História DesEJo ProIBido - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~hakuna-matata

Postado
Categorias O Incrível Mundo de Gumball
Personagens Anais Watterson, Darwin Watterson, Gumball Watterson, Nicole Watterson, Ricardo Watterson
Visualizações 197
Palavras 492
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drabble, Ficção Científica, Lemon, Magia, Romance e Novela, Suspense, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - O Oni-chan me odeia!


Fanfic / Fanfiction DesEJo ProIBido - Capítulo 3 - O Oni-chan me odeia!

Após colar o chiclete no cabelo da amiguinha, nosso pequeno Darwin não pensou no que poderia acontecer caso fosse flagrado.

João Banana apontou para o peixinho laranja e berrou pra toda sala escutar. - PROFESSORA, DARWIN COLOU CHICLETE NO CABELO DA PENNY! - Fala e de imediato todos miram para Penny.

Darwin se encolhe contra a cadeira e fica cabisbaixo, queimando de vergonha e culpa.

Nesse momento Gumball levanta da cadeira, e como todo irmão mais velho, defende seu irmão menor. - É CLARO QUE DARWIN NÃO FEZ ALGO TÃO CRUEL! - Fala.

Penny leva sua mão para trás de sua cabeça tateando os cabelos caramelo confirmando a existência do chiclete. E no mesmo momento grita alto e começa a chorar.

A Senhora símio, professora que estava presente no momento, no começo ficou atônito com a atitude de Darwin, ele sendo o mais comportado da classe apronta algo tão cruel, a pasmou, mas após o grito de Penny, a mesma saiu do transe. - DARWIN! PRA DIRETORIA, JÁ! - Mandou tentando gritar mais alto que Penny.

Darwin leva um susto com a ordem da professora. Não pensou que sua pequena e inocente vingança longe de qualquer malícia pudesse fazer senhora Símio reagir dessa forma.

Ele nunca fora pra diretoria antes, então realmente ficou com muito medo e chocado. Nesse momento mirou para Gumball, que era sua última esperança de escapar disso, ou para ser tranquilizado.

Contudo, Gumball sequer mirou para seu irmão menor, estava muito decepcionado, aproximou-se de Penny e tentou tranquiliza-la. - Tudo bem, Penny, não vai deixar de ser bonita só por causa de um pouquinho de chiclete. - Diz se arriscando em tocar seu ombro, já que sente muito medo em toca-la e acabar quebrando a frágil Penny.

Penny abraçou Gumball. - TIRA O CHICLETE, GUMBALL! POR FAVOOOOR! - Disse quase implorando. Sempre teve ciumes de quem tocasse seu precioso cabelo, mas sendo Gumball ela abriu uma excessão. 

Gumball levou suas mãos até o cabelo longo acastanhado a sua frente e como se fosse uma cirurgia complicadissima com risco de morte, ele deu toda sua atenção para retirar o chiclete.

Darwin estava congelado no tempo, se segurando pra não chorar com a cena de Gumball se preocupando mais com Penny que com ele.

Então a senhora Símio não aguentou esperar. Seguiu até a cadeira de Darwin e o puxou pelo braço pra levantar. - MANDEI IR PRA DIRETORIA! - Falou enfurecida.

Nesse momento Darwin sentiu que não poderia ir e deixar Penny ficar com seu irmão. Sentiu que iria Perde-lo! Sentiu que Penny era mais importante! Então se desesperou e começou a clamar por Gumball. - ONI-CHANNao deixa ela me levar! Por favor! - Implora com os olhinhos amendoados e permitindo algumas lágrimas transbordarem.

Gumball: Vai logo, Darwin! - Mandou, sem nenhuma vez mirar seu pequeno irmão a chorar.

Darwin arregalou os olhos pasmado por não ter atraído a atenção de Gumball... Então abaixou a cabeça e permitiu que dona Símio o levasse pra diretoria.

"O Oni-chan me odeia..." pensou enquanto chorava baixinho.


Notas Finais


CONTINUO OU NÃO?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...