História Desejo nas Colinas {Klaroline} - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Bill Forbes, Caroline Forbes, Klaus Mikaelson, Personagens Originais, Stefan Salvatore
Visualizações 164
Palavras 1.551
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 25 - Capítulo XXV


        - Negócio fechado Sr. Mikaelson!
     
        Klaus sorri ao ouvir aquelas palavras. Sua fábrica não ia ser mais vendida, pelo contrário, vai permanecer sob seu comando e controle. E por mais que esteja tudo acertado muito recentemente, está produzindo com todo o vigor.

    Essa semana que Klaus ficara em sua fazenda nas Colinas, estava sendo muito cansativo e estressante, principalmente hoje que não teve nem sequer tempo de alimentar-se corretamente. Estava ansioso para fechar negócio com os três novos fornecedores, que acharam a fábrica tão boa e motivacional para seus negócios que se proporam a contribuir nas outras fábricas, que ficam perto do centro de New Orleans. E ao ouvir essas palavras, suas preocupações se esvairam de uma forma deliciosamente arrebatadora que deu lugar a um belo pensamento: Uma linda loira de olhos azuis. Que se não fosse por ela, talvez seu negócio estaria perdido! Queira te-la chamado para fazer-lhe companhia, mas sabia que não teria tempo para ela e mandou Matt avisa-la durante essa semana que ficará ausente. 
      Enquanto Klaus mostrava a fábrica aos fornecedores, Caroline o acompanhava em pensamento fazendo seu feliz semblante se iluminar e suas belas expressões faciais apresentarem um lindo sorriso fazendo suas covinhas transparecem. 

          Klaus adentra em sua fazenda deixando sua mala preta e seu casaco no sofá, escutando a empregada dizendo que já tinha lhe preparado o banho e logo se deslocando para o banheiro. Retirou suas roupas fazendo seus músculos se contraírem pelo frio que se fazia nas Colinas. Entrou na banheira, e a água quente fizeram seus músculos relaxarem  e seus pensamentos se suavizarem de preocupações cansativas. 
  
        Depois de algum tempo relaxando em sua banheira, Klaus caminha até a sala, onde a empregada acendeu a lareira, trajando um confortável e quente robe preto e calças, deixando os pés descalços. Pega em sua mala alguns papéis e começa a lê-los deslocando seu corpo esguio até a cozinha e lá pegando uma xícara de café quente, fazendo Klaus presumir ter sido feito a poucos minutos. 

           Olhando pela janela, que fora totalmente ocupada pela brumosidade e os pingos de uma garoa serena, passou a lembrar de Caroline e de quando a trouxera para sua fazenda o fazendo sorrir. 

           Passou a pensar também em Camille, e em como se sentia culpado por não ter nenhum pingo de compaixão pela esposa. Mas o que ele podia fazer? Caroline tomou conta de seus pensamentos, corpo e alma... A loira acabara tomando conta de seu coração. 
                          
                              ----
  Caroline fechara a porta do bordel e arrumando o chale transparente sob os ombros. 
 
      - Matt? - Caroline franze o cenho ao ver o cocheiro que acabara de descer da carruagem. 

     - Oh, Caroline... -Matt sorri e se aproxima. -Sr. Mikaelson pediu para lhe entregar esse bilhete e pedir desculpas por não conseguir avisar quando pode... 

    Caroline pega o bilhete que diz que Klaus irá ficar uma semana em sua fazenda nas Colinas para acertar negócios da fábrica. Pela forma que ele escrevera parecia que era bons negócios. Caroline sorri ao lembrar dos momentos libertinos de desejo que tiveram nas Colinas, e logo se pega sorrindo. Por um instante se sente um pouco arrependida por ter ido embora daquela maneira... Caroline trata de tirar o sorriso do rosto quando vê que Matt olhava para ela com uma expressão  curiosa.

   - Obrigada Matt... -Caroline sorri. 

   - Disponha... -O cocheiro sorri.  -Estava pronta para sair?  

  - Oh, sim... -Caroline sorri. - Estava indo comprar algo para as meninas e eu comer. 

  - Deseja companhia? -Matt sorri.

  - Mas  é claro! -Caroline sorri. - Seria uma honra ter sua agradável companhia. 

Matt sorri e ambos caminham pela rua, vendo muitas pessoas gritando como se estivessem em uma feira. Crianças correndo para lá e para cá, umas sorrindo, outras chorando. Homens tentando flertar com Caroline fazendo Matt sorrir e Caroline revirar os olhos.

  - Vejo que é bem popular... -Matt brinca segurando o riso. 

 - Não Matt... Apenas sou uma prostituta! -Caroline sorri. 

     Matt e Caroline esperam uma carruagem, que passa bem rápido pela rua, para poderem atravessar. 

  Caroline comprou frutas e legumes. E com muito custo e insistência, Matt pagou os alimentos. Caroline agradeceu e o convidou para tomarem algo antes de voltar ao bordel. Ele aceitou e ambos sentaram-se em uma mesa do bar de Sr.Philips, um homem velho e gordo, mas era um homem muito bom e simpático e o único que aceitava que Caroline e as outras prostitutas pudessem beber ou comprar algo sem julga-las. Caroline desconfiava que ele era tão bom com ela e suas amigas pois tinha uma paixão platônica por Bonnie. A amiga dizia que ele era muito bom no que fazia e sentia que ele era um  homem de bom coração, mas não iria ter um caso com um velho gordo que é dono de uma velha mercearia. 

