História Desde a Infância - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Baekyeol, Chanbaek, Exo, Hunhan, Kaisoo, Sulay, Xiuchen
Exibições 221
Palavras 1.017
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 23 - Capítulo Vinte e Dois


*Baekhyun on*

Vi minha mãe nos encarando na janela do carro e corei até o ultimo fio de cabelo. Minha mãe é bastante liberal, e por isso que eu não gosto que ela fique sabendo desse tipo de coisa que eu faço, ela me zoa até o dia seguinte.

Olhei para Chanyeol e ele estava envergonhado pela minha mãe ainda estar na janela do carro nos olhando com um sorriso enorme e pervertido no rosto.

       -    Você quem entrar Channie? - Perguntei assim que criei coragem para falar alguma coisa.

       -    Err.. Acho melhor eu ir embora, o SuHo deve estar me esperando - Falou passando a mão na nuca e dando um sorriso amarelo

       -    Tudo bem! - Falei e sai do carro. Entrei e escutei seu carro partindo, minha mãe entrou logo depois de mim e ficou me olhando com um ar de divertimento.

       -    Eu não queria atrapalhar filhinho, eu juro - disse sorrindo - Mas diz ai… - Eu sabendo que ela ia falar alguma merda já interrompi

       -    Diz ai nada. Eu vou pro meu quarto, Boa noite! - Ela fez um biquinho e eu ignorei. Depois de trocar de roupa e fazer tudo o que tinha que fazer deitei, mas quem disse que eu conseguia dormir, o sono não vinha de jeito nenhum, eu fiquei pensando em hoje, aquela tal de YangMi ta me irritando muito, ela não se manca que o Chanyeol ta cagando pra ela? Amiga, toma um semancol que é bom.

Depois de tanto ficar pensando no dia maravilhoso - sente a ironia - que eu tive, e de tentar entender como minha vida foi fica desse jeito, eu acabei pegando no sono.

Acordei com uma ardência estranha na minha bunda, tipo como se alguém tivesse batido nela. E realmente, abri os olhos e vi minha mãe se preparando pra me dar mais um tapa, mas eu me esquivei e ela bateu no colchão.

       -    Que foi mulher, ta doida? - Perguntei tentando raciocinar direito

       -    Poque você não me disse que foi ontem pro trabalho sem comer nada? E ainda por cima foi pro hospital? Eu não posso sair de casa nem um minuto que você ja faz alguma merda Byun?

       -    Ué, como é que você sabe disso? - indaguei curioso

       -    O Chanyeol ta la embaixo. Mas não é disso que eu estou falando mocinho, porque você fez isso em? - Só prestei atenção no 'O Chanyeol esta la embaixo' Oque ele esta fazendo aqui ?

       -    Porque que ele ta aqui em casa agora?

       -    Você prestou atenção no que eu disse Baekhyun? - Falou começando a ficar com raiva, mas eu só queria saber o motivo de ele estar aqui. Então eu lembrei, ele disse que iria vir me buscar para gente ir pro trabalho junto. Puta merda eu esqueci de por o relogio despertar

       -    Nossa mãe porque você não me acordou antes? Eu estou atrasado. Eu esqueci! Você pode falar pra ele que eu ja vou? - Falei entrando no banheiro e escutando minha mãe bufar. Depois de ter tomado um banho e me trocado como o flash, fui para a cozinha e encontrei Chanyeol e minha mãe conversando. Eu sei que é feio mas eu decidi ficar escutando um pouco da conversa. Fazer oque ué, eu sou curioso e vai que eles estão falando de mim?

       -    Você vai pedir mesmo Chanyeol? - Minha mãe perguntou meio que sussurrando mas com um tom divertido

       -    Eu não sei Sr.Park eu estou meio nervoso - Caralho, do que eles estão falando, e porque estão sussurrando?

       -    A que nada. Ele é super de boa é logico que ele vai aceitar! E eu também, adorei a ideia - Eu não estava me aguentando de curiosidade então resolvi me intrometer

       -    Quem vai aceitar oque? - Perguntei e Chanyeol pareceu ter visto um fantasma, deu um pulo de susto e arregalou seus olhos nada grandes.

       -    Eita menino, eu não te ensinei a ser curioso desse jeito. E você estava escutando a conversa mocinho? - Minha mãe perguntou e eu paralisei por alguns segundos 

       -    L-logico que não - Porque caralhos eu gaguejei? Agora que ela vai desconfiar de alguma coisa mesmo, de trouxa minha mãe só tem a cara - É que vocês falam mais alto do que não sei oque - Menti. Na verdade eles estavam sussurrando, como se não quisessem mesmo que eu escutasse

       -    Sei. Senta ai pra comer logo se não você vai ficar mais atrasado do que já esta - Terminamos de comer eu fui escovar meus dentes e fui para o carro de Chanyeol. Nós fomos em um silencio absoluto e eu morrendo de vontade de perguntar sobre o que eles estavam conversando antes de eu me intrometer, mas se eles estavam sussurrando acho que não é pra eu saber mesmo, que droga! Talvez se eu tivesse demorado um pouco mais pra chegar eles teriam dito oque estavam conversando ou pelo menos dado uma dica, mas não, eu sou muito anta pra isso.

Assim que eu cheguei fui direto para o elevador pois uma das secretaria pediu para que Chanyeol ficasse lá embaixo. O elevador parece estar mais lendo do que o normal oque esta acontecendo? As portas se abriram e só tinha LuHan e KyungSoo na sala e eles estavam com uma cara preocupada

       -    Baekhyun você ficou sabendo que o JongDae não vai mais ficar aqui nessa sala porque ele foi promovido? - LuHan perguntou assim que eu sentei

       -    Assim, eu fiquei sabendo disso. Que bom né, ele merece - Falei e LuHan e KyungSoo se entreolharam - Que foi gente? Vocês estão estranhos.

       -    E que… Ia entrar outra pessoa no lugar dele não é - Assenti - Então, ele já chegou e… - Antes de KyungSoo terminar de falar o elevador se abre e eu paraliso. Não acredito no que estou vendo, porque logo ele? De todas as pessoas no mundo! Porque o destino faz questão de brincar com a minha cara?

       -    Baekhyun?? - Ele perguntou surpreso. Eu estou fodido


Notas Finais


Sorry, sorry pelos erros *--*
Até o proximo ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...