História Desejo. - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias O Diário Secreto de um Adolescente, Pretty Little Liars
Tags Desejo, Drama, Romance Gay
Exibições 41
Palavras 769
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Não tive muita criatividade hoje, mas hoje de noite, ou talvez amanhã de manhã, Vou liberar o primeiro Hot da história só não vou dizer de quem é.... :3

Capítulo 5 - Dangerous Boy


  
A professora de Espanhol chegou na sala dando vários berros, já reclamando com Fábio e Jorge, escrevendo várias coisas em Espanhol no quadro... Eu só queria ter o poder de controlar o tempo pra poder acabar com a aula dela... 
-Vamos filar aula? - pergunta Raul próximo ao meu ouvido. -Não dá pra sair da sala... - digo e olho pra professora. -Dá sim, diz que vai no banheiro, que eu digo que vou atrás... - penso em coisas nojentas mas nego com a cabeça. -Tá, mas e os monitores? - pergunto olhando ele. -Nois dibra. - ele ri falando engraçado.
   Seria a primeira vez que eu iria filar uma aula... Então levanto a mão e pergunto a professora se eu posso ir no banheiro. Ela deixa e eu vou diretamente pra porta, fico no banheiro e espero Raul dar as caras. E minutos depois, ouço a porta abrir.
-Olá! - ele fala engraçado e rimos. -Então oque vamos fazer senhor rebelde? - pergunto cruzando os braços. -Nós podiamos nos beijar... - ele sorri malicioso e me deixa tímido. -Não melhor... Não. - olho ele. -Okay... - ele olha pros lados. -Então oque vamos fazer? - ele continua. -Não sei... vamos pular o muro da escola... - paro de falar um pouco e rimos vendo que eu nunca seria capaz de dar uma ideia dessas. -Não, Não... - ele ri e continua me observando. -Você continua lindo... - ele sorri e eu começo a corar. -Eii não fica com vergonha. - ele toca em meu rosto. -É difícil acreditar que você não tem nada com a Jéssica, depois daquele "Selinho" - faço o sinal com a mão. -Eu te vejo na festa de mais tarde... - ele sai do banheiro meio irritado voltando pra sala provavelmente. Espero um pouco antes de ir, antes que pensem em besteira, e então depois de alguns minutos eu volto pra sala, e graça a DEUS a aula dela tinha acabado.
  Volto pra sala coçando a nuca e observo Taylane me observando com os olhos cerrados. Então dou um sorriso cínico e entendo o por que daquele olho cerrado. Eu havia deixado ela sozinha na aula da bruxa. Então me apróximo dela e me agacho.
-Desculpa bebê... - digo sorrindo meio sem graça. -Só dessa vez... - ela me olha e observa a sala. -Quer ir lá em casa hoje Pêh? - ela pergunta. -Pode chamar o Raul. - ela continua e sorrio. -Okay, vou falar com ele. - me levanto e vou para minha cadeira.
    As aulas acabam e eu vou direto pro pátio esperar Taylane e Raul, me apoio na pilastra que sustenta o teto da escola e cruzo os braços esperando eles.
-Vamos? - Raul chega e toca em meu braço. -Eu to esperando a Taylane, vamos pra casa dela hoje. - olho ele. -Okay... - ele se apoia na outra pilastra me forçando a olhar pra ele, então ele faz uma careta e eu dou um sorriso de lado. -Isso é um sorriso? - ele pergunta apontando pra minha boca e sorrindo, exibindo as lindas covinhas que ele tem. -Vamos? - Taylane chega tocando meu ombro. Assinto com a cabeça e saímos andando até a casa de Taylane. 
-Vocês trouxeram seus short's de natação? - ela pergunta e assintimos com a cabeça. -Por que uma vez em séculoooos. - ela joga a cabeça pra trás, e nós começamos a rir. -Liberou a piscina pra gente.
-A piscina da Taylane parece mais uma casa... - sussurro para Raul e ela observa e franze os lábios. -Chegamos... - ela abre o portão e entramos.
[Na piscina....]
__________________________________________________
  Com Raul na piscina, Taylane na beira deitada, e eu na outra também começamos a rir de um cavalo correndo atrás do rabo e Taylane começou a fazer várias referências de coisas sem sentido.
-Você já terminou o trabalho Taylane? - Raul pergunta, tentando puxar assunto. -Eu já... Mas a Larissa vai demorar muito pra gravar a fala dela... É a maior. - ela ri e eu observo os traços de Raul, observando como o corpo dele se destorçe com a água. Tão musculoso, tão doce e ao mesmo tempo quente. Raul é uma ofensa para os deuses gregos, pela beleza tão profunda do mesmo.
      Após várias horas de conversas sem sentido, e risadas altas, voltamos cada um para a sua casa. Eu espero que hoje a noite ocorra tudo bem, quer dizer... Meus pais não estarão em casa, a festa com certeza vai ser legal... Hoje... vou chamar Raul pra passar a noite lá em casa, e talvez... TALVEZ... possa rolar algo de bom.


Notas Finais


Obrigado por estarem acompanhando, Comentem para poder saber se estão gostando :3
Beijo no cotovelo q <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...