    Ambos falavam sobre Matt e Klaus em sua infância. O cocheiro diz que seu pai foi cocheiro de Mikael Mikaelson quando Matt e Klaus eram garotos. E um tempo depois, Klaus se casou com Camille e Matt passou a ser seu cocheiro. 

  Caroline fazia algumas perguntas sobre Klaus e sobre Camille tambem, até que lembrou das palavras de Stefan. Ela passou muito tempo pensando em que Stefan disse e chegou a uma única conclusão: Stefan e Camille tinham um caso! 

   Matt falava e falava enquanto ela tentava tomar coragem de falar que tanto ronda em sua mente. 

  -Matt... -Caroline chama sua atenção. -Eu... Eu desconfio que a Srta. Mikaelson ela... -Caroline tentava limpar a garganta para conseguir dizer. -Ela trai Klaus. 

   Caroline fecha os olhos fortemente, esperando alguma reação de Matt mas ele apenas fica em silêncio. Caroline abre os olhos de curiosidade e vê Matt a olhando enquanto tomava calmamente sua xícara de chá. 

  -Escutou o que eu lhe disse? -Caroline pergunta olhando para Matt que estava calmo.

   - Sim... -Ele coloca a xícara na mesa e a olha. -Sim eu ouvi o que você me disse. 

  - E então... -Caroline abre os braços. 

  -Eu sempre desconfiei. -Matt sorri ao ver a cara de espanto a qual Caroline ficou. 

   Caroline olhava para ele com um certo espanto. Queria perguntar muitas coisas mas, nada saia de sua boca. 

   -Porque sempre desconfiou ? -Foi o que ela conseguia dizer  nesse momento. 

  -Um pouco antes de Klaus comprar sua última fábrica... -Matt começou. -...Ele ficava muito ausente, a Srta. Mikaelson sempre reclamava que ele era muito distante, que ele não dava a devida atenção que ela merecia. Eles discutiam constantemente, mas sempre se reconcialiavam rapidamente. Em uma dessas vezes que ele estava ausente... A Srta. Mikaelson me chamou para ir ao quarto dela pois queria falar comigo com uma certa urgencia, quando a empregada me falou isso, temi que fosse algo importante. 

      Matt continuou:

   - Bati na porta do quarto e ouvi um "entre". Abri a porta e fiquei definitivamente paralisado com o que eu vi. -Matt parou por um instante e Caroline o olhou curiosa. 

  -E o que viu? -Caroline parecia eufórica. 

   - A Srta. Mikaelson, ela estava... Estava nua. 

  Caroline levou uma das mãos a boca e sussurrou um xingamento e logo pediu desculpas a Matt, mas ele sorriu e disse que foi exatamente o que se esvaiu de sua boca quando viu Camille nua. 

    -Eu não sabia o que fazer.... -Matt gesticula com as mãos feito criança e suas bochechas ruborizam violentamente. -Ela se aproximava e não falava nenhuma palavra, me deixando cada vez mais envergonhado e sem reação. 

  -Ela estava mesmo completamente nua? -Caroline pergunta incrédula. 

    -Definitivamente! -Matt ruborizou novamente e apertou as mãos. 

  -Mas aconteceu algo entre vocês e... -Caroline olhou para Matt e hesitou por alguns segundos. Mas ela queria mesmo saber a resposta. 

    -Não! -Matt parecia uma enorme e belo pimentão. -Eu nunca iria me relacionar com minha patroa e muito menos com Camille que é a mulher de meu amigo. 

   - E o que fez para não se deitar com ela? 

   -Apenas falei que não iria fazer isso com ela e com Klaus... Ela parecia furiosa por eu ter recusado seu... Convite. Achei que seria demitido. Mas ela apenas me dispensou e eu fui embora o mais rápido que pude, sem antes, claro... Ajuda-la a fechar o espartilho! 

   Caroline gargalhou com a última frase, fazendo Matt sorrir envergonhado e passar a mão na nuca. 

    -Mas porque acha que a Srta. Mikaelson trai Klaus? -Matt pergunta depois de longos segundos. 

  Caroline hesitou por um instante, mas, logo disse tudo o que achava, falou sobre o que Stefan disse e Matt parecia confuso. 

   -O senhor Salvatore? -Matt franziu o cenho. -Acha que o senhor Salvatore e a senhorita Mikaelson tem um caso? 

   Caroline assenti e Matt respira fundo. 

  Matt se despede de Caroline que entra no bordel com a sacola com as compras na mão. Subiu até seu quarto e se deitou na cama pensando em tudo o que Matt lhe disse. Ainda estava em choque por confirmar sua hipótese de que  Camille também era uma adúltera. Pensou em como Klaus iria reagir se ela contasse sobre o caso de Camille e Stefan.  Será que iria acreditar? E se acreditasse o que iria fazer a respeito? Ele não tinha uma bela moral não é mesmo? 

Caroline levou as mãos até o rosto e respirou fundo e passou a noite em claro pensando no que Matt lhe falou.  

Notas Finais


Olá pessoas...

Que mega bomba! Camille queria se entregar para Matt!!

Será que Caroline vai falar para Klaus tudo o que soube? Hum... Como será que ele irá reagir?

-Digam o que acham nos comentários.

Bjos e até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...