História Descontrole - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Abo, Larry, Mpreg
Exibições 346
Palavras 1.228
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá :)
Fui atualizar ainda pouco e coloquei o capítulo na outra fic kkk

Essa fic já tem mais dois capítulos prontos.
Espero que gostem.

Quando eu copie do wattpad o travessão virou hífen '-' relevem.

Capítulo 2 - Um


Fanfic / Fanfiction Descontrole - Capítulo 2 - Um

-Tá doendo, faz parar Harry - implora. Ele segura sua ereção com força e geme manhoso.

Harry tenta manter seu estado sóbrio, odeia deixar que seus instintos tomem controle da situação. - Louis é só seu cio, me diz onde você mora e. Não faz isso.

O ômega enfia a mão dentro da calça, alcança sua entrada rebola e nos próprios dedos.

- Louis eu estou no volante, eu não vou conseguir me concentrar, ômega não abusa do meu controle . - O alfa segura o volante com tanta força que as pontas de seus dedos estão brancas, os gemidos agonizantes estão mandando seu controle para puta que pariu.

- Me fode - dessa vez ele manda. Tem coisa pior para um alfa que receber um ordem?

Harry tranca a respiração - Não!

Louis tira os dedos de sua entrada, estão lambuzados com sua lubrificação é claro que normalmente nunca faria aquilo, mas no cio o único pensamento é ter um nó dentro de si.

Ele aproxima do ouvido do alfa e sussurra - Me Fode, bem forte. - passa os dedos com sua lubrificação nos lábios dele, Harry suga seus dedos.

- Porra Louis, seu sabor é uma delícia.

Harry tem uma regra bem rigorosa de não misturar vida profissional com pessoal.

Então porque diabos ele está em seu quarto, rasgando de forma desesperada a roupa do seu assistente ômega?

Joga o pequeno na cama com brutalidade já completamente despido - Não pense que eu vou ser carinhoso - Tira a sua blusa, sobe em cima da cama e fica com as pernas de cada lado do corpo dele.

- Não quero seu carinho. Quero que me foda agora! - Manda Louis. - Ou não é capaz? - provoca com um sorriso malicioso.

Harry da um tapa em sua cara - Você não manda aqui.- fala com sua voz de alfa e Louis praticamente ronrona com aquilo.

Isso tira o alfa do sério.

Puxa o cinto da calça de uma só vez, dobra e bate com força nas coxas bronzeadas do ômega. Harry abaixa a calça e a boca do ômega saliva com a visão da ereção bem contornada na boxer preta, aquele cheiro de macho alfa que manda na porra toda, faz sua entrada se contrair e escorrer mais ainda.

O cacheado puxa seus cabelos até ele se sentar e esfrega o rosto pequeno na sua ereção coberta pelo tecido. Abaixa a cueca, Louis morde o próprio lábio por ver aquele pau enorme, bem na sua frente escorrendo o pré-gozo e desejando tudo aquilo dentro de si.

- Chupa - o alfa usa sua voz de comando, em uma ocasião normal seria dolorosa para o ômega, mas no cio é realmente excitante.

Louis abre a boca e mal cabe a glande, mas faz um esforço enorme para chupar, seu cabelo é puxado e sua boca é fodida com força pelo alfa.

Harry não tem nenhuma delicadeza.

Louis adora esse jeito de bruto.

- Que boca maravilhosa - os olhos azuis lacrimejam e os cantos da boca ardem pelo esforço.

Ele levanta e deixa pequeno resmungando em cima da cama, procurando se aliviar com os dedos,Harry volta e dá uma cintada na mão do ômega que tira os dedos.

- Quem mandou você se aliviar? Se queria usar os dedos, para que pediu minha ajuda?

- Por favor alfa - choraminga, não aguentando mais.

Harry o algema na cama e coloca a venda em seus olhos. Só agora ele observa como o corpo de Louis é ainda mais bonito assim, totalmente exposto e a mercê dele.

