História Irmão, eu me apaixonei por você - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Bts, Kookmin, Mpreg, Namjin, Vhope
Exibições 778
Palavras 2.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIIIIIIIIIIIIIII

Obrigada pelos 300+ favoritos e por estarem sempre comentando, VOCÊS SÃO DEMAIS, Eu amo MUITO vocês. Obrigada mesmo gente

Bom... Este é o capítulo, espero que gostem. :)

Capítulo 11 - Jantar


Min Yoongi

Senti muita pena do Namjoon, ele e o Jin formavam um belo casal, sempre shippei os dois. Desde que o Jin recusou o pedido de namoro do Namjoon, ele aparece na escola com uma cara horrível, parece que não dormiu e chorou a noite toda – o que eu não duvido muito.

- Yoongi, está tudo bem? – Sinto alguém me abraçar pela cintura

- Sim, está tudo bem Soo – sorrio para ele

- Não parece – ele me aperta no abraço – Sabe que pode  confiar em mim – beijou minha bochecha

- Só estou triste pelo Nam e o Jinnie – lhe dei um selinho

- O que aconteceu com eles? – o abracei também e contei tudo o que aconteceu.

Kyungsoo se sentou na cama, parecia processar tudo, seu tronco estava nu e eu mordi o lábio inferior, já sentia uma leve ereção. Ele é lindo, me deixa excitado só em ver esse corpo.

- Como ele pode fazer isso? Principalmente com o Jin – ele me encarou indignado e ri – Isso não tem graça Yoongi – ele fechou a cara e o puxei para se deitar de novo

- Isso não, mas sua cara sim – ri mais um pouco e lhe dei um selinho – Namjoon se arrependeu... E ele parece tão triste... – fiz bico e Soo mordeu

- Não fique assim... – beijou meu nariz – Jin é uma pessoa magnifica, com certeza ele vai dar uma segunda chance para o Namjoon – me da um selinho

- Eu sei... – olho para o teto e depois para ele – Então você acha o Jin uma pessoa magnifica? – o fuzilo, não que seja mentira, mas o Soo é meu, e eu sou ciumento mesmo

- Sim – ele ri, com certeza percebeu meu ciúme – Além de magnifico, é lindo – ele se aproxima, ele está brincando com fogo

- Ah Kyungsoo, Jungkook também é magnifico, principalmente no sexo – dou um sorriso sínico quando ele fecha a cara, tá, acho que peguei pesado

- Aé, então vai lá com ele – virou de costas para mim e rio

- Não, ele tem o Jimin e eu te amo – o abraço e ele vira para mim me olhando nos olhos

- Também te amo – ele ri baixo e nos beijamos, um beijo calmo que foi se intensificando quando sua língua adentrou minha boca explorando cada canto.

O beijo foi ficando mais quente, ele subiu em cima de mim sem quebrar o ósculo, enlacei meus braços em seu pescoço e puxava seu cabelo a cada mordida que ele dava em meu lábio inferior. Já estava ficando ainda mais excitado e ele começa a roçar seu membro no meu, estávamos nus. Tínhamos ido a uma balada ontem, e como minha casa e a dele ainda estavam muito longes, decidimos dormir em algum hotel, mas acabou que transamos. Estamos namorando a algumas semanas, os garotos não sabem ainda, combinamos de contar para eles.

Seu celular começou a tocar, mas ignoramos, apena quero ele dentro de mim, o celular parou de tocar, mas voltou logo em seguida. Quebrei o beijo bufando e virei ele ficando por cima. Desci até seu membro lambendo sua glande molhada pelo pré gozo e ele gemeu. Seu celular tocou mais uma vez e ele atendeu furioso, sorri travesso e coloquei seu membro – ou pelo menos o que eu conseguia – na boca, fazendo-o segurar um gemido e me olhar surpreso, fiquei com uma vontade imensa de rir.

Park Jeon Kyungsoo

Atendi eu celular furioso, quem é o maldito que está me ligando bem na hora que estou com Yoongi, mas que droga! Yoongi começou a me chupar, logo quando eu atendo o celular

- O que foi? – não vejo quem ligou, mas reconheço a voz feminina do outro lado

- Soo, meu querido, como está? – MinA, minha querida tia

- E-estou bem... Tia... – mordi meu lábio

- Está mesmo? Está estranho, meu filho – Sim tia, eu estou ótimo, só tem um beta lindo, maravilhoso, gostoso e tudo de bom me chupando

- Sim tia... – Yoongi parou de me chupar subiu em cima de mim, selando nossos lábios.

