História Desejos Reais - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias 1 Litro de Lágrimas (Ichi rittoru no namida)
Visualizações 0
Palavras 1
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Na cozinha Laura triste fiz:

- Porque ele não disse nada? Ele casou? Casou Eliano!
- Calma Laura! Porque está assim tão descontrolada?
- Ela nem é tão bonita, tá certo que tem roupas caras, mas ainda sim.
- Nisso tenho que concordar com você ela é bem elegante.
- Você acha?
-Sim... Além disso ela é linda sim, tem um cheiro de flor e a delicadeza com as palavras.
- Você acha tudo isso mesmo?
- (risada) Claro que não né Laura! E tem mais, você é mais linda que ela, tem um aroma todas as manhãs de dar inveja além disso é admirável e cozinha muito bem.
- Você é tão gentil comigo, é muito paciente, pena seu irmão não ser também.
- Ele tá casado agora e você precisa esquecê-lo.
- Mais ele não deve amar a quela mulher, eu sei que não. Quando éramos crianças ele dizia que me amava e era eu quem procurava todas as manhãs.
- Ele era apenas uma criança, e me lembro que ele dizia também que quando se casasse chamaria você para trabalhar na casa dele.
- Essa mulher que venho com ele não o merece eu vou fazer ele esquecer ela.
- Eu vou ver como tá meu irmão.

Eliano sai da cozinha da um beijo na testa de Laura e ela fica pensando.
No palácio Margarida está cortando algumas plantas quando Isabella entra admirada no jardim e diz:

- Nossa Margarida, mas como esse jardim é lindo, é aqui que você trabalha?
- Oi Isabella, que bom que você venho. É lindo mesmo esse jardim, cuido com muito capricho e zelo para nada desagradar o rei é a princesa.
- Eu trouxe as flores que me pediu.
- Que lindas, adorei.

Diana e Mirela chegam ao jardim, então a princesa sorrindo diz:

- Oi Margarida!? Preciso de um favor seu.
- Olá princesa, essa aqui é minha amiga Isabella, ela quem planta e colhe as flores que estão na sala do trono.
- Prazer em conhecê-la Isabella seja muito bem vinda.
- Obrigada princesa, é uma honra conhecer uma princesa de perto assim.
(Todas dão risadas)
- Mas o que a princesa queria falar comigo?
- Há, é que estou querendo dar um passeio pelo reino, e infelizmente seria incômodo ir com esses trajes, em fim você não teria um de seus vestidos para me emprestar? Eu prometo que devolvo ainda hoje lavado e passado.
- Imagina senhora, eu quem faço questão de emprestar, e ainda peço permissão para acompanhá-la!
-A então tudo bem, eu vou me trocar e já volto para irmos.

A princesa e a Margarida saem do jardim.
Mirela que ainda continua no jardim olha para Thiago e Luiz que passam no corredor perto do jardim. Isabella olha para eles e em seguida para Mirela e sorrindo ela diz:

- De qual dos dois?
- Como?
- Eu percebi o olhar que tem para os soldados, mas não consegui identificar de quem você gosta.
- Posso te contar um segredo?
- Claro, prometo não contar pra ninguém.
- Eu gosto do soldado Luiz, mas ele não sabe.
- E porque você não conta?
- Você vem com a gente?
- Claro... Vamos eu preciso ir pra casa também.

As duas sai do jardim... Luiz e Thiago se separam e Thiago vai até o dormitório da chefe Gil e em silêncio e com cuidado Thiago coloca uma rosa com um jarro em cima de uma estante, e sai.
Luiz e Thiago se encontra e Luiz diz:

- O que você fez?
- A mesma coisa de sempre, já faz alguns dias que eu estou colocando presentes lá na estante do quarto da chefe e ela joga fora.
- Como você sabe se você nem fica lá?
- Todos os dias eu vou até a cozinha onde as criadas recolhe o lixo de todo o palácio, essa mulher joga todos os presentes sem ao menos abrir.
- (risada)...
- Porque tá rindo?
- Você não poderia ser mais burro.
- A espertinho então faz melhor.
- A aposta é sua.
- Eu vou ter que perguntar para algumas servas aqui do palácio pra saber do que elas gostam.
- A nossa chefe não é como as servas do palácio, ela é uma chefe da guarda pessoal do rei.
- mais eu vou ver mesmo assim. Vamos!

Con...

Capítulo 11 - Dia do passeio


Fanfic / Fanfiction Desejos Reais - Capítulo 11 - Dia do passeio




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...