Abre as pernas dele tendo a visão da entrada rosada escorrendo, tão convidativa, Louis se contrai quando sente a língua invadido, lambendo e chupando sua entrada, intercalado com dedos e uma masturbação fodidamente gostosa.

- P.or favor, eu preciso de você dentro de mim. - o ômega se contorce na cama. - Harry.

O alfa atende seus pedidos, posiciona e sem avisos o penetra com força, arrancando gritos de dor e prazer. -Tão apertado - rosna.

as estocadas são firmes. Louis não teve tempo para lamentar pela dor, logo seu corpo inteiro esquentou e começou a gritar por mais.

Os tapas em suas coxas são fortes, junto as estocadas brutas, barulho dos corpo batendo um contra o outro é alto. Estão em um prazer insano.

- fica de quatro - o alfa usa a voz de comando, o ômega se vira rápido empina a bunda.

Que bunda.

- Que bunda Maravilhosa - ele dá um tapa só para ver seus dedos marcados lá. Segura o cabelo com força e invade a entrada molhada com força.

O barulho obsceno dos corpos chocando-se freneticamente, os tapas estalados, gemidos e os rosnados são altos. Com certeza o síndico vai reclamar, não tem como uma pessoa dentro daquele prédio não está ouvindo os gemidos deles, principalmente de Louis que é bem escandaloso.

Estão agindo como animais, sem se importarem com mais nada além de saciar o prazer louco que estão sentido.

O alfa vira Louis de frente com facilidade, reparando em como seu rosto está lindo com essas bochechas coradas, só falta uma coisa. Ele tira a venda - Quero ver seu rosto quando gozar - abre as algemas. Louis Abraça e arranha com força as costas do cacheado.

Ele nunca esteve tão saciado.

- Você é tão gostoso meu alfa - sussurra entre os gemidos, puxa para um beijo cheio de luxúria, o alfa sente todos seus pelos eriçarem, diminui seu ritmo só para poder aproveitar melhor o beijo.

- Você que é uma delícia - sussurra e volta a beija-lo , desce para o pescoço beijando, as estocadas ficam precisas, acertando o ponto mágico do pequeno, enquanto suas costas é dilacerada pelas unhas cumpridas do ômega.

Começa a ficar difícil sair de dentro do ômega, seu pênis começa a dilatar e formar o nó. Suas gengivas coçam, ele lambe entre o ombro e o pescoço amorenado.

- Harry - Louis geme alto, melando os dois com seu intenso orgasmo, sendo prolongado ao ser preso ao nó.

Louis grita alto quando sente os dentes do alfa cravados no seu pescoço. Harry nunca sentiu seu nó crescer tanto e perdeu totalmente seu controle, foi mais forte que qualquer coisa que já sentiu, como se aquele pescoço tivesse um imã e foi impossível não marca-lo como seu.

O pequeno chora baixinho pela dor da mordida. Mas, está tão cheio com nó do seu alfa. Harry respira com dificuldades, rosna como um animal, nunca esteve tão tomado pelos instintos, solta do pescoço do ômega e lambe sua enorme marca.

O pequeno dorme, o nó se desfaz e o alfa sai de dentro dele, caindo do seu lado exausto e acaba dormindo. Mas, não por muito tempo, porque Louis logo acorda pedindo por mais, com enlace da mordida Harry sente seu corpo incendiar tanto como o do ômega.

Os dois passam os cinco dias do Heat de Louis dentro do quarto. Harry sai, faz algo para eles comerem, tomam um banho e sexo. Nem sempre nessa ordem.

E tudo sempre termina no sexo.

Quando Louis deu um pouco de descanso, Harry ligou para empresa e avisou que eles se ausentariam, pediu para avisarem a família do ômega que foram em uma reunião fora da cidade.

É lógico que dona Jay não acreditou, ficou a ponto de chamar até a policia,FBI e exercito para ir atrás do seu filho, Mark com seu jeito doce convenceu a mulher a se acalmar.

.....


Notas Finais


Obrigado por ler ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...