Ele quebra o beijo, posiciona meu membro em sua entrada, logo sentando com tudo. Colocou a mão na boca abafando o gemido sôfrego dele e eu não aguentei, gemi mesmo com o celular no ouvido

- Kyungsoo? O que aconteceu? Esta tudo bem ai? – desliguei a ligação sem responder minha tia e troco nossas posições

- Soo... – ele puxava meus fios enquanto eu o penetrava com força

- Ah... Yoongi... – comecei a maltratar seu pescoço – Tão lindo... Tão apertado... Tão meu – acerto seu ponto doce e ele geme alto, com certeza os outros hospedes irão reclamar, mas quem se importa?

Ele gemia descontroladamente, e eu estocava com rapidez e força. Chegamos ao nosso ápice juntos e o nó se formou, respirávamos descompassadamente. Quando o nó se desfez e regularizamos nossas respirações, sai de dentro dele e fomos tomar um banho. Depois do banho, pagamos nossa hospedagem e fomos para casa, o deixei na sua e fui para minha.

- Soo, aonde você estava? Fiquei preocupado – Jimin se levanta do sofá quando entro em casa

- Er... Eu sai... – fechei a porta e ele erguei a sobrancelha

- Sério? Nem percebi – rio fraco, Jimin sempre muito preocupado

- Aigo... Eu só fui ali Minnie – sorrio para ele – Aconteceu algo ontem? Jungkook lhe deixou sozinho? – Me aproximo e ele dá um passo para trás negando com a cabeça, o que ele tem? Ah... Ele tem um pouco de medo de mim ainda

- Eu... Vou para o quarto – Ele sobe rápido para o quarto. Suspirei e fui para o meu.

Meu celular tocou novamente, o nome da minha tia piscava na tela, esqueci que desliguei na cara dela lá no hotel.

- Oi Tia... – atendi reprimindo um riso quando ela começou a reclamar

- Você é maluco? Fiquei preocupada quando desligou na minha cara. Kyungsoo, o que estava acontecendo? – soltei um riso

- Estava acontecendo que... Eu estava em um hotel com meu namorado – ela murmurou um “Ah, desculpe” e eu apenas consegui rir

- Bom... Eu só estou ligando para avisar que estou indo para Seoul, posso me hospedar aí?

- Sim... Mas a Hyerin e o Junhyung também vem? – ela disse que sim e choraminguei, amava minha tia, mas não meus primos

- Aish... Okay... Vou mandar arrumarem os quartos de hospedes – Suspirei – Quando a senhora vem?

- Hoje mesmo, e não me chame de senhora, não sou tão velha assim – rimo, me despedi e encerrei a ligação.

Mandei arrumarem os quartos e sai de casa. Fui a uma loja de ursinhos que tinha perto de casa, e comprei um gatinho branco com listas pretas e voltei para casa. Fui para o quarto de Jimin e bati na porta, logo ouvindo um “entre”, entrei e sorri para ele, que me olhou curioso.

- Aconteceu algo? – ele se sentou na cama e deixou o livro que estava lendo de lado.

- Não... Só queria te dar isso – Entreguei o ursinho de pelúcia para ele, seus olhinhos brilharam de felicidade e ri.

- Soo, que fofinho – ele abraçava o ursinho com força, me sentei ao seu lado e fiz carinho em seus fios acinzentados.

- Desculpe... – ele me encarou confuso, mas logo sorrio, parecendo entender do porque eu estar pedindo desculpa

- Tudo bem... – ele me abraçou – Como o Jungkookie disse... Ainda somos jovens, você não sabia de nada e estava com raiva... – sorri fraco e retribui o abraço, ficamos assim até ouvirmos uma tosse falsa, ri internamente e encarei a pessoa que estava na porta

- Oi Biscoito – ri e ele sorriu

- Vejo que se reconciliaram – rio e se sentou entre mim e o Jimin

- Sim – Jimin sorriu e abraçou o moreno, que retribuiu no mesmo instante

Ficamos conversando um pouco e falei sobre a tia MinA, os meninos ficaram muito felizes, afinal, tia MinA era muito legal e engraçada, não tem como não amar ela. Jimin disse que ia fazer a comida e correu para a cozinha, fiquei receoso, mas lembrei que antes da Omma falecer, ela ensinou Jimin a cozinhar, pois ele disse que não queria depender de empregadas para cozinhar, sorri com a lembrança e Jungkook foi atrás de Jimin, alegando que ia cuidar do mais novo, para não fazer uma bagunça na cozinha ou se machucar. Assenti e liguei para os meninos, iria assumi nosso namoro, estou completamente apaixonado por aquele beta rabugento, ri internamente do meu pensamento e saí do quarto de Jimin.

Narradora

Jungkook, chegando na cozinha, abraça a cintura do ômega, que se assusta e acaba se cortando.

