História Desde o começo só mais uma vez - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Visualizações 33
Palavras 566
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Por favor me dê um desconto 1° história que vou escrever, não sei se será boa ou se será algo que irá durar mas por favor desculpa qualquer coisa :)

Capítulo 1 - O dia em que tudo voltou ao que era


Fanfic / Fanfiction Desde o começo só mais uma vez - Capítulo 1 - O dia em que tudo voltou ao que era

Era dia 28 de maio do ano de 2016, Layliane estava completando seus 15 anos, ao contrário do que muitos pensam Layliane não queria uma grande festa, não queria um monte de presentes, ela somente queria algo que nunca poderia ter... Sua antiga vida, uma vida que era cheia de aventuras e coisas que pessoas normais jamais poderiam imaginar... Aquele desejo que mais parecia um sonho impossível, estava prestes a se realizar...

  ~Layliane~

  Hoje é meu aniversário!!! E o que tem de mais nisso? Completamente nada. Era apenas mais um dia qualquer na minha vida.
— Lay querida você já acordou?? – perguntou uma voz vinda da cozinha.
— Sim mãe, já estou descendo para tomar café! – eu respondi.
  É hoje será somente mais um dia chato em minha vidinha "perfeita".
— Bom dia minha pequenina, a princesinha do papai dormiu bem? – disse meu pai em tom brincalhão.
Eu ri.
— Sim papai dormi muito bem e quanto ao senhor? – disse eu.
— Ah mal consegui dormir, já que estava pensando em como seria seu dia hoje minha querida. – ele me respondeu.
— Prontinho aqui está Lay, seu prato preferido – disse minha mãe ao me entregar um prato com uma fatia de torta de limão.
Eu não pude conter a alegria e pulei em minha mãe para abraça-la.
— Obrigada mãe!!! – eu disse ainda entusiasmada.
Ela riu e me abraçou.
Depois do café da manhã o meu dia passou bem rápido até que finalmente chegou a hora de ir para o inferno, que é carinhosamente chamado de escola.
O dia foi passando como de costume, fui a escola, ouvi aquelas gralhas chamadas de garotas ficarem tagarelando em minha sala, vi os garotos se gabando por seus novos bonés e etc. Tua estava correndo normalmente, já que eu não tinha amigos na hora que bateu o sinal do intervalo fui ficar sentada perto das árvores que dão em um jardim imenso da minha escola, lá sempre pude ficar sozinha com meus pensamentos.
Tudo estava calmo e quieto, mais quieto do que o normal para falar a verdade, mas eu não me importava desde que eu estivesse sozinha tudo estava bem, ou melhor, era o que eu pensava, até eu ouvir um som de doer até a alma vindo da floresta, em um piscar de olhos tudo se tornou negro, não havia luz nem cores, tua o que eu via era a escuridão "aí meu Zeus eu morri??? Justo hoje no meu aniversário sério?" Pensei comigo mesma.
Em um movimento rápido e estranho a luz voltou e ao meu redor pude ver novamente as cores, mas o que me espantou não foi o fato de ter acontecido aquilo e sim o fato de eu não estar mais em minha escola, eu estava em lugar completamente diferente, lindo, tenebroso, estranho mas que ainda sim me era um lugar muito conhecido.
Eu estava começando a sorrir ao perceber onde eu estava quando uma voz masculina falou comigo:
— Já faz algum tempo não é mesmo Lia?! – a voz disse.
Eu sorri mais ainda, ah como eu estava com saudades de ouvir essa voz, a voz da única pessoa em todo o universo que me faz feliz e que me chama de Lia.
Eu me virei ainda sorrindo e me encontrei com aqueles olhos cinza, os olhos que pertenciam a ninguém menos do que...


Notas Finais


Arigato Gosaimasu minna!!!
Aaah a foto ali da capa tecnicamente é a Layliane :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...