História Desconexo


Escrita por: ~


Sinopse:
Tem algo de muito errado comigo, e se não for comigo então é com o mundo.
Eu passo por esses dias cinzas, faz tempo que eu me esqueci de como é sorrir, ser feliz. Ando interruptamente por essa terra de estranhos onde nada me alegra, me satisfaz, me serve...
Há dias que tenho a desesperadora necessidade de voltar para casa, então eu me pergunto, que casa?
Estou em um lugar que nunca foi meu, com pessoas que não me amam, pelo menos a maioria, para ser mais justa.
Eu tenho buscado retornar...
Bater asas...
Deixar meu adeus.
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 283
Favoritos 12
Comentários 30
Listas de Leitura 1
Palavras 10.408
Terminada Não
Categorias Originais
Tags Adolescente, Amor, Depressão, Drama, Esperança, Solidão, Tristeza, Vida Quotidiana

Fanfic / Fanfiction Desconexo
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Prólogo
3
47
612
 
2.
Como eu sou
3
36
647
 
3.
Perdido
2
30
989
 
4.
I'm feeling so small
4
24
743
 
5.
Barreiras
3
20
593
 
6.
A arte de ser um Zé Ninguém
2
19
1.102
 
7.
Presente
3
21
1.699
 
8.
Um velho sonho
3
24
1.019
 
9.
Escolhas
2
21
780
 
10.
Choque de realidade
3
24
972
 
11.
Afronta
2
17
1.252

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~lizlonelyk
Capítulo 4 - I'm feeling so small
Usuário: ~lizlonelyk
Usuário
Identifiquei bastante com esse capítulo talvez esteja aqui descrito o motivo de hoje eu tenha uma caso de amor com a escrita, já fiz pequenos sacrifícios e já me ferrei bastante por causa dos outros e a sensação de ser desconexo com o meu mundo real ainda está ao meu lado como qualquer um dos espectros, Acredito que o “diferente” será sempre perseguido pelos outros e que pequenos sacrifícios são necessários pois, nunca se sabe quem precisa e dará valor ou quem irá jogar fora.

Sobre escolhas acho que tudo faz parte de um processo de conhecer o caminho e se encontrar no meio da multidão e reconhecer o próprio dom e sua missão por mais que seja ingrato por mais que sofremos temos que ter em mente que tudo passa e um dia acharemos nosso lugar e iremos ver que o sofrimento na verdade foi apenas para que não nos perdemos como a linha que liga uma pipa ao solo ou melhor o ninho que liga o pássaro a terra.