- Que susto, Jungkookie – Jimin suspirou e olhou seu dedo, com um pequeno corte

- Desculpe, meu bebê – Jeon pega a mão do menor levando-o até a boca e lambendo o corte, Jimin corou e puxou sua mão rapidamente

- Kookie – o alfa ri da timidez do ômega

- Você é tão fofo – Jungkook aperta as bochechas do ômega

- Aish... – o ômega se vira novamente e volta a fazer o que estava fazendo

- Jiminie, o que faremos para a sobremesa? – Jeon se encosta no balcão

- Bolo de chocolate! – Jimin coloca o que estava cortando na panela e a fecha logo em seguida

- Okay, chocólatra – O alfa ri e pega uma tigela no armário, Jimin faz bico e o alfa morde

- Aigo.. – Jimin pega a tigela, colocando-a no balcão ao seu lado e corando

Jeon ri e começa a pegar os materiais para fazer a massa de bolo.

----

A massa estava pronta e a comida também, só restava colocar no forno. Jimin e Jungkook se divertiam na cozinha, estavam sujos de chocolate. Jimin colocou um pouco de chocolate no dedo passando na bochecha do mais alto e rindo, Jeon passa nos lábios do ômega, o beijando logo em seguida, Jimin gemia baixinho com cada chupada que o alfa dava em seus lábios carnudos. Enlaçou os braços no pescoço do mais velho o puxando para mais perto – se é que era possível. Quando o ar fez falta, se separaram e sorriram, mas logo Jungkook voltou a capturar os lábios do mais novo novamente.

- Dá para pararem de se comer aí e fazer a comida? – Se separaram ao ouvir a voz de Kyungsoo e a risada dos outros garotos.

Jimin corou e colocou a massa no forno. Jeon apenas observava o ômega. Depois do bolo pronto, Jeon pegou Jimin no colo e levou até o quarto, para tomarem banho.

- Só não geme alto Jimin, não queremos ficar ouvindo gemidos seus – Jimin cora e todos presentes na sala começaram a rir.

Tomaram banho, rolaram umas mãos bobas, principalmente por parte de Jungkook, mas nada mais que isso.

----

Estavam todos sentados na sala, Yoongi e Kyungsoo estavam nervosos, mesmo sabendo que os garotos – com certeza – ficariam felizes. A campainha tocou e Jimin fora atender, encontrando com sua tia e seus primos.

- Bem vinda, tia MinA – o ômega sorriu fazendo seus olhinhos se transformarem em dois risquinhos

- Aiin, meu bebê, como cresceu, está tão lindo –a mais velha abraçava forte o ômega, que apenas ria

- Isso eu tenho que concordar – Junhyung mordeu o lábio inferior fazendo o ômega sentir-se incomodado.

- Obrigado – mesmo incomodado com o olhar do primo, Jimin sorriu, sua prima não falara nada, apenas o observava com desgosto, Jimin não sabia o porque, mas sua prima nunca gostara dele

Jimin levou seus familiares para a sala, onde encontravam-se todos os meninos, que sorriram e cumprimentaram MinA, Hyerin e Junhyung. Hyerin não parava de olhar Jungkook, assim como Junhyung não parava de olhar Jimin, e Jimin estava muito incomodado com isso. Jeon nem olhava para a ômega, apenas dava a devida atenção ao seu ômega.

O jantar estava animado, todos contavam suas histórias e riam. Yoongi e Kyungsoo se encaravam, até Kyungsoo tomar a frente e chamar a atenção dos demais.

- Bom.. Eu só queria dar a noticia que... Eu e Yoongi estamos namorando – Kyungsoo estava receoso, sabia que Jimin sentia uma certa raiva de Yoongi, pois o mesmo ficou com seu alfa. Não sabia qual seria a reação do garoto.

 

Capítulo 11 – Jantar - Fim


Notas Finais


Espero que tenham gostado.

Se quiserem que eu melhore em algo, comentem, sejam sinceras, a opinião de vocês é importante para mim.

Bom... Eu postei o último capítulo de "Meu vizinho maluco" e eu pretendo fazer um bônus, não sei se irei conseguir okay?

Meu vizinho maluco (Último capítulo): https://spiritfanfics.com/historia/meu-vizinho-maluco-6903028/capitulo4

Bom... "My dear hybrid" ainda está a caminho, e a nova fanfic que eu pretendo escrever estou vendo os personagens.
E ainda estou escrevendo uma fanfic de Naruto com minha melhor amiga, o casal principal será SasuSaku, o primeiro capítulo já até está pronto, agora só falta escrevermos e criarmos a sinopse :v

Mais uma vez, obrigada pelos 300+ favoritos e por sempre comentarem, EU AMO VOCÊS, ESTOU TÃO FELIZ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...