História Desconhecido - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Karin, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Horror, Naruto, Romance, Terror
Exibições 18
Palavras 442
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OLÁ MEU GLOSS !

Com está minha mais nova fanfic quero testar o raciocínio de vocês. Aqui vai o prólogo.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Desconhecido - Capítulo 1 - Prólogo

Prólogo

Quando eu era pequena chorava com angústia, se isolava das pessoas ao meu redor. E só agora percebo, que as coisas ainda não são diferente...Quem eu sou?, não importar....ainda. Apenas quero lhes contar a minha história, contar como o conheci, um ser tão vazio quanto eu....

Sofro de um mal desde a minha infância, era um dos motivos da minha tristeza profunda, o motivo de meus pulsos(braços,pernas, e pescoço.) estarem cortados,mutilados até não escorrer mais nenhuma gota de sangue. Foi o pior dia da minha vida quando descobrir que tenha depressão clínica. Não é algo fácil, não é algo que se combate de um dia para outro. Eu e minha best friend sabemos,  única que restou durante o percurso da minha antiga escola. A Única que foi fiel...

Mais isso não foi o total motivo da minha destruição. Estava superando bem a doença até que...sofri  uma ilusão, e deixei ser manipulada por ela. Por um momento, em minha vida insignificante achei que tenha descoberto amor.

''--- Você não serve para nada, não sei nem por que continua respirando.''

Só eu sei o quanto essas palavras me doeram, minha best não estava lá para me defender, estava sozinha quando a escutei. A vida me mostrou que poderia ser dura as vezes, entrei em um estado de depressão profundo depois disso, ela tenha voltado.

 Começei a ter sentimentos de extrema tristeza, irritabilidade e vazio, um vazio atormentador. Como se meu corpo e mente  estivessem vazios, não sentia nada. Então quis sentir a dor física para realmente sentir alguma coisa. No meu estado de sensibilidade tentei suicídio, e não me arrependo. Pois foi nesse momento que  o conheci. Ele foi minha salvação.

Agora estou aqui sentada sobre a árvore, observando o sol deixar o céu, e da início a noite estrelada. Segurando a metade do símbolo Yin yang em minhas mãos, estando o yang comigo. Observo aquele símbolo atentamente e um sorriso inocente surgir nós meu lábios  sem o meu consentimento.

 Me lembro como você me disse que o yin era: o princípio passivo, feminino, noturno, escuro e frio, e o yang era: o princípio ativo, masculino, diurno, luminoso e quente. E que somos como Yin-Yang.

Som de galhos e folhas se chocando contra vento, despertou de meu transe. Olhei para cima para então observa a lua por completa no céu, mais tudo o que conseguir encontrar foi seus belos pares de olhos vermelhos me fitando com serenidade e afeto. 

Abrir um sorriso doce, e uma lágrima desceu pelo canto dos meus olhos, mais foi logo levada pelo vento, quando fui de encontro ao tecido macio da sua camiseta.

 

''Vou lhes contar uma história...''

 


Notas Finais


O que acharam desse prólogo?, é pequeno mais deu para revelar muita coisa. No próximo a história começar realmente.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...