ela ri- Prometo. Só se você não tentar chegar mais perto de mim , não suporto aproximações mais próximas



- E por qual motivo faria isso?- Pergunto


Ela abaixa a cabeça- Esquece o que eu disse



- Agora termina - Insisti  - Não vai me dizer que alguém que cuidou de você tentou te agarrar?




Kagome:- Não te interessa!



- Tá !- Levantei as mãos em redimento - Não quer falar , não fale.



Esperei ela comer, mas Kagome olhava e olhava o puff. - Não vai se sentar?- Perguntou ela




- Não obrigado - Falei.



Kagome:- Eu quero que você se sente



- Ai já ta pedindo demais mimadinha



Ela cora, e me encara - Eu ouvi.



- Ouviu o que?- Será que ela ouviu o que meu pai fez comigo ontem? Tentei esconder a vergonha mas foi impossível ela começou a rir - Fala !




Kagome:- Não acredito que na sua idade , isso é coisa de criança - Disse entre risos




- Ah eu vou embora!- Falei indo para a  porta, mas parei quando fui acertado por uma almofada , e bem onde tá doendo - Ai ! Mimadinha parou!




Kagome:- Você disse que ia ficar comigo aqui!




- Mudei de ideia !- Falei fechando a porta atrás de mim, fiquei na cozinha lavando a louça , quando acabo, fui até o quarto da aleijadinha outra vez , ela já deve ter acabado de comer . Quando entrei no quarto tive uma surpresa, ela tentando ficar em pé  - O que está fazendo?- Pergunto me aproximando. Ela resmunga algo que não entendi .- Vai acabar caindo.



Kagome:- Se eu cair eu me levanto sozinha não preciso de você!- Disse tentando se segurar na parede, colocando ambos os pés ao mesmo tempo no chão .



Ela estava prestes a cair , quando eu segurei ela e acabei escorregando no tapete e caindo com ela por cima de mim . Nossos rostos estão colados  . Me a próximo mais encarando aqueles olhos e a beijei , Kagome correspondeu meu beijo , é tão bom , nos separamos pela falta de ar.



Kagome cora e tenta se levantar:- Seu aproveitador !! P-Por que ne beijou?!


- Não sei! Foi coisa do momento



Kagome:- Se você pensa que sou como essas vagabundas que você tá acostumado a pegar se enganou!


Peguei a esquentadinha no colo, a colocando sobre a cama



Kagome:- Não me toque!!


Me irrito , fico por cima dela na cama , prendendo seus braços a cima da cabeça - Me deixar falar caralho! Não sei o que deu em mim, apenas me deixei levar e você não protestou.



Ela abriu a boca para protestar , mas para ao escutar a porta se abrir , por ela entra a mãe da Kagome surpresa. Porra ela vai pensar que eu quis estrupar a filha dela!



Izayoi:- O que está acontecendo aqui?- Pergunta surpresa e incrédula.


Olhei para a Kagome que corou e me olhou. Merda a mãe dela vai querer me matar ! E com certeza a filhinha aleijada vai mentir falar que tentei algo com ela!



Continua...


Notas Finais


O que acharam? Pretendo postar o próximo logo kiss😘🍓❤💛💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...