História Desda nossa infância - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Anna Heartfilia, Aquarius, Aries, Bickslow, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Elfman Strauss, Erza Scarlet, Evergreen, Flare Corona, Freed Justine, Gajeel Redfox, Gildartz, Grandeeney, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jackal, Jellal Fernandes, Jet, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Kyouka, Laxus Dreyar, Layla Heartfilia, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Loki, Lucy Heartfilia, Lyon Vastia, Makarov Dreyar, Mavis Vermilion, Meredy, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Rogue Cheney, Romeo Conbolt, Silver Fullbuster, Sting Eucliffe, Taurus, Ur, Virgo, Wendy Marvell, Yukino Aguria, Zeref
Visualizações 76
Palavras 1.557
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Abelha irritante


Fanfic / Fanfiction Desda nossa infância - Capítulo 8 - Abelha irritante

As semanas passaram lentas, muito lentas, e Natsu contínua na mesma, frequentemente vou no hospital visita-lo, as vezes acabo dormindo lá, hoje estou treinando, amanhã já é a primeira competição, Fairy Tail Vs Blue Pegasus

Estou andando até a escola para minhas atividades costumeiras, já estava quase no portão da escola quando sinto que estou sendo seguida começo a andar um pouco mais rápido e quem estava atrás de mim fez o mesmo entrei em um beco tentando escapar mas me vejo sem saída 

- Ora, ora, quem encontramos aqui - gelo a ouvir denovo aquela voz, de quem eu tanto detestava, e faria tudo para apagar da minha vida 

- O que você quer abelha? - Digo me virando para encarar o loiro oxigenado de olhos azuis que eu mais detestava

- Qual é Blondie, não faz assim - chegou perto de mim - eu só vim jogar basquete, ou esqueceu que sou o capitão da Saberthoot?

- Não tenho tempo para seus joguinhos idiotas Sting - respondi tentando continuar meu caminho, mas ele me preensou na parede de um beco me fazendo ficar imóvel 

- Não faço joguinhos Lucy, eu apenas... Estou pegando oque é meu por direito - disse começando a beijar meu pesconço me fazendo gemer lacrimejando e pedindo para que ele parace 

- EI - gritou alguém entrando no beco - ELA DISSE PARA PARAR SEU IDIOTA - abri os olhos vendo meu salvador

- Gray - vi uma brecha em Sting e corri até ele o abraçando chorando - Obrigada, muito obrigada - retribuio o abraço me consolando 

- Tsc, dessa vez você escapou blondie, mas na próxima - se aproximou do meu ouvido - você não tera a mesma sorte - disse e foi embora deixando eu e Gray na saída do beco

- Lucy olha para mim - disse me fazendo o olhar já não chorando - que papo era aquele de você ser dele? - Perguntou me fazendo encarar o chão 

- É que... Bom é uma longa história - continuei fitando o chão - e não temos tempo, se demorarmos mais você vai se atrasar para o jogo - o olhei sorrindo de leve tentando o deixar menos preocupado comigo, mas acho que não funcionou 

Mesmo não funcionando minha desculpa continuamos o caminho até a escola sem falar sobre oque tinha acontecido, sem falar sobre nada naverdade, chegamos na escola e fomos direto para o ginásio de esportes

Todos os anos acontecem esses jogos de Basquete, sempre em uma escola  diferente, esse ano a sede é a Fairy Tail, iriam competir todos os times masculinos das escolas de Fiore inteira, Fairy Tail pelo que eu sei, não ganha o campeonato a sete anos mas esse ano era uma das grandes favorits a ganhar o prêmio pelo seu time, mas parece que nossas chances acabaram sem o capitão do time, Natsu

- Lucy? Lucy?... LUCY - gritou Juvia no meu ouvido me retirando dos meus pensamentos - o jogo já vai começar e você está ai, avoada. Aposto que sabe nem o que comeu no café da manhã 

- Se é que você comeu algo - falou Kate, outra amiga minha de cabelos loiros ouro encaracolados e pele bronzeada, seus olhos eram dourados como seu cabelo  - desde que Natsu foi atropelado você não come ou dorme como deveria não é senhorita Lucynda? - sorrio de canto de boca em forma de deboche 

- 'ainda fala que não gosta dele' - cochichou Inana para Kate fazendo as duas rir acompanhadas de Juvia me deixando corada 

- E-esse eu gostar? - Perguntei fazendo cosplay de cabelos da Erza, e as fazendo se entre olhar 

- Ai você se declara - disseram em uníssono fazendo meu chão cair. 

- Me declarar para o Natsu? Ele é meu melhor amigo, e se ele só me ver como amiga? Acho que no máximo irmã mais nova - pensei me alto julgando 

- Você nunca vai saber como ele se sente se não tentar, e se ele gostar de outra, ele que vai sair perdendo - disse Meredy entrando na conversa depois de brotar atrás de mim nos assustando - acredite em mim Lu, porque eu acredito que nalu é real

- Nalu? - Perguntamos eu, Juvia, Kate e Inana juntas em uníssono confusas 

- Vocês não sabem oque é nalu? - Perguntou e fizemos que não com a cabeça - é só o melhor ship que já vi na minha vida isso porque já vi muitos como jerza, gruvia, miraxus, gale, MAS... Nenhum com tanta sincronia, paixão e emoção que nalu - soltava arco-íris, raios e porpurina enquanto falava, não entendiamos nada então ela bufou e disse - é a junção dos nomes Natsu e Lucy - disse se sentando ao lado da Juvia entediada

Corei, corei muito, e um pouco mais, todos esperavam para que eu e Natsu ficássemos juntos? E sera que ele sabia disso? Será que ele gosta de mim?  Preciso esfriar a cabeça, fui até o banheiro molhar o rosto e pensar sem ser sufocada pelas meninas 

Estava em frente ao espelho tentando tirar pensamentos da minha cabeça quando recebo uma mensagem, vejo de quem é e, que surpresa é do abelha, pera não, não, DENOVO NÃO 

|| Flashback || on ||

Estava em casa sorridente, estou assim desde que meu atual namorado me pedio em namoro, Sting foi um dos meus primeiros amigos na Saberthoot, minha melhor amiga Yukino me apresentaou a ele, um príncipe a visão de todos encluindo a minha 

Já faziam um ano que namoravamos, e há uma semana foi seu aniversário, eu dei algo muito importante para mim, e que ele andava pedindo muito, minha virgindade. Eu não ligava já que eu o amava, ele era o menino mais popular do colégio

Bonito, charmoso, cavalheiro, bom jogador, capitão do time de basquete, fofo. Aos olhos de todos um Príncipe perfeito, mas isso mudou guando chegou aquela mensagem, a que faria meu chão cair, meu mundo desabar, e tudo que me fazia feliz morrer. Ele gravou, gravou tudo. O que divia ser um segredo se espalhou pela escola, todos sabiam todos viram 

Fui feita de burra, pensando que fui amada, mas fui feita de idiota, inocente demais para perceber antes. Meses se passaram e eu não ia ao colégio, começei a fazer aulas particulares em casa, descobri que não fui a primeira, já tinha acontecido, mas nenhuma vez divulgada acidentalmente, como aconteceu comigo 

Minha tia foi me visitar e soube do que aconteceu, só ela e Virgo sabiam o motivo, ela me ofereceu moradia com ela em minha antiga cidade natal onde ela dava aula a mim e meus velhos amigos, aceitei. Me inscrevi na Fairy Tail entrando como bolsista, não uso a mesada generosa do meu pai de quase cinco mil por mês, com o dinheiro eu pago as contas da minha tia e coisas pessoais.

|| Flashback || off ||

Até esse momento estou fugindo do que aconteceu a menos de um ano, estou fugindo do que aconteceu comigo, e agora com a minha melhor amiga, Yukino Agaria que é bolsista na Saberthoot. Sting joga sujo, pode conseguir tudo que quer quando quer e como quer

Jogo mais água no meu rosto tentando não me preocupar tanto mas é impossível, ouço a porta do banheiro sendo aberta bruscamente revelando a albina de olhos castanhos escuros derramando inúmeras lágrimas, quando percebe que eu estou no banheiro também fica perplexa 

- Lu - diz em meio a soluços e corre me abraçando fortemente, retribuo o abraço tentando falhamente a acalmar

- Calma, eu sei como se sente... - Digo fazendo carinho em sua cabeça, Yukio era mais nova que eu e era como uma irmã - Eu já passei por isso esqueceu? 

- Eu fui f-fraca - continuou soluçando - cai na lábia dele mesmo sabendo o que aconteceu com você... S-Sinto muito 

- Porque esta se desculpando Yukino? - a albina mais nova olhou para trás onde Sorano sua gêmea tinha um sorriso doce e gentil, ela abriu os braços esperando a irmã que foi correndo até ela sendo consolada pela gêmea - você não fez nada de errado, eu ouvi... Foi culpa desse tal Sting 

- Vamos voltar para o jogo - fiz as duas olhar para mim - Ande Yukino, limpe essa cara, você pode ficar com a gente no stand da Fairy Tail - sorri para ela que se limpou e foi conosco para junto das meninas assistindo o jogo

|| Em outro lugar ||

Em um lugar afastado de Magnólia chamado Manicômio Edolas, saim três albinos, Mirajane Strauss, Elfman Strauss e a mais nova dos gêmeos Lissana Strauss 

- Ainda não acredito que estou fora desse lugar - dizia sorridente a mais nova de pele branca olhos azuis e cabelo curto 

- Mas não se esqueça de tomar os remédios Lissana - disse Elfman, albino bronzeado e musculoso

- Já disse Elfman-nee, foi só uma fase - disse para os irmãos - quase nem lembro do Natsu 

- Ainda bem que só foi isso - falou a mais velha de cabelos longos que iam até o ombro - mas só poderá frequentar a Fairy Tail daqui a um mês 

- Eu sei eu sei... - Repitia sorridente

- Mas  eu  mal  não  posso  esperar  para reencontrar o pessoal

Continua... 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...